Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Questões Importantes

Questões Importantes

Nós nos orgulhamos de sermos racionais, seres pensantes. Pensamos em nós mesmos como pessoas avançadas em pensamentos e ações. Tentamos ter boas razões para tudo que fazemos. Então, por que fazemos algumas coisas estranhas?

Consideremos, por exemplo, o Natal. Por que fingimos que um alegre velhinho, vestido com uma roupa vermelha, vive no pólo norte, anda por aí passeando em um trenó puxado por renas voadoras e desce pelas chaminés para deixar os brinquedos (feitos por elfos) para as crianças boazinhas numa noite de cada ano?

E na páscoa, por que fingimos que os coelhos põem ovos coloridos?

Pergunte a si mesmo: Esses mitos e costumes fazem algum sentido? Ainda assim, insistimos em continuar ensinando isso aos nossos filhos. Por estranho que pareça, também atribuímos um grande significado religioso a algumas dessas práticas. Muitas delas fazem parte da celebração dos dias mais sagrados do cristianismo tradicional.

Por que tantos cristãos professos, que procuram seguir Aquele que disse: “Eu sou a luz do mundo” e “quem me segue não andará em trevas” (John 8:12 John 8:12Then spoke Jesus again to them, saying, I am the light of the world: he that follows me shall not walk in darkness, but shall have the light of life.
American King James Version×
), perpetuam esses costumes estranhos, cujas origens não vêm da Bíblia, mas da escuridão, das névoas sombrias da antiguidade?

E não é porque as origens desses costumes não possam ser verificadas. Muitas vezes, próximo a época desses feriados religiosos, os jornais e programas de televisão informam as origens de algumas dessas práticas. As enciclopédias e outros livros, geralmente, nos ajudam a ter uma ideia ampla desses costumes de antigas culturas. E, muitas vezes, o conceito não é nada bom.

Afinal, o que um homem barbudo com roupa vermelha, árvores com enfeites luminosos, ramos de visco, folhas de azevinho e velas têm a ver com o nascimento de Jesus Cristo? Por que a data de 25 de dezembro passou a ser o dia de Seu nascimento, quando a própria Bíblia em lugar nenhum informa a verdadeira data, mas, na verdade, dá fortes indícios de que Jesus não poderia ter nascido nessa época do ano? Estas são questões cruciais.

A verdadeira adoração a Deus

Adorar a Deus é o esforço mais nobre que qualquer ser humano pode realizar. Cerca de três anos atrás, o rei Davi de Israel, numa ocasião alegre, ao levar a Arca da Aliança para Jerusalém, escreveu um salmo de louvor e instrução para o seu povo. estas foram suas palavras: “Dai ao Senhor a glória de seu nome; trazei presentes e vinde perante ele; adorai ao Senhor na beleza da sua santidade” (1 Chronicles 16:29 1 Chronicles 16:29Give to the LORD the glory due to his name: bring an offering, and come before him: worship the LORD in the beauty of holiness.
American King James Version×
).

Davi deu esta instrução porque só Deus personifica a santidade perfeita (Salmo 99:5, 9; Revelation 15:4 Revelation 15:4Who shall not fear you, O Lord, and glorify your name? for you only are holy: for all nations shall come and worship before you; for your judgments are made manifest.
American King James Version×
). Parte da razão de nossa existência é adorá-Lo para sempre (ver Salmo 22:27; 86:9). A Bíblia revela o futuro para as pessoas que se recusam a honrar seu Criador. Na verdade, Ele diz que, eventualmente, “virá toda a carne a adorar perante Mim” (Isaiah 66:23 Isaiah 66:23And it shall come to pass, that from one new moon to another, and from one sabbath to another, shall all flesh come to worship before me, said the LORD.
American King James Version×
).

Jesus Cristo acrescenta que “os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade” (John 4:23-24 John 4:23-24 [23] But the hour comes, and now is, when the true worshippers shall worship the Father in spirit and in truth: for the Father seeks such to worship him. [24] God is a Spirit: and they that worship him must worship him in spirit and in truth.
American King James Version×
, ênfase adicionada). Ele adverte que alguns adorarão a Deus em vão, porque as suas práticas estão enraizadas em tradições e regulamentos humanos ao invés da verdade bíblica. Ele denomina esse tipo de adoração como inaceitável e hipócrita, dizendo que tais pessoas “honra-Me com os seus lábios, mas o seu coração está longe de Mim” (Matthew 15:7-9 Matthew 15:7-9 [7] You hypocrites, well did Esaias prophesy of you, saying, [8] This people draws near to me with their mouth, and honors me with their lips; but their heart is far from me. [9] But in vain they do worship me, teaching for doctrines the commandments of men.
American King James Version×
, Mark 7:6-9 Mark 7:6-9 [6] He answered and said to them, Well has Esaias prophesied of you hypocrites, as it is written, This people honors me with their lips, but their heart is far from me. [7] However, in vain do they worship me, teaching for doctrines the commandments of men. [8] For laying aside the commandment of God, you hold the tradition of men, as the washing of pots and cups: and many other such like things you do. [9] And he said to them, Full well you reject the commandment of God, that you may keep your own tradition.
American King James Version×
) .

Diante dessas afirmações e instruções bíblicas, será que importa que feriados religiosos observamos? Nosso mundo está cheio de celebrações religiosas. Entre os mais populares estão o Natal e o Domingo de Páscoa [Easter]. O Natal é tão popular que configura a base de uma parcela significativa da economia mundial. O Domingo de Páscoa e a semana Santa são frequentemente considerados tão importantes quanto o Natal, se não for mais ainda.

Mas de onde realmente vieram o Natal e o Domingo de Páscoa? A Bíblia não diz para celebrarmos estes dias, mas eles compõem uma parte importante do credo cristão. Por que são tão populares?

O que Deus acha disso?

E o mais importante, o que Deus tem a dizer sobre esses costumes? Ele quer que O adoremos da maneira que acharmos melhor? A Bíblia nos diz se Deus espera que os cristãos O adorem em dias e tempos específicos? O que podemos aprender com o exemplo de Jesus Cristo, cujos passos Deus espera que sigamos? (1 John 2:6 1 John 2:6He that said he stays in him ought himself also so to walk, even as he walked.
American King James Version×
, 1 Corinthians 11:1 1 Corinthians 11:1Be you followers of me, even as I also am of Christ.
American King James Version×
).

Em contraste com a celebração desses feriados populares, a Bíblia nos informa os dias específicos de adoração—“festas” anuais de Deus (Levítico 23)—as quais são desconhecidas pela maioria das pessoas. Por que estas celebrações foram substituídas?

Nas páginas seguintes, iremos comparar essas diversas observâncias com as instruções sobre a adoração a Deus que se encontra na Bíblia.

Estas são questões categóricas e de profundas implicações para o nosso relacionamento com nosso Criador. Então, vamos embarcar numa jornada histórica e bíblica para descobrir a verdade sobre os feriados religiosos e os dias santos. Os fatos documentados aqui proporcionará uma imensa oportunidade para a verdadeira adoração que você jamais imaginou ser possível.