Devemos Mudar o Nosso Modo de Pensar



Jesus diz claramente que o arrependimento inclui uma mudança de nossos pensamentos.

Jesus diz claramente que o arrependimento inclui uma mudança de nossos pensamentos. “O que sai do homem, isso é que contamina o homem. Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos . . .” (Marcos 7:20-21). Ele explica que o que nos contamina vem de dentro. Ele dá exemplos das más atitudes e paixões básicas que dominam os nossos pensamentos e comportamento: “. . . os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem” (versículos 21-23).

O profeta Isaías declara explicitamente que o arrependimento é mudança de pensar. “Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno, os seus pensamentos e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar” (Isaías 55:7). Aqui Isaías identifica duas coisas que temos que abandonar para receber o perdão de Deus—os nossos caminhos pecaminosos e os nossos pensamentos pecaminosos.

Para nos arrependermos temos de reconhecer que ao menos algumas das tendências da natureza humana estão agindo em nossas mentes, influenciando ou até mesmo controlando o nosso modo de pensar. Nem todo o ser humano cede constantemente à inclinação da natureza humana. Mas todos nós pecamos. Todo mundo tem fraquezas. Alguns podem sucumbir mais à avareza, outros à autojustiça ou ao orgulho. Ainda outros podem ter dificuldade em serem verdadeiros e honestos.

E, todos nós, de uma forma ou de outra, apresentamos pensamentos e comportamentos egoístas, que servem aos nossos próprios desejos.

O arrependimento significa ter que se autoexaminar e reconhecer as próprias fraquezas—as áreas onde pecamos em pensamento ou ação. Temos que pedir a Deus para nos revelar o que temos de mudar.

Isso também é um processo contínuo durante toda a vida. Quanto mais nos submetermos a Deus e pedirmos a Sua ajuda para vermos em que temos de mudar, mais Ele ilumina as nossas mentes para que reconheçamos as nossas faltas e fraquezas. Este processo prossegue ao longo dos anos conforme os cristãos, comprometidos e convertidos, crescem “na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo” (2 Pedro 3:18).

A mudança na nossa maneira de pensar é o aspecto mais importante do verdadeiro arrependimento. Depois de sermos batizados e de recebermos o Espírito Santo, estamos mais capacitados a manter um comportamento correto, o qual é fruto do nosso novo modo de pensar.

Para aprender mais faça um download do nosso guia de estudo "Transformando a Sua Vida: O processo de Conversão". BN

Mais Informação

Mais de...

 


X
You may login with either your assigned username or your e-mail address.
The password field is case sensitive.
Loading