Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Uma Visão Bíblica do Dinheiro e da Riqueza

Você está aqui

Uma Visão Bíblica do Dinheiro e da Riqueza

As pessoas que creem na Bíblia possuem visões extremamente divergentes sobre o que ela diz—incluindo sobre o dinheiro. Alguns veem o dinheiro como a raiz de todos os males e acreditam que a pobreza faz a pessoa se aproximar de Deus. Outros aceitam o evangelho da "saúde e riqueza", acreditando que os cristãos são destinados quase automaticamente a serem financeiramente prósperos ou até milionários.

Existem pessoas que aceitam estas idéias contraditórias e pensam que elas vem diretamente da Bíblia. Então, o que a Bíblia realmente diz sobre esse assunto? O dinheiro é bom ou mau? Para fundamentar a administração das finanças pessoais devemos começar considerando se é correto os cristãos acumularem riquezas.

A riqueza e a Bíblia

A primeira vez que a Bíblia menciona alguém endinheirado, ela fala de um homem justo, Abrão que "era muito rico em gado, em prata, e em ouro" (Gênesis 13:2 Gênesis 13:2Abrão era muito rico em gado, em prata e em ouro.
Almeida Atualizada×
). Depois encontramos Deus prometendo que, através dos descendentes desse homem, todas as nações da Terra seriam abençoadas (Gênesis 18:18 Gênesis 18:18visto que Abraão certamente virá a ser uma grande e poderosa nação, e por meio dele serão benditas todas as nações da terra?
Almeida Atualizada×
; 22:18; 26:4). Abraão foi rico, mas também foi "o pai dos que creem" (Romanos 4:11 Romanos 4:11E recebeu o sinal da circuncisão, selo da justiça da fé que teve quando ainda não era circuncidado, para que fosse pai de todos os que crêem, estando eles na incircuncisão, a fim de que a justiça lhes seja imputada,
Almeida Atualizada×
).

Deus não é contra as riquezas. Na realidade, Ele é a origem das bênçãos financeiras (1 Samuel 2:7 1 Samuel 2:7O Senhor empobrece e enriquece; abate e também exalta.
Almeida Atualizada×
; Provérbios 10:22 Provérbios 10:22A bênção do Senhor é que enriquece; e ele não a faz seguir de dor alguma.
Almeida Atualizada×
) e nos lembra que ser diligente também leva à riqueza (Provérbios 10:4 Provérbios 10:4O que trabalha com mão remissa empobrece; mas a mão do diligente enriquece.
Almeida Atualizada×
).

Quando temos mais dinheiro do que precisamos para as despesas normais, devemos ser sábios e guardar também para eventualidades futuras. A Bíblia fala bem do poupador, quando diz que a formiga acumula sabiamente comida durante o inverno (Provérbios 6:6-11 Provérbios 6:6-11 [6] Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, considera os seus caminhos, e sê sábio; [7] a qual, não tendo chefe, nem superintendente, nem governador, [8] no verão faz a provisão do seu mantimento, e ajunta o seu alimento no tempo da ceifa. [9] o preguiçoso, até quando ficarás deitador? quando te levantarás do teu sono? [10] um pouco para dormir, um pouco para toscanejar, um pouco para cruzar as mãos em repouso; [11] assim te sobrevirá a tua pobreza como um ladrão, e a tua necessidade como um homem armado.
Almeida Atualizada×
). Também fala bem de alguém que prover para os filhos e os netos: "O homem de bem deixa uma herança aos filhos de seus filhos, mas a riqueza do pecador é depositada para o justo" (Provérbios 13:22 Provérbios 13:22O homem de bem deixa uma herança aos filhos de seus filhos; a riqueza do pecador, porém, é reservada para o justo.
Almeida Atualizada×
).

De fato, devemos entender que ter bastante dinheiro nos coloca em uma posição melhor para ajudar os necessitados. Por outro lado, a pobreza limita a nossa capacidade de ajudar os outros.

Armadilhas espirituais a serem evitadas

Porém, os exemplos positivos que acabamos de mencionar não é o quadro completo. O seguidor de Deus que quer ganhar dinheiro e continuar a segui-Lo deve evitar certas armadilhas espirituais. É fácil para uma pessoa que acumula bens materiais passar a confiar no dinheiro—em lugar de Deus—como sua fonte de proteção e estabilidade (Provérbios 18:11 Provérbios 18:11Os bens do rico são a sua cidade forte, e como um muro alto na sua imaginação.
Almeida Atualizada×
).

O apóstolo Paulo arrazoou sobre o dinheiro e a tentação: "Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores" (1 Timóteo 6:9-10 1 Timóteo 6:9-10 [9] Mas os que querem tornar-se ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, as quais submergem os homens na ruína e na perdição. [10] Porque o amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.
Almeida Atualizada×
).

De tais palavras algumas pessoas tiram a ideia de que a Bíblia ensina que o dinheiro é a raiz de todos os males. Porém, Paulo escreveu algo completamente diferente—que "o amor ao dinheiro é raiz de toda a espécie de males". O dinheiro, por si só, não é mau, mas colocar o dinheiro e a riqueza material como a maior prioridade da vida é uma grande armadilha espiritual.

Nessa passagem, Paulo aprimora a perspectiva sobre a riqueza que Jesus Cristo tinha apresentado alguns anos antes. Ao falar das prioridades de um cristão (Mateus 6:24-33 Mateus 6:24-33 [24] Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e �s riquezas. [25] Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto � vossa vida, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário? [26] Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não valeis vós muito mais do que elas? [27] Ora, qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado � sua estatura? [28] E pelo que haveis de vestir, por que andais ansiosos? Olhai para os lírios do campo, como crescem; não trabalham nem fiam; [29] contudo vos digo que nem mesmo Salomão em toda a sua glória se vestiu como um deles. [30] Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé? [31] Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que havemos de comer? ou: Que havemos de beber? ou: Com que nos havemos de vestir? [32] (Pois a todas estas coisas os gentios procuram.) Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso. [33] Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Almeida Atualizada×
), Jesus disse: "Não podeis servir a Deus e a Mamom" (versículo 24). A palavra Mamom foi traduzida de uma palavra semelhante em aramaico que significa riquezas, especialmente riquezas que mudam o foco da pessoa para longe de Deus. Nesse sentido, a riqueza é personificada como um senhor competindo com Deus, sendo assim inaceitável.

Apesar de reconhecer que as pessoas têm necessidades materiais, Cristo enfatizou que nossa maior prioridade deve ser sempre Deus. Jesus ensinou que temos de "buscar primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" (versículo 33).

Os comentários de Paulo a Timóteo nos ensinam a não endeusar o dinheiro ou permitir que ele se coloque entre nós e Deus. O dinheiro simplesmente é uma ferramenta que pode ser usada para bem ou para o mal. A chave está em nossa atitude.

Paulo acrescenta este conselho ao rico: "Manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que abundantemente nos dá todas as coisas para delas gozarmos; que façam o bem, enriqueçam em boas obras, repartam de boa mente e sejam comunicáveis; que entesourem para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a vida eterna" (1 Timóteo 6:17-19 1 Timóteo 6:17-19 [17] manda aos ricos deste mundo que não sejam altivos, nem ponham a sua esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus, que nos concede abundantemente todas as coisas para delas gozarmos; [18] que pratiquem o bem, que se enriqueçam de boas obras, que sejam liberais e generosos, [19] entesourando para si mesmos um bom fundamento para o futuro, para que possam alcançar a verdadeira vida.
Almeida Atualizada×
, grifo do autor).

Podemos buscar riqueza e vida eterna?

Noutra ocasião, um jovem perguntou a Jesus o que alguém devia fazer para herdar a vida eterna. Depois de Jesus ter lhe dito que deveria guardar os mandamentos de Deus, o homem Lhe respondeu que tinha guardado todos desde sua juventude (Marcos 10:17-20 Marcos 10:17-20 [17] Ora, ao sair para se pôr a caminho, correu para ele um homem, o qual se ajoelhou diante dele e lhe perguntou: Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna? [18] Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? ninguém é bom, senão um que é Deus. [19] Sabes os mandamentos: Não matarás; não adulterarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; a ninguém defraudarás; honra a teu pai e a tua mãe. [20] Ele, porém, lhe replicou: Mestre, tudo isso tenho guardado desde a minha juventude.
Almeida Atualizada×
). "E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me. Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste; porque possuía muitas propriedades".

"Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas! E os discípulos se admiraram destas suas palavras; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é, para os que confiam nas riquezas, entrar no reino de Deus! É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha, do que entrar um rico no reino de Deus" (versículos 21-25). (Ver também "O Fundo da Agulha").

Veja a reação dos discípulos quando ouviram os comentários de Jesus sobre como era difícil que um homem rico entrasse no reino: " . . . E eles se admiravam ainda mais, dizendo entre si: Quem poderá, pois, salvar-se? Jesus, porém, olhando para eles, disse: Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis" (versículos 26-27). A vida eterna é um presente para aqueles que buscam humildemente a Deus (João 3:16 João 3:16Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Almeida Atualizada×
; Romanos 6:23 Romanos 6:23Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.
Almeida Atualizada×
; Efésios 2:8-10 Efésios 2:8-10 [8] Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; [9] não vem das obras, para que ninguém se glorie. [10] Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas.
Almeida Atualizada×
). Todos, ricos ou pobres, dependem da misericórdia de Deus para ter a vida eterna.

Uma lição sobre prioridades

Jesus explicou que a vida eterna é um assunto espiritual de extrema importância. Intrinsecamente, o erro não estava na riqueza daquele homem. As prioridades dele estavam incorretas—seu apego impróprio à riqueza material. Cristo percebeu que o homem estava mais interessado em seu próprio dinheiro do que em Deus. Realmente, o jovem ficou desapontado com as palavras de Cristo "e foi embora triste, porque ele possuía muitas propriedades" (Marcos 10:22 Marcos 10:22Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitos bens.
Almeida Atualizada×
).

Alguns tentam desvirtuar esse episódio, dizendo que se trata de uma lição sobre a proscrição dos mandamentos de Deus, que o jovem afirmou ter guardado desde a juventude—e argumentam que Jesus estava introduzindo um novo conceito de justiça. No entanto, a realidade é que Jesus desafiou o jovem quanto a seu compromisso com os mandamentos, provando-o em relação ao primeiro mandamento, que proíbe ter quaisquer deuses diante do verdadeiro Deus. E, sem dúvida, o jovem colocou sua riqueza acima de Deus.

Essa passagem não significa que devemos dar tudo o que temos—a não ser que também tenhamos um problema semelhante, ou seja, priorizar mais nossos bens materiais do que a Deus. É claro que Deus vai nos exigir outros sacrifícios. Em todo caso, o importante é nos submeter a Ele de todo o coração.

Deus revelou em sua Palavra, a Bíblia, todo o conhecimento essencial que os seres humanos precisam para ficar em harmonia com os Seus caminhos, tanto físicos quanto espirituais. Deus entregou instruções específicas a Seu povo sobre o auxílio aos pobres (Deuteronômio 14:28-29 Deuteronômio 14:28-29 [28] Ao fim de cada terceiro ano levarás todos os dízimos da tua colheita do mesmo ano, e os depositarás dentro das tuas portas. [29] Então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), o peregrino, o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o Senhor teu Deus te abençoe em toda obra que as tuas mãos fizerem.
Almeida Atualizada×
; 15:1-2; 26:12-14). Sua Palavra dá instruções até mesmo sobre como Seu povo deveria prover financeiramente para guardar as solenidades religiosas anuais (Deuteronômio 12:17-18 Deuteronômio 12:17-18 [17] Dentro das tuas portas não poderás comer o dízimo do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, nem os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas, nem qualquer das tuas ofertas votivas, nem as tuas ofertas voluntárias, nem a oferta alçada da tua mão; [18] mas os comerás perante o Senhor teu Deus, no lugar que ele escolher, tu, teu filho, tua filha, o teu servo, a tua serva, e bem assim e levita que está dentre das tuas portas; e perante o Senhor teu Deus te alegrarás em tudo em que puseres a mão.
Almeida Atualizada×
; 14:22-27).

Jesus elevou a outro nível a lição da prioridade espiritual e financeira. Marcos continua: "Então Pedro começou a dizer a Ele, veja, nós deixamos tudo e O seguimos. Assim Jesus respondeu e disse, Seguramente, eu vos digo, não há ninguém que deixou casa ou irmãos ou irmãs ou pai ou mãe ou esposa ou filhos ou terras, por Minha causa e pelo evangelho que não receba cem vezes mais já neste tempo em casas e irmãos e irmãs e mães e filhos e terras, com perseguições e, no futuro, vida eterna" (Marcos 10:28-30 Marcos 10:28-30 [28] Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós deixamos tudo e te seguimos. [29] Respondeu Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou mãe, ou pai, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, [30] que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no mundo vindouro a vida eterna.
Almeida Atualizada×
).

Aqui, Jesus promete recompensas físicas e espirituais a quem O coloca em primeiro lugar. Assim, está claro que Ele não é contra a prosperidade—desde que não a façamos disso a maior prioridade de nossas vidas.

Ter sempre as prioridades corretas pode ser um verdadeiro desafio para as pessoas que foram abençoadas com bens materiais. Os ricos não devem se vangloriar em suas riquezas (Jeremias 9:23 Jeremias 9:23Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas;
Almeida Atualizada×
). Temos de nos lembrar da instrução de Cristo sobre nossas prioridades: " . . . ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração" (Mateus 6:20-21 Mateus 6:20-21 [20] mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não minam nem roubam. [21] Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração.
Almeida Atualizada×
).

As pessoas são preconceituosas

As pessoas podem ter preconceitos a respeito do dinheiro. Às vezes, o rico menospreza os pobres e, outras vezes, o pobre menospreza os ricos. Jesus não tinha esse preconceito. Ele comeu com cobradores de impostos e com pecadores desprezado, sendo chamado de amigo deles, (Mateus 9:10 Mateus 9:10Ora, estando ele � mesa em casa, eis que chegaram muitos publicanos e pecadores, e se reclinaram � mesa juntamente com Jesus e seus discípulos.
Almeida Atualizada×
; 11:19) e também pregava aos pobres (Mateus 11:5 Mateus 11:5os cegos vêem, e os coxos andam; os leprosos são purificados, e os surdos ouvem; os mortos são ressuscitados, e aos pobres é anunciado o evangelho.
Almeida Atualizada×
).

Ele não demonstrou nenhuma parcialidade e até se encontrava com os ricos (Mateus 27:57 Mateus 27:57Ao cair da tarde, veio um homem rico de Arimatéia, chamado José, que também era discípulo de Jesus.
Almeida Atualizada×
; Lucas 19:1-10 Lucas 19:1-10 [1] Tendo Jesus entrado em Jericó, ia atravessando a cidade. [2] Havia ali um homem chamado Zaqueu, o qual era chefe de publicanos e era rico. [3] Este procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da multidão, porque era de pequena estatura. [4] E correndo adiante, subiu a um sicômoro a fim de vê-lo, porque havia de passar por ali. [5] Quando Jesus chegou �quele lugar, olhou para cima e disse-lhe: Zaqueu, desce depressa; porque importa que eu fique hoje em tua casa. [6] Desceu, pois, a toda a pressa, e o recebeu com alegria. [7] Ao verem isso, todos murmuravam, dizendo: Entrou para ser hóspede de um homem pecador. [8] Zaqueu, porém, levantando-se, disse ao Senhor: Eis aqui, Senhor, dou aos pobres metade dos meus bens; e se em alguma coisa tenho defraudado alguém, eu lho restituo quadruplicado. [9] Disse-lhe Jesus: Hoje veio a salvação a esta casa, porquanto também este é filho de Abraão. [10] Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.
Almeida Atualizada×
). Foi um homem rico, que O seguia, que enterrou Jesus em sua tumba da família (Mateus 27:57-60 Mateus 27:57-60 [57] Ao cair da tarde, veio um homem rico de Arimatéia, chamado José, que também era discípulo de Jesus. [58] Esse foi a Pilatos e pediu o corpo de Jesus. Então Pilatos mandou que lhe fosse entregue. [59] E José, tomando o corpo, envolveu-o num pano limpo, de linho, [60] e depositou-o no seu sepulcro novo, que havia aberto em rocha; e, rodando uma grande pedra para a porta do sepulcro, retirou- se.
Almeida Atualizada×
). Jesus Cristo morreu por toda a humanidade, sem levar em conta a posição social ou financeira de ninguém.

As escrituras que repassamos mostram a neutralidade do dinheiro—nem é bom nem é ruim. Porém, nossa atitude quanto a ele, isso sim é importante. O dinheiro testa nossa submissão; ele torna visível se somos submissos a Deus ou a nossos bens. Na melhor das hipóteses, o dinheiro dever ser um instrumento usado para fins importantes. No próximo capítulo veremos que Cristo ensinou que um cristão tem obrigações financeiras—com Deus e com seu semelhante.