Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Em Busca dos Bons e Velhos Tempos

Você está aqui

Em Busca dos Bons e Velhos Tempos

Você tem saudades dos "bons e velhos tempos"?

A época dos "bons e velhos tempos" depende de seu quadro de referência. Alguns argumentam que os bons velhos tempos foram os anos de 1930, quando a vida era simples e o país estava alicerçado sobre os valores da igreja e da família.

Outros poderiam dizer que foi a década de cinquenta, quando todos pareciam desfrutar de um elevado padrão de vida. Ainda outros podem olhar para trás e ver a década de oitenta como uma época de prosperidade e rejuvenescimento do orgulho nacional.

Foram os “bons e velhos tempos” durante 1952? Os selos postais custavam apenas três centavos, os rádios de bolso a transistor chegavam às lojas de varejo e “Cantando na Chuva” era um dos melhores filmes. Claro que, para milhares de pessoas que estavam sofrendo e morrendo na Guerra da Coréia, esses dias não foram tão bons.

Talvez você se lembre com carinho de 1964. Os Beatles eram um grande sucesso, e John Wayne era uma popular estrela de cinema. A ciência prometia um futuro de tranquilidade, com abundância de alimentos enlatados e nenhuma doença. Então, talvez você se lembre do medo que sentiu como criança quando você e seus colegas de escola ficavam amedrontados por uma possível guerra nuclear entre os Estados Unidos e a União Soviética. E alguns de vocês talvez se lembrem de ter de se sentar na parte de trás do ônibus por causa da cor de sua pele.

Ou talvez os bons e velhos tempos sejam os de 1996. Foi quando as tiras de quadrinhos Dilbert tornaram-se popular e você poderia comprar um computador pessoal para se juntar a cerca de 45 milhões de pessoas que navegavam na internet. Mas desde essa época, a pobreza, o crime e a guerra já foram erradicados?

Quando era adolescente, eu costumava assistir o programa de televisão Os Waltons. Era a historia de uma grande família vivendo entre a década de trinta e quarenta. Para mim, a vida deles parecia maravilhosa — a escola era divertida, todos na comunidade trabalhavam juntos e cada problema era resolvido rapidamente.

Mas a realidade da época retratada no programa era muito diferente. A década de trinta testemunhou a Grande Depressão. Apesar do seriado tocar no tema da pobreza e do desemprego, a realidade para milhões de pessoas era muito mais dura.

Lembro-me de meu pai dizer como, durante a Grande Depressão, ele, juntamente com sua mãe e irmãos, foram colocados na rua porque não podiam pagar o aluguel. A Segunda Guerra Mundial viria logo em seguida, um momento terrível quando cerca de sessenta milhões de pessoas morreram. Para centenas de milhões de pessoas, os "bons e velhos tempos" não foram tão bons.

Quando perdemos propósito e esperança no presente, e com o futuro parecendo ser obscuro ou sombrio, tendemos olhar para o passado para o conforto do bem perdido. Queremos acreditar num periodo menos complicado quando as pessoas realmente amavam umas às outras e quando a natureza humana era fundamentalmente boa.

A verdade é que a natureza humana e a condição humana sempre foram uma mistura do bem e do mal. Os bons e velhos tempos nunca foram tão bons quanto parecia.

Diante das atuais incertezas financeiras, problemas familiares, caos político, a perda do propósito espiritual e da deterioração da moral em toda a sociedade, tem você saudades pelos bons e velhos tempos que desapareceram? Aqui estão três passos você pode seguir para permitir que Deus faça o dia de hoje um dia significativo em sua vida e o ajude a compreender o futuro que Ele lhe está oferecendo além do hoje.

1º Passo: Busque o futuro de Deus para sua vida.

O problema de ter uma visão romantizada e distorcida do passado o impede de trabalhar para o futuro que Deus quer para você.

Quando era jovem, eu costumava caminhar com alguns amigos. Em certa ocasião, fomos andando até um desfiladeiro que era usado por bêbados para dormir enquanto melhoravam de sua intoxicação. De repente um dos meninos caiu de joelhos e gritou: "Dinheiro!" Ele encontrou uma moeda, depois outra. Logo todos os três estavam no chão buscando desenterrar as moedas que haviam caído do bolso dos bêbados. Em pouco tempo tínhamos enchido os bolsos com dezenas de moedas, numa emocionante caça ao tesouro.

Depois disso, por algum tempo, eu me acostumei a andar olhando para o chão, procurando moedas. Porém, eu tive que reaprender a andar e deixar de andar olhando para o chão. Porque ao olhar para baixo, na esperança de reviver um momento passado, eu poderia até encontrar uma moeda de cinquenta centavos agora ou depois — mas quantas vistas lindas de pores-do-sol eu não admiraria, quantas pessoas eu nunca mais iria encontrar, e quantos acidentes eu poderia ter em bater a cabeça com coisas na estrada.

Essa é a triste realidade de viver no passado, esperando, de alguma forma, recuperar os bons e velhos tempos. Para lidar com esta nostalgia você deve aceitar que Deus tem um objetivo futuro para sua vida e que esse futuro depende de suas decisões agora.

Jesus Cristo ensinou sobre Seu retorno futuro, para recompensar Seus seguidores, numa parábola sobre ovinos e caprinos (os verdadeiros seguidores que amam a Deus e ao próximo são representados como ovelhas, enquanto aqueles que dizem amar a Deus e ao próximo são representados como bodes). A promessa da parábola para os verdadeiros seguidores é esta: "Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: 'Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo’" (Mateus 25:34 Mateus 25:34Então dirá o Rei aos que estiverem � sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Almeida Atualizada×
).

O futuro já está planejado! A questão é que Deus está perguntando: Quanto é que você deseja este futuro?

Deus quer limpar a bagunça de sua vida. O Criador da vida quer lhe ensinar como a vida deve ser. Ele tem um propósito para você, mas primeiro você deve admitir que os seus caminhos são errados. Você tem que pedir a Deus para lhe mostrar o erro de suas ações e pensamentos e lhe revelar a maneira correta de viver, como mostrada na Bíblia. Aí então você pode receber o futuro Ele quer dar a você!

2º Passo: Busque o propósito de Deus em sua vida agora

Deus tem um incrível futuro planejado para todos aqueles que O buscam. Isso nos leva ao próximo passo nesta estrada para a vida eterna — você deve buscar o propósito de Deus em sua vida agora.

O apóstolo Paulo viajou para Atenas e enfrentou um grupo de filósofos eruditos de sua época. Ele foi desafiado a explicar para esses pensadores greco-romanos, mergulhados na idolatria politeísta, o conceito sobre Deus e Seu propósito para os seres humanos, que era totalmente novo para eles.

Aqui está o que Paulo disse: "O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens. Nem tampouco é servido por mãos de homens, como que necessitando de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas”.

"E de um só fez toda a geração dos homens para habitar sobre toda a face da terra, determinando os tempos já dantes ordenados e os limites da sua habitação, para que buscassem ao Senhor, se, porventura, tateando, o pudessem achar, ainda que não está longe de cada um de nós; porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos, como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração”.

"Sendo nós, pois, geração de Deus, não havemos de cuidar que a divindade seja semelhante ao ouro, ou à prata, ou à pedra esculpida por artifício e imaginação dos homens”.

"Mas Deus, não tendo em conta os tempos da ignorância, anuncia agora a todos os homens, em todo lugar, que se arrependam, porquanto tem determinado um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do varão que destinou; e disso deu certeza a todos, ressuscitando-o dos mortos" (Atos 17:24-31 Atos 17:24-31 [24] O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; [25] nem tampouco é servido por mãos humanas, como se necessitasse de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas; [26] e de um só fez todas as raças dos homens, para habitarem sobre toda a face da terra, determinando-lhes os tempos já dantes ordenados e os limites da sua habitação; [27] para que buscassem a Deus, se porventura, tateando, o pudessem achar, o qual, todavia, não está longe de cada um de nós; [28] porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois dele também somos geração. [29] Sendo nós, pois, geração de Deus, não devemos pensar que a divindade seja semelhante ao ouro, ou � prata, ou � pedra esculpida pela arte e imaginação do homem. [30] Mas Deus, não levando em conta os tempos da ignorância, manda agora que todos os homens em todo lugar se arrependam; [31] porquanto determinou um dia em que com justiça há de julgar o mundo, por meio do varão que para isso ordenou; e disso tem dado certeza a todos, ressuscitando-o dentre os mortos.
Almeida Atualizada×
).

Deus criou os seres humanos, porque Ele quer filhos para estar com Ele em Sua família por toda a eternidade. Se você voltar-se para Deus e aceitar ao Seu propósito em sua vida, você poderá ter uma relação de Pai e filho com Ele agora. O apóstolo João escreveu: "Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos" (1 João 3:2).

Se você quer esse futuro, a promessa de ser como Deus e vê-Lo como Ele é, então tem que dedicar sua vida a agir e pensar como um filho de Deus. No versículo seguinte João escreveu: "E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro" (versículo 3).

Jesus Cristo, sendo seu irmão mais velho, deve tornar-se seu modelo de comportamento. Você deve encontrar tempo para oração, pedindo a Deus para guiar sua vida e prepará-lo para Seu futuro e também estar disposto a obedecer às Suas instruções.

3º Passo: Não permita que as dificuldades o desvie do futuro que Deus tem planejado para você

Você está permitindo que os problemas do presente roubem sua paz de espírito e a esperança no futuro?

Não são apenas os grandes problemas da vida que nos impedem de viver antecipadamente o futuro de Deus— problemas como doenças, a perda de um emprego, a morte de um ente querido — mas os pequenos problemas incômodos do cotidiano podem nos desgastar e nos desviar do propósito de Deus.

Certa vez li sobre uma árvore no Estado do Colorado que os cientistas estavam investigando porque tinha sobrevivido por cerca de quatrocentos anos. Em várias ocasiões, ela havia sido atingida por raios e resistido a secas, avalanches e tempestades. Por fim, ela sucumbiu — não por causa de nenhuma destas grandes ameaças, mas porque uma horda de pequenos insetos a destruíram de dentro para fora.

Podemos permitir que a horda de inconvenientes e problemas diários drene nossa força emocional e espiritual ou podemos começar a ver as dificuldades da vida como oportunidades para aprender as lições de Deus para que Seu propósito possa ser cumprido em nossas vidas. Quando Deus está no comando de sua vida você pode começar a ver os problemas como oportunidades para confiar que Ele fará o que é certo e melhor para você como seu filho (Romanos 8:28 Romanos 8:28E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
Almeida Atualizada×
).

Quando foram os “bons e velhos tempos”?

Imaginem uma tempestade e você em casa. O vento uivando, os galhos das árvores rachando e a chuva fria batendo no telhado. Você e sua família dormem no calor e conforto, seguro contra as intempéries. Mais tarde, você poderia olhar para trás e ver esse tempo como os "bons e velhos tempos".

Agora imagine um grupo de pescadores num lago nessa mesma tempestade. Eles estão encharcados e congelados de frio. O mastro está quebrado. As ondas atingem o barco, que está se enchendo de água. Eles se entreolham e não há palavras para descrever o terror que sentem, pois estão prestes a morrer.

Um dos homens grita que alguém está andando na direção deles — alguém, andando sobre a água! Pedro percebe que é Jesus Cristo e salta do barco, e por alguns momentos ele também consegue caminhar sobre a água. Depois de Jesus salvar Pedro de se afogar, eles sobem no barco e com poucas palavras, o Filho de Deus acalma a tempestade (Mateus 14:24-33 Mateus 14:24-33 [24] Entrementes, o barco já estava a muitos estádios da terra, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário. [25] Â quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando sobre o mar. [26] Os discípulos, porém, ao vê-lo andando sobre o mar, assustaram-se e disseram: É um fantasma. E gritaram de medo. [27] Jesus, porém, imediatamente lhes falou, dizendo: Tende ânimo; sou eu; não temais. [28] Respondeu-lhe Pedro: Senhor! se és tu, manda-me ir ter contigo sobre as águas. [29] Disse-lhe ele: Vem. Pedro, descendo do barco, e andando sobre as águas, foi ao encontro de Jesus. [30] Mas, sentindo o vento, teve medo; e, começando a submergir, clamou: Senhor, salva-me. [31] Imediatamente estendeu Jesus a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste? [32] E logo que subiram para o barco, o vento cessou. [33] Então os que estavam no barco adoraram-no, dizendo: Verdadeiramente tu és Filho de Deus.
Almeida Atualizada×
).

Depois de alguns anos, aqueles que dormiam profundamente na segurança e no calor de seu lar não vão lembrar-se daquela noite, mas os pescadores do barco, em qualquer ocasião que lhes perguntarem, certamente vão contar a história de quando estavam numa terrível tempestade e Jesus os salvou. Os pais vão recontar a história para seus filhos. Todos concordam que desejariam ter estado lá e que aqueles realmente foram bons e velhos tempos.

Não importa o que alguém mais estava fazendo naquela noite, mas o local para estar era um barco prestes a afundar no meio de um vendaval. Pode ser que você estivesse tremendo de frio e aterrorizado, mas você viu Jesus andando sobre as águas e, por meio do poder de Deus, acalmando o mar turbulento.

Às vezes, a vida é assim. Muitas vezes, é quando estamos desesperados e com medo que Deus se torna mais real para nós. Algumas vezes, os bons e velhos tempos estão nas tempestades que Deus acalma.

Se você estiver permitindo que Deus realize o Seu propósito em sua vida agora, então não há momento melhor para viver do que o hoje — mesmo com suas dificuldades e problemas — porque Deus está preparando você para o futuro dEle.

Deus quer purificar sua vida. Ele quer que você se volte para Ele e reconheça-O como a fonte da vida e como seu Pai. Ele quer que você seja Seu filho para sempre no Seu Reino. Este é o futuro de Deus para você. Diante de tudo isso, esta é a questão: Você quer o futuro e o propósito de Deus vivendo em sua vida hoje? BN.