Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

As Ideias Populares, Mas Erradas, Sobre os Anjos

Você está aqui

As Ideias Populares, Mas Erradas, Sobre os Anjos

As pessoas têm muitas ideias sobre os anjos que não refletem a realidade que vemos revelada nas Escrituras. Por exemplo, não há menção de asas na maioria das aparições de anjos nas Escrituras, apesar de ocorrerem em algumas visões — embora, com mais de duas asas. Existem outros equívocos comuns também.

Halos luminosos

Uma característica típica dos anjos nas Bíblias para crianças é um halo reluzente, representando um suposto anel de luz sobre a cabeça para denotar santidade. Isso lembra muito a arte medieval, onde os santos personagens bíblicos são representados com um halo ou disco dourado brilhante sobre ou atrás da cabeça. De fato, essa imagem — também conhecida como nimbo, auréola, glória ou gloríola — tem sido usada na arte sagrada de muitas religiões.

Nós encontramos isso entre os gregos e os romanos. A coroa de raios do deus do sol Hélios foi retratada no Colosso de Rodes (e, depois, copiada para a Estátua da Liberdade). Ela foi usada nas imagens de governantes helenísticos e romanos. Isso pode ter sido associado ao brilho divino zoroastriano, que marcou os reis persas. O halo também ocorre na antiga arte hindu e budista.

E isso vai muito além. "A literatura religiosa suméria fala com frequência...de um 'glamour brilhante e visível exalado pelos deuses, heróis, às vezes por reis, e também por templos de grande santidade e pelos símbolos e insígnias dos deuses'" (Wikipédia, "Halo (iconografia religiosa)"). De fato, vemos isso, proeminentemente, como o disco solar de Rá, o deus do sol egípcio.

Como assinala A Enciclopédia Britânica: "Por causa de sua origem pagã, essa forma foi evitada na arte cristã primitiva, mas foi adotada uma circular simples pelos imperadores cristãos para seus retratos oficiais. A partir de meados do quarto século, Cristo também era retratado com este atributo imperial...No quinto século, às vezes, era dado aos anjos, mas foi somente no sexto século que o halo se tornou comum para a Virgem Maria e outros santos...O halo era usado regularmente nas representações de Cristo, dos anjos e dos santos durante a Idade Média" (britannica.com/art/halo-art). Embora Cristo e os anjos tenham um esplendor glorioso — com rostos brilhantes e reluzentes — isto não corresponde ao halo e suas origens como símbolo pagão do sol.

Sentado nas nuvens

A ideia de anjos passando o tempo e descansando nas nuvens — e de que as pessoas farão o mesmo depois que morrerem — provavelmente vem de uma combinação de imaginação arcaica e menções mal interpretadas sobre as nuvens em associação com o céu. Em sua rebelião e ataque ao céu, Satanás disse: "Subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo” (Isaiah 14:14 Isaiah 14:14I will ascend above the heights of the clouds; I will be like the most High.
American King James Version×
). No entanto, isso não tem nada a ver com subir nas nuvens a algum reino de gigantes de “João e o Pé de Feijão”, saindo da atmosfera da Terra e viajando para o espaço sideral e outra dimensão.

Também vemos profecias nas Escrituras de Cristo vindo "sobre as nuvens do céu" (Daniel 7:13 Daniel 7:13I saw in the night visions, and, behold, one like the Son of man came with the clouds of heaven, and came to the Ancient of days, and they brought him near before him.
American King James Version×
; Matthew 24:30 Matthew 24:30And then shall appear the sign of the Son of man in heaven: and then shall all the tribes of the earth mourn, and they shall see the Son of man coming in the clouds of heaven with power and great glory.
American King James Version×
; 26:64) — ou "vindo numa nuvem, com poder e grande glória" (Luke 21:27 Luke 21:27And then shall they see the Son of man coming in a cloud with power and great glory.
American King James Version×
, ARA). Observe que Ele se apresentou aos antigos israelitas em uma nuvem com poder e glória — numa coluna de nuvem, guiando-os e descendo sobre o tabernáculo físico.

Quando Jesus subiu ao céu, após a ressurreição, Ele "foi elevado às alturas, e uma nuvem O recebeu" — e os anjos disseram que Ele retornaria da mesma maneira (Acts 1:9-11 Acts 1:9-11 [9] And when he had spoken these things, while they beheld, he was taken up; and a cloud received him out of their sight. [10] And while they looked steadfastly toward heaven as he went up, behold, two men stood by them in white apparel; [11] Which also said, You men of Galilee, why stand you gazing up into heaven? this same Jesus, which is taken up from you into heaven, shall so come in like manner as you have seen him go into heaven.
American King James Version×
).

A maioria dessas passagens se refere à atmosfera da Terra, onde existem nuvens físicas. E até as nuvens físicas podem ser espetaculares. E certamente você já observou nuvens no céu, quando lindamente iluminadas pelo sol, como uma grande demonstração da majestade do Criador. Mas de qualquer maneira, a imagem dos anjos sentados em nuvens físicas é mais caricaturesca do que bíblica.

Preguiçosamente dedilhando harpas

Outro conceito popular é a de que os anjos tocam, ociosamente, harpas enquanto flutuam ou se sentam nas nuvens. Contudo, também não vemos isso nas Escrituras. É verdade que alguns anjos têm harpas, enquanto outros têm outros instrumentos. Sem dúvida, Deus gosta de música, e alguns anjos receberam grandes habilidades musicais, como é o caso de algumas pessoas.

Veja o que Deus disse ao anjo que se rebelou e se tornou Satanás: "A obra dos teus tambores e dos teus pífaros estava em ti; no dia em que foste criado, foram preparados" (Ezekiel 28:13 Ezekiel 28:13You have been in Eden the garden of God; every precious stone was your covering, the sardius, topaz, and the diamond, the beryl, the onyx, and the jasper, the sapphire, the emerald, and the carbuncle, and gold: the workmanship of your tabrets and of your pipes was prepared in you in the day that you were created.
American King James Version×
). O apóstolo João, em Revelation 5:8 Revelation 5:8And when he had taken the book, the four beasts and four and twenty elders fell down before the Lamb, having every one of them harps, and golden vials full of odors, which are the prayers of saints.
American King James Version×
, disse que os vinte e quatro anciãos angélicos tinham "todos eles harpas" — certamente usado para louvar e adorar a Deus. Mais tarde, em Revelation 14:2 Revelation 14:2And I heard a voice from heaven, as the voice of many waters, and as the voice of a great thunder: and I heard the voice of harpers harping with their harps:
American King James Version×
, João ouve "uma voz de harpistas, que tocavam com a sua harpa".

Parece que, regularmente, há coros e orquestras de anjos no louvor diante do trono de Deus. João, mais tarde, tem uma visão de pessoas juntando-se ao louvor com "as harpas de Deus" (Revelation 15:2 Revelation 15:2And I saw as it were a sea of glass mingled with fire: and them that had gotten the victory over the beast, and over his image, and over his mark, and over the number of his name, stand on the sea of glass, having the harps of God.
American King James Version×
). Como o tabernáculo físico e o templo de Deus foram planejados segundo o modelo do templo celestial (ver Hebrews 9:23-24 Hebrews 9:23-24 [23] It was therefore necessary that the patterns of things in the heavens should be purified with these; but the heavenly things themselves with better sacrifices than these. [24] For Christ is not entered into the holy places made with hands, which are the figures of the true; but into heaven itself, now to appear in the presence of God for us:
American King James Version×
), parece que, provavelmente, os coros e músicos levíticos do serviço físico sejam exemplos do contínuo louvor celestial dirigido a Deus.

Não se deixe enganar por errôneas ideias populares. Aprenda o que a Bíblia revela sobre os poderosos anjos de Deus!