Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

O que é a Igreja?

O que é a Igreja?

Equiparando-a com um edifício. Mas por toda a Escritura, igreja e congregação se refere às pessoas, nunca a um edifício. De fato, encontramos vários versículos no Novo Testamento, onde a “igreja” (pessoas) estavam reunidas dentro das casas (edifícios) de certos membros, na área local (Romanos 16:3-5 Romanos 16:3-5 [3] Saudai a Prisca e a Áqüila, meus cooperadores em Cristo Jesus, [4] os quais pela minha vida expuseram as suas cabeças; o que não só eu lhes agradeço, mas também todas as igrejas dos gentios. [5] Saudai também a igreja que está na casa deles. Saudai a Epêneto, meu amado, que é as primícias da Ásia para Cristo.
Almeida Atualizada×
, 1 Coríntios 16:19 1 Coríntios 16:19As igrejas da Ásia vos saúdam. Saúdam-vos afetuosamente no Senhor Aqüila e Priscila, com a igreja que está em sua casa.
Almeida Atualizada×
, Colossenses 4: 15; e Filemon 2).

A Igreja é composta de pessoas chamadas a seguir Jesus Cristo. Aquele grupo de pessoas é coletivamente chamado de “corpo de Cristo” (1 Coríntios 12:27 1 Coríntios 12:27Ora, vós sois corpo de Cristo, e individualmente seus membros.
Almeida Atualizada×
, Efésios 4:12 Efésios 4:12tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;
Almeida Atualizada×
). É um corpo espiritual transformado de crentes que não se limita a um determinado local, organização ou denominação.

O Dicionário Bíblico de Holman (Holman Bible Dictionary), em seu artigo “Igreja”, explica o contexto da palavra igreja:

“Igreja é a tradução em português da palavra grega ekklesia. O uso do termo grego antes do surgimento da igreja cristã é importante, visto que duas linhas de significado se tornam aparentes da história do seu uso, as quais iluminam o entendimento do que é a Igreja no Novo Testamento.

“Primeiro, o termo grego que significa basicamente “chamados para fora” era comumente usado para indicar uma assembleia de cidadãos de uma cidade grega e é muito usado em Atos 19:32 Atos 19:32Uns, pois, gritavam de um modo, outros de outro; porque a assembléia estava em confusão, e a maior parte deles nem sabia por que causa se tinham ajuntado.
Almeida Atualizada×
, 39. Os cidadãos, que eram absolutamente conscientes de seu status privilegiado sobre os escravos e sobre os não cidadãos, tinham sido chamados para a assembléia por um mensageiro e anunciador . . . para tratar de questões de interesse comum. Quando os primeiros cristãos entenderam que eles mesmos constituem uma igreja, sem dúvida nenhuma se viram como os chamados por Deus em Jesus Cristo para um propósito especial e que seu status era um privilégio em Jesus Cristo (Efésios 2:19 Efésios 2:19Assim, pois, não sois mais estrangeiros, nem forasteiros, antes sois concidadãos dos santos e membros da família de Deus,
Almeida Atualizada×
).

“Em segundo lugar, o termo grego [ekklesia] foi utilizado mais de uma centena de vezes na tradução [do termo hebraico qahal] do Antigo Testamento ao grego de uso corrente no tempo de Jesus. O termo hebraico (qahal) significava simplesmente “assembleia” e poderia ser usado de várias maneiras, referindo-se por exemplo, a uma assembleia de profetas (1 Samuel 19:20 1 Samuel 19:20Então enviou Saul mensageiros para prenderem a Davi; quando eles viram a congregação de profetas profetizando, e Samuel a presidi-los, o Espírito de Deus veio sobre os mensageiros de Saul, e também eles profetizaram.
Almeida Atualizada×
), soldados (Números 22:4 Números 22:4Por isso disse aos anciãos de Midiã: Agora esta multidão lamberá tudo quanto houver ao redor de nós, como o boi lambe a erva do campo. Nesse tempo Balaque, filho de Zipor, era rei de Moabe.
Almeida Atualizada×
), ou do povo de Deus (Deuteronômio 9:10 Deuteronômio 9:10E o Senhor me deu as duas tábuas de pedra, escritas com o dedo de Deus; e nelas estavam escritas todas aquelas palavras que o Senhor tinha falado convosco no monte, do meio do fogo, no dia da assembléia.
Almeida Atualizada×
). O uso do termo no Antigo Testamento, referindo-se ao povo de Deus é importante para a compreensão do termo “igreja” no Novo Testamento.

“Os primeiros cristãos eram judeus que usaram a tradução grega do Antigo Testamento. Para eles, usar uma auto-designação [dada por Cristo (Mateus 16:18 Mateus 16:18Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do hades não prevalecerão contra ela;
Almeida Atualizada×
)] e que era comum no Antigo Testamento para o povo de Deus revela a sua compreensão da continuidade que liga o Antigo ao Novo Testamento. Os primeiros cristãos, judeus e gentios, entenderam que eles eram o povo do Deus que se revelou no Antigo Testamento (Hebreus 1:1-2 Hebreus 1:1-2 [1] Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, [2] nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e por quem fez também o mundo;
Almeida Atualizada×
), que eram os verdadeiros filhos de Israel (Romanos 2:28-29 Romanos 2:28-29 [28] Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. [29] Mas é judeu aquele que o é interiormente, e circuncisão é a do coração, no espírito, e não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus.
Almeida Atualizada×
), tendo Abraão como pai (Romanos 4:1-25 Romanos 4:1-25 [1] Que diremos, pois, ter alcançado Abraão, nosso pai segundo a carne? [2] Porque, se Abraão foi justificado pelas obras, tem de que se gloriar, mas não diante de Deus. [3] Pois, que diz a Escritura? Creu Abraão a Deus, e isso lhe foi imputado como justiça. [4] Ora, ao que trabalha não se lhe conta a recompensa como dádiva, mas sim como dívida; [5] porém ao que não trabalha, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é contada como justiça; [6] assim também Davi declara bem-aventurado o homem a quem Deus atribui a justiça sem as obras, dizendo: [7] Bem-aventurados aqueles cujas iniqüidades são perdoadas, e cujos pecados são cobertos. [8] Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputará o pecado. [9] Vem, pois, esta bem-aventurança sobre a circuncisão somente, ou também sobre a incircuncisão? Porque dizemos: A Abraão foi imputada a fé como justiça. [10] Como, pois, lhe foi imputada? Estando na circuncisão, ou na incircuncisão? Não na circuncisão, mas sim na incircuncisão. [11] E recebeu o sinal da circuncisão, selo da justiça da fé que teve quando ainda não era circuncidado, para que fosse pai de todos os que crêem, estando eles na incircuncisão, a fim de que a justiça lhes seja imputada, [12] bem como fosse pai dos circuncisos, dos que não somente são da circuncisão, mas também andam nas pisadas daquela fé que teve nosso pai Abraão, antes de ser circuncidado. [13] Porque não foi pela lei que veio a Abraão, ou � sua descendência, a promessa de que havia de ser herdeiro do mundo, mas pela justiça da fé. [14] Pois, se os que são da lei são herdeiros, logo a fé é vã e a promessa é anulada. [15] Porque a lei opera a ira; mas onde não há lei também não há transgressão. [16] Porquanto procede da fé o ser herdeiro, para que seja segundo a graça, a fim de que a promessa seja firme a toda a descendência, não somente � que é da lei, mas também � que é da fé que teve Abraão, o qual é pai de todos nós. [17] (como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí) perante aquele no qual creu, a saber, Deus, que vivifica os mortos, e chama as coisas que não são, como se já fossem. [18] O qual, em esperança, creu contra a esperança, para que se tornasse pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: Assim será a tua descendência; [19] e sem se enfraquecer na fé, considerou o seu próprio corpo já amortecido (pois tinha quase cem anos), e o amortecimento do ventre de Sara; [20] contudo, � vista da promessa de Deus, não vacilou por incredulidade, antes foi fortalecido na fé, dando glória a Deus, [21] e estando certíssimo de que o que Deus tinha prometido, também era poderoso para o fazer. [22] Pelo que também isso lhe foi imputado como justiça. [23] Ora, não é só por causa dele que está escrito que lhe foi imputado; [24] mas também por causa de nós a quem há de ser imputado, a nós os que cremos naquele que dos mortos ressuscitou a Jesus nosso Senhor; [25] o qual foi entregue por causa das nossas transgressões, e ressuscitado para a nossa justificação.
Almeida Atualizada×
), e que eram o povo da Nova Aliança profetizada no Antigo Testamento (Hebreus 8:1-13 Hebreus 8:1-13 [1] Ora, do que estamos dizendo, o ponto principal é este: Temos um sumo sacerdote tal, que se assentou nos céus � direita do trono da Majestade, [2] ministro do santuário, e do verdadeiro tabernáculo, que o Senhor fundou, e não o homem. [3] Porque todo sumo sacerdote é constituído para oferecer dons e sacrifícios; pelo que era necessário que esse sumo sacerdote também tivesse alguma coisa que oferecer. [4] Ora, se ele estivesse na terra, nem seria sacerdote, havendo já os que oferecem dons segundo a lei, [5] os quais servem �quilo que é figura e sombra das coisas celestiais, como Moisés foi divinamente avisado, quando estava para construir o tabernáculo; porque lhe foi dito: Olha, faze conforme o modelo que no monte se te mostrou. [6] Mas agora alcançou ele ministério tanto mais excelente, quanto é mediador de um melhor pacto, o qual está firmado sobre melhores promessas. [7] Pois, se aquele primeiro fora sem defeito, nunca se teria buscado lugar para o segundo. [8] Porque repreendendo-os, diz: Eis que virão dias, diz o Senhor, em que estabelecerei com a casa de Israel e com a casa de Judá um novo pacto. [9] Não segundo o pacto que fiz com seus pais no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; pois não permaneceram naquele meu pacto, e eu para eles não atentei, diz o Senhor. [10] Ora, este é o pacto que farei com a casa de Israel, depois daqueles dias, diz o Senhor; porei as minhas leis no seu entendimento, e em seu coração as escreverei; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo; [11] e não ensinará cada um ao seu concidadão, nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece ao Senhor; porque todos me conhecerão, desde o menor deles até o maior. [12] Porque serei misericordioso para com suas iniquidades, e de seus pecados não me lembrarei mais. [13] Dizendo: Novo pacto, ele tornou antiquado o primeiro. E o que se torna antiquado e envelhece, perto está de desaparecer.
Almeida Atualizada×
).

“Como consequência desse amplo contexto de significados no mundo grego e do Antigo Testamento, o termo ‘igreja’ é usado no Novo Testamento para se referir a uma congregação local de cristãos chamados para fora, tal como a ‘igreja de Deus que está em Corinto’ (1 Coríntios 1:2 1 Coríntios 1:2� igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para serem santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso:
Almeida Atualizada×
), e também para abranger todo o povo de Deus, como na afirmação de que Deus Pai deu Cristo à igreja para ser ‘o cabeça sobre todas as coisas, . . . a qual é o seu corpo’ (Efésios 1:22-23 Efésios 1:22-23 [22] e sujeitou todas as coisas debaixo dos seus pés, e para ser cabeça sobre todas as coisas o deu � igreja, [23] que é o seu corpo, o complemento daquele que cumpre tudo em todas as coisas.
Almeida Atualizada×
, ARA)” (grifo nosso). Para entender melhor como a Bíblia define e descreve a Igreja, por favor, solicite a sua cópia gratuita do livro A Igreja que Jesus edificou.