Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Por Que Jesus Cristo Voltará? (Segunda Parte)

Você está aqui

Por Que Jesus Cristo Voltará? (Segunda Parte)

A maior parte do mundo cristão acredita que Jesus está voltando à Terra, mas muitos não entendem o propósito disso. Na primeira parte deste artigo em nossa edição anterior, apresentamos seis razões pelas quais Jesus Cristo deve retornar à Terra. Recomendamos que você a leia antes de prosseguir para esta segunda parte, onde apresentamos mais seis motivos de um total de doze.

A título de revisão, as seis primeiras razões foram: 1) Cumprir as profecias e as promessas; 2) Salvar a humanidade da completa destruição; 3) Ressuscitar e transformar Seus fiéis à imortalidade; 4) Manifestar-se gloriosamente por honra e vindicação; 5) Governar como Rei sobre todas as nações; e 6) Libertar e exaltar Israel.

Entretanto, essas não são as únicas coisas que Jesus fará quando retornar. Conforme revelado nas Escrituras, Ele tem muito mais coisas a realizar. Aqui vamos listar mais seis delas, mesmo assim isso ainda seria apenas um resumo da grande agenda dEle para o mundo que está por vir. Sem dúvida, muitos outros aspectos poderiam ser destacados.

Então, continuando com o que já temos visto, o que mais Jesus vem fazer? E, novamente, por que Ele retornará à Terra?

7. Para estabelecer Seu trono em Jerusalém

No último ponto que mencionamos anteriormente sobre Sua vinda em relação à nação de Israel, o Senhor ainda declarou: “Farei com eles aliança de paz; será aliança perpétua. Estabelecê-los-ei, e os multiplicarei, e porei o Meu santuário [ou lugar santo] no meio deles, para sempre. O Meu tabernáculo [ou morada] estará com eles; Eu serei o Seu Deus, e eles serão o Meu povo. As nações saberão que Eu sou o SENHOR que santifico a Israel, quando o Meu santuário estiver para sempre no meio deles” (Ezequiel 37:26-28 Ezequiel 37:26-28 [26] Farei com eles um pacto de paz, que será um pacto perpétuo. E os estabelecerei, e os multiplicarei, e porei o meu santuário no meio deles para sempre. [27] Meu tabernáculo permanecerá com eles; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. [28] E as nações saberão que eu sou o Senhor que santifico a Israel, quando estiver o meu santuário no meio deles para sempre.
Almeida Atualizada×
, ARA).

Os últimos capítulos de Ezequiel, a partir do capítulo quarenta, mostram que um templo físico, reconstruído em Jerusalém, estará funcionando durante o milênio. Alguns descartam essa possibilidade dizendo que isso é um mero simbolismo espiritual, mas o grau detalhado dessa descrição encontrado nesses capítulos torna essa ideia insustentável. O sistema do templo sempre conteve aspectos simbólicos, mas era literal, assim como será nesse novo templo.

O templo físico é considerado o lugar do trono de Deus na Terra — o propiciatório da Arca da Aliança entre os querubins é um modelo do trono de Deus no céu. Portanto, Jerusalém será a capital do mundo: “Naquele tempo, chamarão Jerusalém de trono do SENHOR, e todas as nações se ajuntarão a ela, ao nome do SENHOR, a Jerusalém; e nunca mais andarão segundo o propósito do seu coração maligno” (Jeremias 3:17 Jeremias 3:17Naquele tempo chamarão a Jerusalém o trono do Senhor; e todas as nações se ajuntarão a ela, em nome do Senhor, a Jerusalém; e não mais andarão obstinadamente segundo o propósito do seu coração maligno.
Almeida Atualizada×
, grifo nosso). A partir dali Cristo governará: “Porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém, a palavra do SENHOR” (Isaías 2:3 Isaías 2:3Irão muitos povos, e dirão: Vinde, e subamos ao monte do Senhor, � casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do Senhor.
Almeida Atualizada×
).

8. Para julgar o mundo, recompensar os fiéis e remover o mal

Atualmente, o mundo está cheio de corrupção e injustiça. Os justos sofrem injustamente, enquanto os iníquos, geralmente, prosperam. Um Deus justo e bom permitiria que isso continuasse infinitamente e agiria apenas para levar as pessoas decentes para uma vida após a morte no céu? Como Abraão perguntou: "Não faria justiça o Juiz de toda a Terra?" (Gênesis 18:25 Gênesis 18:25Longe de ti que faças tal coisa, que mates o justo com o ímpio, de modo que o justo seja como o ímpio; esteja isto longe de ti. Não fará justiça o juiz de toda a terra?
Almeida Atualizada×
).

Observe que a maldade que há no mundo é usada como argumento para negar a existência de Deus. Será que nós, que entendemos que Jesus veio para morrer por nossos pecados, podemos imaginar que Deus vai tolerar o pecado e suas consequências para sempre? Será que a morte, a miséria e a dor nunca vão acabar? Claro que não! Tudo isso foi permitido por um tempo para a edificação da fé e do caráter. Mas, eventualmente, deve haver uma conclusão - e haverá!

Quando Jesus retornar, Ele trará justiça ao mundo — para resolver todas essas coisas. Ele recompensará os justos e punirá os que não se arrependerem, e agirá para livrar o mundo de todos seus pecados.

Vimos anteriormente, em Judas 14-15 e Salmos 96:13 Salmos 96:13diante do Senhor, porque ele vem, porque vem julgar a terra: julgará o mundo com justiça e os povos com a sua fidelidade.
Almeida Atualizada×
, que o Senhor está vindo para executar um julgamento sobre o mundo. E isso diz respeito a Cristo, pois Ele disse que “o Pai a ninguém julga, mas ao Filho confiou todo julgamento” (João 5:22 João 5:22Porque o Pai a niguém julga, mas deu ao Filho todo o julgamento,
Almeida Atualizada×
, ARA).

Além disso, Deus, por meio de Cristo, disse que “recompensará cada um segundo as suas obras, a saber: a vida eterna aos que, com perseverança em fazer bem, procuram glória, e honra, e incorrupção; mas indignação e ira aos que são contenciosos e desobedientes à verdade” (Romanos 2:6-8 Romanos 2:6-8 [6] que retribuirá a cada um segundo as suas obras; [7] a saber: a vida eterna aos que, com perseverança em favor o bem, procuram glória, e honra e incorrupção; [8] mas ira e indignação aos que são contenciosos, e desobedientes � iniqüidade;
Almeida Atualizada×
).

Em uma parábola Jesus mostrou que ao retornar Ele recompensará Seus servos, dando-lhes diferentes níveis de autoridade em Seu Reino, segundo a maneira com que usaram seus dons espirituais a serviço dEle e cresceram em Seu caráter — e aqueles que falharam em cumprir essa ordem perderão sua recompensa (ver Lucas 19:11-26 Lucas 19:11-26 [11] Ouvindo eles isso, prosseguiu Jesus, e contou uma parábola, visto estar ele perto de Jerusalém, e pensarem eles que o reino de Deus se havia de manifestar imediatamente. [12] Disse pois: Certo homem nobre partiu para uma terra longínqua, a fim de tomar posse de um reino e depois voltar. [13] E chamando dez servos seus, deu-lhes dez minas, e disse-lhes: Negociai até que eu venha. [14] Mas os seus concidadãos odiavam-no, e enviaram após ele uma embaixada, dizendo: Não queremos que este homem reine sobre nós. [15] E sucedeu que, ao voltar ele, depois de ter tomado posse do reino, mandou chamar aqueles servos a quem entregara o dinheiro, a fim de saber como cada um havia negociado. [16] Apresentou-se, pois, o primeiro, e disse: Senhor, a tua mina rendeu dez minas. [17] Respondeu-lhe o senhor: Bem está, servo bom! porque no mínimo foste fiel, sobre dez cidades terás autoridade. [18] Veio o segundo, dizendo: Senhor, a tua mina rendeu cinco minas. [19] A este também respondeu: Sê tu também sobre cinco cidades. [20] E veio outro, dizendo: Senhor, eis aqui a tua mina, que guardei num lenço; [21] pois tinha medo de ti, porque és homem severo; tomas o que não puseste, e ceifas o que não semeaste. [22] Disse-lhe o Senhor: Servo mau! pela tua boca te julgarei; sabias que eu sou homem severo, que tomo o que não pus, e ceifo o que não semeei; [23] por que, pois, não puseste o meu dinheiro no banco? então vindo eu, o teria retirado com os juros. [24] E disse aos que estavam ali: Tirai-lhe a mina, e dai-a ao que tem as dez minas. [25] Responderam-lhe eles: Senhor, ele tem dez minas. [26] Pois eu vos digo que a todo o que tem, dar-se-lhe-á; mas ao que não tem, até aquilo que tem ser-lhe-á tirado.
Almeida Atualizada×
). E os inimigos de Cristo que, enfim, se recusarem a ser governados por Ele serão destruídos (versículo 27).

Jesus triunfará sobre os inimigos quando voltar. As nações do mundo, sob o domínio de Satanás, o diabo (1 João 5:19 1 João 5:19Sabemos que somos de Deus, e que o mundo inteiro jaz no Maligno.
Almeida Atualizada×
), ficarão iradas com a volta de Cristo e vão resistir, por isso enfrentarão Seu julgamento (Apocalipse 11:18 Apocalipse 11:18Iraram-se, na verdade, as nações; então veio a tua ira, e o tempo de serem julgados os mortos, e o tempo de dares recompensa aos teus servos, os profetas, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra.
Almeida Atualizada×
; Joel 3:2 Joel 3:2congregarei todas as nações, e as farei descer ao vale de Jeosafá; e ali com elas entrarei em juízo, por causa do meu povo, e da minha herança, Israel, a quem elas espalharam por entre as nações; repartiram a minha terra,
Almeida Atualizada×
). Uma aliança de governantes “combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá” (Apocalipse 17:12-14 Apocalipse 17:12-14 [12] Os dez chifres que viste são dez reis, os quais ainda não receberam o reino, mas receberão autoridade, como reis, por uma hora, juntamente com a besta. [13] Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade � besta. [14] Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os que estão com ele, os chamados, e eleitos, e fiéis.
Almeida Atualizada×
). Paulo escreve sobre um governante humano de um sistema tirânico que dominará o mundo, “a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e o destruirá pela manifestação de Sua vinda” (2 Tessalonicenses 2:8 2 Tessalonicenses 2:8e então será revelado esse iníquo, a quem o Senhor Jesus matará como o sopro de sua boca e destruirá com a manifestação da sua vinda;
Almeida Atualizada×
, ARA).

Então, o próprio Satanás e seus demônios serão detidos e banidos do mundo e lançados em um abismo ou poço sem fundo durante os mil anos do governo de Cristo — afastando assim o engano e a influência espiritual dele sobre as nações e as mentes das pessoas, que as levavam a atitudes erradas e à desobediência (Apocalipse 20:1-3 Apocalipse 20:1-3 [1] E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo e uma grande cadeia na sua mão. [2] Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e o amarrou por mil anos. [3] Lançou-o no abismo, o qual fechou e selou sobre ele, para que não enganasse mais as nações até que os mil anos se completassem. Depois disto é necessário que ele seja solto por um pouco de tempo.
Almeida Atualizada×
; veja Efésios 2:1-3 Efésios 2:1-3 [1] Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, [2] nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência, [3] entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais.
Almeida Atualizada×
). Porém, ele ainda será libertado por um curto espaço de tempo, quando sairá para enganar as nações novamente — mas logo será lançado ao lago de fogo e, finalmente ido para sempre (Apocalipse 20:3 Apocalipse 20:3Lançou-o no abismo, o qual fechou e selou sobre ele, para que não enganasse mais as nações até que os mil anos se completassem. Depois disto é necessário que ele seja solto por um pouco de tempo.
Almeida Atualizada×
, 7-10). E, mais tarde, os seres humanos impenitentes também serão lançados no lago de fogo e destruídos para sempre, juntamente com a morte e a sepultura, os últimos inimigos (versículos 14-15; 21:8; 1 Coríntios 15:25-26 1 Coríntios 15:25-26 [25] Pois é necessário que ele reine até que haja posto todos os inimigos debaixo de seus pés. [26] Ora, o último inimigo a ser destruído é a morte.
Almeida Atualizada×
).

A remoção de Satanás e da maldade permitirá que todas as pessoas aprendam a retidão e vivam em harmonia com Deus e umas com as outras. Finalmente, Jesus receberá todo o louvor e honra que Lhe é devido. Aqueles que O seguem compartilharão de Sua glória. E Satanás e aqueles que se recusaram a se arrepender receberão a humilhação e a desonra que merecem.

Tudo isso começará quando Cristo retornar para julgar e resolver essa situação e também para trazer a cura para esse nosso mundo arruinado e confuso!

9. Para ensinar ao mundo os caminhos de Deus e trazer a paz mundial

Quando Jesus governar o mundo a partir de Jerusalém, “virão muitos povos e dirão: Vinde, subamos ao monte do SENHOR, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine o que concerne aos seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque [como já lemos] de Sião sairá a lei, e de Jerusalém, a palavra do SENHOR” (Isaías 2:1-3 Isaías 2:1-3 [1] A visão que teve Isaías, filho de Amoz, a respeito de Judá e de Jerusalém. [2] Acontecerá nos últimos dias que se firmará o monte da casa do Senhor, será estabelecido como o mais alto dos montes e se elevará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações. [3] Irão muitos povos, e dirão: Vinde, e subamos ao monte do Senhor, � casa do Deus de Jacó, para que nos ensine os seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém a palavra do Senhor.
Almeida Atualizada×
). Em vez da guerra, o mundo aprenderá o caminho da paz (versículo 4).

E, como parte do plano de Jesus, o antigo sonho da paz mundial finalmente se tornará realidade. Pois, sabemos que falharam todas as tentativas do homem para realizar esse sonho. Assim todos vão reconhecer isso: “SENHOR, Tu nos darás a paz, porque Tu és o que fizeste em nós todas as nossas obras” (Isaías 26:12 Isaías 26:12Senhor, tu hás de estabelecer para nós a paz; pois tu fizeste para nós todas as nossas obras.
Almeida Atualizada×
) — então, pelo fato de que Cristo vai trabalhar com as pessoas e pelas pessoas para realizar isso, o Espírito de Deus será derramado sobre toda a humanidade (Joel 2:28 Joel 2:28Acontecerá depois que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, os vossos anciãos terão sonhos, os vossos mancebos terão visões;
Almeida Atualizada×
).

Jesus e Seus seguidores ressuscitados, como um sacerdócio real, serão os mestres do mundo e instruirão as pessoas: "Este é o caminho; andai nele" (Isaías 30:20-21 Isaías 30:20-21 [20] Embora vos dê o Senhor pão de angústia e água de aperto, contudo não se esconderão mais os teus mestres; antes os teus olhos os verão; [21] e os teus ouvidos ouvirão a palavra do que está por detrás de ti, dizendo: Este é o caminho, andai nele; quando vos desviardes para a direita ou para a esquerda.
Almeida Atualizada×
). Em breve, “a Terra se encherá do conhecimento do SENHOR, como as águas cobrem o mar” (Isaías 11:9 Isaías 11:9Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte; porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar.
Almeida Atualizada×
).

10. Para trazer restauração para toda a criação

E, por causa da transformação que Jesus fará, até os animais ficarão em paz: “E morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará, e o bezerro, e o filho de leão, e a nédia ovelha viverão juntos, e um menino pequeno os guiará...Não se fará mal nem dano algum em todo o monte da Minha santidade” (Isaías 11:6-9 Isaías 11:6-9 [6] Morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará; e o bezerro, e o leão novo e o animal cevado viverão juntos; e um menino pequeno os conduzirá. [7] A vaca e a ursa pastarão juntas, e as suas crias juntas se deitarão; e o leão comerá palha como o boi. [8] A criança de peito brincará sobre a toca da áspide, e a desmamada meterá a sua mão na cova do basilisco. [9] Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte; porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar.
Almeida Atualizada×
). Esse monte se refere ao governo do reino de Deus, que se expandirá e abrangerá toda a Terra (comparar Daniel 2:35 Daniel 2:35Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como a pragana das eiras no estio, e o vento os levou, e não se podia achar nenhum vestígio deles; a pedra, porém, que feriu a estátua se tornou uma grande montanha, e encheu toda a terra.
Almeida Atualizada×
, 44).

Começando por Jerusalém, todo o mundo, que se encontrará devastado pela guerra, será restaurado a um paraíso semelhante ao Jardim do Éden. “Porque o SENHOR consolará a Sião, e consolará a todos os seus lugares assolados, e fará o seu deserto como o Éden e a sua solidão, como o jardim do SENHOR” (Isaías 51:3 Isaías 51:3Porque o Senhor consolará a Sião; consolará a todos os seus lugares assolados, e fará o seu deserto como o Edem e a sua solidão como o jardim do Senhor; gozo e alegria se acharão nela, ação de graças, e voz de cântico.
Almeida Atualizada×
). “E dirão: Esta terra assolada ficou como jardim do Éden; e as cidades solitárias, e assoladas, e destruídas estão fortalecidas e habitadas” (Ezequiel 36:35 Ezequiel 36:35E dirão: Esta terra que estava assolada tem-se tornado como jardim do Eden; e as cidades solitárias, e assoladas, e destruídas, estão fortalecidas e habitadas.
Almeida Atualizada×
).

Nesse tempo, tanto a natureza quanto a humanidade serão curadas de uma forma extraordinária: “O deserto e os lugares secos se alegrarão com isso; e o ermo exultará e florescerá como a rosa” (Isaías 35:1 Isaías 35:1O deserto e a terra sedenta se regozijarão; e o ermo exultará e florescerá;
Almeida Atualizada×
). “Então, os olhos dos cegos serão abertos, e os ouvidos dos surdos se abrirão. Então, os coxos saltarão como cervos, e a língua dos mudos cantará, porque águas arrebentarão no deserto, e ribeiros, no ermo. E a terra seca se transformará em tanques, e a terra sedenta, em mananciais de águas” (versículos 5-7).

Essa água milagrosa tanto é literal como também é um simbolismo do Espírito Santo e de todas as bênçãos de Deus. Como Deus disse: “Porque derramarei água sobre o sedento e rios, sobre a terra seca; derramarei o Meu Espírito sobre a tua posteridade e a Minha bênção, sobre os teus descendentes” (Isaías 44:3 Isaías 44:3Porque derramarei água sobre o sedento, e correntes sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade, e a minha bênção sobre a tua descendência;
Almeida Atualizada×
).

Uma abundância de árvores ao longo das margens de um rio, fluindo do novo templo de Deus em Jerusalém, que servirá de alimento e cura (Ezequiel 47:1-12 Ezequiel 47:1-12 [1] Depois disso me fez voltar � entrada do templo; e eis que saíam umas águas por debaixo do limiar do templo, para o oriente; pois a frente do templo dava para o oriente; e as águas desciam pelo lado meridional do templo ao sul do altar. [2] Então me levou para fora pelo caminho da porta do norte, e me fez dar uma volta pelo caminho de fora até a porta exterior, pelo caminho da porta oriental; e eis que corriam umas águas pelo lado meridional. [3] Saindo o homem para o oriente, tendo na mão um cordel de medir, mediu mil côvados, e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos artelhos. [4] De novo mediu mil, e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos; outra vez mediu mil, e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos lombos. [5] Ainda mediu mais mil, e era um rio, que eu não podia atravessar; pois as águas tinham crescido, águas para nelas nadar, um rio pelo qual não se podia passar a vau. [6] E me perguntou: Viste, filho do homem? Então me levou, e me fez voltar � margem do rio. [7] Tendo eu voltado, eis que � margem do rio havia árvores em grande número, de uma e de outra banda. [8] Então me disse: Estas águas saem para a região oriental e, descendo pela Arabá, entrarão no Mar Morto, e ao entrarem nas águas salgadas, estas se tornarão saudáveis. [9] E por onde quer que entrar o rio viverá todo ser vivente que vive em enxames, e haverá muitíssimo peixe; porque lá chegarão estas águas, para que as águas do mar se tornem doces, e viverá tudo por onde quer que entrar este rio. [10] Os pescadores estarão junto dele; desde En-Gedi até En-Eglaim, haverá lugar para estender as redes; o seu peixe será, segundo a sua espécie, como o peixe do Mar Grande, em multidão excessiva. [11] Mas os seus charcos e os seus pântanos não sararão; serão deixados para sal. [12] E junto do rio, � sua margem, de uma e de outra banda, nascerá toda sorte de árvore que dá fruto para se comer. Não murchará a sua folha, nem faltará o seu fruto. Nos seus meses produzirá novos frutos, porque as suas águas saem do santuário. O seu fruto servirá de alimento e a sua folha de remédio.
Almeida Atualizada×
) — essa cena também é literal e simbólica. Por causa do pecado, a humanidade foi expulsa do Jardim do Éden e impedida de ter acesso à árvore da vida. Mas, finalmente, esse acesso será reestabelecido (ver Apocalipse 22:1-3 Apocalipse 22:1-3 [1] E mostrou-me o rio da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. [2] No meio da sua praça, e de ambos os lados do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a cura das nações. [3] Ali não haverá jamais maldição. Nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão,
Almeida Atualizada×
, 14).

Quando Jesus voltar do céu, Ele trará os “tempos da restauração de todas as coisas” que foi proclamado por todos os profetas de Deus (Atos 3:21 Atos 3:21ao qual convém que o céu receba até os tempos da restauração de todas as coisas, das quais Deus falou pela boca dos seus santos profetas, desde o princípio.
Almeida Atualizada×
, ARA). E toda a criação será libertada de sua humilhante escravidão (ver Romanos 8:18-23 Romanos 8:18-23 [18] Pois tenho para mim que as aflições deste tempo presente não se podem comparar com a glória que em nós há de ser revelada. [19] Porque a criação aguarda com ardente expectativa a revelação dos filhos de Deus. [20] Porquanto a criação ficou sujeita � vaidade, não por sua vontade, mas por causa daquele que a sujeitou, [21] na esperança de que também a própria criação há de ser liberta do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. [22] Porque sabemos que toda a criação, conjuntamente, geme e está com dores de parto até agora; [23] e não só ela, mas até nós, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, aguardando a nossa adoração, a saber, a redenção do nosso corpo.
Almeida Atualizada×
).

11. Para oferecer salvação a todos

Anteriormente, vimos que a intenção de Deus é salvar toda a Israel (Romanos 11:26 Romanos 11:26e assim todo o Israel será salvo, como está escrito: Virá de Sião o Libertador, e desviará de Jacó as impiedades;
Almeida Atualizada×
; comparar Isaías 45:17 Isaías 45:17Mas Israel será salvo pelo Senhor, com uma salvação eterna; pelo que não sereis jamais envergonhados nem confundidos em toda a eternidade.
Almeida Atualizada×
). E Ele pretende fazer a mesma coisa com toda a humanidade, conforme expresso na inspirada oração do Salmo 67:2: “Para que se conheça na Terra o Teu caminho, e em todas as nações a Tua salvação”. E foi predito que Jesus seria o Messias que, além de exaltar e restaurar Israel, traria a salvação para todo o mundo: “Também Te dei para luz dos gentios, para seres a Minha salvação até à extremidade da Terra” (Isaías 49:6 Isaías 49:6Sim, diz ele: Pouco é que sejas o meu servo, para restaurares as tribos de Jacó, e tornares a trazer os preservados de Israel; também te porei para luz das nações, para seres a minha salvação até a extremidade da terra.
Almeida Atualizada×
).

O mundo inteiro terá a oportunidade de salvação quando Jesus reinar com poder e glória sobre as nações. Contudo, talvez nos perguntemos: E quanto a todos aqueles que morreram no passado sem terem a oportunidade da salvação de Cristo? Por exemplo, lemos em Zacarias 12:10 Zacarias 12:10Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o espírito de graça e de súplicas; e olharão para aquele a quem traspassaram, e o prantearão como quem pranteia por seu filho único; e chorarão amargamente por ele, como se chora pelo primogênito.
Almeida Atualizada×
que aqueles que traspassaram a Cristo sentirão remorso e arrependimento. Em certo sentido, isso se refere à nação judaica do tempo do fim, mas também a todas as pessoas, pois todos nós somos culpados pela morte de Cristo. Mas e aqueles que realmente participaram da execução de Jesus naquela época? Eles estão perdidos para sempre, mesmo não entendendo ou percebendo do que fazem parte? (comparar Lucas 23:34 Lucas 23:34Jesus, porém, dizia: Pai, perdoa-lhes; porque não sabem o que fazem. Então repartiram as vestes dele, deitando sortes sobre elas.
Almeida Atualizada×
).

A verdade é que essas pessoas também terão sua oportunidade de salvação.

Jesus ressuscitará imediatamente Seus seguidores mortos ao retornar, mas Apocalipse 20:5 Apocalipse 20:5Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se completassem. Esta é a primeira ressurreição.
Almeida Atualizada×
diz que “os outros mortos” não viverão novamente “até que os mil anos” se acabem. Então, eles também serão ressuscitados. Muitos pensam que isso vai acontecer para condená-los novamente. Mas, sem dúvida, não é o caso. Um período de julgamento virá (versículos 11-12) — um período de avaliação quando o Livro da Vida for aberto, e isso representa a abertura da oportunidade para todos.

Portanto, Jesus estará voltando não apenas para oferecer a salvação para todos os vivos e às gerações seguintes, mas também para oferecer salvação a todos os que já viveram e que nunca compreenderam ou não tiveram a oportunidade suficiente para compreender. (Para aprender mais sobre essa surpreendente verdade, leia “O Oitavo Dia: A Vida Eterna Oferecida a Todos” em nosso guia de estudo bíblico gratuito As Festas Santas de Deus: O Plano de Deus Para a Humanidade).

12. Para inaugurar um novo céu e uma nova Terra

E, finalmente, após o milênio e o período do último julgamento e a remoção de todos aqueles que se recusaram a se arrepender e obedecer a Deus, aqueles que permanecerem vão ser testemunhas de uma extraordinária mudança em toda a criação, à medida que a Terra e o céu mudarem da decadente sujeição física para um estado de eternidade (Apocalipse 21:1 Apocalipse 21:1E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já se foram o primeiro céu e a primeira terra, e o mar já não existe.
Almeida Atualizada×
). Assim, ninguém vai embora para outro planeta. Em vez disso, Deus fará com que a Terra em que habitamos e todas sejam renovadas (versículo 5). Então, a Nova Jerusalém, uma cidade de incríveis dimensões, descerá para a Terra juntamente com Deus Pai.

Certamente, parece irônico o fato de muitas pessoas lerem a descrição dessa cidade da visão de Apocalipse 21-22 e entenderem que se trata de uma vida no céu, quando a realidade é que essa cidade virá para uma Terra renovada e servirá de morada permanente do Pai e de Cristo e de todos os seres humanos salvos. Assim, o céu virá para a Terra! E a árvore da vida estará disponível aqui para todas as nações (Apocalipse 22:1-2 Apocalipse 22:1-2 [1] E mostrou-me o rio da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. [2] No meio da sua praça, e de ambos os lados do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a cura das nações.
Almeida Atualizada×
, 14). “E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os Seus servos o servirão” (Apocalipse 22:3 Apocalipse 22:3Ali não haverá jamais maldição. Nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão,
Almeida Atualizada×
). Nessa visão não há nenhum templo “porque o seu templo é o SENHOR, Deus Todo-poderoso, e o Cordeiro” (Apocalipse 21:22 Apocalipse 21:22Nela não vi santuário, porque o seu santuário é o Senhor Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro.
Almeida Atualizada×
), brilhando nele como uma luz mais brilhante do que o sol (versículo 23).

Então, isso significa que além de Cristo ter muito trabalho a fazer na Terra quando voltar, esse trabalho dEle aqui nunca terá fim! Ele reinará aqui com o Pai e todos os Seus seguidores em uma existência maravilhosa e alegre por toda a eternidade em um mundo infinito.

Sem dúvida, nossa esperança da volta de Cristo é sólida. A Bíblia termina afirmando esta grandiosa promessa e declarando uma oração para que isso se cumpra logo. E todos nós devemos orar por seu célere cumprimento. Apocalipse 22:20 Apocalipse 22:20Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém; vem, Senhor Jesus.
Almeida Atualizada×
conclui: “Aquele [Jesus Cristo] que testifica estas coisas diz: Certamente, cedo venho. Amém! Ora, vem, Senhor Jesus!”