Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

O Que é uma Aliança Bíblica?

O Que é uma Aliança Bíblica?

Significa "'aliança; liga; confederação'. Esta palavra provavelmente é derivada de uma raiz acadiana que significa 'agrilhoar', que tem paralelos na língua hitita, egípcia, assíria e aramaica. Berit é usada mais de 280 vezes e em todo o Antigo Testamento" (Dicionário Expositivo Completo das Palavras do Antigo e do Novo Testamento de Vine, 1985, "Aliança").

As alianças de Deus contêm dois componentes especialmente importantes: termos e duração. Embora os seres humanos possam fazer alianças ou acordos, através dos seus próprios dispositivos, as alianças de Deus com as pessoas são geralmente unilaterais. Somente Ele determina os termos e as condições; os seres humanos escolhem se os aceitam.

Por exemplo, depois de Deus definir claramente os aspectos da aliança que fez com a nação de Israel, que incluía bênçãos ao honrá-la e consequências ao ignorá-la (Levítico 26; Deuteronômio 28-30), ambas as partes — Deus e o povo de Israel — concordaram.

Através deste processo Deus e Israel entraram em um relacionamento de aliança, um compromisso vinculativo para honrar e cumprir seus respectivos papéis.

Um segundo conceito importante para entendermos sobre a aliança de Deus com Israel é a sua contínua relevância em nossos dias. Ao reafirmar a aliança com a geração de israelitas que estavam prontos para entrar na Terra Prometida, Moisés explicou que eles estavam fazendo isso "para que [Deus] hoje te confirme por seu povo, e ele te seja a ti por Deus, como te tem dito e como jurou a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó. E não somente convosco faço este concerto e este juramento, mas com aquele que hoje está aqui em pé conosco perante o SENHOR, nosso Deus, e com aquele que hoje não está aqui conosco" (Deuteronômio 29:13-15 Deuteronômio 29:13-15 [13] para que hoje vos estabeleça por seu povo, e ele vos seja por Deus, como vos disse e como prometeu com juramento a vossos pais, a Abraão, a Isaque e a Jacó. [14] Ora, não é somente convosco que faço este pacto e este juramento, [15] mas é com aquele que hoje está aqui conosco perante o Senhor nosso Deus, e também com aquele que hoje não está aqui conosco
Almeida Atualizada×
). A aliança é declaradamente aplicada também aos descendentes de Israel.

Compreendendo a natureza contínua da aliança, o rei Davi, na chegada da Arca da Aliança em Jerusalém, escreveu: "Rendei graças ao SENHOR, invocai o seu nome, fazei conhecidos, entre os povos, os seus feitos. Cantai-lhe, cantai-lhe salmos; narrai todas as suas maravilhas... Ele é o SENHOR, nosso Deus; os seus juízos permeiam toda a terra. Lembra-se perpetuamente da sua aliança, da palavra que empenhou para mil gerações; da aliança que fez com Abraão e do juramento que fez a Isaque; o qual confirmou a Jacó por decreto e a Israel, por aliança perpétua" (1 Crônicas 16:8-9 1 Crônicas 16:8-9 [8] Louvai ao Senhor, invocai o seu nome; fazei conhecidos entre os povos os seus feitos. [9] Cantai-lhe, salmodiai-lhe, falai de todas as suas obras maravilhosas.
Almeida Atualizada×
, 14-17).

As alianças são simplesmente acordos entre duas ou mais partes. Deus mesmo elaborou a aliança que fez com Abraão e seus descendentes. Quando Deus faz uma aliança, Ele sempre cumpre o que assumiu em seus termos.