Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

As Leis Alimentares de Deus

As Leis Alimentares de Deus

Transferência

Transferência

As Leis Alimentares de Deus

×

A Escritura revela que Deus criou uma grande variedade de vida animal que habita nosso planeta, e afirma ainda que alguns desses animais foram criados para a finalidade específica de suprir alimento para a humanidade (1 Timóteo 4:3 1 Timóteo 4:3proibindo o casamento, e ordenando a abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ações de graças pelos que são fiéis e que conhecem bem a verdade;
Almeida Atualizada×
).4 Um Cristão não é obrigado a comer carne. No entanto, se o vegetarianismo (nas suas várias formas) é praticado como um requisito religioso, então é considerado uma fraqueza espiritual (Romanos 14:2 Romanos 14:2Um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come só legumes.
Almeida Atualizada×
). Tentar impor o vegetarianismo a outras pessoas como se fosse um ensinamento bíblico, é listado como uma das “doutrinas de demônios” por Paulo (1 Timóteo 4:1-3 1 Timóteo 4:1-3 1 Mas o Espírito expressamente diz que em tempos posteriores alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios, 2 pela hipocrisia de homens que falam mentiras e têm a sua própria consciência cauterizada, 3 proibindo o casamento, e ordenando a abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ações de graças pelos que são fiéis e que conhecem bem a verdade;
Almeida Atualizada×
).

Não há nenhuma clara indicação de quando Deus revelou pela primeira vez a diferença entre os animais que são designados como “limpos” na Escritura e aqueles que não são. A ausência dum específico mandamento sobre esse assunto nos primeiros capítulos do Gênesis não pode ser interpretado como prova que nenhuma instrução foi dada a este respeito no início da história humana.

Na verdade, nas primeiras páginas da Bíblia, há poucos mandamentos específicamente delineados. No entanto, os exemplos que estão registados nas primeiras páginas da Bíblia, demonstram que os padrões do que era certo e do que era errado, foram bem entendidos. Por exemplo, não há nenhum específico mandamento contra o assassinato antes de Caim ter matado o seu irmão Abel, mas ninguém conclui que o homicídio era aceitável antes desse ponto.

O livro de Gênesis pode ser descrito como um livro de origens . Ele foi escrito ou compilado por Moisés para fornecer um registo histórico do que aconteceu, e não como uma lista de leis específicas. Os leitores de Gênesis não devem presumir, baseados na ausência da menção duma específica lei no início do livro de Gênesis, que essa lei não existia desde o início da humanidade.

A primeira declaração na Bíblia a respeito de animais “ limpos e imundos ” é encontrada em Gênesis 7:2 Gênesis 7:2De todos os animais limpos levarás contigo sete e sete, o macho e sua fêmea; mas dos animais que não são limpos, dois, o macho e sua fêmea;
Almeida Atualizada×
, quando Noé foi instruído a levar sete (ou, mais provavelmente, sete pares) de cada espécie de animais limpos e apenas um par de cada espécie de animais imundos .

Quando Deus disse a Noé que construísse uma arca gigantesca, Ele deu detalhadas instruções sobre a sua composição, tamanho e esboço, mas por outro lado a Escritura regista que Deus não viu necessidade alguma de instruir Noé sobre quais criaturas eram limpas e quais eram imundas. A instrução de Deus e a resposta de Noé indica claramente que Noé entendeu muito bem o que Deus disse, e já sabia quais eram as criaturas que eram limpas e quais não eram.

Ao fim do Dilúvio, Deus disse a Noé: “Tudo quanto se move, que é vivente, será para vosso mantimento; tudo vos tenho dado, como a erva verde ” (Gênesis 9:3 Gênesis 9:3Tudo quanto se move e vive vos servirá de mantimento, bem como a erva verde; tudo vos tenho dado.
Almeida Atualizada×
). Isso não significa, contudo, que todos os animais e ervas eram adequados para o consumo humano. Por exemplo, muitas criaturas e ervas pela sua natureza, são perigosas, venenosas e colocam a nossa saúde em risco.

O ponto que estava a ser feito aqui era que, embora poucos homens tivessem sobrevivido, e grandes e perigosos animais tivessem sido preservados, Noé e sua família não tinham necessidade de temer esses animais. O versículo clarifica bem, que os animais eram para o benefício do homem . Como uma entidade, todos os animais foram entregues às mãos do homem da mesma forma que as plantas verdes também foram entregues .

Observe bem o paralelo. Algumas plantas verdes são adequadas para a alimentação, enquanto outras são adequadas para materiais de construção, outras para beleza e prazer, e algumas são venenosas e podem causar doenças e levar à morte quando ingeridos . Da mesma forma, alguns animais são úteis para fornecer comida, enquanto outros fornecem fibras para roupas, outros ajudam no trabalho da terra ou ajudam a proteger-nos de perigos. E, tal como as plantas venenosas, alguns animais não são destinados a serem consumidos.

Sempre que animais são mencionados nas Escrituras como fonte de alimento, ou em conexão com sacrifícios, mesmo antes de Israel receber a Antiga Aliança no Monte Sinai, eles são invariavelmente animais designados limpos (Gênesis 15:9 Gênesis 15:9Respondeu-lhe: Toma-me uma novilha de três anos, uma cabra de três anos, um carneiro de três anos, uma rola e um pombinho.
Almeida Atualizada×
—bezerra, cabra, carneiro, rola, pombinho; Gênesis 22:13 Gênesis 22:13Nisso levantou Abraão os olhos e olhou, e eis atrás de si um carneiro embaraçado pelos chifres no mato; e foi Abraão, tomou o carneiro e o ofereceu em holocausto em lugar de seu filho.
Almeida Atualizada×
—carneiro; Êxodo 12:5 Êxodo 12:5O cordeiro, ou cabrito, será sem defeito, macho de um ano, o qual tomareis das ovelhas ou das cabras,
Almeida Atualizada×
—cordeiro ou cabrito). É bem claro que a lei de carnes limpas e imundas antecede a Antiga Aliança, independentemente de que função que elas possam ter desempenhado nessa aliança.

Quando o sistema levítico foi estabelecido, foi necessário codificar uma série de assuntos que já estavam em vigor por bastante tempo. Duas seções da Bíblia, Levítico 11 e Deuteronômio 14:3-21 Deuteronômio 14:3-21 3 Nenhuma coisa abominável comereis. 4 Estes são os animais que comereis: o boi, a ovelha, a cabra, 5 o veado, a gazela, o cabrito montês, a cabra montesa, o antílope, o órix e a ovelha montesa. 6 Dentre os animais, todo o que tem a unha fendida, dividida em duas, e que rumina, esse podereis comer. 7 Porém, dos que ruminam, ou que têm a unha fendida, não podereis comer os seguintes: o camelo, a lebre e o querogrilo, porque ruminam, mas não têm a unha fendida; imundos vos serão; 8 nem o porco, porque tem unha fendida, mas não rumina; imundo vos será. Não comereis da carne destes, e não tocareis nos seus cadáveres. 9 Isto podereis comer de tudo o que há nas águas: tudo o que tem barbatanas e escamas podereis comer; 10 mas tudo o que não tem barbatanas nem escamas não comereis; imundo vos será. 11 De todas as aves limpas podereis comer. 12 Mas estas são as de que não comereis: a águia, o quebrantosso, o xofrango, 13 o açor, o falcão, o milhafre segundo a sua espécie, 14 todo corvo segundo a sua espécie, 15 o avestruz, o mocho, a gaivota, o gavião segundo a sua espécie, 16 o bufo, a coruja, o porfirião, 17 o pelicano, o abutre, o corvo marinho, 18 a cegonha, a garça segundo a sua espécie, a poupa e o morcego. 19 Também todos os insetos alados vos serão imundos; não se comerão. 20 De todas as aves limpas podereis comer. 21 Não comerás nenhum animal que tenha morrido por si; ao peregrino que está dentro das tuas portas o darás a comer, ou o venderás ao estrangeiro; porquanto és povo santo ao Senhor teu Deus. Não cozerás o cabrito no leite de sua mãe.
Almeida Atualizada×
, codificam quais são as criaturas que foram separadas como adequadas para a alimentação e quais não são. O termo usado para designar aqueles animais cuja carne é aceitável para o alimento é limpo , enquanto o termo utilizado para aqueles que não são adequados para o alimento é imundo . É importante que nós façamos “diferença entre o imundo e o limpo” (Levítico 11:47 Levítico 11:47para fazer separação entre o imundo e o limpo, e entre os animais que se podem comer e os animais que não se podem comer.
Almeida Atualizada×
; compare Ezequiel 22:26 Ezequiel 22:26Os seus sacerdotes violentam a minha lei, e profanam as minhas coisas santas; não fazem diferença entre o santo e o profano, nem ensinam a discernir entre o impuro e o puro; e de meus sábados escondem os seus olhos, e assim sou profanado no meio deles.
Almeida Atualizada×
; 44:23).

As Escrituras não revelam exatamente por que Deus designou certas carnes de animais como sendo adequadas para alimentos, enquanto que outras carnes não são aceitáveis. Pode haver motivos de saúde, ou razões simbólicas , ou como parece ser, ambas as razões. Deus certamente sabe como e por que Ele criou cada animal. No entanto, mesmo se as determinações de Deus neste assunto fossem puramente apenas um teste de obediência, Ele, o Criador de toda a vida, tem pleno direito de tomar essas decisões.

Várias passagens do Novo Testamento indicam que as leis de carnes limpas e imundas ainda eram observadas por Jesus Cristo e Seus seguidores. Visto que os líderes religiosos da época de Jesus estavam tão ansiosos de ter desculpas para acusa-Lo de violar as interpretações que eles entendiam da lei religiosa, é importante tomar nota que não há nenhum registo de que eles jamais O tivessem confrontado sobre os Seus ensinamentos e práticas no assunto de carnes limpas e imundas. Se Ele tivesse defendido a ideia de que poderiamos comer animais imundos, isso teria sido uma oportunidade ideal para manchar Sua reputação perante a multidão, visto que eles ficariam horrorizados com tal idéia.

A declaração de Jesus na passagem de Marcos 7:19 Marcos 7:19porque não lhe entra no coração, mas no ventre, e é lançado fora? Assim declarou puros todos os alimentos.
Almeida Atualizada×
(que é frequentemente citada erroneamente), teria insultado os líderes religiosos, se eles tivessem interpretado a Sua declaração da mesma maneira que muitas pessoas fazem hoje. Sua referência aqui a “ ficando puras todas as comidas ” é frequentemente pensado que se refere a ele declarar toda a carne limpa. Mas Sua declaração realmente refere-se a todos os alimentos serem removidos para fora do corpo através da eliminação física. Isto não tem nada a ver se carnes são consideradas limpas ou imundas.

Atos 10 é outra passagem que é hoje geralmente mal-entendida, mas, na verdade, ilustra poderosamente o entendimento da Igreja durante o periodo do Novo Testamento sobre carnes limpas e imundas, embora este não é o objetivo principal da visão aqui descrita.

O apóstolo Pedro recebeu uma visão de Deus, que o orientou a levar a mensagem do evangelho aos gentios (aos que não eram israelitas). Durante esta visão, Pedro por três vezes recusou comer dos animais imundos que lhe foram apresentados e ficou pensativo sobre o significado da visão, até que Deus lhe revelou que era na verdade a respeito de pessoas e realmente não era a respeito de animais limpos e imundos. Foi revelado a Pedro que nenhum ser humano deve ser considerado “comum ou imundo” (Atos 10:28-29 Atos 10:28-29 28 e disse-lhes: Vós bem sabeis que não é lícito a um judeu ajuntar-se ou chegar-se a estrangeiros; mas Deus mostrou-me que a nenhum homem devo chamar comum ou imundo; 29 pelo que, sendo chamado, vim sem objeção. Pergunto pois: Por que razão mandastes chamar-me?
Almeida Atualizada×
).

Este capítulo termina com o Espírito Santo a ser dado aos da casa do gentio Cornélio como prova de que a chamada de Deus ao arrependimento e à salvação já estava aberta a pessoas de todas as nações (versículos 44-48, ver também Atos 11:1-18 Atos 11:1-18 1 Ora, ouviram os apóstolos e os irmãos que estavam na Judéia que também os gentios haviam recebido a palavra de Deus. 2 E quando Pedro subiu a Jerusalém, disputavam com ele os que eram da circuncisão, 3 dizendo: Entraste em casa de homens incircuncisos e comeste com eles. 4 Pedro, porém, começou a fazer-lhes uma exposição por ordem, dizendo: 5 Estava eu orando na cidade de Jope, e em êxtase tive uma visão; descia um objeto, como se fosse um grande lençol, sendo baixado do céu pelas quatro pontas, e chegou perto de mim. 6 E, fitando nele os olhos, o contemplava, e vi quadrúpedes da terra, feras, répteis e aves do céu. 7 Ouvi também uma voz que me dizia: Levanta-te, Pedro, mata e come. 8 Mas eu respondi: De modo nenhum, Senhor, pois nunca em minha boca entrou coisa alguma comum e imunda. 9 Mas a voz respondeu-me do céu segunda vez: Não chames tu comum ao que Deus purificou. 10 Sucedeu isto por três vezes; e tudo tornou a recolher-se ao céu. 11 E eis que, nesse momento, pararam em frente � casa onde estávamos três homens que me foram enviados de Cesaréia. 12 Disse-me o Espírito que eu fosse com eles, sem hesitar; e também estes seis irmãos foram comigo e entramos na casa daquele homem. 13 E ele nos contou como vira em pé em sua casa o anjo, que lhe dissera: Envia a Jope e manda chamar a Simão, que tem por sobrenome Pedro, 14 o qual te dirá palavras pelas quais serás salvo, tu e toda a tua casa. 15 Logo que eu comecei a falar, desceu sobre eles o Espírito Santo, como também sobre nós no princípio. 16 Lembrei-me então da palavra do Senhor, como disse: João, na verdade, batizou com água; mas vós sereis batizados no Espírito Santo. 17 Portanto, se Deus lhes deu o mesmo dom que dera também a nós, ao crermos no Senhor Jesus Cristo, quem era eu, para que pudesse resistir a Deus? 18 Ouvindo eles estas coisas, apaziguaram-se e glorificaram a Deus, dizendo: Assim, pois, Deus concedeu também aos gentios o arrependimento para a vida.
Almeida Atualizada×
). Embora este trecho da Escritura tem sido usado para reivindicar a permissão para comer animais imundos, este trecho indica claramente o contrário. O evento aqui teve lugar vários anos após o início da história da Igreja no Novo Testamento, mas mesmo assim Pedro rejeitou a idéia de comer carne imunda , até mesmo protestando dizendo que “ nunca comi coisa alguma comum e imunda ” (Atos 10:14 Atos 10:14Mas Pedro respondeu: De modo nenhum, Senhor, porque nunca comi coisa alguma comum e imunda.
Almeida Atualizada×
).

Paulo, em um trecho citado anteriormente, escreveu de criaturas que “Deus criou para os fiéis e para os que conhecem a verdade, a fim de usarem deles com ações de graças” e descreveu que essa “toda criatura de Deus é boa…porque pela palavra de Deus e pela oração, é santificada” (1 Timóteo 4:3-5 1 Timóteo 4:3-5 3 proibindo o casamento, e ordenando a abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos com ações de graças pelos que são fiéis e que conhecem bem a verdade; 4 pois todas as coisas criadas por Deus são boas, e nada deve ser rejeitado se é recebido com ações de graças; 5 porque pela palavra de Deus e pela oração são santificadas.
Almeida Atualizada×
).

A palavra “ santificada ” que foi usada para descrever toda essa criação, significa “ separada ”, e leva a dupla conotação de serem separadas de algo, assim como separadas para algo. Os únicos animais separados pela Palavra de Deus, a Bíblia, são os que são listados como limpos. Eles foram separados de todos os outros animais e para a nutrição do homem. A carne dessas criaturas designadas como apropriadas para o alimento deve ser recebida com graças por aqueles que acreditam e conhecem a verdade. Carne de animais designados como imundos é imprópria para o consumo humano e não deve ser comida.

Deus deu outras leis alimentares que também são importantes tomar nota. Ele declarou como um estatuto perpétuo que o Seu povo não deve comer nenhuma gordura ou sangue (Levítico 3:17 Levítico 3:17Estatuto perpétuo, pelas vossas gerações, em todas as vossas habitações, será isto: nenhuma gordura nem sangue algum comereis.
Almeida Atualizada×
, 7:22-26, 17:10-14, 19:26, Deuteronômio 12:16 Deuteronômio 12:16tão-somente não comerás do sangue; sobre a terra o derramarás como água.
Almeida Atualizada×
, 23-25 ; 15:23; 1 Samuel 14:33-34 1 Samuel 14:33-34 33 E o anunciaram a Saul, dizendo: Eis que o povo está pecando contra o Senhor, comendo carne com o sangue. Respondeu Saul: Procedestes deslealmente. Trazei-me aqui já uma grande pedra. 34 Disse mais Saul: Dispersai-vos entre e povo, e dizei-lhes: Trazei-me aqui cada um o seu boi, e cada um a sua ovelha e degolai-os aqui, e comei; e não pequeis contra e Senhor, comendo com sangue. Então todo o povo trouxe de noite, cada um o seu boi, e os degolaram ali.
Almeida Atualizada×
; Ezequiel 33:25 Ezequiel 33:25Dize-lhes portanto: Assim diz o Senhor Deus: Comeis a carne com o seu sangue, e levantais vossos olhos para os vossos ídolos, e derramais sangue! porventura haveis de possuir a terra?
Almeida Atualizada×
). A gordura proibida é a de mamíferos, e não de aves, e é a gordura de cobertura que pode ser removida e não a gordura marmorizada na carne. A restrição de comer sangue é aplicável a ambos o sangue de mamíferos e ao de aves. A exigência de que o sangue seja drenado de toda a carne antes de ser comida, até foi mesmo comunicada pelos apóstolos do Novo Testamento aos gentios convertidos, os quais estavam acostumados a comer animais estrangulados sem drenar o sangue (Atos 15:19-20 Atos 15:19-20 19 Por isso, julgo que não se deve perturbar aqueles, dentre os gentios, que se convertem a Deus, 20 mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue.
Almeida Atualizada×
, 28-29). Como Deus diz em Deuteronômio 12:25 Deuteronômio 12:25Não o comerás, para que te vá bem a ti, a teus filhos depois de ti, quando fizeres o que é reto aos olhos do Senhor.
Almeida Atualizada×
, “Não o comerás, para que bem te suceda a ti e a teus filhos, depois de ti, quando fizeres o que for reto aos olhos do senhor.”