Pregando o evangelho e preparando um povo

Breve história da Igreja de Deus Unida

Você está aqui

Breve história da Igreja de Deus Unida

A verdadeira Igreja que Jesus edificou é o corpo espiritual de indivíduos, chamados dos caminhos deste mundo, que se entregaram totalmente à regra de Deus, e que através do Espírito Santo, se tornam filhos gerados de Deus (Romanos 8:9 Romanos 8:9Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
Almeida Atualizada×
). Jesus comprou esta Igreja, derramando o Seu próprio sangue por ela (Atos 20:28 Atos 20:28Cuidai pois de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele adquiriu com seu próprio sangue.
Almeida Atualizada×
). Para mais detalhes consulte o nosso guia de estudo da Bíblia "A Igreja que Jesus Edificou."

Conforme o Cabeça da Igreja, Cristo, decide, Ele vai colocando alguns membros em posições de liderança para edificação e união na Igreja. A Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional, é uma continuação do Corpo de Jesus Cristo, fundado por Ele mesmo.

Nós, na Igreja de Deus Unida, não afirmamos que todos os verdadeiros cristãos estão em nossa irmandade. Também não pretendemos ser a única organização através da qual Deus pode estar trabalhando. No entanto, temos uma identidade distinta e esforçamo-nos para pregar (proclamar) o evangelho do vindouro Reino de Deus em todo o mundo como testemunho (Mateus 24:14 Mateus 24:14E este evangelho do reino será pregado no mundo inteiro, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.
Almeida Atualizada×
) para fazer discípulos e ensiná-los a guardar o que Jesus nos ordenou (Mateus 28:19-20 Mateus 28:19-20 [19] Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; [20] ensinando-os a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.
Almeida Atualizada×
), segundo os princípios de união e organização encontrados nas Escrituras (Efésios 4:11-16 Efésios 4:11-16 [11] E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres, [12] tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; [13] até que todos cheguemos � unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, � medida da estatura da plenitude de Cristo; [14] para que não mais sejamos meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente � maquinação do erro; [15] antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo, [16] do qual o corpo inteiro bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, efetua o seu crescimento para edificação de si mesmo em amor.
Almeida Atualizada×
; João 17:20-23 João 17:20-23 [20] E rogo não somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim; [21] para que todos sejam um; assim como tu, ó Pai, és em mim, e eu em ti, que também eles sejam um em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste. [22] E eu lhes dei a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um; [23] eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, a fim de que o mundo conheça que tu me enviaste, e que os amaste a eles, assim como me amaste a mim.
Almeida Atualizada×
; Hebreus 13:17 Hebreus 13:17Obedecei a vossos guias, sendo-lhes submissos; porque velam por vossas almas como quem há de prestar contas delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.
Almeida Atualizada×
; 1 Coríntios 12:28 1 Coríntios 12:28E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro mestres, depois operadores de milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.
Almeida Atualizada×
; Atos 14:23 Atos 14:23E, havendo-lhes feito eleger anciãos em cada igreja e orado com jejuns, os encomendaram ao Senhor em quem haviam crido.
Almeida Atualizada×
).

A visão que Jesus deu à Igreja é de cumprir o grande propósito de Deus para a humanidade para trazer muitos filhos à glória (Efésios 4:16 Efésios 4:16do qual o corpo inteiro bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, efetua o seu crescimento para edificação de si mesmo em amor.
Almeida Atualizada×
; Hebreus 2:10 Hebreus 2:10Porque convinha que aquele, para quem são todas as coisas, e por meio de quem tudo existe, em trazendo muitos filhos � glória, aperfeiçoasse pelos sofrimentos o autor da salvação deles.
Almeida Atualizada×
).

Jesus edificou a Igreja de Deus, resgatando-a “com seu próprio sangue” (Atos 20:28 Atos 20:28Cuidai pois de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele adquiriu com seu próprio sangue.
Almeida Atualizada×
). A Igreja de Deus tem sido continuamente perseguida por Satanás (Gênesis 3:15 Gênesis 3:15Porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua descendência e a sua descendência; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.
Almeida Atualizada×
; Apocalipse 12:6 Apocalipse 12:6E a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus, para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias.
Almeida Atualizada×
) e continuará sendo até à vinda de Cristo (Apocalipse 12:13-17 Apocalipse 12:13-17 [13] Quando o dragão se viu precipitado na terra, perseguiu a mulher que dera � luz o filho varão. [14] E foram dadas � mulher as duas asas da grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente. [15] E a serpente lançou da sua boca, atrás da mulher, água como um rio, para fazer que ela fosse arrebatada pela corrente. [16] A terra, porém acudiu � mulher; e a terra abriu a boca, e tragou o rio que o dragão lançara da sua boca. [17] E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra aos demais filhos dela, os que guardam os mandamentos de Deus, e mantêm o testemunho de Jesus. [ (Revelation of John 12:18) E o dragão parou sobre a areia do mar. ]
Almeida Atualizada×
; Daniel 12:7 Daniel 12:7E ouvi o homem vestido de linho, que estava por cima das águas do rio, quando levantou ao céu a mão direita e a mão esquerda, e jurou por aquele que vive eternamente que isso seria para um tempo, dois tempos, e metade de um tempo. E quando tiverem acabado de despedaçar o poder do povo santo, cumprir-se-ão todas estas coisas.
Almeida Atualizada×
).

 

Aqui segue uma breve história

da linhagem da Igreja de Deus 

desde os apóstolos até ao dia de hoje: 

 

A história de 31 d.C. até 325 d.C. mostra como heresias antigas se infiltraram na Igreja (2 Pedro 2:1 2 Pedro 2:1Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.
Almeida Atualizada×
; Judas 4) tornando-se doutrinas “cristãs”, afetando a primeira era da Igreja (Apocalipse 2:1-7 Apocalipse 2:1-7 [1] Ao anjo da igreja em Éfeso escreve: Isto diz aquele que tem na sua destra as sete estrelas, que anda no meio dos sete candeeiros de ouro: [2] Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua perseverança; sei que não podes suportar os maus, e que puseste � prova os que se dizem apóstolos e não o são, e os achaste mentirosos; [3] e tens perseverança e por amor do meu nome sofreste, e não desfaleceste. [4] Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. [5] Lembra-te, pois, donde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; e se não, brevemente virei a ti, e removerei do seu lugar o teu candeeiro, se não te arrependeres. [6] Tens, porém, isto, que aborreces as obras dos nicolaítas, as quais eu também aborreço. [7] Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz �s igrejas. Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no paraíso de Deus.
Almeida Atualizada×
). Veja o exemplo de Diótrefes, que gostava de exercer a primazia na Igreja primitiva, o qual não recebia o próprio apóstolo João (3 João 1:9 3 João 1:9Escrevi alguma coisa � igreja; mas Diótrefes, que gosta de ter entre eles a primazia, não nos recebe.
Almeida Atualizada×
).

A infiltração de heresias na Igreja e puxando os verdadeiros serventes para fora da Igreja como se fossem heréticos, perseguindo-os, e em certos casos martirizando-os, tem acontecido através das eras (Apocalipse 2:9 Apocalipse 2:9Conheço a tua tribulação e a tua pobreza (mas tu és rico), e a blasfêmia dos que dizem ser judeus, e não o são, porém são sinagoga de Satanás.
Almeida Atualizada×
; 14-15; 20) e continuará acontecendo até à vinda de Cristo (João 15:20 João 15:20Lembrai-vos da palavra que eu vos disse: Não é o servo maior do que o seu senhor. Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram a minha palavra, guardarão também a vossa.
Almeida Atualizada×
; Daniel 12:7 Daniel 12:7E ouvi o homem vestido de linho, que estava por cima das águas do rio, quando levantou ao céu a mão direita e a mão esquerda, e jurou por aquele que vive eternamente que isso seria para um tempo, dois tempos, e metade de um tempo. E quando tiverem acabado de despedaçar o poder do povo santo, cumprir-se-ão todas estas coisas.
Almeida Atualizada×
). No entanto a Igreja de Deus nunca desapareceu, pois as portas do hades [morte] nunca prevaleceriam contra a Igreja de Deus (Mateus 16:18 Mateus 16:18Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do hades não prevalecerão contra ela;
Almeida Atualizada×
). 

As Igrejas de Deus que Paulo levantou na Ásia Menor estiveram subsequentemente sob a supervisão geral do apóstolo Pedro. Pedro escreveu às Igrejas na Ásia e na Galácia (1 Pedro 1:1 1 Pedro 1:1Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos peregrinos da Dispersão no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia.
Almeida Atualizada×
). A Igreja de Deus em Roma, que foi estabelecida pelo ensino de Paulo, foi severamente perseguida por Nero em 64 dC. Nero acusou falsamente os cristãos com a queima da cidade. Talvez três ou mais anos após o incêndio de Roma, Paulo foi apreendido perto de Trôade (2 Timóteo 4:13 2 Timóteo 4:13Quando vieres traze a capa que deixei em Trôade, em casa de Carpo, e os livros, especialmente os pergaminhos.
Almeida Atualizada×
) e levado a julgamento em Roma, onde foi martirizado. Eventos agora estavam se movendo rapidamente.

Enquanto a Igreja no Oriente foi mantida através de Pella e Antioquia, a Igreja Romana ― com a maioria dos seus principais membros martirizados ― se tornou a rapina dos professores falsos. Assim que Pedro foi martirizado, provavelmente antes de 70 dC, eventos acelararam-se para um clímax. Já não havia Tiago nem Pedro nem Paulo. Somente João estava no comando. A apostasia estava em franco desenvolvimento ― especialmente no Ocidente. Muitas pessoas que davam ouvidos aos falsos mestres começaram a procurar novos líderes e nova sede. Eles não olharam para Cristo, o Cabeça da Igreja!

Agora tornou-se uma luta para batalhar “pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos” (Judas 3). A Igreja tinha “abandonado o seu primeiro amor” (Apocalipse 2:4 Apocalipse 2:4Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor.
Almeida Atualizada×
- a era de Éfeso), como Jesus descreveu na história profética da Igreja (Apocalipse 2 e 3).

Registros históricos autoritários claramente confirmam que uma série de práticas não bíblicas foram introduzidas na igreja primitiva dentro de um século após a morte e ressurreição de Jesus Cristo.

Depois do Concílio de Nicéia (325 dC), a grande Igreja falsa começou 1260 anos de Tribulação (Apocalipse 12:6 Apocalipse 12:6E a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus, para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias.
Almeida Atualizada×
; Ezequiel 4:7 Ezequiel 4:7Dirigirás, pois, o teu rosto para o cerco de Jerusalém, com o teu braço descoberto; e profetizarás contra ela.
Almeida Atualizada×
) com força total. A Igreja de Deus, simbolizada por uma mulher em Apocalipse 12, foi forçada a fugir para para os vales e montanhas da Europa e da Ásia Menor durante esses 1260 anos (de 325 dC a 1585).

Qualquer historiador que deseje rastrear os movimentos da Igreja de Deus durante estes 1260 anos encontrará muitas dificuldades, pois a história da verdadeira Igreja de Deus não é a história duma contínua organização humana. São grupos de membros fieis que fugiram e se esconderam para sobreviver. A história foi preservada quase inteiramente por inimigos da Igreja que consideravam a Igreja como um grupo de heréticos que guardavam o Sábado. Por isso lemos de grupos como os paulicianos, bogomilos e valdenses, dos quais alguns membros em maior ou menor quantidade e em diferentes ocasiões, parecem ter sido verdadeiros cristãos que seguiam o padrão da Igreja primitiva. Isso ainda se torna mais difícil, pois o ensino desses grupos, conforme o tempo passou, ficaram misturados (mesclados) com os ensinos de seus vizinhos católicos e protestantes. E também vemos historiadores agrupando a verdadeira igreja com outros grupos de pessoas, todos debaixo do mesmo nome, e não distinguindo as diferenças em seus ensinamentos.

Assim o nosso desafio no estudo da história da Igreja de Deus, não só nesses 1260 anos, mas durante toda a história da Igreja de Deus desde Cristo até hoje, é reconhecer quando essa igreja deixou de ser parte da verdadeira Igreja de Deus (que é um organismo espiritual), porque essa organização física se apostou da Verdade (2 Tessalonicenses 2:10 2 Tessalonicenses 2:10e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para serem salvos.
Almeida Atualizada×
) e Jesus Cristo por causa dessa heresia moveu o ‘castiçal’ da Igreja para outro lugar ou organização (Apocalipse 2:5 Apocalipse 2:5Lembra-te, pois, donde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; e se não, brevemente virei a ti, e removerei do seu lugar o teu candeeiro, se não te arrependeres.
Almeida Atualizada×
).

O periodo final dos 1260 anos de fuga, reconhecido como a era de Tiatira (Apocalipse 2:18-29 Apocalipse 2:18-29 [18] Ao anjo da igreja em Tiatira escreve: Isto diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes a latão reluzente: [19] Conheço as tuas obras, e o teu amor, e a tua fé, e o teu serviço, e a tua perseverança, e sei que as tuas últimas obras são mais numerosas que as primeiras. [20] Mas tenho contra ti que toleras a mulher Jezabel, que se diz profetisa; ela ensina e seduz os meus servos a se prostituírem e a comerem das coisas sacrificdas a ídolos; [21] e dei-lhe tempo para que se arrependesse; e ela não quer arrepender-se da sua prostituição. [22] Eis que a lanço num leito de dores, e numa grande tribulação os que cometem adultério com ela, se não se arrependerem das obras dela; [23] e ferirei de morte a seus filhos, e todas as igrejas saberão que eu sou aquele que esquadrinha os rins e os corações; e darei a cada um de vós segundo as suas obras. [24] Digo-vos, porém, a vós os demais que estão em Tiatira, a todos quantos não têm esta doutrina, e não conhecem as chamadas profundezas de Satanás, que outra carga vos não porei; [25] mas o que tendes, retende-o até que eu venha. [26] Ao que vencer, e ao que guardar as minhas obras até o fim, eu lhe darei autoridade sobre as nações, [27] e com vara de ferro as regerá, quebrando-as do modo como são quebrados os vasos do oleiro, assim como eu recebi autoridade de meu Pai; [28] também lhe darei a estrela da manhã. [29] Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito dia �s igrejas.
Almeida Atualizada×
) a liderança da Igreja de Deus continuou atravéz de Pedro Waldo e os Valdenses (antes de eles se apostatarem e se desviarem do Sábado). Os remanescentes dos Valdenses eram conhecidos como os Lollardos que, entre os séculos XIV e XV, foram para a Holanda e Inglaterra.

Ao fim desses 1260 anos, a partir de 1585 (século XVI) a Igreja de Deus começou a se espalhar com membros guardando o Sábado e os Dias Santos e congregações chamadas ‘anabatistas sabatarianos’ começaram a aparecer na Europa Central, na Alemanha e na Inglaterra. Seus membros eram conhecidos como ‘anabatistas’, que significa “rebatizadores”, pois não aceitavam o batismo de crianças, mas dos adultos que acreditavam no evangelho e que se arrependessem de seus pecados (Atos 2:38 Atos 2:38Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.
Almeida Atualizada×
).

Em meados do século dezessete (XVII - anos 1600), remanescentes da Igreja estavam sendo perseguidos novamente pela Igreja Católica, depois da turbulenta Reforma, e muitos voltaram para a área montanhosa do Trans-Cárpatos. No século dezoito (XVIII - anos 1700), a maioria desses alemães sabatarianos emigrou para o estado de Pensilvânia, mas vários voltaram a aceitar os ensinos protestantes da Reforma.

Entretanto, remanescentes da verdadeira Igreja de Deus, sob a liderança de Estevan Mumford, foram para a Ilha de Rhodes (Rhode Island) em 1664, e em 1671 a primeira igreja sabatariana foi estabelecida nos EUA. William Hiscox foi o primeiro pastor da Igreja, servindo de 1671 até sua morte em 1704. Em 1708, uma segunda igreja foi formada e espalhou-se pelos EUA.

Em 1803, no Nordeste dos Estados Unidos, uma conferência geral foi organizada por congregações que guardavam o Sábado e em 1805 adotaram o nome de “Conferência Geral Sabatariana”. Em 1818, o nome foi modificado para “Conferência Geral Batista do Sétimo Dia”. A igreja sofreu várias mudanças e passou do não trinitarismo para o trinitarismo. Vários membros desviaram-se tanto da verdade e se tornaram simplesmente protestantes que se congregavam no Sábado.

A maioria dos sabatarianos estava desviando-se de novo da verdade. Há registros duma congregação nos inícios dos anos 1800 em South Fork, no estado da Virgínia Ocidental (EUA) que observava a Páscoa no dia 14 e não comiam carnes impuras. Este pequeno grupo foi forçado a afastar-se das outras congregações de Batistas do Sétimo Dia, porque observava a Páscoa no dia correto (Levíticos 23:5; Lucas 22:15 Lucas 22:15E disse-lhes: Tenho desejado ardentemente comer convosco esta páscoa, antes da minha paixão;
Almeida Atualizada×
) e observavam as regras das carnes limpas. 

Em 1830, surgiu um movimento entre as igrejas protestantes da parte ocidental de Nova Iorque que focava no ensinamento da vinda de Jesus Cristo para estabelecer o Seu Reino na Terra. Note que este grupo não tinha a mesma linhagem desde os apóstolos. Esta mensagem foi pregada por William Miller e era totalmente diferente da doutrina protestante então aceita. Os seus ensinos de profecia atraíram muito interesse e particularmente seus ensinos predizendo a chegada de Jesus Cristo em 1844. Visto que Jesus não retornou quando eles tinham predito, houve uma grande decepção. Durante esse periodo da decepção de 1844 um ministro da Igreja Metodista em Washington, quando confrontado acerca do Sábado por uma senhora Rachel Oakes, um membro da congregação Batista do Sétimo dia de Verona, ele veio a reconhecer a importância do Sábado, e começou a proclamar a necessidade de o guardar. A verdade acerca do Sábado se espalhou rápidamente entre os Adventistas desiluídos e daí veio a formação dos Adventistas do Sétimo Dia.

Durante a guerra civil norte-americana (1861-1865), os membros da Igreja de Deus tomaram o posicionamento de não combate por motivo de consciência, em contraste à posição dos Adventistas do Sétimo Dia debaixo da liderança dos White.

Outro grupo, que se chamava Igreja de Deus em Wilbur, foi organizado em 1859 pelo ancião J W Niles do estado de Pensilvânia. 

Em Agosto de 1863, um pequeno jornal chamado “The Hope of Israel” começou a ser impresso em Michigan e tinha menos de quarenta assinantes. Em 1866, ele foi levado para Marion, Iowa, e novamente, em 1888,  para Stanberry, Missouri. Ele passou várias mudanças de nome e, finalmente, ficou conhecido como o “The Bible Advocate”.

Em 1874, Alexander F. Dugger (Sênior), de Nebraska, passou a fazer parte do corpo ministerial de tempo integral da Igreja de Deus. Essa fase da Igreja de Deus, do século 17 (XVII) a 19 (XIX), ficou conhecida como a era de Sardes (Apocalipse 3:1-6 Apocalipse 3:1-6 [1] Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Isto diz aquele que tem os sete espíritos de Deus, e as estrelas: Conheço as tuas obras; tens nome de que vives, e estás morto. [2] Sê vigilante, e confirma o restante, que estava para morrer; porque não tenho achado as tuas obras perfeitas diante do meu Deus. [3] Lembra-te, portanto, do que tens recebido e ouvido, e guarda-o, e arrepende-te. Pois se não vigiares, virei como um ladrão, e não saberás a que hora sobre ti virei. [4] Mas também tens em Sardes algumas pessoas que não contaminaram as suas vestes e comigo andarão vestidas de branco, porquanto são dignas. [5] O que vencer será assim vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; antes confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos. [6] Quem tem ouvidos, ouça o que o espírito diz �s igrejas.
Almeida Atualizada×
).    

No início do século vinte, a Igreja de Deus era pequena e dispersa, e tinha menos de mil membros ao redor do mundo, os quais viviam principalmente no centro-oeste americano.

A conferência Geral da Igreja de Deus foi legalmente estabelecida no ano 1900, no estado de Missouri, ocasião em que o jornal da Igreja ficou conhecido como “The Bible Advocate”.

Em 1904, G.G. Rupert passou a fazer parte do ministério da Igreja de Deus (ele tinha sido ministro da Igreja Adventista do Sétimo Dia), e ele entendia que os Dias Santos anuais também tinham que ser observados, além do Sábado semanal.  

Em 1906 Andrew Dugger (filho de Alexander Dugger) começou o seu ministério na Igreja de Deus. em 1906. (Uma boa documentação e muito detalhada da história da Igreja é relatada por Andrew Ann Dugger (1886-1975) e Clarence O. Dodd, ‘A History of the True Church’ em Inglês). 

Em 1913, G.G. Rupert publicou uma série de artigos no ‘The Bible Advocate’, defendendo a obrigatoriedade da observância dos Dias Santos de Levíticos 23 para a Igreja de Deus do Novo Testamento.

Em 1914 Andrew Dugger veio a ser presidente da Conferência Geral e editor desse mesmo jornal. Durante o período inicial de sua liderança, a Igreja de Deus teve um grande e rápido crescimento.

A questão de organização e governança tinha sido uma fonte de controvérsia dentro da Igreja de Deus. Por causa de desacordo de certos pontos doutrinais entre o Sr. Dugger e o Sr. Rupert, houve uma divisão entre eles. Reconhecendo que nenhuma Obra de grande impacto poderia ser realizada se somente uma pequena parte da receita (menos de mil dólares, em 1917) fosse para a sede em Stanberry, Missouri, Andrew Dugger resolveu corrigir a situação. Então, ele implantou uma norma para que os dízimos fossem enviados à sede. Em 1923 a receita sofreu um aumento, alcançando dezoito mil dólares. Entretanto, o Sr. Rupert faleceu em 1922.

Nesta ocasião, no outono de 1926, o Sr. Herbert W Armstrong recebeu seu chamado e na primavera de 1927 foi batizado.  Ele entendeu que o Sábado semanal e os Sábados anuais (os dias Santos de Deus de Levítico 23) tinham que ser observados pelos cristãos hoje em dia. Depois de estudar sobre onde se encontrava a Igreja de Deus, ele passou a congregar com os irmãos da Igreja de Deus do Vale Willamette, no estado do Oregon, pois acreditava que eles conservavam mais traços da Verdade do que qualquer outro grupo. 

A partir de 1928, ele começou a escrever artigos para o “The Bible Advocate”. Visto que não havia ministro em Oregon, os irmãos de Eugene frequentemente lhe pediam que pregasse na congregação. 

No final da década dos anos de 1920 e início da década dos anos de 1930, a Igreja de Deus estava praticamente paralisada por causa de disputas internas sobre doutrina e política. A conferência de 1929 foi marcada por muita confusão e disputas. Os temas em disputa eram as questões sobre o ‘nascer de novo’, as carnes limpas e imundas, o uso de tabaco, a data da Páscoa (14 ou 15 de Nisã) e a obra do Espírito Santo (Pentecostalismo). O número de novos adeptos diminuiu e a Obra da Igreja ficou quase estancada.

Em junho de 1931, o Sr. Armstrong foi ordenado como ministro pela Conferência de Oregon da Igreja de Deus. Assim começou um ministério que durou quase 55 anos.  

Entretanto, os problemas estavam aumentando por todo lado na Igreja de Deus. Na Conferência Geral de 1933, Andrew Dugger, o principal líder nos últimos vinte anos perdeu a sua posição por um voto. Isso precipitou uma crise que acabou dividindo o grupo. De um lado estava Andrew Dugger e outros que apoiavam uma ‘reorganização’ do governo da igreja, as carnes limpas, a abstenção do tabaco e a Páscoa no dia quatorze. Do outro lado, Burt F Marrs liderava um grupo de ‘independentes’ que aceitavam a carne de porco e o tabagismo e que achavam que a Páscoa era no dia quinze.

O Sr. Andrew Dugger retirou-se da Conferência Geral da Igreja de Deus, realizada em Stanberry, e formou uma estrutura com ‘doze apóstolos’, ‘setenta anciãos’ e ‘sete’ responsáveis pelas finanças (em novembro de 1933). Os cargos foram escolhidos por sorteio. O Sr. Armstrong foi escolhido como um dos ‘setenta’ e a sede da organização ficou em Salem. O Sr. Armstrong não recebia salário de Salem, mas aceitou as credenciais ministeriais e entregava todo relatório ministerial. Esta divisão causou muito sofrimento em todos.

Subsequentemente, a obra na rádio foi iniciada pelo Sr. H.W. Armstrong em Janeiro de 1934 e a ‘Pura Verdade’ (The Plain Truth) em Fevereiro de 1934.  Assim foi fundada a Igreja de Deus no Rádio. Durante este periodo ele também conduziu campanhas evangélicas e entrou em crescente conflito com a sede da Igreja em Salém por causa de seus ensinamentos sobre a identidade de Israel e dos Dias Santos anuais de Deus.

Finalmente, a questão dos Dias Santos voltou à tona em 7 de Maio 1937 na mesa de discussão dos ‘doze apóstolos’, que decidiram que a Igreja não observaria os Dias Santos anuais de Deus, rejeitando assim os Sábados anuais de Deus. Uma vez mais Jesus moveu o ‘castiçal’ da Igreja.

Durante o ano de 1938, eles pediram ao Sr. Armstrong  que entregasse as suas credenciais de ministro, pois estava ensinando os Dias Santos anuais de Deus. Embora sem as credenciais da Igreja de Deus do Sétimo Dia, depois de 1938, ele continuou ensinando e pregando com mais determinação e vontade. E, em 1944, a tiragem da revista A Pura Verdade atingiu trinta e cinco mil exemplares.

Em 8 de outubro 1947, o Colégio Embaixador foi fundado e em 1968 o Sr. Armstrong mudou o nome da Igreja de Deus na Rádio (Radio Church of God) para Igreja de Deus Mundial (Worldwide Church of God). Debaixo dessa liderança Jesus deu grande crescimento à verdade à volta do mundo.

O Sr. Armstrong faleceu em 1986, e, um ano após a sua morte, iniciou-se um movimento liberal para introduzir encobertamente (2 Pedro 2:1 2 Pedro 2:1Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição.
Almeida Atualizada×
) uma apostasia na Igreja, a qual se tornou visível a vários membros e ministros durante os primeiros anos de 1990.  

Pelo fim de 1994, os líderes da Igreja de Deus Mundial começaram ativamente a impor a sua mudança de crença sobre toda a Igreja. Em Janeiro de 1995, a Igreja de Deus Mundial (exceto em Angola) apostatou-se e ordenou que ministros pregassem apostasias, desviando-se do Sábado para o domingo, dos Dias Santos anuais de Deus, da ordenança das carnes limpas e voltando-se para a trindade. Em suma, adotaram completamente a teologia protestante.

Centenas de anciões e milhares de membros que não aceitaram esta apostasia, foram desassociados da Igreja de Deus Mundial. O que tinha acontecido no passado, voltou a acontecer de novo. Jesus moveu uma vez mais o ‘castiçal’ da Igreja.

Subseqüentemente cerca de 150 anciãos se reuniram em maio de 1995 em Indianápolis, jejuando e pedindo a Deus Sua guia de como proceder. Daí se formou a Igreja de Deus Unida, uma Associação Internacional

No dia de Pentecostes (31 de Maio) de 2020, o Presidente da Igreja de Deus Unida, Victor Kubik, escreveu:

"Neste dia santo, há 25 anos, realizamos nossos primeiros cultos oficiais da igreja nos Estados Unidos e em muitas congregações ao redor do mundo. As palavras de Jesus Cristo soaram alto para nós naquele dia: 'Edificarei minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela' (Mateus 16:18 Mateus 16:18Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do hades não prevalecerão contra ela;
Almeida Atualizada×
). Que momento glorioso para a Igreja! 

"Poucos dias antes do Pentecostes de 1995, realizamos uma conferência de várias centenas de ministros em Indianapolis, Indiana, na qual declaramos e confirmamos nossas crenças e estabelecemos o padrão para nossa governança. Não podíamos deixar de notar como os eventos que se desenrolavam em nossa Igreja acompanhavam os festivais de Deus. Nosso êxodo coincidiu com a Páscoa e os Dias dos Pães Asmos. Partimos porque nossa antiga casa da igreja repentinamente voltou a uma estrutura de crenças que há muito tinhamos abandonado. Tivemos que partir dolorosamente do que era nosso lar espiritual para um futuro incerto. Nossa fé foi posta à prova neste momento crucial.

"Mas Deus estava conosco e não nos abandonou. Nas semanas entre a Páscoa e o Pentecostes, fomos capazes de reorganizar e celebrar um novo começo. Hoje, comemoramos não apenas o nascimento da Igreja de Deus em 31 d.C., mas também da Igreja de Deus Unida em 1995.

"Depois daquele Pentecostes, nosso conselho de administração de transição, originalmente de nove homens, imediatamente pôs-se a trabalhar. Nas salas de estar e cozinhas de nossas casas, nossa primeira ordem de trabalho era pensar em nossos irmãos. Primeiro organizamos acampamentos de verão para nossos jovens, que foram realizados algumas semanas depois. Também organizamos a Festa dos Tabernáculos em novos locais em todo o país e ao redor do mundo. Estabelecemos relacionamentos com irmãos em situações semelhantes nas Filipinas, Austrália, Canadá, América do Sul, África e Europa. Na verdade, foi um momento emocionante! Em nossos corações, sabíamos que sobreviveríamos porque novamente tivemos que combater o bom combate da fé, trabalhando sob pressão.

"Estávamos comprometidos em proclamar vigorosamente a verdade do evangelho por qualquer meio que pudéssemos – embora naquele momento não tivéssemos qualquer literatura, revista, guias de estudo nem site. Naquela época, a Internet ainda estava em sua infância.

"Logo alugamos escritórios em Arcadia, Califórnia. Começamos uma publicação de notícias para os membros chamada New Beginnings [Novos Começos], através da qual mantivemos a Igreja informada. No verão de 1995, nosso primeiro guia de estudo da Igreja de Deus Unida foi publicado - Qual é o seu destino? [Hoje esse guia de estudo foi renomeado 'Por que você nasceu?']. Também seguramos o endereço [URL] da Igreja na Internet www.ucg.org, que agora se tornou um dos sites de denominações religiosas mais visitados no mundo inteiro. A revista A Boa Nova teve a sua primeira edição na Festa dos Tabernáculos com uma tiragem inicial de apenas 20.000 cópias. Apesar do trauma do momento, foi o poder e o conforto do Espírito de Deus em nosso meio que nos sustentou.

"Em dezembro de 1995, uma grande conferência de todos os ministros foi realizada em Cincinnati, Ohio, onde nossa Constituição e Estatutos foram ratificados. Isso incluiu as crenças fundamentais. O Conselho de Administração Transitório passou a ser o Conselho de Anciãos, com 12 membros, e os cargos do chefe da mesa diretiva e do presidente foram separados. Três cadeiras no Conselho de Anciões foram estipuladas que seriam representantes de áreas internacionais.

"À medida que avançamos além dos 25 anos de referência, fazemos um balanço do que aprendemos e do que podemos transmitir aos nossos filhos e à próxima geração. A maior lição é a que focamos hoje no dia de Pentecostes. Essa lição foi expressa pelo profeta Zacarias quando ele descreveu o verdadeiro poder por trás da reconstrução do templo em Jerusalém. Foi numa época em que os espíritos [os sentimentos] do povo vacilaram: "Não por força nem por poder, mas pelo Meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos" (Zacarias 4:6 Zacarias 4:6Ele me respondeu, dizendo: Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel, dizendo: Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos exércitos.
Almeida Atualizada×
, ênfase adicionada).

"É o Espírito de Deus que traz e trará todo o sucesso que vemos. Além do poder, o Espírito de Deus também oferece amor, paz, paciência e outros frutos necessários.

"Nossa fé foi posta à prova através de provas ardentes, mas esse estresse é o que nos fortalece. A coragem só é reconhecida perante a realidade e testes. Também aprendemos que o que é construído espiritualmente não é do homem, mas de Deus."

Temos, agora, cerca de 400 anciãos e cerca de 13.000 pessoas que participam nos nossos cultos semanais da Igreja à volta do mundo. 

Jesus profetizou acerca da Igreja de Deus imediatamente antes do tempo do fim: "Eu sei as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome” (Apocalipse 3:8 Apocalipse 3:8Conheço as tuas obras (eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta, que ninguém pode fechar), que tens pouca força, entretanto guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome.
Almeida Atualizada×
).

Aqui se vê uma Igreja com pouca força, poucos em número, mas que mantêm a palavra de Deus; uma que não nega a verdade, “que guarda os mandamentos de Deus e tem o testemunho de Jesus Cristo” (Apocalipse 12:17 Apocalipse 12:17E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra aos demais filhos dela, os que guardam os mandamentos de Deus, e mantêm o testemunho de Jesus. [ (Revelation of John 12:18) E o dragão parou sobre a areia do mar. ]
Almeida Atualizada×
). Aqui está uma Igreja que está pregando o evangelho com poder, porque Jesus promete abrir uma porta até que a obra da Igreja esteja concluída.

Este versículo retrata uma Igreja que está a proclamar o evangelho pouco antes do grande tempo final de angústia que vai engolir todo o mundo. Esta é a missão da Igreja de Deus Unida! A Igreja de Deus Unida, tem congregações em mais de 50 países, e foi estabelecida formalmente como uma organização em 1995.

A Igreja de Deus Unida esforça-se para refletir as crenças e práticas dos ensinamentos de Jesus e dos apóstolos do primeiro século. Por essa razão a Igreja de Deus Unida não participa em práticas de culto que foram adicionadas sem mandato bíblico, tais como a guarda do Natal e o Domingo de Páscoa.

Como somos organizados

A estrutura administrativa da Igreja de Deus Unida é de um Conselho de Anciãos com 12 ministros, submissos a Cristo, o Cabeça da Igreja. Esse Conselho debaixo da guia do Espírito de Cristo, elege o Presidente da Igreja e tem a responsibilidade de dar direções estratégicas ao Presidente da Igreja.

A liderança geral da Igreja de Deus Unida é conduzida por um Conselho de Anciãos de doze membros, formado por ministros experientes, debaixo da guia espiritual de Jesus Cristo, o único Cabeça da Igreja (Efésios 5:23 Efésios 5:23porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o Salvador do corpo.
Almeida Atualizada×
). Este princípio segue o exemplo da Igreja primitiva do Novo Testamento, como edificada por Jesus Cristo. Além disso a liderança da Igreja reconhece o princípio bíblico de que "na multidão de conselheiros há segurança" (Provérbios 11:14 Provérbios 11:14Quando não há sábia direção, o povo cai; mas na multidão de conselheiros há segurança.
Almeida Atualizada×
; 24:6). 

Os membros deste Conselho são escolhidos de forma rotativa para mandatos de três anos em uma conferência anual de ministros ordenados da Igreja. O Conselho de Anciãos, escolhido geralmente dentre os pastores de igrejas locais, funciona como a diretoria da Igreja de Deus Unida sob Jesus Cristo, e seu papel mais importante é prover orientação e estabelecer uma direção para a Igreja em suas operações em todo o mundo.

O Conselho também é responsável por escolher o Presidente da Igreja e por supervisionar seu desempenho, bem como o desempenho dos que estão na equipe de Gestão do Presidente, que supervisiona o corpo ministerial, a equipe de mídia e de operações financeiras da Igreja.

Todos trabalham em um ambiente baseado em equipe, onde comitês do Conselho de Anciãos interagem regularmente com os funcionários responsáveis por todas as operações administrativas. Outros comitês do conselho estão focados no planejamento, nas questões doutrinárias, na educação bíblica de ministros e membros, e outros assuntos necessários para a adminstração eficaz da Igreja de Deus.

Seguindo o exemplo bíblico da conferência ministerial registrado em Atos 15, os principais problemas e questões são resolvidos em debates e decisões coletivas com todos os presbíteros ordenados da Igreja.

Para mais informações acerca do Conselho, perfis dos membros do Conselho e atividades correntes, visite o nosso link em Inglês do Conselho: http://coe.ucg.org/