Acima de Tudo, Guarde Seu Coração



Embora a proteção de sua família e seus bens seja importante, descubra por que Provérbios 4:23 diz que você deve proteger seu coração mais do que qualquer outra coisa.

Allan Pinkerton com Abraham Lincoln, 1864
Fuente: Wikimedia

Ao longo da Revolução Industrial do século dezoito, um grande número de pessoas deixou o campo e encheu as cidades em busca de emprego. Esse fenômeno foi acompanhado por um aumento da atividade criminosa que levou a uma maior necessidade de proteção pessoal. Foi então que a ideia de prevenir o crime, em vez de simplesmente controlá-lo, tornou-se um conceito crescente. Isso levou a empresas de segurança inovadoras, e uma das mais famosas do mundo foi fundada por Allan Pinkerton.

No início da década de 1840, Pinkerton tornou-se um voluntário atuante no trabalho policial no nordeste de Illinois. Ele foi escolhido como xerife em 1846, e três anos mais tarde aceitou o cargo de primeiro detetive de polícia de Chicago. Após deixar a força policial em 1850, ele fundou sua agência privada de segurança e investigação, que, posteriormente, se especializou em investigar roubos em estrada de ferro.

Enquanto investigava um caso em 1861, Pinkerton tomou conhecimento de um plano para matar Abraham Lincoln durante uma parada na linha ferroviária na viagem de sua primeira inauguração presidencial. Pinkerton avisou o presidente sobre a ameaça e, em seguida, modificou o itinerário de viagem para que o trem de Lincoln fosse para Washington, D.C., sem incidentes.

Durante a Guerra Civil Americana, Pinkerton lançou o Serviço de Inteligência da União, que secretamente reunia informações sobre os movimentos e a força das tropas Confederadas. Ele também foi guarda-costas de Lincoln. Após o fim das hostilidades, em 1865, Pinkerton voltou a Chicago para retomar a gestão de sua agência de segurança até sua morte em julho de 1884. Pinkerton, Inc., desde então, expandiu-se e tornou-se uma organização internacional de 1,5 bilhão de dólares, que oferece uma ampla gama de serviços de segurança.

Desde o tempo de Allan Pinkerton, a preocupação com segurança não diminuiu. Hoje, muitas empresas e famílias estão buscando cada vez mais se proteger contra potenciais ameaças, instalando sistemas de segurança eletrônicos sem fio bem baratos. O equipamento consiste de sensores de movimento em portas e janelas, bem como câmeras de vigilância acessíveis remotamente através de um smartphone.

Também estão disponíveis sirenes e dispositivos de comunicação automatizados, que incluem os serviços de monitoramento remoto de alarme, que informam à polícia qualquer suspeita de invasão.

Quatro importantes qualidades espirituais 

Embora possa ser de grande ajuda usar essas ou outras medidas para melhorar a sua própria segurança, muito mais importante é olhar para Deus, confiando em Sua promessa de cuidar daqueles que confiam nEle. Muitas passagens bíblicas, incluindo o Salmo 121:1-8, atestam esse fator crucial.

E, além disso, há outra importante medida defensiva que você deve adotar, a qual envolve todo o seu bem-estar mental, emocional e espiritual. Provérbios 4:23 diz: "Guarda com toda a diligência o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida". A Bíblia na Linguagem de Hoje traduz assim: “Tenha cuidado com o que você pensa, pois a sua vida é dirigida pelos seus pensamentos".

Antes de aprender o que deveria estar em seu coração, e que deveria ser fortemente protegido, vamos examinar brevemente quatro qualidades espirituais críticas apresentadas neste versículo com as palavras "guardar, coração, diligência e fonte".

• Guardar. Traduzido da palavra hebraica natsar, o termo significa "resguardar ou proteger". Por exemplo, você normalmente preserva bens com algum significado ou valor expressivo, como um anel de noivado de diamante, uma herança de família ou seu smartphone. No entanto, como explica Provérbios 4:23, você deve proteger especialmente o que você tem em seu coração.

• Coração. A palavra hebraica aqui, leb, normalmente se refere ao "interior da pessoa, à mente e à vontade". Isso denota o núcleo central de sua existência emocional, intelectual e espiritual. Do mesmo jeito que seu coração físico é indispensável para sustentar sua vida física, o leb é usado aqui como a fonte de tudo o que afeta seu bem-estar.

• Diligência. O dicionário define isso como o “interesse ou cuidado aplicado na execução de uma tarefa". O que pode parecer surpreendente, no entanto, é que essa palavra é usada para traduzir a palavra hebraica mishmar, a qual denota um "lugar de confinamento, encarceramento ou prisão". Então, em Provérbios 4:23, a palavra diligência significa que você deve guardar seu coração tão cuidadosamente como se o mantivesse trancado à chave.

• Fonte. Derivado da palavra hebraica totsaah, a palavra significa "fronteiras ou limites". Refere-se à soma total de tudo o que ocorre em sua vida, inclusive o que você é, o que diz e o que faz.

O que deveria estar em seu coração?

Em vista dessas quatro palavras e seus significados, o que deveria estar em seu coração de tão valoroso e importante? O que Deus pede para você salvaguardar antes de tudo em sua vida?

Para descobrir a resposta, vamos examinar o contexto de todo o capítulo de Provérbios 4:23. Começando em Provérbios 4:1-4, o rei Salomão diz: "Ouvi, filhos, a instrução do pai, e estai atentos para conhecerdes o entendimento. Pois eu vos dou boa doutrina; não abandoneis o meu ensino. Quando eu era filho aos pés de meu, pai, tenro e único em estima diante de minha mãe, ele me ensinava, e me dizia: Retenha o teu coração as minhas palavras; guarda os meus mandamentos, e vive" (grifo do autor).

Aqui, Salomão apresenta a seus filhos princípios orientadores importantes que seu próprio pai, o rei Davi, lhe deu. E mais do que isso, sendo uma Escritura inspirada, na verdade, essas são instruções profundas e sagradas de Deus para você, registradas em Suas inestimáveis palavras.

Continuando nos versículos 5-13, aprendemos que a sabedoria vem da observância e da obediência dos ensinamentos de Deus. Por exemplo, o versículo 7 afirma: "A sabedoria é a coisa principal; adquire, pois, a sabedoria; sim, com tudo o que possuis adquire o entendimento”. Estes valores, se seguidos e estimados, irão guardar sua vida em seu caminhar diário.

Em seguida, nos versículos 14-18, Salomão aconselha seus filhos sobre os perigos que devem evitar. Por exemplo, no versículo 14, ele diz: "Não entres na vereda dos ímpios, nem andes pelo caminho dos maus". Do mesmo modo, Deus o aconselha a evitar andar pelo caminho do pecado porque o resultado será sofrimento, ansiedade e morte.

Mais importante que bens materiais

O rei então faz uma notável declaração. Ele explica que suas instruções são equivalentes à própria vida: “Filho meu, atenta para as minhas palavras; inclina o teu ouvido às minhas instruções. Não se apartem elas de diante dos teus olhos; guarda-as dentro do teu coração. Porque são vida para os que as encontram, e saúde para todo o seu corpo" (versículos 20-22). Salomão conclui suas decisivas observações nos versículos 24-27, resumindo suas declarações anteriores sobre fazer o que é bom e reto.

Então, o que tudo isso significa para você? Significa que guardar e abraçar as palavras e instruções de Deus é incalculavelmente mais importante do que todos os bens, desejos e realizações terrenas (Mateus 6:19-21, Lucas 12:15-21, Romanos 8:5-6).

Em relação a essa realidade divina fundamental, meditemos em 2 Pedro 1:2-4. Esta passagem não apenas espelha o que Provérbios 4 afirma sobre as bênçãos de viver uma vida física virtuosa, como também eleva essas instruções a um nível espiritual muito mais alto.

Como o apóstolo Pedro afirma no versículo 4, você recebeu "preciosas e grandíssimas promessas, para que por elas vos torneis participantes da natureza divina".

Isto significa que o conhecimento que você deve valorizar e guardar vai muito além de como viver uma vida terrena honrada. Pois, também diz respeito à empolgante vida eterna que você poderá ter juntamente com Deus no reino vindouro dEle (Filipenses 3:11).

Apenas imagine isso por um instante! O poderoso e imortal Criador de todo o universo quer que você seja um de Seus próprios filhos divinos em Sua gloriosa e espiritual família (2 Coríntios 6:18). Esse conhecimento é realmente incomensurável! E você deveria estar muitíssimo agradecido saber disso (2 Coríntios 4:6-7; Salmo 139:17).

Mas isso requer de você muito mais do que simplesmente ter um sentimento bom e afável acerca dEle. Você também precisa agir decididamente para provar que sua admiração e devoção a Deus é totalmente genuína. Por isso, é necessário que você se arrependa e expurgue, fervorosa e persistentemente, o pecado de sua vida, enquanto o substitui pela própria justiça de Deus (Efésios 4:24).

Isso só é possível, se você permitir que Jesus Cristo viva Sua vida dentro de você diariamente, através do poder de Seu Espírito Santo (Gálatas 2:20; 2 Timóteo 1:6). Além disso, você precisa se agarrar firmemente à visão do tempo maravilhoso que se aproxima quando você será transformado de um ser humano físico a um espírito puro e divino na segunda vinda de Cristo (1 João 3:2-3).

Isso vai demandar muita energia espiritual e preparação para esse futuro magnífico de serviço amoroso, como rei e sacerdote, no governo mundial terreno, profetizado por Deus (Apocalipse 1:6; 2:26; 5:10; 20:6).

Como você pode se preparar corretamente para essa enorme responsabilidade iminente? Isso envolve alguns passos práticos para entesourar e proteger o conhecimento que Deus tão generosamente deu a você. E envolve também proteger seu coração contra os males e as ameaças que vão tentar destruir esse precioso entendimento (2 Tessalonicenses 3:3).

Vamos abordar brevemente quatro métodos práticos que irão ajudá-lo a ter êxito e proteger a imaculável instrução e sabedoria de Deus.

Quatro métodos práticos que você pode empregar

1. Ame a Deus. Para amar completamente a Deus, leve em conta o fato de quanto você aprecia as pessoas que você ama. Quando você realmente ama alguém, você demonstra seu carinho passando tempo com essa pessoa, ajuda-a e conversa com ela e faz coisas em prol dela. Em outras palavras, você demonstra com ações o seu apreço por aqueles que você se preocupa. Na realidade, isso é muito parecido com a atitude de seu Criador. Você pode expressar seu amor por Deus comunicando-se continuamente com Ele através da oração zelosa e do estudo regular da Bíblia. Para amar corretamente a Deus, você precisa fazer dEle e de Suas palavras o ponto focal de sua vida (Deuteronômio 6:5-6).

2. Obedeça a Deus. Amar e honrar o seu Criador e ter um relacionamento próximo com Ele requer obediência aos Seus mandamentos (Deuteronômio 11:1; 1 João 5:3). As leis de Deus, que são totalmente descritas em Sua Palavra, foram elaboradas especificamente para que você possa viver uma vida alegre e produtiva (Deuteronômio 4:1; 5:33; 30:15-16; 32:45-47).

3. Deteste o mal. As Escrituras são claras ao dizer que vivemos em uma era corrupta e degenerada (Gálatas 1:4). Visto que Deus abomina o pecado em todas as suas formas, é muito importante que isso também seja detestável para nós (Hebreus 1:9, Salmo 119:104). Portanto, você deve estar vigilante para proteger seu coração de influências adversas. Por exemplo, a Internet, os filmes, a televisão, a música, os livros e as revistas podem servir para bons propósitos, mas você deve ficar muitíssimo atento para evitar suas poderosas influências negativas.

4. Ame a verdade. Provérbios 23:23 diz:  "Compra a verdade, e não a vendas" — ou seja, dedique tempo e se esforce para aprendê-la e nunca a venda por nada. Depois de ter recebido a compreensão do verdadeiro conhecimento bíblico, por meio do chamado gracioso e misericordioso de Deus, não o perca, aconteça o que acontecer (João 8:32; 2 Tessalonicenses 2:10).

Estes quatro passos práticos são meios dinâmicos para se entesourar a perfeita instrução e sabedoria de Deus. Eles também vão ajudá-lo a proteger seu coração dos males e das ameaças que podem contaminar e destruir você. Além disso, eles o ajudam a amar e a guardar esse grande entendimento que Deus lhe deu sobre o surpreendente futuro que o espera.

Finalmente, como mencionado sobre os recentes esforços para aumentar a segurança das pessoas, incluindo o trabalho de Allan Pinkerton, faça tudo o que puder para garantir sua própria segurança pessoal com a poderosa ajuda de Deus. Porém, ainda mais importante, é lembrar-se e aplicar, cuidadosa e diligentemente, a mensagem vital de Provérbios 4:23: "Acima de tudo, guarde o seu coração" (NVI). BN

Mais Informação

 


X
You may login with either your assigned username or your e-mail address.
The password field is case sensitive.
Loading