A Páscoa e a Festa dos Pães Asmos Apontam Diretamente para Jesus Cristo Como Nosso Salvador



Quando estudar sobre a alternativa certa à tradição do Domingo de Páscoa — a Páscoa bíblica e a Festa dos Pães Asmos — então você deve fazer a si mesmo uma pergunta muito importante: O que Jesus faria?

Bread and wine beside bible
Fuente: Shaun Venish

Quando você entender a antiga origem pré-cristã do Domingo de Páscoa e o que praticava Jesus em Sua vida e o que Ele ensinou a Seus discípulos, então você vai compreender que Ele nunca celebraria o Domingo de Páscoa. Ele não observaria um dia que realmente não tivesse nada a ver com a Sua morte e ressurreição, e que, na verdade, tem sua origem na adoração de deuses e deusas pagãos.

Além disso, você vai entender que, sem dúvida, Jesus observou a Páscoa e a Festa dos Pães Asmos, e que também ensinou aos Seus discípulos a fazer a mesma coisa (Lucas 22:15-20). Jesus, na noite em que Ele foi traído, sentou-se e disse: "Fazei isto em memória de Mim", ao se referir a essa nova cerimônia de Páscoa, que Ele instituiu naquele tempo. E assim como aprenderam com Jesus e os apóstolos, os primeiros cristãos realmente observaram a Páscoa bíblica. E, definitivamente, eles também observaram a Festa dos Pães Asmos, que simboliza a remoção do pecado de suas vidas e a morada de Cristo neles (1 Coríntios 5:6-8).

Ao observar esses Dias Santos, eles chegaram a uma compreensão mais profunda da vida, da morte e da ressurreição de Jesus Cristo. Assim como os cristãos dos tempos apostólicos, os cristãos de hoje podem alcançar uma nova profundidade de conhecimento e entendimento, seguindo o exemplo de Jesus.

A tradição do Domingo de Páscoa não veio do exemplo de Jesus, mas do desejo da Igreja romana de separar-se do judaísmo, ao substituir a Páscoa. Essa decisão, fruto do antissemitismo, ignorou que a Páscoa não é uma observância judaica. Ela é uma ocasião santa que aponta diretamente para Jesus Cristo! E que tem um profundo significado espiritual, por isso Jesus magnificou o propósito e a visão da Páscoa quando a observou.

Se você realmente quer seguir a Jesus, então você seguirá o exemplo dEle, observando esses dias em Sua honra. Jesus é o verdadeiro Cordeiro da Páscoa, e o pascal do Antigo Testamento era um símbolo que apontava para Ele e para Seu sacrifício. Os cristãos tomam o vinho, simbolizando Seu sangue, e comem o pão ázimo, simbolizando Seu corpo, do mesmo modo que Ele instituiu na última Páscoa e passou a Seus discípulos. Ao fazer isso, Jesus ampliou o mandamento e a observância da Páscoa.

Para saber mais, baixe ou solicite gratuitamente nossos guias de estudo bíblico A Verdadeira História de Jesus Cristo e O Plano dos Dias Santos de Deus: A Promessa de Esperança Para Toda A Humanidade em portugues.ucg.org/estudos. BN

Guias de estudo

A Verdadeira História de Jesus Cristo

A Verdadeira História de Jesus Cristo

Quem foi Jesus? Poucos contestam que um homem chamado Jesus viveu há 2.000 anos e que Ele foi um grande mestre, que impactou o mundo do seu tempo para a frente. [© Igreja de Deus Unida; Nova edição revisada, 2017.]

O Plano dos Dias Santos de Deus A Promessa de Esperança Para Toda a Humanidade

O Plano dos Dias Santos de Deus A Promessa de Esperança Para Toda a Humanidade

É possível saber o que o futuro reserva para nós? O Criador da humanidade tem um plano para nós, e Ele revela-nos esse plano através de um ciclo anual de festivais descritos nas Escrituras. É um plano surpreendente oferecendo um futuro incrível para cada homem, mulher e criança que já viveu. Este guia de estudo bíblico vai ajudar você a entender a verdade incrível sobre o que está por vir para toda a humanidade.

Mais de...

 


X
You may login with either your assigned username or your e-mail address.
The password field is case sensitive.
Loading