Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

A Páscoa

A Páscoa

Quais festas anuais ocorrem no início da primavera?

"No mês primeiro, aos catorze do mês [do calendário hebraico], à tardinha, é a páscoa do SENHOR. E aos quinze dias desse mês é a festa dos pães ázimos do SENHOR; sete dias comereis pães ázimos. No primeiro dia tereis santa convocação; nenhum trabalho servil fareis...ao sétimo dia haverá santa convocação; nenhum trabalho servil fareis" (Levítico 23:5-8 Levítico 23:5-8 [5] No mês primeiro, aos catorze do mês, � tardinha, é a páscoa do Senhor. [6] E aos quinze dias desse mês é a festa dos pães ázimos do Senhor; sete dias comereis pães ázimos. [7] No primeiro dia tereis santa convocação; nenhum trabalho servil fareis. [8] Mas por sete dias oferecereis oferta queimada ao Senhor; ao sétimo dia haverá santa convocação; nenhum trabalho servil fareis.
Almeida Atualizada×
).

As duas festas ao início da primavera (na terra Santa no hemisfério norte) são a Páscoa e a Festa dos Pães Asmos. O Cordeiro sacrificial era imolado na Páscoa (dia quatorze de Nisã), e a Festa dos Pães Asmos era observada por sete dias, ou seja, do começo do dia 15 até ao fim do dia 21 de Nisã. Durante esses dias foi quando a antiga Israel saiu da terra do Egito para o Monte Sinai.

O que a Páscoa significava para os antigos israelitas?

"E Quando os seus filhos lhes perguntarem: O que significa esta cerimônia? Respondam-lhes: É o sacrifício da Páscoa ao SENHOR, que passou sobre as casas dos israelitas no Egito e poupou nossas casas quando matou os egípcios" (Êxodo 12:26-27 Êxodo 12:26-27 [26] E quando vossos filhos vos perguntarem: Que quereis dizer com este culto? [27] Respondereis: Este é o sacrifício da páscoa do Senhor, que passou as casas dos filhos de Israel no Egito, quando feriu os egípcios, e livrou as nossas casas. Então o povo inclinou-se e adorou.
Almeida Atualizada×
, NVI).

"Chamou, pois, Moisés todos os anciãos de Israel, e disse-lhes: Ide e tomai-vos cordeiros segundo as vossas famílias, e imolai a páscoa. Então tomareis um molho de hissopo, embebê-lo-eis no sangue que estiver na bacia e marcareis com ele a verga da porta e os dois umbrais; mas nenhum de vós sairá da porta da sua casa até pela manhã. Porque o SENHOR passará para ferir aos egípcios; e, ao ver o sangue na verga da porta e em ambos os umbrais, o SENHOR passará aquela porta, e não deixará o destruidor entrar em vossas casas para vos ferir” (Êxodo 12:21-23 Êxodo 12:21-23 [21] Chamou, pois, Moisés todos os anciãos de Israel, e disse-lhes: Ide e tomai-vos cordeiros segundo as vossas famílias, e imolai a páscoa. [22] Então tomareis um molho de hissopo, embebê-lo-eis no sangue que estiver na bacia e marcareis com ele a verga da porta e os dois umbrais; mas nenhum de vós sairá da porta da sua casa até pela manhã. [23] Porque o Senhor passará para ferir aos egípcios; e, ao ver o sangue na verga da porta e em ambos os umbrais, o Senhor passará aquela porta, e não deixará o destruidor entrar em vossas casas para vos ferir.
Almeida Atualizada×
).

Os antigos israelitas sabiam que os primogênitos de cada família seriam livrados da morte porque Deus veria o sangue dos cordeiros sacrificado na entrada de suas casas. Por todo o Egito, aqueles que não tinham a mancha do sangue dos cordeiros sacrificados em suas portas perderam seus primogênitos. Mas as famílias de Israel, obedecendo à ordem de Deus de sacrificar um cordeiro na noite correta, estavam livres da morte. Por isso, seus primogênitos não pereceram.

Será que Deus ainda espera que observemos a Páscoa?

"Portanto guardareis isto por estatuto para vós e para vossos filhos, para sempre" (Êxodo 12:24 Êxodo 12:24Portanto guardareis isto por estatuto para vós e para vossos filhos, para sempre.
Almeida Atualizada×
).

Deus instituiu a Páscoa e todas Suas outras festas para serem observadas contínua e permanentemente (comparar Levítico 23:14 Levítico 23:14E não comereis pão, nem trigo torrado, nem espigas verdes, até aquele mesmo dia, em que trouxerdes a oferta do vosso Deus; é estatuto perpétuo pelas vossas gerações, em todas as vossas habitações.
Almeida Atualizada×
, 21, 31, 41). A palavra traduzida como “perpétuo” nesses versículos geralmente significa para sempre em vez de eterno. Por outro lado, essas festas foram dadas para serem guardadas continuamente, ou seja, devemos observá-las durante toda a nossa existência física. Deus nunca quis que fossem meras observâncias temporárias, que seriam abandonadas posteriormente, como é comumente ensinado hoje em dia (não deixe de ler "O Que Paulo Realmente Disse em Colossenses 2:16 Colossenses 2:16Ninguém, pois, vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa de dias de festa, ou de lua nova, ou de sábados,
Almeida Atualizada×
?
”.

Qual o significado da Páscoa para os cristãos?

"Porque Cristo, nossa Páscoa, já foi sacrificado" (1 Coríntios 5:7 1 Coríntios 5:7Expurgai o fermento velho, para que sejais massa nova, assim como sois sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, já foi sacrificado.
Almeida Atualizada×
).

"Pois vocês sabem que não foi por meio de coisas perecíveis como prata ou ouro que vocês foram redimidos da sua maneira vazia de viver, transmitida por seus antepassados,  mas pelo precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro sem mancha e sem defeito,  conhecido antes da criação do mundo, revelado nestes últimos tempos em favor de você" (1 Pedro 1:18-20 1 Pedro 1:18-20 [18] sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver, que por tradição recebestes dos vossos pais, [19] mas com precioso sangue, como de um cordeiro sem defeito e sem mancha, o sangue de Cristo, [20] o qual, na verdade, foi conhecido ainda antes da fundação do mundo, mas manifesto no fim dos tempos por amor de vós,
Almeida Atualizada×
, NVI, comparar Êxodo 12:3-6 Êxodo 12:3-6 [3] Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Ao décimo dia deste mês tomará cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada família. [4] Mas se a família for pequena demais para um cordeiro, tomá-lo-á juntamente com o vizinho mais próximo de sua casa, conforme o número de almas; conforme ao comer de cada um, fareis a conta para o cordeiro. [5] O cordeiro, ou cabrito, será sem defeito, macho de um ano, o qual tomareis das ovelhas ou das cabras, [6] e o guardareis até o décimo quarto dia deste mês; e toda a assembléia da congregação de Israel o matará � tardinha:
Almeida Atualizada×
).

Os apóstolos Paulo e Pedro entenderam que a imolação do cordeiro da Páscoa no Antigo Testamento prefigurava a morte de Jesus Cristo como sacrifício por nosso pecado.

Observe a reação de João Batista ao ver Jesus: “No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo" (João 1:29 João 1:29No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.
Almeida Atualizada×
). João também entendeu a relação simbólica e profética da Páscoa do Antigo Testamento para a obra e a missão de Jesus, o Messias.

O plano de Deus para redenção da humanidade começa com o sacrifício de Cristo pelos nossos pecados. Por incrível que possa parecer, esse primeiro passo do plano mestre de salvação de Deus tem sido observado desde os dias de Moisés na festa da Páscoa (Hebreus 11:24-28 Hebreus 11:24-28 [24] Pela fé Moisés, sendo já homem, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, [25] escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus do que ter por algum tempo o gozo do pecado, [26] tendo por maiores riquezas o opróbrio de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa. [27] Pela fé deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como quem vê aquele que é invisível. [28] Pela fé celebrou a páscoa e a aspersão do sangue, para que o destruidor dos primogênitos não lhes tocasse.
Almeida Atualizada×
). Através da observância de Suas festas sagradas, Deus mantinha a antiga Israel representando anualmente as principais etapas de Seu plano de redenção da humanidade. Nossa redenção começa ao aceitarmos o sacrifício de Cristo por nossos pecados.

Será que Jesus estava ciente da relação entre Sua crucificação e a Páscoa?

"E havendo Jesus concluído todas estas palavras, disse aos seus discípulos: Sabeis que daqui a dois dias é a páscoa; e o Filho do homem será entregue para ser crucificado" (Mateus 26:1-2 Mateus 26:1-2 [1] E havendo Jesus concluído todas estas palavras, disse aos seus discípulos: [2] Sabeis que daqui a dois dias é a páscoa; e o Filho do homem será entregue para ser crucificado.
Almeida Atualizada×
).

"Antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, e havendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim" (João 13:1 João 13:1Antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, e havendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim.
Almeida Atualizada×
).

Jesus estava ansioso para participar da Páscoa com Seus discípulos?

“Chegou o dia... em que importava comemorar a Páscoa. Jesus, pois, enviou Pedro e João, dizendo: Ide preparar-nos a Páscoa para que a comamos” (Lucas 22:7-8 Lucas 22:7-8 [7] Ora, chegou o dia dos pães ázimos, em que se devia imolar a páscoa; [8] e Jesus enviou a Pedro e a João, dizendo: Ide, preparai-nos a páscoa, para que a comamos.
Almeida Atualizada×
, ARA).

"Chegada a hora, pôs-se Jesus à mesa, e com ele os apóstolos. E disse-lhes: Tenho desejado ansiosamente comer convosco esta Páscoa, antes do Meu sofrimento" (versículos 14-15, ARA

"Enquanto comiam, Jesus tomou o pão, deu graças, partiu-o, e o deu aos Seus discípulos, dizendo: “Tomem e comam; isto é o Meu corpo”. Em seguida tomou o cálice, deu graças e o ofereceu aos discípulos, dizendo: Bebam dele todos vocês. Isto é o Meu sangue da aliança, que é derramado em favor de muitos, para perdão de pecados" (Mateus 26:26-28 Mateus 26:26-28 [26] Enquanto comiam, Jesus tomou o pão e, abençoando-o, o partiu e o deu aos discípulos, dizendo: Tomai, comei; isto é o meu corpo. [27] E tomando um cálice, rendeu graças e deu-lho, dizendo: Bebei dele todos; [28] pois isto é o meu sangue, o sangue do pacto, o qual é derramado por muitos para remissão dos pecados.
Almeida Atualizada×
, NVI).

Naquela noite, antes de Sua morte, Jesus instituiu a Páscoa do Novo Testamento. Antigamente, os cordeiros eram sacrificados como precursores da morte sacrificial de Jesus na Páscoa. Mas Jesus instituiu novos símbolos de Seu sofrimento e morte — o pão asmo e o vinho.

Os cristãos devem continuar observando a Páscoa do Novo Testamento?

"Pois recebi do Senhor o que também lhes entreguei: Que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão e, tendo dado graças, partiu-o e disse: “Isto é o Meu corpo, que é dado em favor de vocês; façam isto em memória de Mim”. Da mesma forma, depois da ceia Ele tomou o cálice e disse: “Este cálice é a nova aliança no Meu sangue; façam isso sempre que o beberem em memória de Mim”. Porque, sempre que comerem deste pão e beberem deste cálice, vocês anunciam a morte do Senhor até que Ele venha. Portanto, todo aquele que comer o pão ou beber o cálice do Senhor indignamente será culpado de pecar contra o corpo e o sangue do Senhor" (1 Coríntios 11:23-27 1 Coríntios 11:23-27 [23] Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou pão; [24] e, havendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo que é por vós; fazei isto em memória de mim. [25] Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo pacto no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim. [26] Porque todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes do cálice estareis anunciando a morte do Senhor, até que ele venha. [27] De modo que qualquer que comer do pão, ou beber do cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor.
Almeida Atualizada×
, NVI).

Paulo demonstra que os antigos cristãos observaram essa festa anualmente — com os novos símbolos do pão e do vinho instituídos por Cristo para representar o Seu sofrimento e morte — e que também todos os outros cristãos deveriam continuar observando-a até o retorno de Cristo. Jesus dá indícios de que ela vai continuar sendo observada em Seu Reino (Mateus 26:29 Mateus 26:29Mas digo-vos que desde agora não mais beberei deste fruto da videira até aquele dia em que convosco o beba novo, no reino de meu Pai.
Almeida Atualizada×
).

Uma vez que é um memorial, esse evento anual presenteado por Deus deve ser observado somente no tempo determinado por Deus (Números 9:2-3 Números 9:2-3 [2] Celebrem os filhos de Israel a páscoa a seu tempo determinado. [3] No dia catorze deste mês, � tardinha, a seu tempo determinado, a celebrareis; segundo todos os seus estatutos, e segundo todas as suas ordenanças a celebrareis.
Almeida Atualizada×
) — e não em datas escolhidas a nosso bel-prazer. Essa festa deve ser observada anualmente na data exata do aniversário da morte de Cristo pelos nossos pecados — a festa da Páscoa ocorre na primavera de cada ano (no hemisfério do norte) e da forma adequada como descrito acima. (Para saber as datas corretas de todas as festas de Deus veja "As Festas Anuais de Deus")

O supremo sacrifício de Cristo por meio de Sua crucificação — ­ocorrido precisamente na data da Páscoa ordenada na Bíblia —­ é o fundamento da fé cristã. Ela reflete o imenso amor de Deus por Sua criação e Sua preocupação com o bem-estar de cada ser humano (João 3:16 João 3:16Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Almeida Atualizada×
).