Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Basta Crer Para Ser Salvo?

Você está aqui

Basta Crer Para Ser Salvo?

Você provavelmente já viu os panfletos religiosos citando Romanos 10:9 Romanos 10:9Porque, se com a tua boca confessares a Jesus como Senhor, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo;
Almeida Atualizada×
: “Se, com a tua boca, confessares ao Senhor Jesus e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dos mortos, serás salvo”. Ou talvez a citação de Atos 16:31 Atos 16:31Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa.
Almeida Atualizada×
: “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo”.

Façam isto, os folhetos nos asseguram, e temos a promessa da vida eterna. Mas isso é tudo que temos que fazer? Deus exige somente crermos para nos dar a salvação? Algumas pessoas creem que essas duas passagens são a palavra final sobre o assunto. Mas isso seria verdade?

Se você tem estudado bastante a Bíblia, provavelmente já sabe que temos de verificar diversos versículos espalhados por toda a Bíblia para ter um quadro completo. Temos de olhar o que diz toda a Bíblia sobre o assunto para chegarmos a uma compreensão adequada. E poucas coisas poderiam ser mais importantes do que entender o que devemos fazer—ou não fazer—para recebermos o dom da vida eterna de Deus.

Certamente é necessário cremos—mas basta somente crer e nada mais?

Certamente crer em Deus Pai e Jesus Cristo, o Filho, como descritos nas Escrituras, é importantíssimo. Como diz em Hebreus 11:6 Hebreus 11:6Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.
Almeida Atualizada×
: “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam”. Então, ter uma fé viva e crer em Deus é vital para agradá-Lo e receber o Seu dom da salvação.

E a salvação, a vida eterna, é um presente de Deus pela graça—Sua disposição amorosa de nos favorecer e nos aceitar—como Efésios 2:8-9 explica: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie”. A salvação é um dom de Deus, pois não podemos ganhá-la e muito menos a merecemos. Ninguém nunca vai poder se gabar de que ganhou ou mereceu o dom da vida eterna.

Mas ela não se resume simplesmente em crença e graça. Será que podemos fazer—ou não fazer—coisas que nos impeçam de receber esse dom maravilhoso de Deus? A resposta é muito importante para o seu relacionamento com Deus e para o seu futuro!

O fato é que a Bíblia mostra que Deus estabelece certas condições para recebermos a salvação. Atender a essas condições nos permitirá receber esse dom, mas ignorá-las e não cumpri-las nos desqualifica a recebê-la. Quais são essas condições?

Se existe uma autoridade quanto à vida eterna, certamente é Jesus Cristo. Afinal de contas, é através dEle que podemos recebê-la!

Em Hebreus 5:8-9 Hebreus 5:8-9 [8] ainda que era Filho, aprendeu a obediência por meio daquilo que sofreu; [9] e, tendo sido aperfeiçoado, veio a ser autor de eterna salvação para todos os que lhe obedecem,
Almeida Atualizada×
, Jesus é chamado de autor de nossa salvação: “Ainda que era Filho, aprendeu a obediência, por aquilo que padeceu. E, sendo ele consumado, veio a ser a causa de eterna salvação para todos os que Lhe obedecem” (grifo do autor).

Pode haver condições para se receber um presente?

Já que a salvação é um presente de Deus, o que esta passagem quer dizer quando fala da “eterna salvação para todos os que Lhe obedecem”? Se nós temos de fazer alguma coisa para receber o dom da salvação de Deus, como isso pode ser um presente?

Para usar uma analogia, se alguém quiser lhe mandar uma nota de cem reais com a condição de você lhe enviar um envelope endereçado e selado, então essa pessoa estaria lhe dando um presente. Simplesmente crer que ela vai lhe enviar o dinheiro não seria suficiente para ganhar esse dinheiro. Pois, se você não conseguir lhe enviar o envelope, então não receberia o dinheiro. Portanto, você pode até reclamar, mas ainda assim não receberia aquele presente porque não tinha cumprido as condições.

Por outro lado, se você enviar o envelope requerido e receber o dinheiro, isso não significa que você ganhou esse presente. Você simplesmente reuniu as condições necessárias para isso. Mas sem a oferta desse presente imerecido, mesmo enviando centenas de envelopes você não receberia nada, pois não teria direito a nada. Mas isso não deixa de ser um presente pelo fato de haver condições para recebê-lo. Infelizmente, milhões de pessoas não conseguem entender isso e, portanto, não percebem que correm o risco de perder o inestimável dom da salvação de Deus!

O que devemos fazer?

Visto que Jesus é o autor da nossa salvação, vamos examinar algumas de Suas declarações, que nos dizem o que devemos fazer para receber esse dom da salvação—a vida eterna com Ele.

Em Mateus 7:21 Mateus 7:21Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Almeida Atualizada×
Jesus disse: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus”. Jesus deixou claro que não basta apenas reconhecê-Lo como Senhor e Mestre—dizendo “Senhor, Senhor!”. Para herdar o Reino de Deus, temos que fazer algo mais. Devemos fazer a vontade do Pai, como Ele afirmou abertamente.

Jesus quer que entendamos que é preciso mais do que simplesmente crer para se receber a vida eterna. Nossa convicção de que Ele é o nosso Salvador deve ser mais do que apenas um cálido e reconfortante pensamento ou um conceito intelectual. Jesus adverte que apenas invocar Seu nome ou reconhecê-Lo como “Senhor” não é o suficiente para tanto.

Numa ocasião, um jovem rico perguntou a Jesus como poderia receber a vida eterna. “Bom Mestre, que bem farei, para conseguir a vida eterna?” (Mateus 19:16 Mateus 19:16E eis que se aproximou dele um jovem, e lhe disse: Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna?
Almeida Atualizada×
). A resposta de Cristo, no versículo 17, pode chocar alguns que pensam é desnecessário obedecer a lei de Deus—ou seja, que Ele já fez isso por nós e não temos que fazer nada. Jesus respondeu: “Se Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos”.

Jesus não respondeu dizendo que bastava acreditar em Deus ou nEle. Ele disse ao jovem que ele devia obedecer aos mandamentos de Deus para receber o dom da vida eterna. E isso está muito claro!

Como salienta o apóstolo Tiago, a crença torna-se inútil a menos que seja demonstrada por ação e obediência: “Tu crês que há um só Deus? Fazes bem; também os demônios o creem e estremecem” (Tiago 2:19 Tiago 2:19Crês tu que Deus é um só? Fazes bem; os demônios também o crêem, e estremecem.
Almeida Atualizada×
). Se pensarmos que o simples fato de crer é tudo que precisamos para a salvação, sem dúvida, estamos redondamente enganados. Como disse Tiago, os espíritos demoníacos creem plenamente na existência de um Deus verdadeiro. Eles ainda sabem que Jesus é o Filho de Deus, que ressuscitou dentre os mortos. Mas essa crença dos demônios não lhes garante a salvação!

Tiago, meio-irmão de Jesus Cristo, passa a explicar que a fé—crença e confiança em Deus—e a obediência andam de mãos dadas: “Mas, ó homem vão, queres tu saber que a fé sem as obras é morta? Porventura Abraão, o nosso pai, não foi justificado pelas obras, quando ofereceu sobre o altar o seu filho Isaque? Bem vês que a fé cooperou com as suas obras e que, pelas obras, a fé foi aperfeiçoada” (versículos 20-22).

Assim, Tiago explicou que as obras de obediência, como resultado de nossa fé, mantém nosso relacionamento com Deus e nos leva a crer e obedecer ainda mais, e é isso que Deus requer de nós. Sem obras, que evidenciam nossa fé, essa fé é morta—inútil e sem valor.

Batismo e imposição de mãos

Jesus deu outra condição para o dom de Deus da vida eterna em Marcos 16:16 Marcos 16:16Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
Almeida Atualizada×
: “Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado”. A água do batismo—imersão total—é um ato simbólico que representa a morte e a purificação de nosso velho eu pecaminoso e o início de uma nova vida de serviço a Deus e nosso esforço para evitar o pecado (Romanos 6:1-23 Romanos 6:1-23 [1] Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado, para que abunde a graça? [2] De modo nenhum. Nós, que já morremos para o pecado, como viveremos ainda nele? [3] Ou, porventura, ignorais que todos quantos fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte? [4] Fomos, pois, sepultados com ele pelo batismo na morte, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida. [5] Porque, se temos sido unidos a ele na semelhança da sua morte, certamente também o seremos na semelhança da sua ressurreição; [6] sabendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado fosse desfeito, a fim de não servirmos mais ao pecado. [7] Pois quem está morto está justificado do pecado. [8] Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos, [9] sabendo que, tendo Cristo ressurgido dentre os mortos, já não morre mais; a morte não mais tem domínio sobre ele. [10] Pois quanto a ter morrido, de uma vez por todas morreu para o pecado, mas quanto a viver, vive para Deus. [11] Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus. [12] Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para obedecerdes �s suas concupiscências; [13] nem tampouco apresenteis os vossos membros ao pecado como instrumentos de iniqüidade; mas apresentai-vos a Deus, como redivivos dentre os mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça. [14] Pois o pecado não terá domínio sobre vós, porquanto não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça. [15] Pois quê? Havemos de pecar porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum. [16] Não sabeis que daquele a quem vos apresentais como servos para lhe obedecer, sois servos desse mesmo a quem obedeceis, seja do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça? [17] Mas graças a Deus que, embora tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração � forma de doutrina a que fostes entregues; [18] e libertos do pecado, fostes feitos servos da justiça. [19] Falo como homem, por causa da fraqueza da vossa carne. Pois assim como apresentastes os vossos membros como servos da impureza e da iniqüidade para iniqüidade, assim apresentai agora os vossos membros como servos da justiça para santificação. [20] Porque, quando éreis servos do pecado, estáveis livres em relação � justiça. [21] E que fruto tínheis então das coisas de que agora vos envergonhais? pois o fim delas é a morte. [22] Mas agora, libertos do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna. [23] Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.
Almeida Atualizada×
). Através desse ato, que simbolicamente condena à morte e sepulta a nossa antiga e pecaminosa maneira de viver com os nossos pecados, nós ressuscitamos da sepultura para uma nova vida como uma nova pessoa.

A imposição de mãos, por um verdadeiro ministro de Jesus Cristo, vem logo após o batismo e nos permite receber o Espírito Santo de Deus e passar a pertencer verdadeiramente a Ele (Atos 8:17 Atos 8:17Então lhes impuseram as mãos, e eles receberam o Espírito Santo.
Almeida Atualizada×
; Romanos 8:9 Romanos 8:9Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
Almeida Atualizada×
). Se não entregarmos as nossas vidas a Deus, através do batismo e da imposição de mãos para receber o Seu Espírito, conforme as instruções, então nós deixamos de cumprir—consciente ou inconscientemente—Suas condições para recebermos o Seu dom de salvação.

O apóstolo Pedro também confirmou essas condições para se receber o Espírito de Deus, declarando: “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo” (Atos 2:38 Atos 2:38Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.
Almeida Atualizada×
). O arrependimento significa se converter da desobediência à obediência a Deus. Então, novamente, a obediência comprometida e o batismo são requisitos no processo de salvação.

Àqueles que pretendem ignorar essas e outras instruções bíblicas claras, Jesus adverte: “E por que me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que Eu digo?” (Lucas 6:46 Lucas 6:46E por que me chamais: Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu vos digo?
Almeida Atualizada×
).

Em Mateus 10:22 Mateus 10:22E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo.
Almeida Atualizada×
e 24:13, Jesus entregou ainda outra condição para receber o dom da salvação de Deus: “Aquele que perseverar até ao fim será salvo”. Alguns acreditam na doutrina antibíblica da “segurança eterna”, ou seja, “uma vez salvo, sempre salvo”. Mas aqui Jesus foi muito claro e direto, dizendo que podemos perder a salvação se não conseguirmos perseverar até o fim.

Depois do compromisso de obediência e entrega a Deus, nós temos de manter o rumo até o fim e não olhar para trás (Lucas 9:62 Lucas 9:62
Almeida Atualizada×
). Até mesmo o apóstolo Paulo percebeu que precisava de disciplina para poder se submeter totalmente a Deus “para que, pregando aos outros”, escreveu ele, “eu mesmo não venha de alguma maneira a ficar reprovado” (1 Coríntios 9:27). Ele entendia claramente que, se fosse negligente, poderia perder o dom da salvação de Deus! (comparar Hebreus 2:1-3 Hebreus 2:1-3 [1] Por isso convém atentarmos mais diligentemente para as coisas que ouvimos, para que em tempo algum nos desviemos delas. [2] Pois se a palavra falada pelos anjos permaneceu firme, e toda transgressão e desobediência recebeu justa retribuição, [3] como escaparemos nós, se descuidarmos de tão grande salvação? A qual, tendo sido anunciada inicialmente pelo Senhor, foi- nos depois confirmada pelos que a ouviram:
Almeida Atualizada×
).

A salvação é de graça, mas não é barata

Talvez você já tenha escutado a seguinte expressão: “A salvação é de graça, mas não é barata”. O presente divino da vida eterna custou a vida de Jesus Cristo. Ele, o próprio Filho de Deus, entregou voluntariamente Sua vida para podermos receber o maravilhoso dom de Deus da vida eterna. E custou mais ainda ao Pai, que “deu o Seu Filho unigênito” (João 3:16).

Mas Deus espera que entreguemos nossas vidas em troca, como declara Jesus em Lucas 14:26-27 Lucas 14:26-27 [26] Se alguém vier a mim, e não aborrecer a pai e mãe, a mulher e filhos, a irmãos e irmãs, e ainda também � própria vida, não pode ser meu discípulo. [27] Quem não leva a sua cruz e não me segue, não pode ser meu discípulo.
Almeida Atualizada×
: “Todo aquele que quer ser Meu seguidor deve amar-Me bem mais do que ao seu pai, mãe, esposa, filhos, irmãos ou irmãs-sim, mais do que a própria vida; caso contrário, não pode ser Meu discípulo. E ninguém pode ser Meu discípulo se não carregar sua própria cruz e seguir-Me” (Bíblia Viva).

Nosso amor e compromisso com Jesus Cristo e Deus Pai deve ser mais importante do que qualquer outro relacionamento. Cada um de nós deve estar disposto a carregar a sua própria “cruz” e a seguir fielmente a Jesus mesmo diante dos mais difíceis desafios da vida.

Os versículos 28 a 33 continuam esse raciocínio, advertindo-nos a considerar isso cuidadosamente, pois o custo de aceitar o dom da vida eterna é muito mais alto do que podemos imaginar. “Assim ninguém pode ser Meu discípulo se primeiro não resolver abrir mão de todas as outras coisas, por Mim” (versículo 33, Bíblia Viva). Como Jesus Cristo deu a Sua vida por nós, então temos estar dispostos a dar a nossa para segui-Lo!

Então, voltando ao título deste artigo, será que apenas crer é tudo o que é preciso para receber o dom da salvação de Deus? Evidentemente, a resposta é NÃO. A Palavra de Deus nos deixa claro que há certas condições para isso. Tomemos muito cuidado, como nos exorta Hebreus 2:3 Hebreus 2:3como escaparemos nós, se descuidarmos de tão grande salvação? A qual, tendo sido anunciada inicialmente pelo Senhor, foi- nos depois confirmada pelos que a ouviram:
Almeida Atualizada×
, para não “negligenciarmos tão grande salvação” (ARA)! BN

Para mais detalhes neste tema leia Você pode ter uma fé viva no nosso site.