Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Devemos Adorar ou Orar aos Anjos?

Devemos Adorar ou Orar aos Anjos?

Às vezes as pessoas querem valorizar demasiadamente aos anjos. É como se as pessoas quisessem que seu próprio anjo as livrasse de problemas ou fazem deles sua salvaguarda de assuntos pessoais. Elas, frequentemente, buscam a ajuda dos anjos sem nunca ter pedido a ajuda de Deus. Algumas pessoas olham para os anjos quase como seus próprios gênios pessoais.

Alguns acreditam que temos nosso próprio "anjo da guarda", designado somente para nós. Jesus disse daqueles que vêm a Ele com uma fé pura (Mateus 18:4-6 Mateus 18:4-6 [4] Portanto, quem se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no reino dos céus. [5] E qualquer que receber em meu nome uma criança tal como esta, a mim me recebe. [6] Mas qualquer que fizer tropeçar um destes pequeninos que creem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e se submergisse na profundeza do mar.
Almeida Atualizada×
) "que os seus anjos nos céus sempre veem a face de meu Pai que está nos céus" (versículo 10). No entanto, isso não significa necessariamente que há um anjo designado para cada pessoa. Poderia significar vários anjos para cada pessoa ou para todos os crentes, e com atribuições aleatórias.

Algumas pessoas são quase obcecadas ou chegam a quase adorar aos anjos. Os anjos são reais, mas é preciso tomar cuidado ao dar-lhes demasiado crédito porque o verdadeiro crédito pelos milagres e orações respondidas deve ir a Deus!

Os cristãos devem seguir diligentemente os Dez Mandamentos, sendo que o primeiro deles é muito explícito: "Não terás outros deuses diante de Mim" (Êxodo 20:3 Êxodo 20:3Não terás outros deuses diante de mim.
Almeida Atualizada×
).

Curiosamente, o culto aos anjos já existe há muito tempo. O gnosticismo, um movimento filosófico-religioso que estava começando a se infiltrar na Igreja no primeiro século, ensinou falsamente que os anjos são intermediários necessários entre Deus e cada um de nós.

O apóstolo Paulo referiu-se a isso em Colossenses 2:18 Colossenses 2:18Ninguém atue como árbitro contra vós, afetando humildade ou culto aos anjos, firmando-se em coisas que tenha visto, inchado vãmente pelo seu entendimento carnal,
Almeida Atualizada×
: "Ninguém vos domine a seu bel-prazer, com pretexto de humildade e culto dos anjos...”. O Dicionário Bíblico de Holman declara que esse ensinamento incorreto afirmava que conhecer os anjos possibilitava a “alguém obter bênçãos nesta vida e alcançar um maior nível divino".

Não podemos nos esquecer de que somente Jesus Cristo é nosso Mediador necessário com Deus (1 Timóteo 2:5 1 Timóteo 2:5Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem,
Almeida Atualizada×
). No entanto, os anjos são intermediários em certos aspectos, e as pessoas acabam ser atraídas por isso, pensando que podem se comunicar com os anjos para ter uma intimidade com Deus. (Também vemos esse mesmo problema entre aqueles que oram para os santos, pois orar aos santos e aos anjos, na verdade, é um costume do paganismo, que usava esse método para tentar se aproximar do reino espiritual através de divindades menores).

E também devemos nos lembrar disso: Os anjos verdadeiros não desviam nosso foco de Deus e não o trazem para eles próprios. Os anjos são cuidadosos em não desenvolver um relacionamento conosco. Por quê? Porque uma pessoa começaria então a confiar neles e não em Deus. E parece que anjos diferentes podem ministrar para a mesma pessoa para que não se desenvolva esse tipo de relacionamento. Novamente, a Bíblia não afirma que cada um de nós tenha seu próprio anjo.

O apóstolo João registra um encontro com um anjo que o direcionou apenas para Deus e advertiu-lhe sobre adorar ou dar mais crédito aos anjos (ou a qualquer pessoa) do que lhe é devido:

"E disse-me [o anjo]: Estas palavras são fiéis e verdadeiras. O Senhor, o Deus dos santos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer. Eis que presto venho. Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.

"E eu, João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar. E disse-me: Olha, não faças tal, porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus" (Apocalipse 22:6-9 Apocalipse 22:6-9 [6] E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer. [7] Eis que cedo venho; bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro. [8] Eu, João, sou o que ouvi e vi estas coisas. E quando as ouvi e vi, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava, para o adorar. [9] Mas ele me disse: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus.
Almeida Atualizada×
; ver também 19:10).

Não devemos adorar aos anjos. Devemos adorar apenas a Deus, e os anjos estão muito conscientes disso! Devemos também dirigir nossas orações somente a Deus, como nos ensinam as Escrituras.

Alguns afirmam que conseguem se comunicar com os anjos. Se realmente eles conseguem fazer isso, sem dúvida, não estão em contato com os santos e fiéis anjos de Deus — mas sim com espíritos malignos (demônios), talvez se passando por anjos justos para conseguir influenciar a vida das pessoas.

Devemos adorar e reverenciar somente a Deus, e não a seus anjos. Os anjos são mensageiros de Deus, Seus espíritos ministradores para servir a Seu povo. Eles aparecem para a humanidade quando há necessidade de transmitir uma mensagem ou cuidar de uma tarefa para com Deus.

Nós vemos os profetas Daniel e Zacarias se referindo a um anjo como "meu senhor" (Daniel 10:16-17 Daniel 10:16-17 [16] E eis que um que tinha a semelhança dos filhos dos homens me tocou os lábios; então abri a boca e falei, e disse �quele que estava em pé diante de mim: Senhor meu, por causa da visão sobrevieram-me dores, e não retenho força alguma. [17] Como, pois, pode o servo do meu Senhor falar com o meu Senhor? pois, quanto a mim, desde agora não resta força em mim, nem fôlego ficou em mim.
Almeida Atualizada×
, 19; Zacarias 6:4 Zacarias 6:4Então, dirigindo-me ao anjo que falava comigo, perguntei: Que são estes, meu senhor?
Almeida Atualizada×
). No entanto, mas isso foi apenas por respeito — assim como João chamou a outro anjo de "senhor" (Apocalipse 7:14 Apocalipse 7:14Respondi-lhe: Meu Senhor, tu sabes. Disse-me ele: Estes são os que vêm da grande tribulação, e levaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro.
Almeida Atualizada×
). Porém, isso não foi no sentido de se dirigir ao nosso verdadeiro Senhor e Mestre. (Veja que nossa palavra portuguesa senhor também é uma conotação de respeito, cortesia, consideração ou até uma designação genérica a um homem adulto).

Se você deseja expressar gratidão pelo que os santos anjos de Deus fazem por você e por todos nós, agradeça a Deus. Eles agem sob as ordens de Deus. Mas nunca procure agradecer ou elogiar diretamente aos anjos. Isso vai contra a vontade de Deus — e irá expô-lo a sérios perigos espirituais.