Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Por Meio da Graça Vem o Arrependimento, o Perdão, o Poder e o Entendimento

Você está aqui

Por Meio da Graça Vem o Arrependimento, o Perdão, o Poder e o Entendimento

O verdadeiro arrependimento é o primeiro passo para sairmos do pecado — e nos colocar, pela graça de Deus, no caminho da vida eterna. Certamente, nossos esforços humanos estão longe de serem suficientes.

Sem a ajuda divina não podemos realizar essa difícil tarefa de admitir voluntariamente a Deus, com pesar e arrependimento, que estarmos totalmente errados ao desafiá-Lo e que pretendemos seriamente mudar nossos caminhos.

O apóstolo Paulo desafiou os cristãos em Roma com esta pergunta categórica: "Desprezas tu as riquezas da Sua benignidade, e paciência, e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te leva ao arrependimento?" (Romanos 2:4 Romanos 2:4Ou desprezas tu as riquezas da sua benignidade, e paciência e longanimidade, ignorando que a benignidade de Deus te conduz ao arrependimento?
Almeida Atualizada×
). Sem dúvida, Deus precisa nos conceder o arrependimento (ver Atos 11:18 Atos 11:18Ouvindo eles estas coisas, apaziguaram-se e glorificaram a Deus, dizendo: Assim, pois, Deus concedeu também aos gentios o arrependimento para a vida.
Almeida Atualizada×
; 2 Timóteo 2:25 2 Timóteo 2:25corrigindo com mansidão os que resistem, na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade,
Almeida Atualizada×
).

Atos 2:38 Atos 2:38Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.
Almeida Atualizada×
é uma das passagens mais decisivas da Bíblia. O apóstolo Pedro atingiu o âmago do que Deus espera de nós quando disse àqueles ouvintes culpados: “Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos seus pecados, e receberão o dom do Espírito Santo” (NVI).

Esta passagem mostra categoricamente que nosso arrependimento e o perdão e a capacitação misericordiosa de Deus são partes necessárias de todo o processo de salvação. E tudo isso vem através de Sua graça.

Como o arrependimento deve ocorrer antes do perdão, devemos analisá-lo primeiro.

O arrependimento em ação

O livro de Atos cobre cerca de trinta anos da história da Igreja primitiva. Em certo sentido, ele é também um registro do arrependimento do povo de Deus durante o primeiro século.

Tanto Paulo quanto Pedro pregava continuamente a importância do arrependimento. Ele testemunhou “tanto a judeus como a gregos o arrependimento para com Deus e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo" (Atos 20:21 Atos 20:21testificando, tanto a judeus como a gregos, o arrependimento para com Deus e a fé em nosso Senhor Jesus.
Almeida Atualizada×
, ARA).

Ele enfatizou que as promessas de se afastar do pecado tinham que se refletir, obviamente, em boas obras. Ele declarou que era preciso que homens e mulheres “que se arrependessem e se voltassem para Deus, praticando obras que mostrassem o seu arrependimento” (Atos 26:20 Atos 26:20antes anunciei primeiramente aos que estão em Damasco, e depois em Jerusalém, e por toda a terra da Judéia e também aos gentios, que se arrependessem e se convertessem a Deus, praticando obras dignas de arrependimento.
Almeida Atualizada×
, NVI).

Paulo e Barnabé instaram o povo de Listra, "dizendo-lhes que se afastem dessas coisas vãs e se voltem para o Deus vivo" (Atos 14:15 Atos 14:15e dizendo: Senhores, por que fazeis estas coisas? Nós também somos homens, de natureza semelhante � vossa, e vos anunciamos o evangelho para que destas práticas vãs vos convertais ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar, e tudo quanto há neles;
Almeida Atualizada×
, NVI). Aqueles que realmente são chamados por Deus sentem um forte senso de urgência para mudar de vida — tomando as providências bíblicas necessárias exigidas por nosso Criador.

A procrastinação — adiar a ordem direta de Deus de se arrepender e ser batizado — não nos leva a lugar algum! Temos que agir de acordo com a verdade que Deus nos revelou. Então Ele nos abençoará, revelando mais verdade e ajudando-nos a segui-Lo. E isso faz com que Deus derrame ainda mais de Sua graça sobre a pessoa arrependida.

O pecado é algo muito sério para Deus

Deus não vê o pecado como algo banal! Ele leva isso extremamente a sério — odiando qualquer forma de transgressão de Sua lei. Quando o rei Davi transgrediu mandamentos contra o adultério e o assassinato, o Criador perguntou-lhe por meio do profeta Natã: “Por que você desprezou a palavra do SENHOR, fazendo o que Ele reprova?” (2 Samuel 12:9 2 Samuel 12:9Por que desprezaste a palavra do Senhor, fazendo o mal diante de seus olhos? A Urias, o heteu, mataste � espada, e a sua mulher tomaste para ser tua mulher; sim, a ele mataste com a espada dos amonitas.
Almeida Atualizada×
, NVI)  abalado, o rei respondeu: "Pequei contra o SENHOR ".

Mas veja a resposta de Natã: “O SENHOR perdoou o seu pecado. Você não morrerá” (versículo 13, NVI). Esse arrependimento profundo e sincero de Davi se encontra descrito para nós no Salmo 51. Você precisa ler esse salmo para entender o tipo de atitude e coração que Deus deseja ver em nós.

Nosso Criador odeia o que o pecado faz aos seres humanos — o dano que ele, inevitavelmente, produz a qualquer pessoa presa em suas garras. Porém, misericordiosamente, Deus nos proporcionou uma maneira de sair do pecado — com um alto custo para Si mesmo. Uma vez que realmente compreendemos a grandeza de Deus — começando a nos ver em comparação com nosso Criador, como fez Jó — estaremos no caminho do verdadeiro e sincero arrependimento.

Observe o que disse esse antigo patriarca em resposta à revelação pessoal de Deus para ele: “Sei que podes fazer todas as coisas; nenhum dos Teus planos pode ser frustrado . . . Meus ouvidos já tinham ouvido a Teu respeito, mas agora os meus olhos Te viram. Por isso menosprezo a mim mesmo e me arrependo no pó e na cinza” (Jó 42:2 Jó 42:2Bem sei eu que tudo podes, e que nenhum dos teus propósitos pode ser impedido.
Almeida Atualizada×
, 5-6, NVI).

O perdão misericordioso e compassivo de Deus

O rei Davi expressou a natureza graciosa de Deus no Salmo 103: “Bendiga ao SENHOR a minha alma! . . . Não se esqueça de nenhuma de Suas bênçãos [que vêm pela graça]! É Ele que perdoa todos os seus pecados e cura todas as suas doenças . . . O SENHOR é compassivo e misericordioso, mui paciente e cheio de amor . . . não nos trata conforme os nossos pecados nem nos retribui conforme as nossas iniquidades.

“Pois como os céus se elevam acima da terra, assim é grande o Seu amor para com os que o temem; e como o Oriente está longe do Ocidente, assim Ele afasta para longe de nós as nossas transgressões. Como um pai tem compaixão de seus filhos, assim o SENHOR tem compaixão dos que O temem; pois Ele sabe do que somos formados; lembra-se de que somos pó” (versículos 1-14).

Depois que você realmente se arrepende de seus pecados, o perdão de Deus é total e completo. Deus aplica o sangue sacrificial de Seu Filho Jesus Cristo a você pessoalmente. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16 João 3:16Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Almeida Atualizada×
).

Em Sua graça e misericórdia, Deus apaga nossas transgressões de Sua lei através do sacrifício de Cristo "em quem temos a redenção pelo Seu sangue, a saber, a remissão dos pecados" (Colossenses 1:14 Colossenses 1:14em quem temos a redenção, a saber, a remissão dos pecados;
Almeida Atualizada×
).

O sacrifício expiatório de Cristo pode e providenciará uma maneira de limpar nossa consciência perturbada e nos livrar da culpa: “Quanto mais, então, o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu de forma imaculada a Deus, purificará a nossa consciência de atos que levam à morte, de modo que sirvamos ao Deus vivo!” (Hebreus 9:14 Hebreus 9:14quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará das obras mortas a vossa consciência, para servirdes ao Deus vivo?
Almeida Atualizada×
, NVI).

A capacitação e a instrução para a vida eterna

Após o arrependimento e o batismo nas águas, recebemos o Espírito Santo de Deus (Atos 2:38 Atos 2:38Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.
Almeida Atualizada×
). Esse é o começo de uma vida completamente diferente para um verdadeiro cristão. Uma vez passada essa fase, nossa salvação está garantida — desde que continuemos no caminho da lei de Deus. Como escreveu o salmista: “Lâmpada para os meus pés é Tua palavra e luz, para o meu caminho” (Salmos 119:105 Salmos 119:105Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho.
Almeida Atualizada×
). A capacitação e a instrução espiritual são outros aspectos da graça de Deus, que continuamos a receber até a vida eterna.

Jesus disse: “Eu digo sinceramente que todo aquele que ouve a Minha mensagem e crê em Deus, que Me enviou, tem a vida eterna, e jamais será condenado pelos seus pecados, mas já passou da morte para a vida” (João 5:24 João 5:24Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não entra em juízo, mas já passou da morte para a vida.
Almeida Atualizada×
, Bíblia Viva).

O apóstolo João repetiu essa encorajadora verdade em 1 João 5:11-12 1 João 5:11-12 [11] E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. [12] Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.
Almeida Atualizada×
: “E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em Seu Filho. Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida”.

Após a Sua ressurreição, Jesus, falando de Si mesmo na terceira pessoa, disse aos apóstolos que "em Seu nome seria pregado o arrependimento para perdão de pecados a todas as nações, começando por Jerusalém", um elemento essencial da missão que Ele deu aos Seus verdadeiros seguidores, (Lucas 24:47 Lucas 24:47e que em seu nome se pregasse o arrependimento para remissão dos pecados, a todas as nações, começando por Jerusalém.
Almeida Atualizada×
, NVI) — algo que seria cumprido através do prometido “poder do alto”, o Espírito Santo (versículo 49).

Agora podemos ver como o arrependimento genuíno, seguido pelo perdão misericordioso e compassivo de Deus, através de Sua graça, juntamente com a capacitação e o ensinamento espiritual — todas bênçãos da graça — convergem para nos transmitir a verdadeira conversão e nos colocar firmemente no caminho da vida eterna!