Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Um Povo Espiritualmente Transformado

Você está aqui

Um Povo Espiritualmente Transformado

Poucos percebem que a Palavra de Deus revela que Satanás, o diabo, tem enganado e cegado a maior parte do mundo. Somente através do chamado de Deus é que a cegueira pode ser curada. Como podemos ser ajudados a entender quem é verdadeiramente parte da Igreja?

Imediatamente após a Igreja começar, Pedro curou um mendigo conhecido que era coxo desde o nascimento (Atos 3:1-10 Atos 3:1-10 [1] Pedro e João subiam ao templo � hora da oração, a nona. [2] E, era carregado um homem, coxo de nascença, o qual todos os dias punham � porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmolas aos que entravam. [3] Ora, vendo ele a Pedro e João, que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola. [4] E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós. [5] E ele os olhava atentamente, esperando receber deles alguma coisa. [6] Disse-lhe Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho, isso te dou; em nome de Jesus Cristo, o nazareno, anda. [7] Nisso, tomando-o pela mão direita, o levantou; imediatamente os seus pés e artelhos se firmaram [8] e, dando ele um salto, pôs-se em pé. Começou a andar e entrou com eles no templo, andando, saltando e louvando a Deus. [9] Todo o povo, ao vê-lo andar e louvar a Deus, [10] reconhecia-o como o mesmo que estivera sentado a pedir esmola � Porta Formosa do templo; e todos ficaram cheios de pasmo e assombro, pelo que lhe acontecera.
Almeida Atualizada×
). Este extraordinário acontecimento chamou a atenção de todos na área do templo. Imediatamente “todo o povo correu atônito para junto deles . . .” (versículo 11). Então, Pedro aconselhou a multidão atônita: “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados” (Atos 3:19 Atos 3:19Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, de sorte que venham os tempos de refrigério, da presença do Senhor,
Almeida Atualizada×
).

Paulo, em outra ocasião, escreveu aos cristãos convertidos em Roma: “Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento” (Romanos 12:2 Romanos 12:2E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.
Almeida Atualizada×
).

O que significa estas ordens―arrepender-se, converter-se e transformar-se―para qualquer um que deseja ser parte da Igreja de Deus?

A palavra traduzida como arrepender-se, no grego metanoeo, significa literalmente “perceber mais tarde” (O Dicionário Expositivo Completo de Vine das Palavras do Antigo e do Novo Testamento, de 1985, “Arrependei-vos”). Ela transmite o conceito de que é preciso reconhecer e admitir seus pecados, reconhecendo a necessidade de mudar a sua mente, coração e comportamento.

A palavra converter-se é traduzida do grego epistrepho, que significa “dar uma volta completa” ou “virar-se para” (ibidem, “Converter, Conversão”). Ela indica que, além de reconhecer e admitir o pecado, também se deve tomar as medidas necessárias para se afastar do pecado, voltando-se em direção a Deus. Isto requer fazer o que é certo, não apenas reconhecer o que está errado.

A palavra transformar-se é traduzida do grego metamorphoo. Ela implica uma grande e total mudança―uma transformação comparável à metamorfose da lagarta em borboleta.

Todos esses três conceitos esclarecem a profunda mudança que Deus espera dos cristãos―uma transformação espiritual que comumente chamamos de conversão. Mas ninguém pode ter uma transformação notável por si mesmo e por sua pópria vontade.

As palavras acima descrevem uma mudança milagrosa no pensamento e comportamento das pessoas que recebem o Espírito de Deus. Somente aquelas que são convertidas―espiritualmente transformadas pelo poder do Espírito Santo―são cristãs (Romanos 8:9 Romanos 8:9Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
Almeida Atualizada×
).

Por que essa transformação espiritual é tão importante?

Nossa necessidade de discernimento espiritual

Paulo disse: “De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus” (Filipenses 2:5 Filipenses 2:5Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Almeida Atualizada×
). Deus quer que todo o Seu povo pense como Ele e Jesus Cristo pensam. Somente se pensarmos como Cristo é que vamos aprender a nos comportar como Ele se comporta. Entender como Cristo e o Pai pensam exige a transformação de nossas mentes.

As pessoas presumem que os temas da Bíblia são fáceis de entender, que qualquer pessoa pode facilmente compreender as verdades bíblicas.

Alguns são de fácil compreensão. Mas muitos temas e princípios bíblicos também podem ser facilmente mal entendidos. Isto leva a um problema fundamental: A pessoa tende a ver o que ela quer ver.

A Bíblia foi escrita de uma maneira que faz com que seja sempre muito fácil para qualquer um fechar os olhos para o que prefere não ver e tapar os ouvidos para o que prefere não ouvir. Como resultado, a pessoa pode facilmente desenvolver uma visão distorcida do que a Bíblia realmente diz e o que quer dizer.

As cartas de Paulo no Novo Testamento nos fornecem um excelente exemplo disso. Ao se referir aos escritos de Paulo, Pedro disse que eles “contêm algumas coisas difíceis de entender, as quais os ignorantes e instáveis torcem, como também o fazem com as demais Escrituras, para a própria destruição deles” (2 Pedro 3:16 2 Pedro 3:16como faz também em todas as suas epístolas, nelas falando acerca destas coisas, mas quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, como o fazem também com as outras Escrituras, para sua própria perdição.
Almeida Atualizada×
, NVI).

E isso não acontece raramente. As epístolas de Paulo, bem como outras partes da Bíblia, são comumente mal interpretadas por pessoas de todo o mundo. Elas foram incompreendidas na época de Paulo e ainda são frequentemente mal compreendidas.

Somente as pessoas com o Espírito de Deus guiando seu pensamento podem compreender a mensagem bíblica. Aquelas que não têm o Espírito de Deus falham ao tentar compreender ou simplesmente se recusam a aceitar partes das Escrituras.

Paulo compreendia muito bem essa trágica característica humana: “Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente” (1 Coríntios 2:14 1 Coríntios 2:14Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
Almeida Atualizada×
, NVI). As palavras de Paulo são claras: É preciso ter o Espírito de Deus para compreender as verdades espirituais.

A cegueira espiritual esconde a verdade de Deus

Geralmente, o problema não é que a Bíblia seja tão difícil de entender. Pelo contrário, aqueles que a leem encontram muita coisa que acham difícil de aceitar, então tentam interpretá-la de uma forma que seja aceitável para eles―mais próxima de suas próprias opiniões.

Qual o motivo para autoilusão?

O problema tem duas partes. Em primeiro lugar, Deus nos diz: “Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos . . . assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos” (Isaías 55:8-9 Isaías 55:8-9 [8] Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. [9] Porque, assim como o céu é mais alto do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.
Almeida Atualizada×
).

Por que isso acontece? Principalmente porque os pensamentos e caminhos de Deus são baseados no amor―preocupação para com os outros (Mateus 22:36-40 Mateus 22:36-40 [36] Mestre, qual é o grande mandamento na lei? [37] Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. [38] Este é o grande e primeiro mandamento. [39] E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. [40] Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.
Almeida Atualizada×
). Como seres humanos, no entanto, somos fundamentalmente egocêntricos; pensamos primeiro em nós mesmos.

Nossa tendência natural é de enganar a nós mesmos para que possamos atender aos nossos próprios interesses egoístas. Jeremias 17:9 Jeremias 17:9Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o poderá conhecer?
Almeida Atualizada×
aponta que o nosso “coração”―a nossa motivação e raciocínio humano básico―é enganoso “mais do que todas as coisas” e nos leva a autoengano. Precisamos reconhecer em nós mesmos esta característica comum da natureza humana e estar dispostos a mudá-la para que Deus possa nos transformar. Precisamos de uma nova maneira de pensar, um novo coração e mente.

Nosso pensamento deve ser mudado pelo Espírito de Deus para que nossos interesses sejam focados em ações voltadas para o exterior, permitindo-nos amar os outros como amamos a nós mesmos. Ao elogiar a preocupação amorosa do jovem evangelista Timóteo para com os outros, Paulo escreveu aos cristãos de Filipos: “Porque a ninguém tenho de igual sentimento, que sinceramente cuide do vosso estado; porque todos buscam o que é seu e não o que é de Cristo Jesus” (Filipenses 2:20-21 Filipenses 2:20-21 [20] Porque nenhum outro tenho de igual sentimento, que sinceramente cuide do vosso bem-estar. [21] Pois todos buscam o que é seu, e não o que é de Cristo Jesus.
Almeida Atualizada×
).

O papel de Satanás nessa cegueira

Outra razão importante é que as pessoas são confundidas e interpretam mal a Bíblia por causa da influência de Satanás: “O deus desta era cegou o entendimento dos descrentes, para que não vejam a luz do evangelho da glória de Cristo” (2 Coríntios 4:4 2 Coríntios 4:4nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.
Almeida Atualizada×
, NVI). Isaías compara esta cegueira a um “véu que está posto sobre todas as nações” (Isaías 25:7 Isaías 25:7E destruirá neste monte a coberta que cobre todos os povos, e o véu que está posto sobre todas as nações.
Almeida Atualizada×
, ARA).

Satanás engana a humanidade incitando ideias preconcebidas contra os princípios bíblicos. Até certo ponto ele tem, uma vez ou outra, conseguido enganar a todos nós (Apocalipse 12:9 Apocalipse 12:9E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.
Almeida Atualizada×
). A Palavra de Deus nos adverte que a influência de Satanás está tão difundida que «o mundo todo está sob o poder do Maligno” (1 João 5:19 1 João 5:19Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no Maligno.
Almeida Atualizada×
, NVI).

A combinação de engano e ideias preconcebidas contra os caminhos de Deus tem deformado o caráter espiritual da humanidade. “Não há justo, nem um sequer”, escreveu Paulo (Romanos 3:10 Romanos 3:10como está escrito: Não há justo, nem sequer um.
Almeida Atualizada×
). “Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (versículo 23).

Paulo explica que todos têm andado “segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que, agora, opera nos filhos da desobediência; entre os quais todos nós também, antes, andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também” (Efésios 2:2-3 Efésios 2:2-3 [2] nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência, [3] entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais.
Almeida Atualizada×
).

Isso pode ser chocante, mas é verdade: Todos nós, inclusive você, temos sido cegados e enganados pela penetrante influência de Satanás. Todos nós precisamos arrepender, abandonar os nossos preconceitos pessoais e aceitar a autoridade da Bíblia. Temos de começar a lê-la com compreensão.

Tragicamente, alguém que está enganado não sabe que está enganado. A Bíblia descreve as ideias preconcebidas do povo contra a verdade de Deus como um endurecimento de seus corações: “Eles estão obscurecidos no entendimento e separados da vida de Deus por causa da ignorância em que estão, devido ao endurecimento do seu coração” (Efésios 4:18 Efésios 4:18entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;
Almeida Atualizada×
, NVI).

A compreensão deles é dificultada pela dureza de seus corações. É por isso que Jesus disse aos Seus seguidores: “A vós é dado conhecer os mistérios do Reino dos céus, mas a eles não lhes é dado” (Mateus 13:11 Mateus 13:11Respondeu-lhes Jesus: Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado;
Almeida Atualizada×
). Jesus sabia que uma multidão de pessoas não podia realmente compreender o significado de Sua mensagem―e assim permanece até hoje.

Cristo revela por que as pessoas ficam com o coração endurecido. Quando confrontados com as verdades que não se enquadram em seus preconceitos, elas tapam os ouvidos e fecham os olhos. Elas endurecem seus corações optando por não compreender os assuntos que são contrários às suas próprias opiniões.

Jesus explica claramente isto: “E neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz: Ouvindo, ouvireis, mas não compreendereis e, vendo, vereis, mas não percebereis. Porque o coração deste povo está endurecido, e ouviu de mau grado com seus ouvidos e fechou os olhos, para que não veja com os olhos, e ouça com os ouvidos, e compreenda com o coração, e se converta, e eu o cure” (versículos 14-15 ).

Jesus explicou o papel enganador de Satanás ao estimular essa cegueira: “Ouvindo alguém a palavra do Reino e não a entendendo, vem o maligno e arrebata o que foi semeado no seu coração; este é o que foi semeado ao pé do caminho” (versículo 19). Satanás age rapidamente para enganar e confundir aqueles que estão dispostos a ouvir a verdade, influenciando-os a endurecer o coração e se recusar a ouvir.

Somente Deus pode curar a cegueira espiritual

É extremamente difícil para muitas pessoas, especialmente aquelas com fortes convicções religiosas, reconhecer que podem não estar compreendendo corretamente grande parte da Bíblia.

Nossa tendência é de nos apegar ao que temos aprendido primeiro. Nós tendemos a ser preconceituosos contra qualquer coisa que tente corrigir os nossos próprios pontos de vista. Para se tornar um verdadeiro discípulo de Jesus Cristo deve-se começar com o arrependimento―reconhecer que estamos errados e mudar nossas crenças e comportamento. Mas, antes de nos arrepender, Deus deve abrir as nossas mentes. Ele deve nos conceder o entendimento espiritual dos nossos preconceitos, pecados e outras fraquezas.

Jesus disse que “ninguém pode vir a mim, se o Pai, que me enviou, o não trouxer” e “ninguém pode vir a mim, se por meu Pai lhe não for concedido” (João 6:44 João 6:44Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia.
Almeida Atualizada×
, 65). Precisamos da ajuda de Deus para mudar nossos corações.

Todos nós, em certa medida, tendemos a ser justos aos nossos próprios olhos. Nós, naturalmente, supomos que nossos próprios caminhos são bons e justos. Os escritores da Bíblia, no entanto, sabiam muito sobre isso. Eles nos avisam, por exemplo, que “há caminho que parece certo ao homem, mas no final conduz à morte” (Provérbios 14:12 Provérbios 14:12Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele conduz � morte.
Almeida Atualizada×
e 16:25, NVI). Somente por acreditarmos que algo seja certo não significa realmente que seja certo.

Mesmo que nossas ideias e crenças pareçam certas e boas para nós, devemos estar dispostos a reexaminá-las à luz das Escrituras. A menos que comparemos cuidadosamente as nossas crenças à luz da revelação de Deus na Bíblia, corremos o risco de permitir que suposições improváveis endureçam nossos corações e nos cegue para a verdade.

Ao comparar nossas crenças com as Escrituras, devemos ter em mente que possuímos essas tendências humanas. Nossa tendência para o autoengano, juntamente com a influência excessiva e enganosa de Satanás no mundo que nos rodeia, é uma grande barreira para compreendermos a Bíblia. É muito fácil ler as nossas crenças pessoais na Palavra de Deus e ignorar as verdades bíblicas que desafiam, e podem corrigir, as nossas próprias ideias.

A cegueira obscurece o significado

Esse era um dos muitos problemas do povo judeu do primeiro século.

Eles pensavam que compreendiam as Escrituras, pois acreditavam que estavam vivendo por elas. Na realidade, entretanto, eles foram enganados por suas próprias ideias preconcebidas. Paulo explica que “seus sentidos foram endurecidos; porque até hoje o mesmo véu está por levantar . . . E até hoje, quando é lido Moisés [referindo-se à abertura dos livros da Bíblia], o véu está posto sobre o coração deles. Mas, quando se converterem [epistrepho, voltam para] ao Senhor, então, o véu se tirará” (2 Coríntios 3:14-16 2 Coríntios 3:14-16 [14] mas o entendimento lhes ficou endurecido. Pois até o dia de hoje, � leitura do velho pacto, permanece o mesmo véu, não lhes sendo revelado que em Cristo é ele abolido; [15] sim, até o dia de hoje, sempre que Moisés é lido, um véu está posto sobre o coração deles. [16] Contudo, convertendo-se um deles ao Senhor, é-lhe tirado o véu.
Almeida Atualizada×
).

Paulo estava descrevendo as pessoas religiosas normais e sinceras da sua época, mas espiritualmente cegas, que ouviam regularmente a leitura das Sagradas Escrituras. Elas fechavam os olhos às passagens que apontavam para Jesus como o Messias. Por quê? Eles bloqueavam-nas em suas mentes, porque esse conhecimento era inaceitável para eles. Suas ideias preconcebidas controlavam seus pensamentos. Elas liam as Escrituras ou ouviam a leitura dos líderes da sinagoga, mas não percebiam o principal.

O exemplo deles é uma advertência para não se fazer a mesma coisa. Todo mundo precisa da ajuda de Deus para reconhecer e enfrentar os caminhos ou crenças que parecem corretas, mas contradizem a Palavra de Deus. Todos devem se voltar para Deus para receber ajuda para aceitar, compreender e aplicar as Escrituras em sua vida.

A verdadeira Igreja de Deus é composta por pessoas cujas mentes Deus tem aberto para enxergar seus próprios erros―suas más atitudes e preconceitos. Somente se estivermos dispostos a nos arrepender―se estamos inclinados a mudar os nossos pensamentos e atitudes mais íntimas, bem como nosso procedimento―poderemos nos tornar verdadeiros discípulos de Jesus Cristo.

Quando estudamos a Palavra de Deus, devemos imitar a atitude do rei Davi quando assim orou: “Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece as minhas inquietações. Vê se em minha conduta algo te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno” (Salmo 139:23-24, NVI).

As nossas ideias preconcebidas geralmente são muito profundas para que consigamos arrancá-las por nós mesmos. Lembre-se, Jesus disse: “Ninguém pode vir a mim, a não ser que isto lhe seja dado pelo Pai” (João 6:65 João 6:65E continuou: Por isso vos disse que ninguém pode vir a mim, se pelo Pai lhe não for concedido.
Almeida Atualizada×
, NVI).

É preciso um milagre de Deus para se reconhecer corretamente algumas das nossas ideias preconcebidas profundamente enraizadas. É preciso da força de nosso Criador para estar dispostos a mudá-las. Sem a Sua ajuda, nunca poderíamos reconhecer e despertar da cegueira espiritual e ideias preconcebidas que nos separam de Deus.

Saber como Deus habilita as pessoas a superar a cegueira espiritual e virem a Cristo—como cristãos arrependidos e comprometidos—é a chave para a compreensão de como a Palavra de Deus distingue aqueles que são o povo de Deus daqueles que permanecem espiritualmente cegos.

Impotentes sem o Espírito de Deus

Deus nos adverte para não confiar em nosso próprio entendimento em assuntos espirituais (Provérbios 3:5 Provérbios 3:5Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.
Almeida Atualizada×
). Apenas com nossas habilidades naturais, somos simplesmente incapazes de compreender adequadamente muitos aspectos da Palavra de Deus. Paulo explica por que não podemos confiar em nosso próprio raciocínio: “As pessoas que têm a mente controlada pela natureza humana se tornam inimigas de Deus, pois não obedecem à lei de Deus e, de fato, não podem obedecer a ela . . . vivem de acordo com a sua natureza humana [e] não podem agradar a Deus” (Romanos 8:7-8 Romanos 8:7-8 [7] Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita � lei de Deus, nem em verdade o pode ser; [8] e os que estão na carne não podem agradar a Deus.
Almeida Atualizada×
, BLH). Elas não têm o poder para controlar sua natureza humana.

É por isso que tantas pessoas que leem a Bíblia não aceitarão o que ela diz. Mesmo que não reconheçam isso, elas abrigam uma hostilidade entranhada contra qualquer coisa que represente a absoluta autoridade divina sobre suas vidas.

Paulo explica que o Espírito de Deus é o único remédio para esse problema humano: “Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós” (versículo 9). Somente com a compreensão e o poder que Deus concede através do Seu Espírito podemos ter a força de vontade espiritual para superar o domínio da nossa natureza carnal.

Sem a ajuda do Espírito de Deus, a perspectiva espiritual de uma pessoa é distorcida pelo impulso de sua natureza carnal e pela influência que Satanás exerce na formação de suas crenças e valores. Mesmo aqueles que têm certo conhecimento e compreensão dos caminhos de Deus e tentam obedecê-Lo por sua própria força (como fizeram os próprios discípulos de Jesus Cristo antes de receberem o Espírito Santo) estão severamente limitados em sua capacidade de resistir ao impulso da carne.

Jesus teve que advertir Seus discípulos: “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca” (Mateus 26:41 Mateus 26:41Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.
Almeida Atualizada×
). (Ver “Os Apóstolos: Um Estudo da Conversão”, a partir da página 25).

Até depois de sua conversão, Paulo citou a si mesmo como um exemplo para explicar como a extrema fraqueza humana controla o comportamento: “Não entendo o que faço. Pois não faço o que desejo, mas o que odeio . . . Neste caso, não sou mais eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim. Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo” (Romanos 7:15 Romanos 7:15Pois o que faço, não o entendo; porque o que quero, isso não pratico; mas o que aborreço, isso faço.
Almeida Atualizada×
, 17-18, NVI).

Mas, com a ajuda do Espírito de Deus, Paulo viu que poderia resistir com sucesso ao impulso de sua natureza (2 Timóteo 4:7-8 2 Timóteo 4:7-8 [7] Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. [8] Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.
Almeida Atualizada×
). Como ele explicou: “Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte” (Romanos 8:2 Romanos 8:2Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.
Almeida Atualizada×
).

Paulo apontou que, “no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios” (Romanos 5:6 Romanos 5:6Pois, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu a seu tempo pelos ímpios.
Almeida Atualizada×
, NIV). Sua morte tornou possível sermos perdoados de nossos pecados e receber o Espírito Santo—dando-nos o poder espiritual de Deus que precisamos para combater a fraqueza da nossa carne (Atos 1:8 Atos 1:8Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.
Almeida Atualizada×
; 2:38; 2 Timóteo 1: 7).

A transformação espiritual

A Igreja de Deus é composta de pessoas que são espiritualmente transformadas pelo poder do Espírito de Deus. Aqui está como Paulo resume tudo: “Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus” (Romanos 8:13-14 Romanos 8:13-14 [13] porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. [14] Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.
Almeida Atualizada×
).

Este poder de Deus muda drasticamente a equação humana. Seu Espírito transforma a vida de uma pessoa. Ele nos permite substituir o impulso da natureza humana e viver como Deus ordena. O Espírito de Deus é o componente mais importante na vida de um cristão.

A presença ou ausência do Espírito de Deus é o que determina se uma pessoa é um servo de Cristo—um verdadeiro cristão. “Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele” (Romanos 8:9 Romanos 8:9Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
Almeida Atualizada×
).

Aqueles que receberam o Espírito de Deus constituem o corpo espiritual que é a Igreja fundada por Jesus: “Pois em um só corpo todos nós fomos batizados em um único Espírito: quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um único Espírito” (1 Coríntios 12:13 1 Coríntios 12:13Pois em um só Espírito fomos todos nós batizados em um só corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos quer livres; e a todos nós foi dado beber de um só Espírito.
Almeida Atualizada×
, NVI).

O Espírito de Deus providencia um grande poder

Através do Espírito Santo, Deus Pai e Jesus Cristo fornece a energia para os verdadeiros cristãos realizarem as boas obras—produzir frutos—que se espera deles. “Seu divino poder nos deu tudo de que necessitamos para a vida e para a piedade, por meio do pleno conhecimento daquele que nos chamou para a sua própria glória e virtude” (2 Pedro 1:3 2 Pedro 1:3visto como o seu divino poder nos tem dado tudo o que diz respeito � vida e � piedade, pelo pleno conhecimento daquele que nos chamou por sua própria glória e virtude;
Almeida Atualizada×
, NVI).

Jesus prometeu que o Espírito Santo nos guiaria “a toda a verdade” (João 16:13 João 16:13Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras.
Almeida Atualizada×
) para que possamos saber como servir a Deus segundo a Sua vontade. Seu Espírito faz com que seja possível para que “cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo” (Efésios 4:15 Efésios 4:15antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,
Almeida Atualizada×
).

Paulo diz que Deus habita em nós através do Seu Espírito: “Nele você também está sendo edificado conjuntamente, para se tornarem morada de Deus por seu Espírito” (Efésios 2:22 Efésios 2:22no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito.
Almeida Atualizada×
, NVI). O Espírito Santo é a presença direta e o poder de Deus operando em Seu povo. Paulo admoesta aos cristãos: “Ponham em ação a salvação de vocês com temor e tremor, pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele” (Filipenses 2:12-13 Filipenses 2:12-13 [12] De sorte que, meus amados, do modo como sempre obedecestes, não como na minha presença somente, mas muito mais agora na minha ausência, efetuai a vossa salvação com temor e tremor; [13] porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.
Almeida Atualizada×
, NVI).

O Espírito de Deus conduz à obediência

A transformação do povo de Deus através de Seu Espírito é uma transformação do coração, no mais íntimo do ser. Em vez de um coração endurecido e hostil às leis de Deus, eles ganham um espírito obediente porque Deus opera neles; Ele habita neles (1 João 3:24 1 João 3:24Quem guarda os seus mandamentos, em Deus permanece e Deus nele. E nisto conhecemos que ele permanece em nós: pelo Espírito que nos tem dado.
Almeida Atualizada×
).

A presença da vontade de obedecer é tão importante para definir um cristão que o apóstolo João afirma categoricamente: “Aquele que diz: ‘Eu o conheço’, mas não obedece aos seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele. Mas, se alguém obedece à sua palavra, nele verdadeiramente o amor de Deus está aperfeiçoado. Desta forma sabemos que estamos nele: aquele que afirma que permanece nele, deve andar como ele andou” (1 João 2:4-6 1 João 2:4-6 [4] Aquele que diz: Eu o conheço, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade; [5] mas qualquer que guarda a sua palavra, nele realmente se tem aperfeiçoado o amor de Deus. E nisto sabemos que estamos nele; [6] aquele que diz estar nele, também deve andar como ele andou.
Almeida Atualizada×
, NVI). Sem dúvida, este é um modo simples de falar.

Jesus enfatiza que aqueles que não receberam esse espírito obediente de Deus reagem aos Seus mandamentos de maneira muito diferente: “Bem profetizou Isaías acerca de vocês, hipócritas; como está escrito: ‘Este povo me honra com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. Em vão me adoram; seus ensinamentos não passam de regras ensinadas por homens’. Vocês negligenciam os mandamentos de Deus e se apegam às tradições dos homens” (Marcos 7:6-8 Marcos 7:6-8 [6] Respondeu-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios; o seu coração, porém, está longe de mim; [7] mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. [8] Vós deixais o mandamento de Deus, e vos apegais � tradição dos homens.
Almeida Atualizada×
, NVI).

Qualquer um que não tenha um espírito obediente ajusta os mandamentos de Deus para acomodar à sua própria natureza e raciocínio. Jesus continua: “Vocês estão sempre encontrando uma boa maneira de pôr de lado os mandamentos de Deus, a fim de obedecerem às suas tradições! Pois Moisés disse: ‘Honra teu pai e tua mãe’ e ‘Quem amaldiçoar seu pai ou sua mãe terá que ser executado’. Mas vocês afirmam que se alguém disser a seu pai ou a sua mãe: ‘Qualquer ajuda que vocês poderiam receber de mim é Corbã’, isto é, uma oferta dedicada a Deus, vocês o desobrigam de qualquer dever para com seu pai ou sua mãe. Assim vocês anulam a palavra de Deus, por meio da tradição que vocês mesmos transmitiram. E fazem muitas coisas como essa” (versículos 9-13, NVI).

Aqueles que não têm o Espírito de Deus encontram um jeito fácil e conveniente de ignorar as instruções bíblicas que não lhes agrada. Eles inventam suas próprias tradições, mostrando uma aparência de obediência e honra a Deus enquanto se desviam da intenção de Suas instruções. Jesus disse que tal adoração é em vão—inútil e vazia (versículo 7). Essas pessoas têm olhos que não podem ver e ouvidos que não podem ouvir  (Romanos 11:8 Romanos 11:8como está escrito: Deus lhes deu um espírito entorpecido, olhos para não verem, e ouvidos para não ouvirem, até o dia de hoje.
Almeida Atualizada×
).

O Espírito de Deus, porém, muda drasticamente a atitude, a visão e o espírito de Seu povo. O Seu povo passa sinceramente a desejar obedecer a Deus, e Deus dá-lhes uma atitude humilde e obediente, e os aproxima dEle e de Sua Palavra. Eles podem, com inteireza de coração e fidelidade, obedecer aos Seus mandamentos (Apocalipse 12:17 Apocalipse 12:17E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra aos demais filhos dela, os que guardam os mandamentos de Deus, e mantêm o testemunho de Jesus. [ (Revelation of John 12:18) E o dragão parou sobre a areia do mar. ]
Almeida Atualizada×
). Pois, eles têm recebido dEle o poder do Espírito Santo para combater a Satanás e a própria natureza deles.

Em suma, eles são o povo especial e transformado de Deus.