Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

O Grande propósito de Deus para toda Humanidade

Você está aqui

O Grande propósito de Deus para toda Humanidade

Qual é o propósito da vida? A Palavra de Deus nos diz claramente que o destino do homem é se tornar filho de Deus, membros divinos de Sua família espiritual e imortal.

Esta questão tem intrigado filósofos e teólogos por gerações. Embora o pensamento ideológico em todo o mundo intelectual tenha formulado muitíssimas respostas, nenhuma é convincente. Ninguém, ao que parece, conseguiu encontrar a resposta para a grande interrogação da vida.

No entanto, a resposta já está disponível há séculos. A Palavra de Deus nos diz abertamente que o destino do homem é tornar-se filho de Deus, membros divinos de Sua família espiritual e imortal. Esta verdade é a cerne do verdadeiro evangelho do Reino de Deus.

Há muito tempo atrás, o rei Davi da antiga de Israel contemplava a imensidão infinita do céu à noite, enquanto ponderava sobre a importância do homem. Seus pensamentos foram registrados em Salmo 8:3-4: “Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste; que é o homem mortal para que te lembres dele? E o filho do homem, para que o visites?”

Davi entendeu que o homem é o auge da criação física de Deus. Então, ele passou a dizer: “Contudo, pouco menor o fizeste do que os anjos e de glória e de honra o coroaste. Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés” (versículos 5-6).

Os seres humanos à imagem de Deus

Genesis 1:26 Genesis 1:26And God said, Let us make man in our image, after our likeness: and let them have dominion over the fish of the sea, and over the fowl of the air, and over the cattle, and over all the earth, and over every creeping thing that creeps on the earth.
American King James Version×
descreve o homem sendo criado à imagem de Deus. Isso nos ajuda a entender o que Paulo queria dizer quando falou a nosso respeito como filhos de Deus. “O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos, logo, herdeiros também, herdeiros de Deus e coherdeiros de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados” (Romans 8:16-17 Romans 8:16-17 [16] The Spirit itself bears witness with our spirit, that we are the children of God: [17] And if children, then heirs; heirs of God, and joint-heirs with Christ; if so be that we suffer with him, that we may be also glorified together.
American King James Version×
).

De forma sucinta, esta passagem resume o propósito da vida humana—a derradeira razão da nossa existência. Deus está criando uma família—Sua família, à Sua imagem e que carrega o Seu nome, para, eventualmente, aparecer em Sua glória (ver também 1 John 3:2 1 John 3:2Beloved, now are we the sons of God, and it does not yet appear what we shall be: but we know that, when he shall appear, we shall be like him; for we shall see him as he is.
American King James Version×
). Todo ser humano terá a oportunidade de se tornar um membro dessa família divina e eterna!

Veja o que Deus pretende fazer: “Ao levar muitos filhos à glória [‘glória’ significa esplendor divino, poder e perfeição como membros da família de Deus], convinha que Deus, por causa de quem e por meio de quem tudo existe, tornasse perfeito, mediante o sofrimento, o autor [Jesus Cristo] da salvação deles. Ora, tanto o que santifica [Cristo] quanto os que são santificados [os seres humanos, em que Deus está trabalhando] provêm de um só. Por isso Jesus não se envergonha de chamá-los irmãos” (Hebrews 2:10-11 Hebrews 2:10-11 [10] For it became him, for whom are all things, and by whom are all things, in bringing many sons to glory, to make the captain of their salvation perfect through sufferings. [11] For both he that sanctifies and they who are sanctified are all of one: for which cause he is not ashamed to call them brothers,
American King James Version×
, NVI).

A inimaginável boa nova é que cada ser humano terá a chance de entrar na família de Deus, recebendo a glória divina e passando a viver para sempre como seres semelhantes ao Pai e a Cristo. Isso também faz parte da realidade impressionante do evangelho de Cristo e da mensagem proclamada pela Igreja de Deus Unida.

O plano de Deus inclui todos aqueles que já viveram

Mas como toda a humanidade—cada homem, mulher e criança que já viveram—terá esta oportunidade?

As Escrituras revelam claramente que Deus “não quer que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se” (2 Peter 3:9 2 Peter 3:9The Lord is not slack concerning his promise, as some men count slackness; but is long-suffering to us-ward, not willing that any should perish, but that all should come to repentance.
American King James Version×
), e Ele tem um plano para dar essa oportunidade a todos. No entanto, muita gente acredita que todos têm que confessar a fé em Jesus como Salvador pessoal hoje em dia, pois não haverá outra oportunidade para a salvação.

Embora crer e aceitar Cristo é, sem dúvida, essencial para a salvação (John 14:6 John 14:6Jesus said to him, I am the way, the truth, and the life: no man comes to the Father, but by me.
American King James Version×
; Acts 4:12 Acts 4:12Neither is there salvation in any other: for there is none other name under heaven given among men, whereby we must be saved.
American King James Version×
), mas ainda assim resta a inquietante pergunta: O que será daqueles que foram enganados (Revelation 12:9 Revelation 12:9And the great dragon was cast out, that old serpent, called the Devil, and Satan, which deceives the whole world: he was cast out into the earth, and his angels were cast out with him.
American King James Version×
) e, simplesmente por ignorância, não conheceram a Deus nem Seu plano ou Seu caminho de vida? E o que dizer daqueles que, nos últimos anos ou séculos, viveram e morreram sem nunca sequer ouvir o nome de Jesus Cristo? Eles estão eternamente perdidos? Qual é o seu destino?

A Bíblia dá as respostas para estas perguntas—respostas que harmonizam todas as escrituras sobre a vida e a morte, o perdão e o julgamento, e a misericórdia e a salvação. Ela revela que a “primeira ressurreição”, a dos seguidores de Cristo, ao Seu retorno, não é o fim da história. Na verdade, a Bíblia ensina que “os outros mortos . . . grandes e pequenos” também serão ressuscitados à vida. Eles ficarão diante de Deus e, pela primeira vez em suas vidas, suas mentes serão abertas para entenderem toda a verdade das Escrituras (Revelation 20:4-6 Revelation 20:4-6 [4] And I saw thrones, and they sat on them, and judgment was given to them: and I saw the souls of them that were beheaded for the witness of Jesus, and for the word of God, and which had not worshipped the beast, neither his image, neither had received his mark on their foreheads, or in their hands; and they lived and reigned with Christ a thousand years. [5] But the rest of the dead lived not again until the thousand years were finished. This is the first resurrection. [6] Blessed and holy is he that has part in the first resurrection: on such the second death has no power, but they shall be priests of God and of Christ, and shall reign with him a thousand years.
American King James Version×
, 11-12).

Para a grande maioria da humanidade, esta será a primeira vez que seus olhos serão realmente abertos para a maravilhosa verdade de Deus. Então, muitos, de boa vontade, abandonarão suas práticas pecaminosas, cometidas principalmente por ignorância, quando sabiam pouco ou nada sobre Deus e Seus caminhos. E se reconhecerem sinceramente seus erros e se arrependerem, então eles também poderão ser glorificados e receberão a vida eterna. Esta não é uma teologia da “segunda chance”, como alguns poderiam supor, mas, na verdade, a sua “primeira oportunidade” real de compreender inteiramente a verdade de Deus e, então, passar a se comportar conforme esse entendimento genuíno.

Uma oportunidade para toda a humanidade

Em Matthew 11:21-24 Matthew 11:21-24 [21] Woe to you, Chorazin! woe to you, Bethsaida! for if the mighty works, which were done in you, had been done in Tyre and Sidon, they would have repented long ago in sackcloth and ashes. [22] But I say to you, It shall be more tolerable for Tyre and Sidon at the day of judgment, than for you. [23] And you, Capernaum, which are exalted to heaven, shall be brought down to hell: for if the mighty works, which have been done in you, had been done in Sodom, it would have remained until this day. [24] But I say to you, That it shall be more tolerable for the land of Sodom in the day of judgment, than for you.
American King James Version×
, Jesus explicou que muitas pessoas que viveram e morreram sem Deus nos tempos antigos, muito antes de Sua época, teriam se arrependido se tivessem tido a oportunidade de conhecer a pregação e os milagres de Cristo como as pessoas de Seu tempo estavam tendo. Além disso, ele disse que seria “mais tolerante”, no futuro julgamento, com as pessoas que viveram e morreram na ignorância do que com Seus contemporâneos que O rejeitaram abertamente.

Mas como isso poderia acontecer se aquelas pessoas que morreram há muito tempo já estivessem condenadas e sem esperança de redenção? O fato é que elas nunca tiveram uma oportunidade de compreenderem completamente acerca do arrependimento para a salvação. Mas um dia, Deus promete que lhes dará essa oportunidade.

Sem dúvida alguma, “Deus não faz acepção de pessoas” (Acts 10:34 Acts 10:34Then Peter opened his mouth, and said, Of a truth I perceive that God is no respecter of persons:
American King James Version×
, NVI). Ele tomou providências para que todas as pessoas, finalmente, tenham a oportunidade de entrar em um relacionamento com Ele, possibilitando levá-las à glória e à vida eterna. É por isso que Jesus disse: “Não vos maravilheis disto, porque vem a hora em que todos os que se acham nos túmulos ouvirão a sua voz e sairão: os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida; e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo” (John 5:28-29 John 5:28-29 [28] Marvel not at this: for the hour is coming, in the which all that are in the graves shall hear his voice, [29] And shall come forth; they that have done good, to the resurrection of life; and they that have done evil, to the resurrection of damnation.
American King James Version×
, ARA).

A ressurreição do juízo na passagem anterior refere-se a uma oportunidade de compreender e, em seguida, passar por um periodo de avaliação, e não se refere ao ato de condenação. Este é o tempo de julgar ou decidir o futuro daqueles que ainda não tiveram a oportunidade de entender o plano e o propósito de Deus, sejam eles pequenos ou grandes, como mencionado em Revelation 20:11-12 Revelation 20:11-12 [11] And I saw a great white throne, and him that sat on it, from whose face the earth and the heaven fled away; and there was found no place for them. [12] And I saw the dead, small and great, stand before God; and the books were opened: and another book was opened, which is the book of life: and the dead were judged out of those things which were written in the books, according to their works.
American King James Version×
, citado acima. Esta ressurreição bíblica para o julgamento (um tempo para escolher e decidir, não para uma condenação automática) é um tempo em que a tolerante misericórdia de Deus finalmente vai ser evidente a todos os que estejam dispostos a enfrentar e arrepender-se dos seus velhos caminhos pecaminosos. Embora a Bíblia não revele muitos detalhes sobre esta ressurreição—novamente para uma vida física e temporária—o capítulo 37 de Ezequiel mostra uma descrição nítida de tudo isso.

Em nossas publicações de estudo bíblico gratuitas O Que Acontece Depois da Morte? e O Céu e o Inferno: O Que a Bíblia Realmente Ensina? nós explicamos sobre esta maravilhosa verdade com mais detalhes. Esta é uma chave importante para compreender o plano de Deus para corrigir todos os males e sofrimentos que a humanidade tem passado.