Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

As ‘Leis, Estatutos e Juízos’ de Deus

Você está aqui

As ‘Leis, Estatutos e Juízos’ de Deus

Download (Baixar)
MP3 Audio (3.74 MB)

Download (Baixar)

As ‘Leis, Estatutos e Juízos’ de Deus

MP3 Audio (3.74 MB)
×

Quando Deus organizou o povo de Israel como uma nação sob a Aliança do Sinai, através da liderança humana de Moisés, Ele autorizou um sistema administrativo que incluía não só os sacerdotes, mas também os juízes para mantê-los no caminho da justiça (Deuteronômio 1:16-17 Deuteronômio 1:16-17 [16] E no mesmo tempo ordenei a vossos juízes, dizendo: Ouvi as causas entre vossos irmãos, e julgai com justiça entre o homem e seu irmão, ou o estrangeiro que está com ele. [17] Não fareis acepção de pessoas em juízo; de um mesmo modo ouvireis o pequeno e o grande; não temereis a face de ninguém, porque o juízo é de Deus; e a causa que vos for difícil demais, a trareis a mim, e eu a ouvirei.
Almeida Atualizada×
). Estes juízes executavam suas funções de acordo com as leis, os estatutos e os juízos que Deus lhes revelava, seja diretamente (pelos Dez Mandamentos) ou através de Seus mensageiros.

Embora vários termos sejam usados ​​nas Escrituras para descrever as instruções de Deus para o seu povo e Seus servos, eles geralmente estão resumidos em três grandes categorias de "estatutos, juízos e leis" (Levítico 26:46 Levítico 26:46São esses os estatutos, os preceitos e as leis que o Senhor firmou entre si e os filhos de Israel, no monte Sinai, por intermédio de Moisés.
Almeida Atualizada×
). Estes termos descrevem as distinções na forma de como as instruções de Deus são vistas, em vez de sua validade ou importância. Todos eles representam a Sua vontade. Todos eles tinham de ser respeitados e seguidos.

A palavra hebraica traduzida como "lei" é torah. Quando usado com o artigo definido (a lei), refere-se ou à lei em geral ou a algum aspecto específico da lei. Muitas vezes refere-se a todo o corpo de lei que Deus deu ao povo de Israel.

A palavra Torah também carrega o significado mais amplo de "ensinamentos", especialmente quando usado sem o artigo definido. Às vezes, quando usado de forma muito abrangente, a palavra ainda parece implicar o corpo inteiro de instruções reveladas e contidas nas Escrituras do Antigo Testamento.

A palavra "estatutos" refere-se a um tipo específico de leis. Como a tradução portuguesa das palavras hebraicas choq ou chuqqah, a palavra "estatuto" se refere a uma promulgação, decreto ou portaria autorizada.

Os estatutos bíblicos podem definir tempos determinados, como festivais sagrados, costumes importantes e até mesmo estabelecer o modo ou procedimento pelo qual certas questões vitais devem ser tratadas. Porque revelam o pensamento de Deus e refletem Suas prioridades, que são extremamente instrutivas como orientações divinas para o comportamento justo.

Os “juízos” são decisões proferidas por juízes para explicar, ampliar ou restringir a aplicação da legislação em vigor. Para garantir que os juízes humanos teriam diretrizes significativas e precedentes a seguir no exercício das suas responsabilidades judiciais, Deus dá exemplos de como Ele julga nas Escrituras.

Os juízos de Deus ilustram como devem ser tomadas decisões justas de acordo com os princípios revelados em Suas leis e estatutos. Ele instrui a todos os juízes que são responsáveis ​​por julgamentos que não são previstos especificamente na Torah: "E, quando houver pleito, eles assistirão a ele para o julgarem; pelos meus juízos o julgarão; e as minhas leis e os meus estatutos... guardarão..." (Ezequiel 44:24 Ezequiel 44:24No caso de uma controvérsia, assistirão a ela para a julgarem; pelos meus juízos a julgarão. E observarão as minhas leis e os meus estatutos em todas as minhas festas fixas, e santificarão os meus sábados.
Almeida Atualizada×
).

Ele também lhes diz: "Não farás injustiça no juízo, nem favorecendo o pobre, nem comprazendo ao grande; com justiça julgarás o teu próximo" (Levítico 19:15 Levítico 19:15Não farás injustiça no juízo; não farás acepção da pessoa do pobre, nem honrarás o poderoso; mas com justiça julgarás o teu próximo.
Almeida Atualizada×
, ARA).

Em conjunto, as leis, estatutos e juízos de Deus estabelecem as bases para uma sociedade justa e as regras administrativas necessárias para governá-la. Todos eles contêm princípios que são aplicáveis ​​a todos os povos e amplos o suficiente para serem adaptados às situações novas.