Acerca da revista A Boa Nova

A Boa Nova é uma revista cujo objectivo é o de prover entendimento. Muitas outras revistas reportam notícias, quer de acontecimentos correntes, tendências sociais ou de aspectos mais leves de desportos ou personalidades. Elas forneceminformação, mas não respostas. Realmente elas não se dirigem às questões verdadeiramente importantes: Porque estamos aqui? Qual é o nosso propósito na vida? Para onde caminhamos? O que há no além para a nossa família, para os amigos e de quem gostamos?

Porque motivo é que, não obstante o fantástico progresso tecnológico, não podemos resolver os nossos problemas básicos de há tão longo tempo? Porque é que o mundo vive atormentado com guerra, crime, violência e miséria? Porque é que tantos matrimónios, famílias e outras relações—enfim, mesmo toda a sociedade—se estão desmoronando? Porque é que os melhores e mais brilhantes não encontram soluções?

O que as outras revistas não dizem é qual é a razão porque estes acontecimentos se dão, nem a onde eles nos conduzem. É um paradoxo estar-se numa era de informação, num tempo caracterizado por uma explosão de conhecimento, de dados e comunicação e somos ainda tão falhos de sabedoria sobre o que tudo isto significa. Ansiamos por respostas a perguntas que nem mesmo somos capazes de apresentar por palavras.

Para transpor a distância no conhecimento buscamos a fonte de informação tão ignorada—a Bíblia. A maior parte dos escritores, editores e divulgadores negligenciam por completo esta fonte de verdadeiro e duradouro conhecimento. Conquanto possam reportar o que está acontecendo — quem, o quê, quando, onde e como ― não sabem, todavia, explicar o porquê.

Uma coisa é transmitir notícias. É assunto completamente diferente do de dissecar e explicar tendências e acontecimentos do mundo à luz da Bíblia e das suas muitas profecias. A Boa Nova preenche essa falha crucial no entendimento.

A Boa Nova é uma revista de entendimento somente porque a nossa fonte principal é um livro de sabedoria. Encorajamos a que se estude as suas páginas e as páginas de A Boa Nova, para se obter o discernimento tão carente neste mundo.

Sobre a revista A Boa Nova

Muitas vezes ouvimos lamentar neste violento e impaciente século XXI: “O que precisamos é de algumas boas novas!” O século passado, ao que parece, observou mais desgraças e catástrofes que qualquer outro na história humana. Uma breve análise ao nosso tempo revela a chocante estatística de mais de 150 milhões de mortos resultantes somente de guerras desde 1900. Doenças, epidemias e desastres naturais reclamaram bem mais que 100 milhões de vidas mais. Sim, precisamos de notícias boas. A era da informação chegou e a má notícia é constante. Cai sobre nós 24 horas ao dia, vinda de satélites. Mas onde se encontra a fonte de boas notícias? Surpreendentemente, os editores e escritores desta revista crêem que ela tem estado disponível ao longo de milhares de anos.

A Boa Nova é, biblicamente baseada, a publicação nau almirante da Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional. O mais que negligenciado Livro dos Livros contém boas novas, conhecidas por “o evangelho”, do Latim evangeliu, proveniente do Grego eu, bem + aggellein, anunciar. Pelo que temos que evangelho é o anúncio do governo de Deus na terra, agora e no futuro.

O evangelho não é uma “mensagem” religiosa limitada a uma figura histórica. É a resposta a todo o dilema humano, porque fala de uma maneira de viver e do próprio plano de Deus para a humanidade. Quando Jesus de Nazaré começou o Seu ministério de reconciliação, “veio para a Galileia, pregando o Evangelho do reino de Deus” (Marcos1:14). Era uma boa nova acerca da intervenção de Deus nos assuntos humanos para nos salvar das más informações. A mensagem de Jesus incluía a verdade sobre a Sua própria vida, morte e ressurreição e dos altos decretos que Ele personificava. É o caminho da salvação espiritual.

Por isso, ao fim e ao cabo, esta nova revista não é assim tão nova. A sua mensagem é intemporal, cheia de esperança, fé e amor—três aspectos da existência humana que têm sido degradados e destruídos nos nossos tempos. O que aconteceu às nossas visões dum futuro de esperança e de vidas vividas em dignidade positivas, com amor e afecto por todos? A Boa Nova recaptura essas visões e valores, com uma saudável edição em Português. Estamos aqui para ajudar na sua caminhada ao destino que o nosso Criador tem para nós todos. Dê-nos a conhecer o que pensa.

Quem está por detrás de A Boa Nova?

Muitos leitores têm-se admirado sobre quem nós somos e como podemos fornecer gratuitamente A Boa Nova a todos que a pedem. Em poucas palavras, A Boa Nova é dada por pessoas—pessoas de todos os estratos sociais, de toda a parte do mundo. Mas essas pessoas têm um objectivo em comum: proclamar a todo o mundo o evangelho da vinda do Reino de Deus em testemunho e ensino às nações para observarem o que Cristo ordenou (Mateus 24:14; 28:19-20).

Nós dedicamo-nos a proclamar a mesma mensagem que Jesus Cristo trouxe: a maravilhosa boa nova da vinda do Reino de Deus (Mateus 4:23; Marcos 1:14-15; Lucas 4:43, 8:1). Essa mensagem é verdadeiramente boa nova—a resposta para todos os problemas que de há muito atormentam a humanidade.

Por intermédio das páginas de A Boa Nova e de outras publicações (também gratuitas) mostramos as respostas bíblicas aos dilemas que têm desafiado soluções humanas e ameaçam a nossa própria sobrevivência.

Nós comprometemo-nos a enviar essa mensagem a todo o mundo, compartilhando da verdade do propósito e do plano de Deus para nós como fora ensinado por Jesus Cristo.

A Igreja de Deus Unida tem congregações e ministros por todo o mundo. Os crentes reúnem-se nessas congregações para serem instruídos a partir das Escrituras Sagradas e para confraternizarem. Para locais e horários de culto na sua área queira informar-se escrevendo-nos ou telefonando-nos para a direcção adequada no nosso sítio na Internet. Visitas são sempre bem vindas.

Qual a razão das más Notícias em A Boa Nova?

Jesus Cristo ao falar do estado do mundo antes do Seu regresso à terra disse que o nosso planeta terá “então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.” (Mateus 24:21)

A Igreja de Deus Unida, cujos membros e apoiantes prestam o apoio financeiro para A Boa Nova e outras publicações, proclama a boa nova do regresso eminente de Jesus de Nazaré. Esta secção da revista refere-se a algumas das consequências do comportamento humano que conduziu às precisas condições que Jesus descreveu: um mundo perigoso e em caos, confusão e apreensão no qual o homem enfrenta a terrível possibilidade de extinção (versículo 22).

O mundo está pejado de más notícias, contudo, o futuro guarda-nos promessas fantásticas: Cristo regressará para estabelecer o Reino de Deus (Daniel 7:13-14; Apocalipse 11:15), liderando um tempo de paz, prosperidade e abundância durante o qual todo o povo aprenderá, por fim, viver a vida de acordo com Deus. Isto é verdadeiramente boa nova na qual pode apostar o seu futuro.

 


X
You may login with either your assigned username or your e-mail address.
The password field is case sensitive.
Loading