Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

As relações familiares de Jesus

Você está aqui

As relações familiares de Jesus

Download (Baixar)
MP3 Audio (6.47 MB)

Download (Baixar)

As relações familiares de Jesus

MP3 Audio (6.47 MB)
×

Quando lemos cuidadosamente os Evangelhos, vemos um número de relações familiares que nos ajudam a compreender melhor certos acontecimentos.

Encontramos uma das mais importantes conexões familiares em Lucas 1:36 Lucas 1:36Eis que também Isabel, tua parenta concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril;
Almeida Atualizada×
, onde o mesmo anjo que informa Maria de que ela conceberá um Filho, igualmente lhe diz: “também Isabel, tua prima, concebeu um filho em sua velhice. . .“ Esta mesma Isabel daria à luz um filho de nome João, que seria conhecido na história por João Baptista (versículos 57-60, 80)

O parentesco exacto entre Maria e Isabel não é declarado específicamente, mas, aparentemente, elas eram primas, pelo que Jesus e João foram primos. Ambos eram claramente conhecedores de cada um dos seus ministérios, e quando João viu Jesus dirigir-se-lhe para ser baptizado, exclamou: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (João 1:29 João 1:29No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.
Almeida Atualizada×
).

Conquanto fosse divinamente revelado a João que o seu primo Jesus era o profetizado Messias (versículos 30-34), o facto de João aceitar sem hesitação a verdade desta revelação sustenta testemunho de que Jesus teve de ter vivido uma vida impecável e recta.

Alguns apóstolos eram primos

Embora poucas pessoas estejam cientes disso, parece que pelo menos dois dos apóstolos eram primos de Jesus. Descobrimos isto quando comparamos a lista das quatro mulheres que viram a crucifixão de Jesus, conforme registada em Mateus 27:56 Mateus 27:56entre as quais se achavam Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu.
Almeida Atualizada×
; Marcos 15:40 Marcos 15:40Também ali estavam algumas mulheres olhando de longe, entre elas Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago o Menor e de José, e Salomé;
Almeida Atualizada×
e João 19:25 João 19:25Estavam em pé, junto � cruz de Jesus, sua mãe, e a irmã de sua mãe, e Maria, mulher de Clôpas, e Maria Madalena.
Almeida Atualizada×
. Comparando estas descrições vemos que as mulheres incluíam:

  • Maria Madalena (mencionada por Mateus, Marcos e João);
  • Maria, mãe de Jesus (mencionada por João);
  • Uma outra Maria, identificada por João como “Maria mulher de Cleófas” e por Mateus e Marcos como “Maria mãe de Tiago e de José”.

Este Tiago é identificado geralmente por Tiago o Menor, um dos doze apóstolos, também chamado “Tiago filho de Alfeu” (Mateus 10:3 Mateus 10:3Felipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu;
Almeida Atualizada×
; Marcos 3:18 Marcos 3:18André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu,
Almeida Atualizada×
; Lucas 6:15 Lucas 6:15Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelote;
Almeida Atualizada×
). “Cleófas” e “Alfeu” parecem ser variações do nome Aramaico “Chalphai”, o qual pode ser traduzido para Grego como “Clopas” e para o Latim como “Alphaeus”.

O historiador do segundo século Hegésipo diz que Cleófas era irmão de José, marido de Maria e pai adoptivo de Jesus. Se assim for, então Tiago era primo de Jesus.

  • Salomé, mencionada por Marcos, também é dita “a mulher dos filhos de Zebedeu” por Mateus e, por “irmã de Sua [Jesus] mãe”, por João. Sendo Salomé e Maria irmãs, seus filhos — Jesus, filho de Maria, e os discípulos Tiago e João, filhos de Salomé e Zebedeu — eram primos em primeiro grau.

Esta relação explica o incidente em Mateus 20:21 Mateus 20:21Perguntou-lhe Jesus: Que queres? Ela lhe respondeu: Concede que estes meus dois filhos se sentem, um � tua direita e outro � tua esquerda, no teu reino.
Almeida Atualizada×
, onde “a mãe dos filhos de Zebedeu” pediu para que aos seus filhos, Tiago e João, lhes fossem dadas as duas posições mais proeminentes no Reino de Cristo. O pedido parece demasiado audacioso, mas devemo-nos aperceber de que era feito pela tia de Jesus em nome dos Seus dois primos.

A sua proximidade como membros da família de Jesus provavelmente levou-os a pensar que tal pedido não seria visto como muito atrevido e também ajuda a compreender a resposta delicada, mas firme de Jesus.

Esta relação familiar também nos assiste a entender por que é que Tiago e João, juntamente com Pedro, foram os três discípulos a quem Jesus parece ter-se aproximado mais, pedindo-lhes para O acompanhar em tempos e acontecimentos significantes (Mateus 17:1-9 Mateus 17:1-9 [1] Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, a Tiago e a João, irmão deste, e os conduziu � parte a um alto monte; [2] e foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz. [3] E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, falando com ele. [4] Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, farei aqui três cabanas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias. [5] Estando ele ainda a falar, eis que uma nuvem luminosa os cobriu; e dela saiu uma voz que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi. [6] Os discípulos, ouvindo isso, cairam com o rosto em terra, e ficaram grandemente atemorizados. [7] Chegou-se, pois, Jesus e, tocando-os, disse: Levantai-vos e não temais. [8] E, erguendo eles os olhos, não viram a ninguém senão a Jesus somente. [9] Enquanto desciam do monte, Jesus lhes ordenou: A ninguém conteis a visão, até que o Filho do homem seja levantado dentre os mortos.
Almeida Atualizada×
; 26:36-37; Marcos 5:37 Marcos 5:37E não permitiu que ninguém o acompanhasse, senão Pedro, Tiago, e João, irmão de Tiago.
Almeida Atualizada×
). Jesus foi evidentemente chegado a estes dois primos em particular, e apreciou as suas companhias obviamente. Não seria de admirar pensar que tenham crescido juntos e sido amigos desde crianças.

Os irmãos e irmãs de Jesus

Os Evangelhos também nos mostram que Jesus teve muitos meios-irmãos e meias-irmãs que nasceram de José e Maria. Em Mateus 13:55-56 Mateus 13:55-56 [55] Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago, José, Simão, e Judas? [56] E não estão entre nós todas as suas irmãs? Donde lhe vem, pois, tudo isto?
Almeida Atualizada×
vemos que alguns residentes de Nazaré perguntaram: “Não é este o filho do carpinteiro? E não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago, e José, e Simão, e Judas? E não estão entre nós todas as suas irmãs?”

Esta passagem nomeia quarto meios-irmãos — Tiago, José, Simão e Judas — e faz referência a meias-irmãs (plural). Portanto Jesus tinha pelos menos seis meios irmãos — quatro irmãos masculinos e duas irmãs.

Durante a vida de Jesus os Seus meios-irmãos não acreditavam que Ele fosse o Salvador e Messias (João 7:5 João 7:5Pois nem seus irmãos criam nele.
Almeida Atualizada×
). Todavia, depois da Sua ressurreição, Tiago tornou-se um crente proeminente. Em Actos 1:14 Tiago, juntamente com os seus outros irmãos e a sua mãe Maria, está entre os membros originais da Igreja, o mesmo grupo que recebeu o Espírito de Deus no dia de Pentecostes (Actos 2:1-4).

Mais tarde Tiago tornou-se um líder da congregação de Jerusalém. Ele exerceu um papel destacado na conferência de Actos 15 (ver versículos 13-21). Paulo mais tarde visitou-o em Jerusalém (Actos 21:18). Em Gálatas 2:9 Gálatas 2:9e quando conheceram a graça que me fora dada, Tiago, Cefas e João, que pareciam ser as colunas, deram a mim e a Barnabé as destras de comunhão, para que nós fôssemos aos gentios, e eles � circuncisão;
Almeida Atualizada×
Paulo refere-se a Tiago como um “pilar” da Igreja. Tiago também escreveu a epístola do Novo Testamento que tem o seu nome (Tiago 1:1 Tiago 1:1Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, �s doze tribos da Dispersão, saúde.
Almeida Atualizada×
). Um outro irmão acima referido, Judas (Mateus 13:55 Mateus 13:55Não é este o filho do carpinteiro? e não se chama sua mãe Maria, e seus irmãos Tiago, José, Simão, e Judas?
Almeida Atualizada×
) escreveu a curta epístola com o seu nome (Judas 1).

O facto destes parentes, incluindo meios-irmãos que cresceram com Ele sob o mesmo teto, aceitarem Jesus como Messias e Salvador pessoal é forte testemunho de que Ele viveu uma vida exemplar e impecável. E o facto de que se tornaram crentes depois da Sua ressurreição é um poderoso testemunho para a realidade dessa ressurreição do túmulo.