Ajuda para hoje, esperança para amanhã 

Celebrando a Festa dos Tabernáculos no Mundo de Hoje

Você está aqui

Celebrando a Festa dos Tabernáculos no Mundo de Hoje

Login or Create an Account

With a UCG.org account you will be able to save items to read and study later!

Sign In | Sign Up

×

Você já ouviu falar da Festa dos Tabernáculos? Você sabia que Jesus Cristo celebrou essa festa no século primeiro? Você sabia que, ainda hoje, milhares de cristãos seguem o exemplo dEle e a observa todos os anos?

A Festa dos Tabernáculos tem um grande significado para os cristãos de hoje. Vamos dar uma olhada no significado dessa festa e por que é tão importante para Deus que você a observe também.

Vamos examinar por que milhares de cristãos em todo o mundo solicitam licença do trabalho e da escola para reunir-se, permanecendo em habitações temporárias para adorar a Deus e a Jesus Cristo. Vamos entender o incrível significado dessa festa bíblica para toda a humanidade!

Uma visão do Reino de Deus

Três discípulos de Jesus participaram de um acontecimento transformador, que está registrado nos Evangelhos. Você pode até estar familiarizado com o fato, mas o que a maioria das pessoas não entende é que realmente esse ocorrido tem tudo a ver com a Festa dos Tabernáculos.

Vamos ver os detalhes desse evento, geralmente chamado de transfiguração. Um dia Jesus estava falando com Seus discípulos e disse algo espantoso. Ele disse: “Em verdade vos digo que, dos que aqui estão, alguns há que de modo nenhum provarão a morte até que vejam o reino de Deus já chegando com poder” (Marcos 9:1 Marcos 9:1Disse-lhes mais: Em verdade vos digo que, dos que aqui estão, alguns há que de modo nenhum provarão a morte até que vejam o reino de Deus já chegando com poder.
Almeida Atualizada×
).

Sem dúvida, eles não sabiam em quanto tempo as palavras de Jesus se tornariam realidade! “Seis dias depois tomou Jesus consigo a Pedro, a Tiago, e a João, e os levou à parte sós, a um alto monte; e foi transfigurado diante deles; as Suas vestes tornaram-se resplandecentes, extremamente brancas… E apareceu-lhes Elias com Moisés, e falavam com Jesus. Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Mestre, bom é estarmos aqui; faça-mos, pois, três cabanas [tabernáculos]” (Marcos 9:1-5 Marcos 9:1-5 1 Disse-lhes mais: Em verdade vos digo que, dos que aqui estão, alguns há que de modo nenhum provarão a morte até que vejam o reino de Deus já chegando com poder. 2 Seis dias depois tomou Jesus consigo a Pedro, a Tiago, e a João, e os levou � parte sós, a um alto monte; e foi transfigurado diante deles; 3 as suas vestes tornaram-se resplandecentes, extremamente brancas, tais como nenhum lavandeiro sobre a terra as poderia branquear. 4 E apareceu-lhes Elias com Moisés, e falavam com Jesus. 5 Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Mestre, bom é estarmos aqui; faça-mos, pois, três cabanas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias.
Almeida Atualizada×
, grifo nosso).

Que acontecimento fantástico! Em uma visão, esses discípulos, subitamente, foram levados ao futuro e viram Jesus Cristo glorificado em Seu Reino!

Observe a reação de Pedro. A que Pedro associou essa visão? Ele disse que deviam fazer cabanas [tabernáculos].

O que isso tem a ver? Pedro relaciona claramente a Festa dos Tabernáculos com a ideia de uma cabana ou uma moradia temporária. Por que isso é importante para os cristãos de hoje?

Para responder a essa pergunta, precisamos buscar mais um pouco de informação.

Uma celebração ordenada

Ao entregar Suas leis a Moisés, Deus disse: “Fala aos filhos de Israel, dizendo: Desde o dia quinze desse sétimo mês haverá a festa dos tabernáculos ao SENHOR por sete dias. No primeiro dia haverá santa convocação…” (Levítico 23:34-35).

Você pode estar pensando que isso é apenas algo do Antigo Testamento para os judeus. Mas não é. É uma coisa cristã! Você notou que o Seu Salvador, Jesus Cristo, deu o exemplo ao observar essa festa?

O livro de João registra Jesus e Seus irmãos indo a Jerusalém para a Festa dos Tabernáculos: “Mas quando seus irmãos já tinham subido à festa, então subiu Ele também, não publicamente, mas como em secreto. Ora, os judeus O procuravam na festa, e perguntavam: Onde está Ele?… Estando, pois, a festa já em meio, subiu Jesus ao templo e começou a ensinar” (João 7:10-11, 14).

Você observou que todos esperavam Jesus na Festa dos Tabernáculos? Por quê? Porque era seu costume, ao longo da vida, celebrar as festas de Deus, conforme exigido nas leis de Deus. Até mesmo quando sua vida estava ameaçada, Ele foi celebrar a Festa dos Tabernáculos!

Você vê, Cristo sabia que essa era uma celebração anual ordenada por Deus e que não se destina apenas aos judeus. Com razão, Levítico 23:2, chama-as de “festas do SENHOR”. Elas não eram apenas festas de Israel ou celebrações somente dos judeus. Jesus deu o exemplo, mostrando que elas eram para todos e que continuam sendo as festas de Deus.

A Igreja primitiva continuou celebrando as festas, seguindo o exemplo de Jesus. Ele celebrou a Festa dos Tabernáculos todos os anos e ensinou sobre seu grande significado. A Escritura nos ensina que, como Seus seguidores, devemos andar como Ele andou — e viver como Ele viveu (Isaías 25:6-7).

Quando Deus diz que devemos celebrar as festas, Ele usa uma palavra hebraica que significa “tempos determinados” ou “encontros marcados”. Você compreende que Deus estabeleceu uma série de encontros marcados para você se reunir com Ele? Essas festas também são chamadas de “santas convocações” ou “assembleias sagradas”. Jesus sabia que, juntos, podemos aprender valiosas lições através da reunião, da comunhão e da observação dessas festas.

A Palavra de Deus nos diz que temos um encontro especial marcado com Ele na Festa dos Tabernáculos. Agora imagine isso! Deus enviou um convite original a todos nós para uma reunião pessoal com Ele!

Por que celebrar a Festa dos Tabernáculos?

Ao ordenar a celebração da Festa dos Tabernáculos, Deus disse aos israelitas para fazerem algo que pode parecer estranho para nós. Eles deveriam observar a festa usando “cabanas” (tabernáculos). O que isso significa?

Um “tabernáculo” ou “cabana”, como também é chamado, é um abrigo temporário, como uma tenda ou uma habitação temporária. Então, a festa era para ser observada saindo de casa e ficando nesse tipo de moradia.

Por que isso faz parte da celebração dessa festa?

Deus disse que é “para saibam as vossas gerações que eu fiz habitar os filhos de Israel em tendas, quando os tirei da terra do Egito” (Levítico 23:42-43).

Hoje, os cristãos observam essa festa ficando em habitações temporárias disponíveis na localidade da festa e se reúnem para adorar a Deus e ouvir a pregação e o ensinamento da Bíblia.

Essas habitações temporárias nos lembram do significado espiritual dessa festa — que a vida é transitória. Somos estrangeiros e peregrinos nesta terra. Esse é seu poderoso simbolismo! Ela nos recorda que este mundo não é nossa verdadeira casa e que, na verdade, somos cidadãos do Reino de Deus.

Pedro usou essa analogia, ao lembrar-se do vislumbre que teve de Jesus Cristo em Sua glória espiritual no Reino de Deus, durante a transfiguração: “Considero importante, enquanto estiver no tabernáculo deste corpo, despertar a memória de vocês, porque sei que em breve deixarei este tabernáculo” (2 Pedro 1:13-14 2 Pedro 1:13-14 13 E tendo por justo, enquanto ainda estou neste tabernáculo, despertar-vos com admoestações, 14 sabendo que brevemente hei de deixar este meu tabernáculo, assim como nosso Senhor Jesus Cristo já mo revelou.
Almeida Atualizada×
, NVI).

Pedro fez uma conexão entre o Reino de Deus e a habitações temporárias! A Festa dos Tabernáculos nos lembra do caráter temporário de nossa vida física, e isso nos ajuda a nos concentrarmos no que é permanente — nosso objetivo da vida eterna no Reino de Deus.

Celebrando o cuidado de Deus para conosco

Outra lição dessa festa é “que saibam as vossas gerações que Eu fiz habitar os filhos de Israel em tendas, quando os tirei da terra do Egito” (Levítico 23:43).

Isso remonta a Israel vagando em um deserto árido — sair do mundo de hoje, é peregrinar com Deus e sob a Sua proteção. Naquelas condições adversas, Israel teve de depender totalmente de Deus. Então, o que fez Deus? Ele foi fiel, suprindo todas as necessidades deles. Ele matou a sede deles com água limpa, alimentou-os com maná do céu e até mesmo deu-lhes codornizes para comer. Tudo isso mostrou Seu amor e preocupação para com Seu povo todas as vezes que precisavam dEle.

O grande cuidado de Deus para com Israel serve para nos lembrar de que Ele tem o mesmo cuidado para conosco. O Criador, Sustentador de todo o universo, está disposto a suprir as nossas necessidades diárias. Ele tem um particular interesse em nossas vidas. Além disso, Ele nos provê mais do que necessitamos — um Salvador que pode nos dar a vida eterna. Sem dúvida nenhuma, Os cristãos devem celebrar e honrar ao nosso Deus fiel, que providencia tudo que precisamos.

A própria Festa dos Tabernáculos é uma dádiva espiritual que Deus nos dá. Deus diz que devemos nos reunir para adorá-Lo — qualquer coisa que Deus nos ordene é para o nosso próprio bem. Deus nos assegura que todas as celebrações que institui são importantes para Ele. Ele diz que essas são “as festas fixas do SENHOR, que proclamareis, serão santas convocações; são estas as Minhas festas” (Levítico 23:2, ARA).

As festas de Deus fazem parte do cuidado dEle para conosco, providenciando a nós um tempo especial para passarmos com Ele. Jesus sabia que podemos aprender valiosas lições através do cumprimento, da comunhão e da celebração dessas festas juntos. Elas são mais do que apenas uma boa ideia, mais do que uma opção e muito mais do que somente um bom conselho. Realmente, Deus nos ordena a observar a Sua festa para o nosso próprio bem!

Você não acha que é uma bênção Deus nos dar uma celebração espiritual maravilhosa que Lhe agrada e O faz sentir-se honrado?

Comemorando um futuro mundo melhor

Cobrimos alguns dos conceitos práticos e espirituais sobre o que nos ensina a observância da Festa dos Tabernáculos, como o foco em nosso verdadeiro lar no Reino de Deus e o cuidado de Deus para conosco nesta vida. Mas há mais uma lição que podemos aprender com essa festa — e é a mais importante de todas.

Para os israelitas, a Festa dos Tabernáculos era uma celebração do final do verão e da grande colheita tardia do outono na terra de Israel. Deus os abençoou com colheitas abundantes. Por trás da celebração da colheita há uma incrível lição espiritual, que prenuncia uma grande colheita espiritual. Deus nos deu lições físicas para ensinar-nos verdades espirituais.

Essa lição aponta para o motivo de as festas do Senhor serem para toda a humanidade, não apenas para os judeus.

A Festa dos Tabernáculos é uma ocasião de alegria, que retrata um tempo de felicidade após o retorno de Jesus Cristo. Não é ótimo saber que podemos olhar para um futuro feliz, quando o mundo atual, com todos os seus problemas e tragédias, será substituído pelo profetizado Reino de Deus?

Jesus ensinou, exaustivamente, sobre o Seu Reino durante Seu ministério terreno. Quando Ele voltar, haverá um tempo de grande colheita espiritual em todos os cantos do mundo, pois Ele vai trazer as nações e os povos da Terra para o Reino de Deus para viverem sob Seu governo justo. A Festa dos Tabernáculos simboliza o tempo em que Jesus voltará para governar pessoalmente o mundo por mil anos. Será um tempo incomparável de paz e harmonia. Sem dúvida, essa é uma excelente razão para comemorar essa festa!

A profecia bíblica nos diz que “todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorarem o Rei, o Senhor dos exércitos, e para celebrarem a Festa dos Tabernáculos” (Zacarias 14:16 Zacarias 14:16Então todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorarem o Rei, o Senhor dos exércitos, e para celebrarem a festa dos tabernáculos.
Almeida Atualizada×
).

Imagine isso: Deus está dizendo que está próximo o tempo em que todo o mundo vai celebrar essa festa!

No retorno de Cristo, esse fundamento será a base para a restauração de todas as coisas e para a paz e a harmonia com Deus. A Festa dos Tabernáculos prenuncia um mundo transformado, onde as pessoas vão dizer: “Vinde, e subamos ao monte do SENHOR, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os Seus caminhos, e andemos nas Suas veredas… e estes converterão as suas espadas em relhas de arado, e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra” (Isaías 2:3-4).

Nessa época, todas as pessoas de todas as nações se juntarão nesse encontro festivo anual. Todas as pessoas vão aprender o caminho do amor de Deus. Quando receberem o Espírito Santo de Deus, elas vão ser capazes de interiorizar o perfeito caminho de Deus. A humanidade será finalmente restaurada a um relacionamento correto com o Criador.

Vamos celebrar a festa!

A Festa dos Tabernáculos retrata de um tempo incrível. O simbolismo dessa festa cristã única é espantoso, e suas lições vão fazer você mudar a maneira de pensar sobre o plano de Deus para sua vida. Celebrar a festa nos dá um vislumbre do mundo de amanhã — uma fantástica visão dessa era porvir. Reserve um tempo para aprender mais sobre essa festa. Não perca essa maravilhosa oportunidade espiritual. Eu espero que você celebre a Festa dos Tabernáculos como uma grandiosa indicação de sua fé.

Não subestime o significado dessa festa em sua vida. Hoje mesmo, você pode começar a viver o propósito de Deus para sua vida. Aproveite essa oportunidade para se imbuir da Palavra de Deus e para usufruir desse tempo especial reservado para a Festa dos Tabernáculos. Realmente, é um passo importante decidir viver uma vida em harmonia com o caminho de Deus e se preparar para a vida eterna.

–––––––––––––––––––––––––––––––––

Coluna Lateral: Como os cristãos celebram a Festa dos Tabernáculos hoje em dia?

Para observar os sete dias da Festa e o Oitavo Dia, que vem logo depois, as famílias se reúnem durante toda a festa em locais específicos. Na Igreja de Deus Unida, que publica a revista A Boa Nova, os membros e suas famílias viajam a lugares ao redor do mundo para participar dessa celebração. Os grandes centros de conferências acomodam todos em suas instalações para que possam se reunir diariamente para assistirem aos cultos.

A Festa dos Tabernáculos é focada em um tempo de renovação espiritual e de alegria para todos, por isso os serviços religiosos diários tem o propósito de ensinar a Palavra de Deus. As mensagens se concentram, especificamente, em nossa esperança da vinda do Reino de Deus e no comportamento cotidiano dos cristãos para servir a Seu Rei.

Pelo fato da Festa dos Tabernáculos ocorrer em uma época diferente do período de férias escolares e de feriados populares, os membros informam seus planos às escolas e a seus empregadores com bastante antecedência. Geralmente, a maioria dos professores e empregadores é compreensiva e respeita a observância dessas festas bíblicas, sobretudo nos Estados Unidos.

Raramente, há dificuldades em se conseguir folga do trabalho ou na escola, mas em países onde não existe garantia de liberdade religiosa talvez a solidez de sua fé seja colocada à prova. Somente através da confiança em Deus, colocando nossos problemas nas mãos dEle, é quando experimentamos as melhores bênçãos que Ele tem para nossas vidas.

A Festa dos Tabernáculos é uma ocasião especial, que é comemorada com grande alegria. Por isso nos é dito: “Vos alegrareis perante o SENHOR vosso Deus por sete dias” (Levítico 23:40).

A festa é parte da maravilhosa e emocionante vida cristã. Para saber mais sobre a Festa dos Tabernáculos acesse http://portugues.ucg.org/festa-de-tabernaculos . Você também pode entrar em contato com um ministro da Igreja de Deus Unida através da aba Contato de nosso site ( http://portugues.ucg.org ). Certamente, Ele ficaria feliz em lhe dar mais informações sobre a Festa dos Tabernáculos.