Ajuda para hoje, esperança para amanhã 

Crises e problemas mundiais: Podemos ter esperança?

Você está aqui

Crises e problemas mundiais

Podemos ter esperança?

Login or Create an Account

With a UCG.org account you will be able to save items to read and study later!

Sign In | Sign Up

×

Neste periodo antes dos Dias Santos, a turbulência parece ter envolvido o mundo inteiro em vários aspectos. Furacões devastadores em Texas, Flórida e México (e o último país também foi atingido por um enorme terremoto de 8.2 nas regiões de Oaxaca e Chiapas); monções mortais na Índia, no Nepal e em Bangladesh; incêndios rugindo no oeste dos Estados Unidos; e avalanches de neve fatais no Afeganistão, todos parecem somar-se a um grande caos global. 

Acima disso temos o contínuo perigo crescente nuclear na Coréia do Norte, guerra sem fim na Síria e novos exercicios militares russos na fronteira da Ucrânia. Isto tudo faz querer uma pessoa não desejar de ler ou ouvir as notícias.

Agradeçemos ao Deus Todo-Poderoso que sabemos com certeza o futuro da humanidade e apreciamos a Sua bondade hoje! Todos temos as nossas provações e dificuldades, mas nós, na Igreja de Deus Unida, temos a poderosa benção de buscar um verdadeiro refúgio nas mãos de Deus. Na verdade, David escreveu que “bem-aventurado [favorecido duma maneira sobre-natural] o homem que nele confia” (Salmo 34:8)! 

Uma e outra vez, aqueles que se submetem e se refugiam em Deus — confiando Nele com suas próprias vidas — vêm o que Deus faz por nós o que nós não podemos fazer. “Confia no SENHOR de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento.  Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas” (Provérbios 3:5-6 Provérbios 3:5-6 5 Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. 6 Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.
Almeida Atualizada×
).

Tomamos nota duma série de pontos nesta escritura. Primeiro, devemos ter “confiança” em Deus. Isso significa devemos de pôr a nossa provação, dificuldade, desafio ou indecisão totalmente em Deus. E totalmente significa totalmente, “de todo o teu coração”. Isso não significa que não temos uma responsibilidade: — Deus espera que façamos a nossa parte! Mas isso significa que nós podemos ter confiança, podemos estar relaxados pois estamos nas mãos de Deus, confiantes de que, apesar de tudo o que temos que passar — e pode vir a ser difícil e doloroso — vamos acabar sendo vitoriosos.

Isso pode ser difícil de fazer. Quando chegamos a dificuldades e provações, nossa inclinação humana natural é tipicamente para “consertar, gerenciar e controlar”. A tentação de tirar a provação ou desafio das mãos de Deus pode ser excelente. Ser paciente pode até ser uma provação por si mesmo. Mas devemos ser pacientes — e literalmente refugiarmos-nos em Deus de qualquer ‘tempestade’ que esteja afetando-nos.

Quando tentamos “consertar” coisas que parecem quebradas, podemos rapidamente fazer suposições e dar apoio ao nosso “próprio entendimento”. Embora algo pareça ter valor, Deus pode ver coisas que não podemos ver, e Ele tem poder que não temos. Portanto, devemos de nos aproximar a Ele com seriedade na oração, estudar e meditar em Sua Palavra, e buscar conselhos e direção espiritual. O benefício de fazer isso em tempo real nos dá uma paz poderosa e uma confiança bem tranquila (Isaías 32:17 Isaías 32:17E a obra da justiça será paz; e o efeito da justiça será sossego e segurança para sempre.
Almeida Atualizada×
).

“Reconhecê-lo em todos os nosso caminhos” representa um ponto crítico. Como Paulo escreveu: “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2 Romanos 12:2E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.
Almeida Atualizada×
).

Isso significa literalmente que precisamos de “mudar a mente” — uma transformação da nossa maneira de pensar. Através do poder do Espírito Santo, Deus muitas vezes usa provações e desafios para transformar a maneira como pensamos. Nós precisamos de nos submeter e entregarmos-nos, num arrependimento com mansidão, entregando os nossos problemas e nossas vidas a Deus, e Ele nos transformará.

Com nossas mentes abertas à direção espiritual de Deus, aproximamos-nos a Deus com um coração pronto a servi-Lo, entregando-nos à Sua vontade. Deus então responde ao nosso pedido, e Ele “endireitará as nossas veredas” (Provérbios 3:6 Provérbios 3:6Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.
Almeida Atualizada×
).

Geralmente não é um processo instantâneo. Mas é certo. Se a ‘tempestade’ está batendo ou a terra se está movendo sob nossos pés — figurativamente ou literalmente — nós podemos e devemos refugiarmos-nos em Deus.

Quando as notícias são perturbadoras ou as provações parecem avassaladores, leia Salmo 34 e beba profundamente do seu encorajamento espiritual. Como David escreveu magnificamente: “Muitas são as aflições do justo, mas o SENHOR o livra de todas” (Salmo 34:19).

À medida que nos aproximamos destas Festas de Trombetas, Dia de Expiação, Festa de Tabernáculos e o último Grande Dia (o Oitavo Dia), vamos lançar todas as nossas preocupações e medos em Deus (1 Pedro 5:7 1 Pedro 5:7lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.
Almeida Atualizada×
), buscando refúgio Nele e pondo os nossos desafios completamente e com confiança em Ele. E vamos dizer como Davi disse: “Louvarei ao SENHOR em todo o tempo; o seu louvor estará continuamente na minha boca” (Salmo 34:1).

Que as ricas bençãos da paz, graça e alegria sejam sobre todos vós enquanto celebramos este periodo maravilhoso das Festas Santas de Deus.