Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

A Abragência Mundial da Profecia

Você está aqui

A Abragência Mundial da Profecia

Deus prometeu a Abraão: “Em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Genesis 12:3 Genesis 12:3And I will bless them that bless you, and curse him that curses you: and in you shall all families of the earth be blessed.
American King James Version×
). Para cumprir esse objetivo, Deus também lhe prometeu: “E far-te-ei [através do povo de Israel] uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu serás uma bênção. E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem” (Genesis 12:2-3 Genesis 12:2-3 [2] And I will make of you a great nation, and I will bless you, and make your name great; and you shall be a blessing: [3] And I will bless them that bless you, and curse him that curses you: and in you shall all families of the earth be blessed.
American King James Version×
).

Quando examinamos cuidadosamente a profecia bíblica, vemos simplesmente que Deus permanece fiel à Sua promessa. Qualquer pessoa ou nação que se opõe à maneira como Deus decidiu usar o povo de Israel—por causa de Suas promessas a Abraão—está condenada, por fim, ao fracasso. Isto não é porque os israelitas descendentes de Abraão são melhores do que outras nações. É porque essas pessoas se puseram contra a vontade de Deus.

O plano de Deus se estende a todas as nações

Deus é justo. Ele puniu severamente a antiga Israel e a Judá quando se rebelaram contra Ele. Ele abençoa quem está em conformidade com Suas instruções e pune aqueles que são contrários. E, por fim, Ele demonstra não ter nenhuma parcialidade em seu tratamento com os israelitas e os não-israelitas (Deuteronomy 10:17-19 Deuteronomy 10:17-19 [17] For the LORD your God is God of gods, and Lord of lords, a great God, a mighty, and a terrible, which regards not persons, nor takes reward: [18] He does execute the judgment of the fatherless and widow, and loves the stranger, in giving him food and raiment. [19] Love you therefore the stranger: for you were strangers in the land of Egypt.
American King James Version×
).

No texto dos Dez Mandamentos, Ele explicou que suas leis se aplicam a todos: “Eu, o senhor, teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem e faço misericórdia em milhares aos que me amam e guardam os meus mandamentos” (Exodus 20:5-6 Exodus 20:5-6 [5] You shall not bow down yourself to them, nor serve them: for I the LORD your God am a jealous God, visiting the iniquity of the fathers on the children to the third and fourth generation of them that hate me; [6] And showing mercy to thousands of them that love me, and keep my commandments.
American King James Version×
).

Deus julga as pessoas pelas respostas às Suas instruções. Ele disse especificamente ao povo da antiga Israel para amar ao estrangeiro porque eles mesmos foram estrangeiros no Egito (Leviticus 19:34 Leviticus 19:34But the stranger that dwells with you shall be to you as one born among you, and you shall love him as yourself; for you were strangers in the land of Egypt: I am the LORD your God.
American King James Version×
). E explicou a Abraão que Seu plano mestre também tem como finalidade abençoar “todas as famílias da terra” (Genesis 12:3 Genesis 12:3And I will bless them that bless you, and curse him that curses you: and in you shall all families of the earth be blessed.
American King James Version×
).

Esse plano envolve os descendentes de Abraão através de Jacó em um papel proeminente e especial. Jesus Cristo, evidentemente, é a principal descendência de Abraão no plano (Matthew 1:1 Matthew 1:1The book of the generation of Jesus Christ, the son of David, the son of Abraham.
American King James Version×
, Galatians 3:29 Galatians 3:29And if you be Christ's, then are you Abraham's seed, and heirs according to the promise.
American King James Version×
); a salvação somente é acessível por meio dEle (Acts 4:10-12 Acts 4:10-12 [10] Be it known to you all, and to all the people of Israel, that by the name of Jesus Christ of Nazareth, whom you crucified, whom God raised from the dead, even by him does this man stand here before you whole. [11] This is the stone which was set at nothing of you builders, which is become the head of the corner. [12] Neither is there salvation in any other: for there is none other name under heaven given among men, whereby we must be saved.
American King James Version×
).

Mas, os outros descendentes naturais de Israel desempenham um papel vital no plano de Deus. É importante que nós compreendamos as implicações, em âmbito mundial, da profecia bíblica para que o papel de Israel não seja mal interpretado. Deus não está enfocado somente em Israel. Seu propósito diz respeito a todas as nações e a todos os povos.

Isaías inicia sua profecia com estas palavras: “Ouvi, ó céus, e presta ouvidos, tu, ó terra” (Isaiah 1:2 Isaiah 1:2Hear, O heavens, and give ear, O earth: for the LORD has spoken, I have nourished and brought up children, and they have rebelled against me.
American King James Version×
). E logo acrescenta: “E acontecerá, nos últimos dias, que se firmará o monte da Casa do senhor no cume dos montes e se exalçará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações” (Isaiah 2:2 Isaiah 2:2And it shall come to pass in the last days, that the mountain of the LORD's house shall be established in the top of the mountains, and shall be exalted above the hills; and all nations shall flow to it.
American King James Version×
). No último capítulo do mesmo livro, Deus nos diz através de Isaías: “O tempo vem, em que ajuntarei todas as nações . . . e virão e verão a minha glória”  (Isaiah 66:18 Isaiah 66:18For I know their works and their thoughts: it shall come, that I will gather all nations and tongues; and they shall come, and see my glory.
American King James Version×
).

A profecia transcende as fronteiras nacionais. Embora Deus concentre mais atenção em seu plano para os descendentes de Abraão, Ele não se esquece do resto da humanidade (Acts 10:34-35 Acts 10:34-35 [34] Then Peter opened his mouth, and said, Of a truth I perceive that God is no respecter of persons: [35] But in every nation he that fears him, and works righteousness, is accepted with him.
American King James Version×
). Ele abençoará a todos os que Lhe obedecem e punirá a todos os que obstinadamente são contra Sua vontade— tanto israelitas quanto outras nações.

O propósito de longo alcance de Deus é mudar o comportamento de todas as pessoas. Isto é porque Ele não quer “que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se” (2 Peter 3:9 2 Peter 3:9The Lord is not slack concerning his promise, as some men count slackness; but is long-suffering to us-ward, not willing that any should perish, but that all should come to repentance.
American King James Version×
). Ele prometeu, “a minha casa será chamada Casa de Oração para todos os povos” (Isaiah 56:7 Isaiah 56:7Even them will I bring to my holy mountain, and make them joyful in my house of prayer: their burnt offerings and their sacrifices shall be accepted on my altar; for my house shall be called an house of prayer for all people.
American King James Version×
). A profecia explica como isso vai acontecer.

Deus amou o mundo

Embora Deus tenha escolhido Israel como um “tesouro pessoal dentre todas as nações” (Exodus 19:5 Exodus 19:5Now therefore, if you will obey my voice indeed, and keep my covenant, then you shall be a peculiar treasure to me above all people: for all the earth is mine:
American King James Version×
, NVI), seu propósito vai muito além dos israelitas. Moisés explicou isto, quando Deus estava estabelecendo Israel como nação: “Eu lhes ensinei decretos e leis, como me ordenou o Senhor . . . Vocês devem obedecer-lhes e cumpri-los, pois assim os outros povos verão a sabedoria e o discernimento de vocês. Quando eles ouvirem todos estes decretos dirão: ‘De fato esta grande nação é um povo sábio e inteligente’” (Deuteronomy 4:5-6 Deuteronomy 4:5-6 [5] Behold, I have taught you statutes and judgments, even as the LORD my God commanded me, that you should do so in the land where you go to possess it. [6] Keep therefore and do them; for this is your wisdom and your understanding in the sight of the nations, which shall hear all these statutes, and say, Surely this great nation is a wise and understanding people.
American King James Version×
, NVI).

Sob protestos, o profeta Jonas foi enviado por Deus para profetizar aos gentios da cidade de Nínive. Seus cidadãos responderam ao seu aviso e se arrependeram, e Deus os poupou. Ele se preocupa com todos os povos.

Deus entregou a Israel a responsabilidade crucial de viver os Seus caminhos como um modelo para o benefício de outras nações. Naquela época, os israelitas não tinham um coração para obedecer a Deus (Jeremiah 7:23-24 Jeremiah 7:23-24 [23] But this thing commanded I them, saying, Obey my voice, and I will be your God, and you shall be my people: and walk you in all the ways that I have commanded you, that it may be well to you. [24] But they listened not, nor inclined their ear, but walked in the counsels and in the imagination of their evil heart, and went backward, and not forward.
American King James Version×
). Então, seu sucesso como um modelo foi de curta duração. Ao longo do tempo a sua conduta degenerou-se ao mesmo nível das outras nações ao seu redor.

Finalmente, Deus retirou temporariamente Suas bênçãos dos descendentes de Abraão e eles foram levados para o cativeiro. Deus, então, ofereceu a Nabucodonosor, rei gentio da Babilônia, uma oportunidade incomum para servi-Lo. Daniel, o profeta que era um importante administrador no governo de Nabucodonosor, registrou que Deus ofereceu a este monarca gentio a chance de se arrepender de seus pecados e aplicar as leis de Deus em seu reino.

As nações e as pessoas no vasto império de Nabucodonosor teriam sido beneficiadas imensamente se ele tivesse aceitado a oferta de Deus. E então, este conhecimento e compreensão dos caminhos de Deus poderiam ter sido passados para as gerações futuras.

Deus permitiu que Nabucodonosor governasse um império cuja cultura e influência se estenderia muito além dele e alcançaria os impérios e culturas que sucederiam a Babilônia. Mas, porque Nabucodonozor não se submeteu a Deus, a influência da Babilônia seria muito mais para o mal do que para o bem. As Escrituras mostram essa influência maligna continuaria através do tempo até a segunda vinda de Jesus Cristo (Revelation 17:5 Revelation 17:5And on her forehead was a name written, MYSTERY, BABYLON THE GREAT, THE MOTHER OF HARLOTS AND ABOMINATIONS OF THE EARTH.
American King James Version×
; 18:2).

O futuro revelado a um rei gentio

Para chamar a atenção de Nabucodonosor, Deus revelou-lhe, através de um sonho, um vislumbre do futuro. Daniel explica ao rei que “há um Deus nos céus, o qual revela os segredos; ele, pois, fez saber ao rei Nabucodonosor o que há de ser no fim dos dias” (Daniel 2:28 Daniel 2:28But there is a God in heaven that reveals secrets, and makes known to the king Nebuchadnezzar what shall be in the latter days. Your dream, and the visions of your head on your bed, are these;
American King James Version×
).

Daniel continuou: “O Deus dos céus te tem dado o reino . . . E, depois de ti, se levantará outro reino, inferior ao teu, e um terceiro reino, de metal, o qual terá domínio sobre toda a terra. E o quarto reino será forte como ferro . . . Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; . . . e será estabelecido para sempre” (vv. 37-44).

Por causa dos pecados de Israel, Deus concedeu a governantes gentios o domínio naquela região até o último reino—o Reino de Deus—ser estabelecido na volta de Cristo. Deus revelou esta profecia básica—que é um esboço dos futuros poderes dominantes naquela região—a Nabucodonosor.

Na mesma época, Deus enviou Daniel para dizer ao monarca: “Ó rei, aceita o meu conselho e desfaze os teus pecados pela justiça” (Daniel 4:27 Daniel 4:27Why, O king, let my counsel be acceptable to you, and break off your sins by righteousness, and your iniquities by showing mercy to the poor; if it may be a lengthening of your tranquility.
American King James Version×
). Embora, temporariamente, tenha reconhecido a grandeza de Deus, Nabucodonosor realmente nunca aceitou a advertência de Daniel.

Deus humilhou ao rei, entregando-o completamente à insanidade por sete anos. Durante esse tempo, ele estava incapaz de administrar os negócios da Babilônia. Daniel tinha lhe avisado: “Serás tirado de entre os homens, e a tua morada será com os animais do campo, e te farão comer erva como os bois . . . até que conheças que o Altíssimo tem domínio sobre o reino dos homens e o dá a quem quer” (Daniel 4:25 Daniel 4:25That they shall drive you from men, and your dwelling shall be with the beasts of the field, and they shall make you to eat grass as oxen, and they shall wet you with the dew of heaven, and seven times shall pass over you, till you know that the most High rules in the kingdom of men, and gives it to whomsoever he will.
American King James Version×
). Deus quis ter certeza de que Nabucodonosor não teria nenhuma desculpa para desobedecê-Lo.

Quando tudo acabou, Nabucodonosor emitiu uma proclamação: “Nabucodonosor, rei, a todos os povos, nações e línguas que moram em toda a terra: paz vos seja multiplicada! pareceu-me bem fazer conhecidos os sinais e maravilhas que Deus, o Altíssimo, tem feito para comigo. quão grandes são os seus sinais, e quão poderosas, as suas maravilhas! O seu reino é um reino sempiterno, e o seu domínio, de geração em geração” (versículos 1-3).

O rei da Babilônia reconheceu o poder e a autoridade de Deus sobre a terra. Mas, não temos indicação de que ele mudou permanentemente os seus caminhos idólatras e que tenha começado a servir somente ao Deus verdadeiro. Ele veio a entender, no entanto, que o Deus de Daniel era maior do que todos os outros deuses que ele adorava.

Uma lição da história

O que Deus tem mostrado, e a história repetidamente provado, é que nem os líderes nacionais nem os seus súditos são capazes de obedecer a Deus, de maneira consistente e por conta própria. Paulo resumiu isso quando ele escreveu: “Pois quê? Somos nós [os judeus] mais excelentes [que os gentios]? De maneira nenhuma! Pois já dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos [gentios], todos estão debaixo do pecado, como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; não há ninguém que busque a Deus. Todos se extraviaram e juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só” (Romans 3:9-12 Romans 3:9-12 [9] What then? are we better than they? No, in no wise: for we have before proved both Jews and Gentiles, that they are all under sin; [10] As it is written, There is none righteous, no, not one: [11] There is none that understands, there is none that seeks after God. [12] They are all gone out of the way, they are together become unprofitable; there is none that does good, no, not one.
American King James Version×
).

Não até Jesus Cristo estabelecer o Reino de Deus na terra, e Deus dar o Seu Espírito a “toda carne” (Joel 2:28 Joel 2:28And it shall come to pass afterward, that I will pour out my spirit on all flesh; and your sons and your daughters shall prophesy, your old men shall dream dreams, your young men shall see visions:
American King James Version×
, Acts 2:17 Acts 2:17And it shall come to pass in the last days, said God, I will pour out of my Spirit on all flesh: and your sons and your daughters shall prophesy, and your young men shall see visions, and your old men shall dream dreams:
American King James Version×
, 38), àqueles que voluntariamente se arrependerem, poderá haver justiça pelo mundo inteiro. Deus revelou esta mesma verdade, a Nabucodonosor, através de Daniel: “O Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e esse reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos e será estabelecido para sempre” (Daniel 2:44 Daniel 2:44And in the days of these kings shall the God of heaven set up a kingdom, which shall never be destroyed: and the kingdom shall not be left to other people, but it shall break in pieces and consume all these kingdoms, and it shall stand for ever.
American King James Version×
).

Esta verdade é o foco da profecia bíblica. A profecia mostra como o Deus Criador intervirá nos assuntos da humanidade e estabelecerá o Seu Reino, que trará paz, justiça e salvação para toda a humanidade.

A profecia bíblica tem alcance mundial. É centrado somente em um Governante—Jesus Cristo, o Filho de Deus—que pode estabelecer uma utopia na terra.

Agora veremos como essa utopia prometida surgirá.