Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Nasceu Jesus a 25 de Dezembro?

Você está aqui

Nasceu Jesus a 25 de Dezembro?

Download (Baixar)
MP3 Audio (4.1 MB)

Download (Baixar)

Nasceu Jesus a 25 de Dezembro?

MP3 Audio (4.1 MB)
×

A maior parte das pessoas assumem que Cristo nasceu a 25 de Dezembro. Tanto mais que essa data é celebrada por todo o mundo como a do Seu nascimento. Contudo, uma análise cuidadosa  das Escrituras, claramente indicam que 25 de Dezembro é uma data improvável para o nascimento de Cristo. Aqui estão duas razões principais:

Primeiro, sabemos que pastores andavam  nos campos vigiando os seus rebanhos durante a noite em que Jesus nasceu (Lucas 2:7-8 Lucas 2:7-8 [7] e teve a seu filho primogênito; envolveu-o em faixas e o deitou em uma manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem. [8] Ora, havia naquela mesma região pastores que estavam no campo, e guardavam durante as vigílias da noite o seu rebanho.
Almeida Atualizada×
). Contudo, pastores não permaneciam nos campos, na Judéia, durante a noite, em Dezembro, devido à falta de forragem e ao mau tempo. De acordo com o livro Celebrations: The Complete Book of American Holidays (Celebrações: O Livro Completo dos Dias Santos Americanos), o registo de Lucas “sugere que Jesus tenha nascido no Verão ou princípio do Outono. Posto que o Dezembro é frio e chuvoso na Judeia, é provável que os pastores houvessem procurado abrigo para os seus rebanhos durante a noite” (p. 309).

Semelhantemente, The Interpreter’s One-Volume Commentary (Comentário do Intérprete de um só Volume) diz que esta passagem argumenta “contra o nascimento [de Cristo] ocorrer a 25 de Dezembro, visto que o tempo não permitiria” os pastores olharem pelos rebanhos nos campos durante a noite.

Segundo, os pais de Jesus vieram de Belém para se registarem num senso Romano (Lucas 2:1-4 Lucas 2:1-4 [1] Naqueles dias saiu um decreto da parte de César Augusto, para que todo o mundo fosse recenseado. [2] Este primeiro recenseamento foi feito quando Quirínio era governador da Síria. [3] E todos iam alistar-se, cada um � sua própria cidade. [4] Subiu também José, da Galiléia, da cidade de Nazaré, � cidade de Davi, chamada Belém, porque era da casa e família de Davi,
Almeida Atualizada×
). Os Romanos saberiam melhor do que fazer um senso no meio do Inverno, quando as temperaturas baixam a zero graus e as estradas estavam em pobres condições para viajar. Fazer um senso em tais condições seria um fracasso.

Pois, se Jesus não nasceu a 25 de Dezembro, indica a Bíblia quando é que Ele nasceu? Os registos bíblicos, baseados nos detalhes da concepção e nascimento de João Baptista, apontam o Outono do ano no hemisfério Norte, como a ocasião mais provável do nascimento de Jesus.

Posto que Isabel (mãe de João Baptista) estava no seu sexto mês de gravidez quando Jesus foi concebido (Lucas 1:24-36 Lucas 1:24-36 [24] Depois desses dias Isabel, sua mulher, concebeu, e por cinco meses se ocultou, dizendo: [25] Assim me fez o Senhor nos dias em que atentou para mim, a fim de acabar com o meu opróbrio diante dos homens. [26] Ora, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, [27] a uma virgem desposada com um varão cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. [28] E, entrando o anjo onde ela estava disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo. [29] Ela, porém, ao ouvir estas palavras, turbou-se muito e pôs-se a pensar que saudação seria essa. [30] Disse-lhe então o anjo: Não temas, Maria; pois achaste graça diante de Deus. [31] Eis que conceberás e darás � luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus. [32] Este será grande e será chamado filho do Altíssimo; o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi seu pai; [33] e reinará eternamente sobre a casa de Jacó, e o seu reino não terá fim. [34] Então Maria perguntou ao anjo: Como se fará isso, uma vez que não conheço varão? [35] Respondeu-lhe o anjo: Virá sobre ti o Espírito Santo, e o poder do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso o que há de nascer será chamado santo, Filho de Deus. [36] Eis que também Isabel, tua parenta concebeu um filho em sua velhice; e é este o sexto mês para aquela que era chamada estéril;
Almeida Atualizada×
), podemos determinar o tempo aproximado do ano em que Jesus nasceu se soubermos quando João nasceu. O pai de João, Zacarias, era um sacerdote em serviço no templo de Jerusalém durante o período de serviço da ordem de Abias (Lucas1:5). Cálculos históricos indicam que esse turno de serviço correspondia ao periodo de 13 a 19 de Junho desse ano (The Companion Bible, 1974, Appendix 179, p. 200 — A Bíblia Companheira, 1974, Apêndice 179, p. 200).

Foi durante este tempo, do serviço no templo, que Zacarias soube que ele e sua mulher, Isabel, iriam ter uma criança (Lucas 1:8-13 Lucas 1:8-13 [8] Ora, estando ele a exercer as funções sacerdotais perante Deus, na ordem da sua turma, [9] segundo o costume do sacerdócio, coube-lhe por sorte entrar no santuário do Senhor, para oferecer o incenso; [10] e toda a multidão do povo orava da parte de fora, � hora do incenso. [11] Apareceu-lhe, então, um anjo do Senhor, em pé � direita do altar do incenso. [12] E Zacarias, vendo-o, ficou turbado, e o temor o assaltou. [13] Mas o anjo lhe disse: Não temais, Zacarias; porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, te dará � luz um filho, e lhe porás o nome de João;
Almeida Atualizada×
). Depois dele completar o seu turno e regressar a casa, Isabel concebeu (versículos 23-24). Se assumirmos que a concepção de João deu-se à volta do fim do mês de Junho e adicionarmos nove meses a essa ocasião, isso aponta-nos para o fim de Março, como a altura mais provável do nascimento de João. Juntando outros seis meses (a diferença de idade entre João e Jesus) temos o fim de Setembro como ocasião provável do nascimento de Jesus.

Conquanto seja difícil determinar quando foi a primeira vez que alguém celebrou o 25 de Dezembro como Natal, é todavia do acordo geral dos historiadores de que foi em alguma data durante o século quarto.

Isto é uma data incrivelmente tardia. O Natal não foi observado em Roma, a capital do império Romano, até cerca de 300 anos depois da morte de Cristo. As suas origens não podem ser determinadas nem pelos ensinamentos nem pelas práticas dos primeiros Cristãos.