Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

As Festas Proféticas da Bíblia

Você está aqui

As Festas Proféticas da Bíblia

A Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, revela que o Deus Criador fez os seres humanos com a intenção de se tornarem parte de Sua família — bilhões de filhos unindo-se a Deus Pai e a Jesus Cristo em glória para sempre, compartilhando Sua natureza e caráter.

Contudo, desde a época dos primeiros seres humanos, Adão e Eva, a humanidade foi desencaminhada por um rebelde anjo caído, agora conhecido como Satanás, o diabo. Sob sua influência, todas as pessoas pecaram — desobedeceram a Deus — e sofreram as consequências disso que, no fim, resulta em morte (ver Romanos 3:23 Romanos 3:23Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;
Almeida Atualizada×
; 6:23).

Então, a humanidade está completamente perdida? O plano de Deus para criar Sua família foi frustrado? De maneira nenhuma, pois Deus já havia traçado um plano para salvar Seus preciosos filhos antes mesmo de eles existirem.

A Bíblia apresenta o admirável plano de salvação de Deus. Um plano que abrange muitas eras e inclui alguns chamados nesta era atual para entender sua necessidade de perdão dos pecados até o tempo em que a salvação será oferecida a todos os que já viveram. As principais fases desse plano são reveladas por meio das festas bíblicas que a Palavra de Deus nos instrui a observar (dispostas, sequencialmente, em Levítico 23). Através dessas comemorações anuais é que aprendemos o papel fundamental de Jesus Cristo na salvação da humanidade.

A Páscoa

O capítulo doze de Êxodo apresenta o cordeiro pascal como um meio de redenção para os antigos israelitas na escravidão egípcia. Quando Deus enviou uma praga mortal sobre a terra do Egito, o sangue dos cordeiros sacrificados em volta das portas das casas israelitas fez com que eles fossem poupados. Essa ocasião devia ser observada como um memorial todos os anos no mesmo dia, início da primavera, em que havia ocorrido (ver também Levítico 23:4-5 Levítico 23:4-5 [4] São estas as festas fixas do Senhor, santas convocações, que proclamareis no seu tempo determinado: [5] No mês primeiro, aos catorze do mês, � tardinha, é a páscoa do Senhor.
Almeida Atualizada×
). No entanto, o sacrifício do cordeiro imaculado sacrificado servia como uma importante representação de Jesus Cristo, que não tinha nenhuma mancha espiritual de pecado.

Cristo foi morto nesse mesmo dia da Páscoa, sendo Ele “nossa Páscoa, foi sacrificado por nós” (1 Coríntios 5:7 1 Coríntios 5:7Expurgai o fermento velho, para que sejais massa nova, assim como sois sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, já foi sacrificado.
Almeida Atualizada×
). Ele é “o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo” (João 1:29 João 1:29No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.
Almeida Atualizada×
). Através de Seu sacrifício, pela graça de Deus, temos nossos pecados perdoados e, enfim, somos poupados da pena de morte por causa do pecado.

Somos ordenados a observar o memorial da Páscoa anualmente e, ao mesmo tempo, beber do cálice da Nova Aliança e comer pães asmos em memória do incrível sacrifício de Cristo. Assim lembramos, de forma solene e grata, a morte do Senhor até Seu regresso (1 Coríntios 11:25-26 1 Coríntios 11:25-26 [25] Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo pacto no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim. [26] Porque todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes do cálice estareis anunciando a morte do Senhor, até que ele venha.
Almeida Atualizada×
). Essa festa retrata o início do plano de redenção de Deus — a purificação de nossos pecados pelo próprio sangue de Jesus Cristo.

A Festa dos Pães Asmos

Então, após termos os pecados perdoados pela graça de Deus, através do sacrifício de Cristo, será que podemos continuar pecando?

 “Permaneceremos no pecado, para que a graça seja mais abundante?” (Romanos 6:1 Romanos 6:1Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado, para que abunde a graça?
Almeida Atualizada×
). Será que podemos continuar sendo as mesmas pessoas e manter os mesmos hábitos pecaminosos enquanto esperamos que Deus ignore isso? "De modo nenhum! Nós que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?" (versículo 2).

Em uma atitude de profunda gratidão pelo que Deus fez, e continua fazendo por nós através de Seu Filho, continuamos nos arrependendo de nossos pecados e vivendo uma vida transformada. Sob a graça e misericórdia de Deus, devemos continuar a nos purificar “de toda imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus" (2 Coríntios 7:1 2 Coríntios 7:1Ora, amados, visto que temos tais promessas, purifiquemo-nos de toda a imundícia da carne e do espírito, aperfeiçoando a santidade no temor de Deus.
Almeida Atualizada×
).

A Festa dos Pães Asmos vem logo após a Páscoa (Levítico 23:5-8 Levítico 23:5-8 [5] No mês primeiro, aos catorze do mês, � tardinha, é a páscoa do Senhor. [6] E aos quinze dias desse mês é a festa dos pães ázimos do Senhor; sete dias comereis pães ázimos. [7] No primeiro dia tereis santa convocação; nenhum trabalho servil fareis. [8] Mas por sete dias oferecereis oferta queimada ao Senhor; ao sétimo dia haverá santa convocação; nenhum trabalho servil fareis.
Almeida Atualizada×
). Os sete dias dessa festa comemoram a época em que os israelitas partiram livres do Egito e de seus costumes ímpios. Para um cristão de hoje, essa festa revela a pura verdade de que devemos deixar nossos caminhos pecaminosos e lutar para vencer o pecado. Não podemos continuar em pecado!

Entretanto, ao contrário dos israelitas do passado, nós temos uma maneira nova e melhor de realizar esse trabalho espiritual. Essa festa diz respeito a como uma nova vida, ancorada em Cristo, pode ser alcançada.

Essa festa de sete dias destaca alguns elementos da obra de Jesus Cristo que são essenciais para a nossa compreensão do processo de salvação de Deus Pai. Por um lado, foi durante essa festa que Jesus Cristo ressuscitou dos mortos, três dias e três noites depois de ser colocado no túmulo, como Ele mesmo disse que faria (1 Coríntios 15:3-4 1 Coríntios 15:3-4 [3] Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras; [4] que foi sepultado; que foi ressuscitado ao terceiro dia, segundo as Escrituras;
Almeida Atualizada×
). Esta verdade central das Escrituras é a chave para a nossa salvação porque sem um Salvador ressuscitado ainda estaríamos em nossos pecados e sem esperança (versículos 14, 17).

A Escritura nos diz que nesse período de uma semana devemos evitar o fermento, um agente que faz o pão crescer no cozimento (levedar, no período bíblico). O fermento representa “malícia e maldade” ou pecado (1 Coríntios 5:8 1 Coríntios 5:8Pelo que celebremos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da malícia e da corrupção, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade.
Almeida Atualizada×
). Em vez disso, nessa semana, devemos comer pão sem fermento em nossas refeições (Êxodo 12:15 Êxodo 12:15Por sete dias comereis pães ázimos; logo ao primeiro dia tirareis o fermento das vossas casas, porque qualquer que comer pão levedado, entre o primeiro e o sétimo dia, esse será cortado de Israel.
Almeida Atualizada×
, 19-20). Ao fazer isso, somos lembrados da contínua necessidade de eliminar o pecado de nossas vidas e de colocar a sinceridade e a verdade dentro de nossas vidas (1 Coríntios 5:8 1 Coríntios 5:8Pelo que celebremos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da malícia e da corrupção, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade.
Almeida Atualizada×
).

A Festa dos Pães Asmos também retrata a obra de Cristo ressuscitado. Em cumprimento de uma oferta especial das primícias de grãos trazidas durante essa festa (ver Levítico 23:9-14 Levítico 23:9-14 [9] Disse mais o Senhor a Moisés: [10] Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando houverdes entrado na terra que eu vos dou, e segardes a sua sega, então trareis ao sacerdote um molho das primícias da vossa sega; [11] e ele moverá o molho perante o Senhor, para que sejais aceitos. No dia seguinte ao sábado o sacerdote o moverá. [12] E no dia em que moverdes o molho, oferecereis um cordeiro sem defeito, de um ano, em holocausto ao Senhor. [13] Sua oferta de cereais será dois décimos de efa de flor de farinha, amassada com azeite, para oferta queimada em cheiro suave ao Senhor; e a sua oferta de libação será de vinho, um quarto de him. [14] E não comereis pão, nem trigo torrado, nem espigas verdes, até aquele mesmo dia, em que trouxerdes a oferta do vosso Deus; é estatuto perpétuo pelas vossas gerações, em todas as vossas habitações.
Almeida Atualizada×
; 1 Coríntios 15:20 1 Coríntios 15:20Mas na realidade Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem.
Almeida Atualizada×
, 23), Jesus, no momento em que deveria ser oferecido, subiu ao trono de Deus para se apresentar e ser aceito como o início da colheita espiritual da humanidade por Deus e como Aquele que conduz a todos nós ao caminho da salvação. Ao ser aceito como o Cordeiro de Deus, Ele entrou no Lugar Santíssimo com Seu próprio sangue e começou uma nova função como Sumo Sacerdote para fazer intercessão por nós (Hebreus 9:12 Hebreus 9:12e não pelo sangue de bodes e novilhos, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez por todas no santo lugar, havendo obtido uma eterna redenção.
Almeida Atualizada×
, 24-25).

Além disso, essa obra contínua torna o ato de comer pão asmo ainda mais significativo durante essa festa. Jesus Cristo, como o pão da vida (João 6:48 João 6:48Eu sou o pão da vida.
Almeida Atualizada×
, 51), entra na vida de um cristão por meio do Espírito de Deus. Assim, é possível viver uma nova vida com e através de Jesus Cristo, enquanto Ele vive novamente por meio de nós.

O apóstolo Paulo falou sobre essa extraordinária verdade quando escreveu: “Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim” (Gálatas 2:20 Gálatas 2:20Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.
Almeida Atualizada×
, NVI).

A Festa de Pentecostes

A próxima festa que Deus revelou aos israelitas (Levítico 23:15-22 Levítico 23:15-22 [15] Contareis para vós, desde o dia depois do sábado, isto é, desde o dia em que houverdes trazido o molho da oferta de movimento, sete semanas inteiras; [16] até o dia seguinte ao sétimo sábado, contareis cinqüenta dias; então oferecereis nova oferta de cereais ao Senhor. [17] Das vossas habitações trareis, para oferta de movimento, dois pães de dois décimos de efa; serão de flor de farinha, e levedados se cozerão; são primícias ao Senhor. [18] Com os pães oferecereis sete cordeiros sem defeito, de um ano, um novilho e dois carneiros; serão holocausto ao Senhor, com as respectivas ofertas de cereais e de libação, por oferta queimada de cheiro suave ao Senhor. [19] Também oferecereis um bode para oferta pelo pecado, e dois cordeiros de um ano para sacrifício de ofertas pacíficas. [20] Então o sacerdote os moverá, juntamente com os pães das primícias, por oferta de movimento perante o Senhor, com os dois cordeiros; santos serão ao Senhor para uso do sacerdote. [21] E fareis proclamação nesse mesmo dia, pois tereis santa convocação; nenhum trabalho servil fareis; é estatuto perpétuo em todas as vossas habitações pelas vossas gerações. [22] Quando fizeres a sega da tua terra, não segarás totalmente os cantos do teu campo, nem colherás as espigas caídas da tua sega; para o pobre e para o estrangeiro as deixarás. Eu sou o Senhor vosso Deus.
Almeida Atualizada×
) ocorria no fim da primavera em Israel, após sete semanas ou no quinquagésimo dia depois da oferta das primícias que era realizada durante a Festa dos Pães Asmos. Nesse dia — chamado de Festa das Semanas (Êxodo 34:22 Êxodo 34:22Também guardarás a festa das semanas, que é a festa das primícias da ceifa do trigo, e a festa da colheita no fim do ano.
Almeida Atualizada×
; Deuteronômio 16:10 Deuteronômio 16:10Depois celebrarás a festa das semanas ao Senhor teu Deus segundo a medida da oferta voluntária da tua mão, que darás conforme o Senhor teu Deus te houver abençoado.
Almeida Atualizada×
, 16), Pentecostes (que significa quinquagésimo em grego) e Festa da Colheita (Êxodo 23:16 Êxodo 23:16também guardarás a festa da sega, a das primícias do teu trabalho, que houveres semeado no campo; igualmente guardarás a festa da colheita � saída do ano, quando tiveres colhido do campo os frutos do teu trabalho.
Almeida Atualizada×
) — outra oferta de grãos das primícias era apresentada. Esse dia representa o próximo passo no grande plano de salvação de Deus.

O segundo capítulo de Atos explica que o Espírito Santo de Deus foi derramado sobre os discípulos de Cristo nesse mesmo dia. O Espírito de Deus mudou para sempre essas pessoas. Pedro imediatamente fez um sermão inspirado e exclamou às multidões reunidas: “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos e a todos os que estão longe: a tantos quantos Deus, nosso Senhor, chamar” (Atos 2:38-39 Atos 2:38-39 [38] Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo. [39] Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar.
Almeida Atualizada×
).

Exatamente, a promessa de receber o Espírito Santo está disponível para todos aqueles a quem Deus está chamando hoje. A Bíblia diz que aqueles que recebem o Espírito de Deus têm "as primícias do Espírito" (Romanos 8:23 Romanos 8:23e não só ela, mas até nós, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, aguardando a nossa adoração, a saber, a redenção do nosso corpo.
Almeida Atualizada×
), sendo eles "como primícias das Suas criaturas" (Tiago 1:18 Tiago 1:18Segundo a sua própria vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas.
Almeida Atualizada×
).

Assim como Jesus representou as primícias da colheita espiritual divina da humanidade, vemos que os seguidores de Cristo desta era também são considerados primícias — portanto, Jesus foi o primeiro dentre essas primícias. O fato de os servos de Deus ser Suas primícias desta era atual significa que outros serão convertidos espiritualmente mais tarde — algo que entenderemos daqui a pouco.

Avançando das festas da primavera até as do outono

Até agora, temos visto uma progressão lógica do plano de salvação de Deus: Jesus, nosso cordeiro pascal, demonstra o amor de Deus por nós morrendo por nossos pecados. A Festa dos Pães Asmos nos ensinam a superar o pecado em nossas vidas e a olhar para o Cristo ressuscitado, que nos liberta das garras do pecado e nos ajuda a viver em retidão. E, por meio de Pentecostes, Deus promete nos dar o Espírito Santo — Seu poder, mente e vida — como primícias dessa colheita espiritual de Sua família. Pois, somente através do Espírito é que podemos fazer morrer “as obras [pecaminosas] do corpo” (Romanos 8:13 Romanos 8:13porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.
Almeida Atualizada×
) e andar como Cristo andou.

Agora vamos dar uma olhada nas últimas quatro festas. Ocorrendo no fim do verão e no outono na terra de Israel, essas festas proféticas do outono representam eventos posteriores àqueles retratados nas festas da primavera. Na verdade, elas prenunciam acontecimentos maravilhosos que ainda vão acontecer no grande plano de Deus.

A Festa das Trombetas

Em Levítico 23:23-25 Levítico 23:23-25 [23] Disse mais o Senhor a Moisés: [24] Fala aos filhos de Israel: No sétimo mês, no primeiro dia do mês, haverá para vós descanso solene, em memorial, com sonido de trombetas, uma santa convocação. [25] Nenhum trabalho servil fareis, e oferecereis oferta queimada ao Senhor.
Almeida Atualizada×
se ordena que o povo de Deus deve observar  "um dia de descanso, uma reunião sagrada, comemorada com toques de trombeta" (NVI).

As trombetas tinham um grande significado para os israelitas. Elas eram usadas na convocação de assembleias especiais (Números 10:1-10 Números 10:1-10 [1] Disse mais o Senhor a Moisés: [2] Faze-te duas trombetas de prata; de obra batida as farás, e elas te servirão para convocares a congregação, e para ordenares a partida dos arraiais. [3] Quando se tocarem as trombetas, toda a congregação se ajuntará a ti � porta da tenda da revelação. [4] Mas quando se tocar uma só, a ti se congregarão os príncipes, os cabeças dos milhares de Israel. [5] Quando se tocar retinindo, partirão os arraiais que estão acampados da banda do oriente. [6] Mas quando se tocar retinindo, pela segunda, vez, partirão os arraiais que estão acampados da banda do sul; para as partidas dos arraiais se tocará retinindo. [7] Mas quando se houver de reunir a congregação, tocar-se-á sem retinir: [8] Os filhos de Arão, sacerdotes, tocarão as trombetas; e isto vos será por estatuto perpétuo nas vossas gerações. [9] Ora, quando na vossa terra sairdes � guerra contra o inimigo que vos estiver oprimindo, fareis retinir as trombetas; e perante o Senhor vosso Deus sereis tidos em memória, e sereis salvos dos vossos inimigos. [10] Semelhantemente, no dia da vossa alegria, nas vossas festas fixas, e nos princípios dos vossos meses, tocareis as trombetas sobre os vossos holocaustos, e sobre os sacrifícios de vossas ofertas pacíficas; e eles vos serão por memorial perante vosso Deus. Eu sou o Senhor vosso Deus.
Almeida Atualizada×
) e para soar o alerta de guerra (Jeremias 4:19 Jeremias 4:19Ah, entranhas minhas, entranhas minhas! Eu me torço em dores! Paredes do meu coração! O meu coração se aflige em mim. Não posso calar; porque tu, ó minha alma, ouviste o som da trombeta e o alarido da guerra.
Almeida Atualizada×
). Além disso, Deus desceu no Monte Sinai em uma manifestação de grandíssimo poder para revelar Sua lei com o toque de uma trombeta (Êxodo 19:16-19 Êxodo 19:16-19 [16] Ao terceiro dia, ao amanhecer, houve trovões, relâmpagos, e uma nuvem espessa sobre o monte; e ouviu-se um sonido de buzina mui forte, de maneira que todo o povo que estava no arraial estremeceu. [17] E Moisés levou o povo fora do arraial ao encontro de Deus; e puseram-se ao pé do monte. [18] Nisso todo o monte Sinai fumegava, porque o Senhor descera sobre ele em fogo; e a fumaça subiu como a fumaça de uma fornalha, e todo o monte tremia fortemente. [19] E, crescendo o sonido da buzina cada vez mais, Moisés falava, e Deus lhe respondia por uma voz.
Almeida Atualizada×
).

As Escrituras também profetizam que as trombetas servirão como arautos de grandes eventos futuros que brevemente vão acontecer na Terra. O livro de Apocalipse nos diz que sete trombetas serão tocadas por anjos para anunciar os eventos do tempo do fim, culminando com a sétima e última trombeta (Apocalipse 11:15 Apocalipse 11:15E tocou o sétimo anjo a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos.
Almeida Atualizada×
). Esta trombeta anuncia o retorno de Jesus Cristo à Terra e o estabelecimento de Seu glorioso Reino sobre todas as nações.

O apóstolo Paulo também nos disse que essa trombeta sinalizará a ressurreição dos mortos em Cristo e a transformação de todos os Seus seguidores da carne física para uma existência espiritual glorificada (1 Tessalonicenses 4:16 1 Tessalonicenses 4:16Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, � voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
Almeida Atualizada×
; 1 Coríntios 15:50-52 1 Coríntios 15:50-52 [50] Mas digo isto, irmãos, que carne e sangue não podem herdar o reino de Deus; nem a corrupção herda a incorrupção. [51] Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados, [52] num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados.
Almeida Atualizada×
). O próprio Jesus disse que Seu povo escolhido será reunido “com rijo clamor de trombeta” (Mateus 24:31 Mateus 24:31E ele enviará os seus anjos com grande clangor de trombeta, os quais lhe ajuntarão os escolhidos desde os quatro ventos, de uma � outra extremidade dos céus.
Almeida Atualizada×
).

Ao observarmos essa Festa de Trombetas hoje, devemos ter em mente os grandes eventos que logo ocorrerão na Terra, e que vai culminar no retorno de Jesus Cristo e na ressurreição dos santos.

O Dia da Expiação

O Dia da Expiação (Levítico 23:26-32 Levítico 23:26-32 [26] Disse mais o Senhor a Moisés: [27] Ora, o décimo dia desse sétimo mês será o dia da expiação; tereis santa convocação, e afligireis as vossas almas; e oferecereis oferta queimada ao Senhor. [28] Nesse dia não fareis trabalho algum; porque é o dia da expiação, para nele fazer-se expiação por vós perante o Senhor vosso Deus. [29] Pois toda alma que não se afligir nesse dia, será extirpada do seu povo. [30] Também toda alma que nesse dia fizer algum trabalho, eu a destruirei do meio do seu povo. [31] Não fareis nele trabalho algum; isso será estatuto perpétuo pelas vossas gerações em todas as vossas habitações. [32] Sábado de descanso vos será, e afligireis as vossas almas; desde a tardinha do dia nono do mês até a outra tarde, guardareis o vosso sábado.
Almeida Atualizada×
) é mencionado no Novo Testamento em Atos 27:9 Atos 27:9Havendo decorrido muito tempo e tendo-se tornado perigosa a navegação, porque já havia passado o jejum, Paulo os advertia,
Almeida Atualizada×
, onde é chamado de “o jejum”. Portanto, esse dia era conhecido pelos cristãos do Novo Testamento como um dia que eles comemoravam jejuando.

Esse Dia da Expiação, em que devemos jejuar, é chamado de “sábado de descanso solene” (Levítico 23:27-32 Levítico 23:27-32 [27] Ora, o décimo dia desse sétimo mês será o dia da expiação; tereis santa convocação, e afligireis as vossas almas; e oferecereis oferta queimada ao Senhor. [28] Nesse dia não fareis trabalho algum; porque é o dia da expiação, para nele fazer-se expiação por vós perante o Senhor vosso Deus. [29] Pois toda alma que não se afligir nesse dia, será extirpada do seu povo. [30] Também toda alma que nesse dia fizer algum trabalho, eu a destruirei do meio do seu povo. [31] Não fareis nele trabalho algum; isso será estatuto perpétuo pelas vossas gerações em todas as vossas habitações. [32] Sábado de descanso vos será, e afligireis as vossas almas; desde a tardinha do dia nono do mês até a outra tarde, guardareis o vosso sábado.
Almeida Atualizada×
). Os antigos rituais desse dia são explicados com mais detalhes em Levítico 16. A cerimônia principal envolvia o sacrifício de dois bodes, um representando o sacrifício do Senhor e outro chamado em hebraico de azazel, que significa o “bode do banimento”. Alguns dos primeiros tradutores usaram a palavra “bode emissário” pensando que o bode seria libertado. A palavra, desde então, passou a significar alguém inocente que é obrigado a suportar a culpa. Mas nenhum desses sentidos se encaixa no texto.

Em outras traduções, como a Nova Versão Internacional, a palavra hebraica Azazel é usada, pois alguns afirmam que Azazel é o nome de um demônio.

Outros dizem que o bode Azazel representa Jesus Cristo, assim como o primeiro bode, mas esta é uma interpretação ilógica uma vez que entendemos o destino do bode Azazel. Levítico 16:22 Levítico 16:22Assim aquele bode levará sobre si todas as iniqüidades deles para uma região solitária; e esse homem soltará o bode no deserto.
Almeida Atualizada×
nos diz: “Aquele bode levará sobre si todas as iniquidades deles [dos israelitas] à terra solitária; e o homem [escolhido para a tarefa (versículo 21)] enviará o bode ao deserto”.

Entretanto, esse bode não teve a permissão de voltar a habitar entre o povo. Ele foi expulso e banido. Este é um conceito exatamente oposto ao papel de Jesus Cristo que, como Emanuel — que significa “Deus conosco” (Mateus 1:23 Mateus 1:23Eis que a virgem conceberá e dará � luz um filho, o qual será chamado EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco.
Almeida Atualizada×
) — prometeu estar sempre conosco. A Bíblia nos diz que Ele nunca nos abandona nem nos esquece (Hebreus 13:5 Hebreus 13:5Seja a vossa vida isenta de ganância, contentando-vos com o que tendes; porque ele mesmo disse: Não te deixarei, nem te desampararei.
Almeida Atualizada×
). Jesus sempre estará conosco.

Na verdade, Satanás é quem será banido para longe da humanidade. Quando Jesus voltar, o diabo será preso e lançado em um abismo (Apocalipse 20:1-3 Apocalipse 20:1-3 [1] E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo e uma grande cadeia na sua mão. [2] Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e o amarrou por mil anos. [3] Lançou-o no abismo, o qual fechou e selou sobre ele, para que não enganasse mais as nações até que os mil anos se completassem. Depois disto é necessário que ele seja solto por um pouco de tempo.
Almeida Atualizada×
) — e depois será tirado de cena para o bem de todos (versículo 10).

O Dia da Expiação retrata o tempo maravilhoso em que toda a humanidade vai se arrepender e aceitar o sacrifício expiatório de Cristo, representado pelo primeiro bode, e Satanás será banido, como representado pela expulsão do segundo bode. Vamos obter uma vitória total sobre o diabo, através de Jesus Cristo.

A Festa dos Tabernáculos

A próxima festa anual tem duração de sete dias, que é a Festa dos Tabernáculos (Levítico 23:33-36 Levítico 23:33-36 [33] Disse mais o Senhor a Moisés: [34] Fala aos filhos de Israel, dizendo: Desde o dia quinze desse sétimo mês haverá a festa dos tabernáculos ao Senhor por sete dias. [35] No primeiro dia haverá santa convocação; nenhum trabalho servil fareis. [36] Por sete dias oferecereis ofertas queimadas ao Senhor; ao oitavo dia tereis santa convocação, e oferecereis oferta queimada ao Senhor; será uma assembléia solene; nenhum trabalho servil fareis.
Almeida Atualizada×
), ela era celebrada pelos antigos israelitas com cabanas improvisadas​​, recordando a sua habitação transitória, quando saíram do Egito a caminho da Terra Prometida.

Ela também é chamada de Festa da Colheita (Êxodo 23:16 Êxodo 23:16também guardarás a festa da sega, a das primícias do teu trabalho, que houveres semeado no campo; igualmente guardarás a festa da colheita � saída do ano, quando tiveres colhido do campo os frutos do teu trabalho.
Almeida Atualizada×
, Deuteronômio 34:22 Deuteronômio 34:22
Almeida Atualizada×
), esta festa é celebrada durante a colheita do fim do verão e início do outono na terra de Israel. Em um sentido espiritual, ela representa a grande colheita espiritual de seres humanos, realizada por Deus, depois do retorno de Cristo. Na verdade, esta festa aponta para o tempo do reino terreno de Jesus Cristo.

O próprio Jesus observou essa festa durante Seu ministério e disse que as pessoas também devem fazer isso (João 7:8-14 João 7:8-14 [8] Subi vós � festa; eu não subo ainda a esta festa, porque ainda não é chegado o meu tempo. [9] E, havendo-lhes dito isto, ficou na Galiléia. [10] Mas quando seus irmãos já tinham subido � festa, então subiu ele também, não publicamente, mas como em secreto. [11] Ora, os judeus o procuravam na festa, e perguntavam: Onde está ele? [12] E era grande a murmuração a respeito dele entre as multidões. Diziam alguns: Ele é bom. Mas outros diziam: não, antes engana o povo. [13] Todavia ninguém falava dele abertamente, por medo dos judeus. [14] Estando, pois, a festa já em meio, subiu Jesus ao templo e começou a ensinar.
Almeida Atualizada×
). A Bíblia ainda afirma que, em vez de ter sido extinta, esta festa será observada pelas nações gentias (não israelitas) durante o reinado de Cristo sobre a Terra (Zacarias 14:9 Zacarias 14:9E o Senhor será rei sobre toda a terra; naquele dia um será o Senhor, e um sera o seu nome.
Almeida Atualizada×
, 16-18).

As Escrituras afirmam que os santos ressuscitados reinarão com Cristo. Apocalipse 20:4 Apocalipse 20:4Então vi uns tronos; e aos que se assentaram sobre eles foi dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados por causa do testemunho de Jesus e da palavra de Deus, e que não adoraram a besta nem a sua imagem, e não receberam o sinal na fronte nem nas mãos; e reviveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.
Almeida Atualizada×
diz: “E vi tronos; e assentaram-se sobre eles aqueles a quem foi dado o poder de julgar… e viveram e reinaram com Cristo durante mil anos” (comparar Daniel 7:27 Daniel 7:27O reino, e o domínio, e a grandeza dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo. O seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão, e lhe obedecerão.
Almeida Atualizada×
).

A magnífica verdade é que, quando Cristo voltar, os verdadeiros cristãos desta era vão governar com Ele como reis e sacerdotes (Apocalipse 5:10 Apocalipse 5:10e para o nosso Deus os fizeste reino, e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.
Almeida Atualizada×
; 20:6) — guiando o resto do mundo para o caminho de Deus.

O Oitavo Dia

E, logo após os sete dias da Festa dos Tabernáculos, vem outro Dia Santo ou Sábado — referido na Bíblia simplesmente como “o oitavo dia” (Levítico 23:36 Levítico 23:36Por sete dias oferecereis ofertas queimadas ao Senhor; ao oitavo dia tereis santa convocação, e oferecereis oferta queimada ao Senhor; será uma assembléia solene; nenhum trabalho servil fareis.
Almeida Atualizada×
, 39). Esse dia retrata o mais alegre de todos os eventos que ainda ocorrerão no grande plano de Deus.

Contudo, precisamos entender que a celebração da colheita de toda a humanidade não estará completa no reinado milenar de Cristo. Pois, o que dizer sobre todos aqueles que morreram nessa era e que não foram chamados para fazer parte das primícias de Deus? Ainda restarão bilhões de pessoas nesta época que não foram salvas.

Então, elas estarão perdidas para sempre?

Muitos estudiosos da Bíblia entendem que um dia todos nós estaremos diante do tribunal de Cristo (2 Coríntios 5:10 2 Coríntios 5:10Porque é necessário que todos nós sejamos manifestos diante do tribunal de Cristo, para que cada um receba o que fez por meio do corpo, segundo o que praticou, o bem ou o mal.
Almeida Atualizada×
). O que a maioria não entende é que, para aqueles que morreram sem o verdadeiro conhecimento do plano de salvação, virá um tempo em que serão ressuscitados para a vida física e terão a sua primeira oportunidade de entender realmente o desígnio de Deus e de fazer uma escolha a respeito disso.

Apocalipse 20:11-15 Apocalipse 20:11-15 [11] E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiram a terra e o céu; e não foi achado lugar para eles. [12] E vi os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono; e abriram-se uns livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida; e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. [13] O mar entregou os mortos que nele havia; e a morte e o hades entregaram os mortos que neles havia; e foram julgados, cada um segundo as suas obras. [14] E a morte e o hades foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. [15] E todo aquele que não foi achado inscrito no livro da vida, foi lançado no lago de fogo.
Almeida Atualizada×
fala desse tempo, que ocorrerá mil anos após a “primeira ressurreição” (versículo 6), quando “os outros mortos” se levantarão em uma segunda ressurreição e serão restaurados à vida (ver versículo 5). Ezequiel 37:1-14 Ezequiel 37:1-14 [1] Veio sobre mim a mão do Senhor; e ele me levou no Espírito do Senhor, e me pôs no meio do vale que estava cheio de ossos; [2] e me fez andar ao redor deles. E eis que eram muito numerosos sobre a face do vale; e eis que estavam sequíssimos. [3] Ele me perguntou: Filho do homem, poderão viver estes ossos? Respondi: Senhor Deus, tu o sabes. [4] Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor. [5] Assim diz o Senhor Deus a estes ossos: Eis que vou fazer entrar em vós o fôlego da vida, e vivereis. [6] E porei nervos sobre vós, e farei crescer carne sobre vós, e sobre vos estenderei pele, e porei em vós o fôlego da vida, e vivereis. Então sabereis que eu sou o Senhor. [7] Profetizei, pois, como se me deu ordem. Ora enquanto eu profetizava, houve um ruído; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se achegaram, osso ao seu osso. [8] E olhei, e eis que vieram nervos sobre eles, e cresceu a carne, e estendeu-se a pele sobre eles por cima; mas não havia neles fôlego. [9] Então ele me disse: Profetiza ao fôlego da vida, profetiza, ó filho do homem, e dize ao fôlego da vida: Assim diz o Senhor Deus: Vem dos quatro ventos, ó fôlego da vida, e assopra sobre estes mortos, para que vivam. [10] Profetizei, pois, como ele me ordenara; então o fôlego da vida entrou neles e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo. [11] Então me disse: Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel. Eis que eles dizem: Os nossos ossos secaram-se, e pereceu a nossa esperança; estamos de todo cortados. [12] Portanto profetiza, e dize-lhes: Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu vos abrirei as vossas sepulturas, sim, das vossas sepulturas vos farei sair, ó povo meu, e vos trarei � terra de Israel. [13] E quando eu vos abrir as sepulturas, e delas vos fizer sair, ó povo meu, sabereis que eu sou o Senhor. [14] E porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e vos porei na vossa terra; e sabereis que eu, o Senhor, o falei e o cumpri, diz o Senhor.
Almeida Atualizada×
descreve esse mesmo período, um tempo em que aqueles que pareciam estar condenados e totalmente sem esperança (versículo 11) serão ressuscitados para a vida novamente. Eles ficarão surpresos ao descobrirem que Deus vai lhes oferecer o Seu Espírito Santo (versículo 14) e também a oportunidade de conhecer, pela primeira vez, quem é o Deus verdadeiro (versículo 13).

Portanto, essa visão diz respeito à época em que toda a humanidade, que nunca entendeu suficientemente a verdade de Deus, finalmente irá receber esse conhecimento. Será nessa época que todos terão que decidir se vão ou não servir a Deus. Em outras palavras, sua salvação depende de você aceitar ou recusar o sangue derramado de Jesus por seus pecados e servir a Deus com fidelidade, após conhecê-Lo.

Esse será um tempo de julgamento no sentido de que as novas vidas dessas multidões estarão sendo avaliadas. Aqueles que permanecerem no caminho certo, com a ajuda de Deus, serão salvos. E, no final, aqueles que rejeitarem a Deus serão os únicos condenados. Sem dúvida, a maioria da humanidade vai tomar a decisão certa de obedecer a Deus e permanecer em Seus caminhos.

Em Sua grande sabedoria, Deus tem um plano para oferecer a oportunidade de herdar a vida eterna a todos os que já viveram. Deus está chamando alguns ao arrependimento agora e o restante Ele chamará durante o reinado milenar de Cristo e no segundo período de ressurreição que virá a seguir.

Se você leu até aqui e está começando a entender o grande plano de Deus, talvez você esteja sendo chamado neste momento. Que Deus possa ajudá-lo a responder ao Seu chamado para receber a Jesus Cristo e seguir Seus caminhos — o que inclui a observância dessas importantes festas que mostram o caminho para a eterna salvação na família de Deus!