Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

O Grande Reinício de Deus Que Transformará o Mundo!

Você está aqui

O Grande Reinício de Deus Que Transformará o Mundo!

Uma nova frase entrou no léxico português no ano passado: o Grande Reinício. Com implicações nefastas para os Estados Unidos e todo o mundo ocidental, suas muitas disposições, se aprovadas, mudarão nossas vidas de uma maneira que a maioria de nós nunca sequer sonhou. Uma nova filosofia para reordenar a estrutura econômica mundial, o Grande Reinício mudaria a forma como trabalhamos, como educamos nossos filhos, como economizamos e investimos. Isso mudaria os conceitos de governo, colocando em questão a relevância dos Estados Nacionais.

Embora muitas elites globais aprovem suas ideias e conceitos, o impulso atual para esse Grande Reinício surgiu do Fórum Econômico Mundial. Este conclave internacional, que normalmente se reúne em Davos, Suíça, prevê um mundo reordenado e “melhor” surgindo após as mortes e as dificuldades econômicas da pandemia do coronavírus.

Em 2020, o fundador do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab, apontou a pandemia como um ponto de inflexão global que oferece aos líderes mundiais e teóricos da economia a oportunidade de refazer a estrutura econômica mundial. O site do Fórum Econômico Mundial afirma: “A pandemia representa uma rara mas estreita janela de oportunidade...para refletir, reimaginar e redefinir nosso mundo” (grifo nosso).

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, fez eco a essa declaração: “Essa pandemia ofereceu uma oportunidade para um reinício...nossa chance de acelerar nossos esforços pré-pandemia para reimaginar os sistemas econômicos”.

Qual o objetivo dessa reimaginação?

Mas temos algo a observar aqui. Se esses dois líderes que viveram sob os sistemas capitalistas ocidentais querem "reimaginá-los", o que realmente eles buscam? Obviamente, algo bem diferente. E o sabor econômico preferido da intelectualidade ocidental e das elites governamentais é o socialismo progressivo, se não o marxismo absoluto.

Ao observar as intenções deles, fica claro que é isso que procuram. Um anúncio de mídia social patrocinado pelo Fórum Econômico Mundial para o Grande Reinício, divulgando previsões felizes para 2030, declarava: “Você não vai ter nada, mas será feliz”. E ainda exultou: “Os Estados Unidos não serão a principal superpotência do mundo. Um pequeno grupo de países vai assumir essa hegemonia”.

Na verdade, esse plano socialista marxista mudaria o equilíbrio econômico entre os Estados Unidos e o resto do mundo. O cumprimento desses planos e objetivos relegaria os Estados Unidos, o farol da democracia e da liberdade desde a Segunda Guerra Mundial, a um status de potência secundária. Os Estados Unidos não seria mais visto como o líder do mundo livre, mas como um paquiderme recebendo grande parte de sua riqueza e poder, que seria redistribuídos para supostamente igualar a renda e a riqueza dentre todos os cidadãos do mundo.

Mas esse “reinício” não se aplicaria apenas aos Estados Unidos. O capitalismo de livre mercado deixaria de existir. As nações, em grande parte, entregariam a uma única autoridade central, o poder de formular suas próprias políticas e objetivos econômicos. Os bancos centrais de cada nação, caso continuassem existindo, perderiam o poder de regular suas moedas e influenciar as taxas de juros. Todo esse poder seria cedido a um corpo internacional de formuladores de políticas econômicas com objetivos transnacionais.

Tudo isso custaria o preço da liberdade nacional e de muita liberdade individual. Nações estão sendo preparadas para entregar voluntariamente o poder aos ditames de um governo transnacional.

Os idealizadores desse reinício sabem que pode ser necessário um evento catastrófico, como o colapso do sistema financeiro dos Estados Unidos, para trazer esse desejado reordenamento do sistema econômico mundial. Há um ano e meio, desde o início da pandemia, o FED (Federal Reserve, Banco Central dos Estados Unidos) criou quase três trilhões de dólares do nada, explodindo a oferta de dinheiro na economia. A Casa Branca e os líderes do Congresso estão trabalhando em planos para gastar pelo menos isso ou muito mais.

Será que uma hiperinflação resultante disso, que destruiria o valor do dólar, seria o catalisador desse reinício que esses idealizadores estão esperando? A destruição do dólar, a moeda mais importante do mundo desde a década de 1930, pode permitir a substituição de nosso sistema financeiro atual por um que as elites talvez reivindiquem ser mais justo e inclusivo.

Contudo, não há dúvida de que a intenção das elites globais é o controle — controlar as nações, os sistemas econômicos e, praticamente, todos os aspectos da vida das pessoas. A coordenação de governos e gigantes da mídia social, as famosas “big tech”, para censurar e “cancelar” opiniões divergentes mostra que os esforços para controlar o que as pessoas pensam segue sendo um objetivo deles.

A vinda de outro Grande Reinício

Os estudantes da profecia bíblica não devem se surpreender com esses eventos. Ela revela que as estruturas governamentais, econômicas e sociais do mundo serão reformuladas por um tempo para um sistema de poder satânico e insano que arrasará os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e outras nações de língua inglesa, enquanto subjuga bilhões de pessoas em todo o mundo. Apocalipse 17 revela a vinda desse sistema que vai controlar o sistema financeiro mundial e o comércio pouco antes do retorno de Jesus Cristo. (Para saber mais, consulte o artigo “O Grande Reinício: Aonde isso vai nos levar?”).

Mas a boa nova é que em breve outro grande reinício vai acontecer. Esse reinício, que será realizado no retorno de Jesus Cristo à Terra, é tão certo quanto o nascer e o pôr do sol. E será realizado por Aquele que tem o poder absoluto e irrestrito para fazer isso! Esse grande reinício divino será diferente de tudo o que as elites do mundo têm em mente!

O fim das guerras

A Bíblia revela que a segunda vinda de Cristo ocorrerá em uma época de caos e guerra mundiais. O maior flagelo da civilização sempre tem sido as guerras ou as ameaças de guerra. A história escrita narra mais de quinze mil conflitos humanos significativos que ceifaram a vida de centenas de milhões de seres humanos. Somente no século vinte as guerras causaram a morte de mais de cem milhões de pessoas.

Os primeiros estágios desse reinício de Deus incluem a derrubada de toda resistência ao Seu governo e, em seguida, a abolição da guerra. Uma das profecias mais citadas da Bíblia é Isaías 2:4 Isaías 2:4E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em relhas de arado, e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra.
Almeida Atualizada×
: “E Ele exercerá o seu juízo sobre as nações e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões e as suas lanças, em foices; não levantará espada nação contra nação, nem aprenderão mais a guerrear”.

Exércitos, milícias, “forças internacionais de manutenção da paz”, tudo isso ficará apenas na lembrança. As nações do mundo deixarão de gastar grande parte de sua riqueza para sustentar exércitos permanentes.

Pela primeira vez na história, a Terra e seus habitantes viverão em paz. Enquanto olha em volta para os restos fumegantes de suas cidades e nações, o resto da população do mundo trabalhará unido sob a direção de Cristo para reconstruir um mundo de beleza e esplendor nunca antes visto.

Se apenas isso fosse tudo o que esse grande reinício de Deus vai realizar já seria a maior bênção da história humana. A boa notícia, porém, é que o estabelecimento de uma paz mundial duradoura é apenas o começo dessa história.

A restauração de um governo sólido e abençoado

Juntamente com o desarmamento das nações, o grande reinício de Cristo envolverá a extensão de Seu governo a todas as nações. Pelo fato de ter o poder absoluto, Ele fará cumprir Suas políticas sem precisar do consenso de líderes políticos do mundo. Durante séculos, os utopistas têm entendido que a verdadeira paz só pode acontecer com um governo mundial, mas não um administrado por seres humanos falíveis e motivados pelo egoísmo e desejo de poder. A história mostrou nossa total incapacidade de nos autogovernar.

Líderes iluminados buscam paz e prosperidade desde o início da história, mas isso nunca foi alcançado. O grande reinício de Deus trará condições mundiais que os pensadores iluminados e líderes mundiais jamais imaginaram.

Por que isso tem sido assim? A humanidade sempre rejeitou o caminho de vida que proporcionaria um governo consistente e confiável. E esse caminho pode ser resumido em viver em obediência à lei de Deus.

Deus criou os seres humanos com liberdade de escolha. Por quase seis mil anos de história humana registrada, nossa própria teimosia e resistência à autoridade de Deus sempre levou a humanidade a escolher seguir a Satanás, o diabo, e ir para o caminho errado. Entretanto, esse tempo está chegando quando a humanidade não mais escolherá sua própria estrutura governamental sob a influência de Satanás. Assim que Jesus Cristo retornar, Ele imporá Seu governo mundial perfeito e Seu grande reinício sobre as pessoas do mundo para resgatá-las e ajudá-las para que, finalmente, possam tomar a decisão certa.

A Bíblia nos proporciona uma enorme esperança quando nos relata essa declaração sobre o futuro: “Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre” (Apocalipse 11:15 Apocalipse 11:15E tocou o sétimo anjo a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos.
Almeida Atualizada×
). Tente imaginar o que esse governos nos trará. Não haverá mais guerra. Haverá uma perfeita justiça e harmonia racial. Todas as pessoas gozarão de boa saúde. Não haverá mais vícios. Famílias fortes e felizes se tornarão a base de toda sociedade. A Terra será restaurada à sua beleza original e estará livre da degradação ambiental.

O caos e a maldade do mundo atual devem nos fazer ansiar profundamente pelo grande reinício de Deus. Será um mundo de paz, onde até mesmo a natureza dos animais selvagens será mudada e as crianças brincarão em segurança nas ruas, sem medo de serem baleadas, como tão tragicamente tem acontecido em nossas grandes cidades hoje em dia (Isaías 11:6-9 Isaías 11:6-9 [6] Morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará; e o bezerro, e o leão novo e o animal cevado viverão juntos; e um menino pequeno os conduzirá. [7] A vaca e a ursa pastarão juntas, e as suas crias juntas se deitarão; e o leão comerá palha como o boi. [8] A criança de peito brincará sobre a toca da áspide, e a desmamada meterá a sua mão na cova do basilisco. [9] Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte; porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar.
Almeida Atualizada×
; Zacarias 8:5 Zacarias 8:5E as ruas da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão.
Almeida Atualizada×
). E também será um mundo de fartura (Isaías 25:6 Isaías 25:6E o Senhor dos exércitos dará neste monte a todos os povos um banquete de coisas gordurosas, banquete de vinhos puros, de coisas gordurosas feitas de tutanos, e de vinhos puros, bem purificados.
Almeida Atualizada×
; 35:1-2; Amós 9:13 Amós 9:13Eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que o que lavra alcançará ao que sega, e o que pisa as uvas ao que lança a semente; :e os montes destilarão mosto, e todos os outeiros se derreterão.
Almeida Atualizada×
). Durante o grande reinício de Deus, o conhecimento e o caminho dEle permeará a sociedade "como as águas cobrem o mar" (Isaías 11:9 Isaías 11:9Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte; porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar.
Almeida Atualizada×
; Habacuque 2:14 Habacuque 2:14Pois a terra se encherá do conhecimento da glória do Senhor, como as águas cobrem o mar.
Almeida Atualizada×
; comparar com Jeremias 31:34 Jeremias 31:34E não ensinarão mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao Senhor; porque todos me conhecerão, desde o menor deles até o maior, diz o Senhor; pois lhes perdoarei a sua iniqüidade, e não me lembrarei mais dos seus pecados.
Almeida Atualizada×
).

A verdadeira justiça e a solução definitiva do problema da criminalidade

O século vinte, especialmente no período após a Segunda Guerra Mundial, viu grandes mudanças no equilíbrio entre os direitos dos criminosos e das vítimas na maioria das nações do mundo ocidental. A justiça penal mudou, em grande parte, da punição de criminosos e da reparação às vítimas ao favorecimento aos criminosos. Os tribunais cada vez mais tem devolvido criminosos violentos às ruas, afrontando assim a sociedade ordeira. Em nome da “justiça social”, a sociedade fecha os olhos aos tumultos em nossas cidades, permitindo que aqueles que saqueiam, incendeiam e vandalizam propriedades fiquem impunes.

Acredite ou não, tudo isso foi previsto há milhares de anos. O profeta Ezequiel foi inspirado a pronunciar: “A terra se encheu de sangue, e a cidade, de injustiça” (Ezequiel 9:9 Ezequiel 9:9Então me disse: A culpa da casa de Israel e de Judá é grandíssima, a terra está cheia de sangue, e a cidade cheia de injustiça; pois eles dizem: O Senhor abandonou a terra; o Senhor não vê.
Almeida Atualizada×
, ARA). E, da mesma forma, o profeta Isaías lamentou: “Por isso o direito se tornou atrás, e a justiça se pós de longe; porque a verdade anda tropeçando pelas ruas” (Isaías 59:14 Isaías 59:14Pelo que o direito se tornou atrás, e a justiça se pôs longe; porque a verdade anda tropeçando pelas ruas, e a eqüidade não pode entrar.
Almeida Atualizada×
, ACF). Declarações muito proféticas para nossa era atual!

O reinício de Deus mudará tudo isso. O governo de Deus, administrado na Terra por Jesus Cristo, dará início à prática da verdadeira justiça e da imparcialidade na sociedade. As vítimas de crimes e também de sistemas de justiça penal falhos, que muitas vezes falham em fazer justiça, desaparecerão para sempre.

Tudo começará com o fato de que a maioria dos crimes será coibida. Atos lesivos serão impedidos de acontecer. “Não se fará mal nem dano algum em todo o monte da Minha santidade” (Isaías 11:9 Isaías 11:9Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte; porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar.
Almeida Atualizada×
). Os potenciais perpetradores serão persuadidos a nem mesmo tentar cometer suas más ações: “E os teus ouvidos ouvirão a palavra que está por detrás de ti, dizendo: Este é o caminho; andai nele” (Isaías 30:21 Isaías 30:21e os teus ouvidos ouvirão a palavra do que está por detrás de ti, dizendo: Este é o caminho, andai nele; quando vos desviardes para a direita ou para a esquerda.
Almeida Atualizada×
).

A família novamente no lugar central

Em quase toda a história escrita, a família foi considerada a pedra angular da sociedade. Os antigos egípcios, babilônios, gregos e romanos reconheceram a importância de famílias estáveis na formação de cidadãos ordeiros e estáveis. Por séculos, e em praticamente todas as nações, isso tem sido verdade.

O Grande Reinício idealizado pelas elites globalistas de hoje, no entanto, não enfatiza a importância da família. Eles pensam que não se pode confiar nos pais para incutir os valores e atitudes que o Estado deseja em uma cidadania complacente. E já vemos isso ocorrendo na pressão crescente das elites para promover a teoria crítica da raça e outros dogmas sociais distorcidos.

Em todo os Estados Unidos, vemos a educação dando lugar à doutrinação. A história de uma nação que Deus abençoou e usou para abençoar o mundo inteiro está sendo distorcida para mostrá-la como fundamental e irremediavelmente racista. Os esforços dos Estados Unidos para ajudar outras nações agora são vistos como atos de racismo, colonialismo e imperialismo.

Na sociedade de Deus, a verdade prevalecerá. Todos terão uma perspectiva acertada da importância da família e dos valores corretos.

O fim das doenças

Ao longo da história, as doenças epidêmicas têm devastado a humanidade. A recente pandemia do coronavírus ceifou muitas vidas. Temos visto dezenas de milhares de pessoas morrendo de solidão, isolamento e problemas de saúde mental resultantes dos lockdowns mundiais sem precedentes decretados por governos em todo o mundo.

E quase um século antes, entre 1918 e 1919, a epidemia da gripe espanhola ceifou a vida de mais de cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo, sendo que nos Estados Unidos houve aproximadamente quinhentas mil mortes. Em nossos tempos modernos, podemos pensar que já dominamos essas horríveis epidemias, mas a realidade atual mostra que isso não é verdade.

Apesar do progresso da medicina, que segue ocorrendo quase diariamente, milhões de pessoas ainda morrem desses males. As doenças transmissíveis ceifam quase trinta  milhões de vidas todo ano.

Além disso, ataques cardíacos, derrames e outras formas de doenças cardíacas, antes consideradas doenças apenas de nações ricas, estão aumentando rapidamente no mundo em desenvolvimento, e já são as três principais causas de morte em todo o mundo. Até algumas décadas atrás, essas doenças eram quase desconhecidas na Índia, China, Indonésia e outras nações cujos padrões de vida estão aumentando.

Qualquer doença é algo antinatural. A intenção de nosso Criador é que as pessoas sejam saudáveis. Embora possa levar algum tempo, as doenças serão erradicadas com o reinício de Deus.

À medida que as pessoas sejam instruídas sobre a alimentação correta, a higiene pessoal e o asseio e da libertação dos malefícios do estresse, elas viverão mais e mais felizes — além da intervenção direta de Deus com milagres de cura (Isaías 35:5-6 Isaías 35:5-6 [5] Então os olhos dos cegos serão abertos, e os ouvidos dos surdos se desimpedirão. [6] Então o coxo saltará como o cervo, e a língua do mudo cantará de alegria; porque águas arrebentarão no deserto e ribeiros no ermo.
Almeida Atualizada×
).

Você tem uma escolha!

O grande reinício de Deus mudará tudo — começando com o controle exterior das nações e depois prosseguindo para a transformação interior das pessoas, para literalmente mudar corações e mentes. E somente Deus é capaz de fazer isso.

Quando Jesus Cristo retornar à Terra, Ele terá todo poder e autoridade. Nenhuma força no planeta, nem mesmo o poder combinado de forças armadas e de armas nucleares do mundo, será capaz de resistir ao Seu domínio e reinado. Acompanhado de Seus santos ressuscitados desta era, Cristo terá um poder que o mundo nunca viu. Ele vencerá toda a resistência, apesar de todo esforço da humanidade para impedir o estabelecimento de Seu governo (ver Apocalipse 17:14 Apocalipse 17:14Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os que estão com ele, os chamados, e eleitos, e fiéis.
Almeida Atualizada×
; 19:14-21).

Jesus Cristo mudará o mundo exercendo Sua liderança por meio de Seus seguidores ressuscitados, que ocuparão posições-chave em Seu grande reinício governamental. Esses seguidores ressuscitados trabalharão com Cristo para restabelecer o governo de Deus na Terra, um governo que terá como constituição a Palavra de Deus — a Bíblia. Ele concederá arrependimento e derramará Seu Espírito, levando todos a compreender e viver de acordo com Suas leis, ajudando-os a escolher o que é certo e a permanecer fiéis.

Compare o grande reinício de Deus com os planos satânicos de seres humanos corruptos. O "Grande Reinício" planejado por líderes políticos e econômicos humanos resultará em uma tirania sobre a vida das pessoas. Esse governo conspirador será liderado por um ditador maligno, sob a influência de Satanás, a quem a Bíblia chama de "a besta" (Apocalipse 19:20 Apocalipse 19:20E a besta foi presa, e com ela o falso profeta que fizera diante dela os sinais com que enganou os que receberam o sinal da besta e os que adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre.
Almeida Atualizada×
).

Por outro lado, o grande reinício divino trará o governo justo, sábio e poderoso de Deus para estabelecer a paz duradoura, a justiça verdadeira, a educação correta, a boa saúde universal, o amor e a boa vontade nos corações e mentes dos seres humanos e a verdadeira harmonia entre todos os povos.

Sem dúvida, ouviremos mais sobre a versão humana desse Grande Reinício nos próximos meses. Em muitas nações, algumas forças poderosas acreditam firmemente que isso representa um salto gigantesco no progresso humano. E a Bíblia indica que isso acontecerá. Além disso, ela nos adverte: “Sai dela, povo Meu, para que não sejas participante dos seus pecados e para que não incorras nas suas pragas” (Apocalipse 18:4 Apocalipse 18:4Ouvi outra voz do céu dizer: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos sete pecados, e para que não incorras nas suas pragas.
Almeida Atualizada×
).

A escolha é sua! Faça parte de um reinício muito maior aceitando o governo de Deus em sua vida hoje mesmo!