Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

As Condições Atuais do Mundo Foram Preditas na Bíblia Há Muitos Séculos

Você está aqui

As Condições Atuais do Mundo Foram Preditas na Bíblia Há Muitos Séculos

Transporte de massa e a explosão do conhecimento.

Daniel 12:4 Daniel 12:4Tu, porém, Daniel, cerra as palavras e sela o livro, até o fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará.
Almeida Atualizada×
diz que ao “fim do tempo … muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará”. Isto, obviamente, não se refere ao ritmo da viagem e da aprendizagem nos dias de Daniel. Entretanto, denota um ponto de viragem do que o mundo daquela época estava acostumado. E isso não se tornou realidade até surgir a ciência e a industrialização moderna que deu à luz ao transporte de massa rápido e à explosão do conhecimento de nossa era da informação atual.

Comunicação de massa instantânea.

Apocalipse 11:8-9 Apocalipse 11:8-9 8 E jazerão os seus corpos na praça da grande cidade, que espiritualmente se chama Sodoma e Egito, onde também o seu Senhor foi crucificado. 9 Homens de vários povos, e tribos e línguas, e nações verão os seus corpos por três dias e meio, e não permitirão que sejam sepultados.
Almeida Atualizada×
diz sobre as duas testemunhas de Deus no fim dos tempos: “E jazerá o seu corpo morto na praça da grande cidade [Jerusalém] … E homens de vários povos, e tribos, e línguas, e nações verão seu corpo morto por três dias e meio”. Para todos os povos da terra testemunharem isso é necessário o uso de tecnologias modernas como a televisão por satélite, a internet ou algum outro meio eletrônico de comunicação, todas inimagináveis no primeiro século, quando esta profecia foi escrita.

A explosão demográfica.

Apocalipse 9:16 Apocalipse 9:16O número dos exércitos dos cavaleiros era de duas miríades de miríades; pois ouvi o número deles.
Almeida Atualizada×
menciona um enorme exército de duzentos milhões. Este é um número impressionante, mesmo hoje, embora possível, dada a população mundial. No entanto, quando esta profecia foi escrita no primeiro século, toda a população mundial era cerca de trezentos milhões. Por um tempo muito longo a população mundial não cresceu significativamente … Levou mais de mil e seiscentos anos para que a população mundial dobrasse para seiscentos milhões” (Organização das Nações Unidas,  O Mundo com Seis Bilhões [The World at Six Billion], 1998). Assim a ideia de um exército de duzentos milhões de homens era inconcebível―exceto para a profecia bíblica, que isso previu.

A destruição em massa e a possibilidade da extinção humana.

O exército mencionado acima é influenciado pelos poderes demoníacos “a fim de matarem a terça parte dos homens” (Apocalipse 9:15 Apocalipse 9:15E foram soltos os quatro anjos que haviam sido preparados para aquela hora e dia e mês e ano, a fim de matarem a terça parte dos homens.
Almeida Atualizada×
). Jesus Cristo disse que nos últimos dias “haverá grande tribulação, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais. Não tivessem aqueles dias sido abreviados, ninguém seria salvo; mas, por causa dos escolhidos, tais dias serão abreviados” (Mateus 24:21-22 Mateus 24:21-22 21 porque haverá então uma tribulação tão grande, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá. 22 E se aqueles dias não fossem abreviados, ninguém se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.
Almeida Atualizada×
, ARA).

A capacidade de extinguir inúmeras vezes a humanidade―toda a humanidade de uma vez só―não existia até a proliferação de armas nucleares no final do século XX.

Um Estado judeu na Terra Santa controlando Jerusalém.

No final do primeiro e início do segundo século, os romanos expulsaram os judeus de sua terra natal. No entanto, o livro de Daniel tinha predito para o tempo do fim a profanação do santuário judaico e a interrupção dos sacrifícios em Jerusalém―o que significa que primeiro tem que existir um santuário e sacrifícios nesse lugar (Daniel 12:10-11 Daniel 12:10-11 10 Muitos se purificarão, e se embranquecerão, e serão acrisolados; mas os ímpios procederão impiamente; e nenhum deles entenderá; mas os sábios entenderão. 11 E desde o tempo em que o holocausto contínuo for tirado, e estabelecida a abominação desoladora, haverá mil duzentos e noventa dias.
Almeida Atualizada×
; comparar com 8:13; 9:27; 11:31).

Houve um cumprimento protótipo desses eventos no segundo século a.C., mas Jesus deixou claro que a profecia de Daniel sobre a profanação do lugar santo apontava principalmente para um evento futuro que precederia o fim―o tempo da Grande Tribulação (Mateus 24:15-22 Mateus 24:15-22 15 Quando, pois, virdes estar no lugar santo a abominação de desolação, predita pelo profeta Daniel (quem lê, entenda), 16 então os que estiverem na Judéia fujam para os montes; 17 quem estiver no eirado não desça para tirar as coisas de sua casa, 18 e quem estiver no campo não volte atrás para apanhar a sua capa. 19 Mas ai das que estiverem grávidas, e das que amamentarem naqueles dias! 20 Orai para que a vossa fuga não suceda no inverno nem no sábado; 21 porque haverá então uma tribulação tão grande, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá. 22 E se aqueles dias não fossem abreviados, ninguém se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.
Almeida Atualizada×
)―dizendo: “Então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes” (versículo 16).

Por quase dois mil anos, um Estado judeu controlando Jerusalém parecia impossível, com os judeus dispersos e a Terra Santa em mãos muçulmanas. No entanto, os judeus, incrivelmente, nunca foram assimilados aos povos entre os quais estavam dispersos. E, finalmente, diante de dificuldades aparentemente insuperáveis, eles foram capazes de retornar à sua terra natal e depois formar e manter um Estado judeu―um impressionante cumprimento da profecia.

(Para mais informações, consulte os nossos livros gratuitos  Estamos Vivendo no Tempo do Fim? e O Oriente Médio na Profecia Bíblica.)

A ascensão da Grã-Bretanha e dos Estados Unidos como potências mundiais.

Para os patriarcas Abraão, Isaque e Jacó Deus prometeu grandes bênçãos nacionais. Gênesis 35:11 Gênesis 35:11Disse-lhe mais: Eu sou Deus Todo-Poderoso; frutifica e multiplica-te; uma nação, sim, uma multidão de nações sairá de ti, e reis procederão dos teus lombos;
Almeida Atualizada×
diz que o direito da bênção de primogenitura nacional seria cumprido através de “uma nação e multidão de nações”. Gênesis 48-49 mostra que este direito de primogenitura passou para o filho de Jacó, José e seus filhos Efraim e Manassés―com Efraim destinado a se tornar um conglomerado de nações e Manassés, destinado a se tornar uma única grande nação. Além disso, essas bênçãos seriam cumpridas “nos últimos dias”―próximo ao fim dessa era do homem.

A magnitude das bênçãos descritas nessas passagens e em outras nunca foram realizadas por Israel na terra santa. Em vez disso, as tribos do norte de Israel, incluindo Efraim e Manassés―foram eventualmente deportadas pelos invasores assírios. E esses indícios na história secular e várias profecias revelam que as chamadas tribos perdidas migraram para o noroeste da Europa. O Império Britânico, com sua comunidade de nações é, evidentemente, representante da Efraim moderna, enquanto Manassés é hoje os Estados Unidos da América―estas nações prósperas e de importância geopolítica correspondem às promessas da Bíblia, as quais cresceriam a ponto de serem nações dominantes no mundo. A Grã-Bretanha dominou o mundo no século XIX, assim como os Estados Unidos no século XX.

(Para saber mais sobre isso, não se esqueça de ler o nosso livro grátis  Os Estados Unidos e a Grã-Bretanha na Profecia Bíblica).

You might also be interested in...

Acreditamos que a humanidade foi criada à imagem de Deus com o potencial de...