Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Diferentes Tipos de Anjos

Diferentes Tipos de Anjos

Muitos anjos cantam louvores a Deus Pai e a Jesus Cristo regularmente. Em Apocalipse 5:11-13 Apocalipse 5:11-13 [11] E olhei, e vi a voz de muitos anjos ao redor do trono e dos seres viventes e dos anciãos; e o número deles era miríades de miríades; e o número deles era miríades de miríades e milhares de milhares, [12] que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riqueza, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e louvor. [13] Ouvi também a toda criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e no mar, e a todas as coisas que neles há, dizerem: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, seja o louvor, e a honra, e a glória, e o domínio pelos séculos dos séculos:
Almeida Atualizada×
lemos: "E olhei e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões e milhares de milhares, que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças.

"E ouvi a toda criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono e ao Cordeiro sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre."

O louvor desse enorme coral de anjos parece ser constante!

No entanto, parece que esses anjos não são todos iguais.

Como vimos, no caso de Miguel e Gabriel, os anjos têm diferentes tipos de funções. E, curiosamente, a Bíblia mostra que há diferentes classificações de anjos também — nem todos são iguais!

Vejamos as categorias de anjos mencionadas nas Escrituras.

Serafins — ardentes

Ao relatar a história de seu chamado, o profeta Isaías nos diz algo notável: “No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e o seu séquito enchia o templo. Os serafins estavam acima dEle; cada um tinha seis asas: com duas cobriam o rosto, e com duas cobriam os pés, e com duas voavam. E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória" (Isaías 6:1-3 Isaías 6:1-3 [1] No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as orlas do seu manto enchiam o templo. [2] Ao seu redor havia serafins; cada um tinha seis asas; com duas cobria o rosto, e com duas cobria os pés e com duas voava. [3] E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos; a terra toda está cheia da sua glória.
Almeida Atualizada×
).

Como ocorreu com Ezequiel alguns anos depois (ver Ezequiel 1 e 10), Isaías tem uma visão de Deus no trono, sendo assistido por seres espirituais num templo celestial. Esses espíritos angelicais, identificados como serafins, poderiam ser uma classe ou tipo diferente de anjos daqueles querubins em Ezequiel. Não há descrição detalhada dos serafins, mas podemos notar esses atributos:

• Serafins têm seis asas.
• Eles cobrem seus rostos com um par de asas.
• Eles cobrem os pés com um par de asas.
• Voam com outro par de asas.
• A forma de serafins pode parecer a de uma pessoa em pé — mas com asas.
• Eles pairam acima do trono de Deus.
• Eles cantam bastantes louvores a Deus!

Observe que os serafins têm seis asas ao invés das quatro asas dos querubins em Ezequiel (em breve, veremos mais sobre isso). Entretanto, é possível que esses seres não sejam tão diferentes uns dos outros, afinal de contas.

Aqui [em Isaías 6:2 Isaías 6:2Ao seu redor havia serafins; cada um tinha seis asas; com duas cobria o rosto, e com duas cobria os pés e com duas voava.
Almeida Atualizada×
] a palavra serafins não foi traduzida. Ela significa, literalmente, "ardentes". No entanto é traduzida em outras partes das Escrituras como "serpentes ardentes" (Números 21:6 Números 21:6Então o Senhor mandou entre o povo serpentes abrasadoras, que o mordiam; e morreu muita gente em Israel.
Almeida Atualizada×
, 8; Deuteronômio 8:15 Deuteronômio 8:15que te conduziu por aquele grande e terrível deserto de serpentes abrasadoras e de escorpiões, e de terra árida em que não havia água, e onde te fez sair água da rocha pederneira;
Almeida Atualizada×
[ACF, ARC]) e em conjunto com outra palavra mais adiante no livro de Isaías como "serpente ardente voadora” (Isaías 14:29 Isaías 14:29Não te alegres, ó Filístia toda, por ser quebrada a vara que te feria; porque da raiz da cobra sairá um basilisco, e o seu fruto será uma serpente voadora.
Almeida Atualizada×
; 30:6).

Costuma-se pensar que o termo serpentes ardentes tem conotação com sua mordida. Contudo, pode referir-se também à qualidade refletiva das suas escamas vítreas, que são brilhantes. Curiosamente, a palavra hebraica para serpente, nachash, significa, literalmente, "brilhar". Uma tradução literal de Números 21:6 Números 21:6Então o Senhor mandou entre o povo serpentes abrasadoras, que o mordiam; e morreu muita gente em Israel.
Almeida Atualizada×
seria: "E enviou o Eterno entre o povo as brilhantes, ardentes, que morderam o povo".

Veja também: “Disse o SENHOR a Moisés: Faze uma serpente ardente [Heb: saraf], põe-na sobre uma haste...Fez Moisés uma serpente [Heb: nachash] de bronze e a pôs sobre uma haste...” (Numeros 21:8-9). Na verdade, a palavra bronze [Heb: nechoshef] é outra forma para nachash [serpente], aparentemente devido à sua qualidade brilhante. Em qualquer caso, parece que saraf e nachash são termos intercambiáveis (ver também A Companhia da Bíblia, E.W. Bulinger, Apêndice 19).

Então, o que Isaías viu desses serafins? Segundo o Dicionário Expositivo Completo das Palavras do Antigo e do Novo Testamento de Vine, ele pode ter visto "uma forma serpentina (embora com asas, mãos e voz humanas) ou seres que tenham uma característica ‘brilhante’" (seção do Antigo Testamento, "To Burn" [queimar, arder, ou abrasar], 1985, p. 27). Evidentemente, é preciso ressaltar que todos os anjos são seres brilhantes (comparar Apocalipse 10:1 Apocalipse 10:1E vi outro anjo forte que descia do céu, vestido de uma nuvem; por cima da sua cabeça estava o arco-íris; o seu rosto era como o sol, e os seus pés como colunas de fogo,
Almeida Atualizada×
; 18:1), também descritos como uma "labareda de fogo" (Hebreus 1:7 Hebreus 1:7Ora, quanto aos anjos, diz: Quem de seus anjos faz ventos, e de seus ministros labaredas de fogo.
Almeida Atualizada×
).

Tudo isso é muito interessante quando consideramos que as Escrituras se referem a Satanás como uma serpente e até mesmo como um "dragão vermelho" (Apocalipse 12:3 Apocalipse 12:3Viu-se também outro sinal no céu: eis um grande dragão vermelho que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete diademas;
Almeida Atualizada×
[Heb: purros, significando vermelho, como as chamas de fogo]). Isso parece muito como "serpente ardente voadora” (ou seja, saraf) para ser mera coincidência. E, no entanto, Satanás, claramente, é referido em Ezequiel 28:14-16 Ezequiel 28:14-16 [14] Eu te coloquei com o querubim da guarda; estiveste sobre o monte santo de Deus; andaste no meio das pedras afogueadas. [15] Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que em ti se achou iniqüidade. [16] Pela abundância do teu comércio o teu coração se encheu de violência, e pecaste; pelo que te lancei, profanado, fora do monte de Deus, e o querubim da guarda te expulsou do meio das pedras afogueadas.
Almeida Atualizada×
como um querubim. Ou talvez um querubim e um saraf sejam a mesma coisa.

Sem dúvida, parece haver algumas pequenas diferenças entre as criaturas que Isaías e Ezequiel viram – e depois o apóstolo João (comparar Apocalipse 4:6-8 Apocalipse 4:6-8 [6] também havia diante do trono como que um mar de vidro, semelhante ao cristal; e ao redor do trono, um ao meio de cada lado, quatro seres viventes cheios de olhos por diante e por detrás; [7] e o primeiro ser era semelhante a um leão; o segundo ser, semelhante a um touro; tinha o terceiro ser o rosto como de homem; e o quarto ser era semelhante a uma águia voando. [8] Os quatro seres viventes tinham, cada um, seis asas, e ao redor e por dentro estavam cheios de olhos; e não têm descanso nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, aquele que era, e que é, e que há de vir.
Almeida Atualizada×
). Nesse caso, talvez os querubins sejam uma classe de serafins, mas diferentes da classe vista por Isaías. Contudo, pode ser que os querubins de Ezequiel eram realmente as mesmas criaturas vistas por Isaías, pois talvez elas estivessem fazendo alguma atividade diferente para que Ezequiel não visse o par de asas extras que Isaías e João viram.

Ou talvez essas criaturas sejam capazes de mudar de aparência ou de forma até mesmo no reino espiritual — às vezes com seis asas e às vezes com quatro, às vezes com quatro faces e às vezes com uma. Embora não possamos entender o motivo disso, não devemos supor que isso esteja fora de questão — já que os anjos justos podem até aparecer na forma humana, que não é sua forma natural. Devemos lembrar que estes são seres espirituais, que existem numa dimensão espiritual não limitada pelas leis físicas de nosso reino físico.

Querubins — com quatro rostos

Muitos de nós ouvimos falar dos querubins. Mas, infelizmente, o que foi retratado em obras de arte ao longo dos milênios quase sempre é incorreto. As pequenas criancinhas de querubins com duas asas não são como os verdadeiros querubins de Deus. (Na língua hebraica, querube é singular e querubim é plural – o mesmo com seraf e serafim).

Como vimos, Lúcifer já foi um querubim ungido no trono de Deus (Ezequiel 28:13-14 Ezequiel 28:13-14 [13] Estiveste no Éden, jardim de Deus; cobrias-te de toda pedra preciosa: a cornalina, o topázio, o ônix, a crisólita, o berilo, o jaspe, a safira, a granada, a esmeralda e o ouro. Em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados. [14] Eu te coloquei com o querubim da guarda; estiveste sobre o monte santo de Deus; andaste no meio das pedras afogueadas.
Almeida Atualizada×
). Mas ele foi expulso, e Deus agora se refere a ele como Satanás, que significa "inimigo" ou "adversário".

Deus montou em um querubim para salvar Davi! O poder do reino angelical é revelado nesta passagem de 2 Samuel:

"Estando em angústia, invoquei ao SENHOR e a Meu Deus clamei; do Seu templo ouviu Ele a minha voz, e o meu clamor chegou aos Seus ouvidos. Então, se abalou e tremeu a terra, os fundamentos dos céus se moveram e abalaram, porque Ele se irou.  Subiu a fumaça de Seus narizes, e, da Sua boca, um fogo devorador; carvões se incenderam dEle. E abaixou os céus, e desceu, e uma escuridão havia debaixo de Seus pés. E subiu um querubim, e voou; e foi visto sobre as asas do vento" (2 Samuel 22:7-11 2 Samuel 22:7-11 [7] Na minha angústia invoquei ao Senhor; sim, a meu Deus clamei; do seu templo ouviu ele a minha voz, e o meu clamor chegou aos seus ouvidos. [8] Então se abalou e tremeu a terra, os fundamentos dos céus se moveram; abalaram-se porque ele se irou. [9] Das suas narinas subiu fumaça, e da sua boca um fogo devorador, que pôs carvões em chamas. [10] Ele abaixou os céus, e desceu; e havia escuridão debaixo dos seus pés. [11] Montou num querubim, e voou; apareceu sobre as asas do vento.
Almeida Atualizada×
). Esta passagem é repetida em Salmos 18:7-10 Salmos 18:7-10 [7] Então a terra se abalou e tremeu, e os fundamentos dos montes também se moveram e se abalaram, porquanto ele se indignou. [8] Das suas narinas subiu fumaça, e da sua boca saiu fogo devorador; dele saíram brasas ardentes. [9] Ele abaixou os céus e desceu; trevas espessas havia debaixo de seus pés. [10] Montou num querubim, e voou; sim, voou sobre as asas do vento.
Almeida Atualizada×
: "E (Deus) montou num querubim e voou; sim, voou sobre as asas do vento" (versículo 10).

E o Salmo 80 fala sobre Deus assentado entre os querubins: “Ó pastor de Israel, dá ouvidos; Tu, que guias a José como a um rebanho, que te assentas entre os querubins, resplandece" (versículo 1). Alguns outros versos dizem o mesmo, como vimos anteriormente.

Agora vamos ver uma incrível descrição desses querubins no trono de Deus. Aqui está o que Ezequiel viu Deus montando. Ele descreve uma visão impressionante e espantosa!

"Veio expressamente a palavra do SENHOR a Ezequiel, filho de Buzi, o sacerdote, na terra dos caldeus, junto ao rio Quebar, e ali esteve sobre ele a mão do SENHOR. Olhei, e eis que um vento tempestuoso vinha do Norte, e uma grande nuvem, com um fogo a revolver-se, e um resplendor ao redor dela, e no meio uma coisa como de cor de âmbar, que saía dentre o fogo. E, do meio dela, saía a semelhança de quatro animais.

"E esta era a sua aparência: tinham a semelhança de um homem. E cada um tinha quatro rostos, como também cada um deles, quatro asas. E os seus pés eram pés direitos; e as plantas dos seus pés, como a planta do pé de uma bezerra, e luziam como a cor de cobre polido. E tinham mãos de homem debaixo das suas asas, aos quatro lados; e assim todos quatro tinham seus rostos e suas asas. Uniam-se as suas asas uma à outra; não se viravam quando andavam; cada qual andava diante do seu rosto.

"E a semelhança do seu rosto era como o rosto de homem; e, à mão direita, todos os quatro tinham rosto de leão, e, à mão esquerda, todos os quatro tinham rosto de boi, e também rosto de águia, todos os quatro...quanto à semelhança dos animais, o seu parecer era como brasas de fogo ardentes, como uma aparência de tochas; o fogo corria por entre os animais, e o fogo resplandecia . . .

"E, andando eles, ouvi o ruído das suas asas, como o ruído de muitas águas, como a voz do Onipotente, a voz de um estrondo, como o estrépito de um exército; parando eles, abaixavam as suas asas...E, por cima do firmamento, que estava por cima da sua cabeça, havia uma semelhança de trono como de uma safira; e, sobre a semelhança do trono, havia como que a semelhança de um homem, no alto, sobre ele . . .

"Como o aspecto do arco que aparece na nuvem no dia da chuva, assim era o aspecto do resplendor em redor. Este era o aspecto da semelhança da glória do SENHOR; e, vendo isso, caí sobre o meu rosto e ouvi a voz de Quem falava" (Ezequiel 1:3-10 Ezequiel 1:3-10 [3] veio expressamente a palavra do Senhor a Ezequiel, filho de Buzi, o sacerdote, na terra dos caldeus, junto ao rio Quebar; e ali esteve sobre ele a mão do Senhor. [4] Olhei, e eis que um vento tempestuoso vinha do norte, uma grande nuvem, com um fogo que emitia de contínuo labaredas, e um resplendor ao redor dela; e do meio do fogo saía uma coisa como o brilho de âmbar. [5] E do meio dela saía a semelhança de quatro seres viventes. E esta era a sua aparência: tinham a semelhança de homem; [6] cada um tinha quatro rostos, como também cada um deles quatro asas. [7] E as suas pernas eram retas; e as plantas dos seus pés como a planta do pé dum bezerro; e luziam como o brilho de bronze polido. [8] E tinham mãos de homem debaixo das suas asas, aos quatro lados; e todos quatro tinham seus rostos e suas asas assim: [9] Uniam-se as suas asas uma � outra; eles não se viravam quando andavam; cada qual andava para adiante de si; [10] e a semelhança dos seus rostos era como o rosto de homem; e � mão direita todos os quatro tinham o rosto de leão, e � mão esquerda todos os quatro tinham o rosto dé boi; e também tinham todos os quatro o rosto de águia;
Almeida Atualizada×
, 13, 24-28).

Mais tarde, o profeta Ezequiel registra outra visão dos querubins e suas rodas num movimento sobrenatural no mundo espiritual:

"E apareceu nos querubins uma semelhança de mão de homem debaixo das suas asas. Então, olhei, e eis quatro rodas junto aos querubins, uma roda junto a cada querubim; e o aspecto das rodas era como cor de pedra de turquesa . . .

"E todo o seu corpo, e as suas costas, e as suas mãos, e as suas asas, e as rodas, as rodas que os quatro tinham, estavam cheias de olhos em redor...cada um tinha quatro rostos: o rosto do primeiro era rosto de querubim, e o rosto do segundo era rosto de homem, e do terceiro era rosto de leão, e do quarto, rosto de águia. E os querubins se elevaram ao alto; estes são os mesmos animais que vi junto ao rio Quebar . . .

"E os querubins alçaram as suas asas e se elevaram da terra aos meus olhos, quando saíram; e as rodas os acompanhavam e pararam à entrada da porta oriental da Casa do SENHOR; e a glória do Deus de Israel estava no alto, sobre eles. Estes são os animais que vi debaixo do Deus de Israel, junto ao rio Quebar, e conheci que eram querubins" (Ezequiel 10:8-9 Ezequiel 10:8-9 [8] E apareceu nos querubins uma semelhança de mão de homem debaixo das suas asas. [9] Então olhei, e eis quatro rodas junto aos querubins, uma roda junto a um querubim, e outra roda junto a outro querubim; e o aspecto das rodas era como o brilho de pedra de crisólita.
Almeida Atualizada×
, 12, 14-15, 19-20).

Observe que as quatro faces nos capítulos 1 e 10 são as mesmas, exceto que em vez da face de boi no capítulo 1, o capítulo 10 diz que era um rosto de querubim. Isso deve significar que o principal rosto de um querubim é de um boi.

Então, mais uma vez, como são querubins?

• Os querubins são descritos como tendo quatro asas.
• Dois querubins cobrem o trono de Deus com suas asas.
• Quatro deles ficam debaixo do trono móvel do SENHOR, segurando-o.
• Cada um deles parece ter uma forma humana comum, mas sua cabeça tem quatro rostos!

Os querubins são mostrados transportando o trono de Deus em "rodas" sobrenaturais cheias de "olhos" (embora essas "rodas" possam ser mais duas asas giratórias, talvez a aparência de "olhos" seja por causa dessa rotação, que totalizam seis asas — assim como os serafins que voavam somente com duas de suas asas).

Outra vez, os querubins podem ser muito diferentes dos serafins ou podem ser essencialmente iguais ou até podem ser outro tipo de serafim. A Bíblia não nos fornece uma explicação completa.

Curiosamente, encontramos criaturas compostas na arte e na mitologia da antiguidade semelhantes aos querubins vistos por Ezequiel e às quatro criaturas vivas que vamos analisar a seguir (ver "Existem Recordações dos Querubins desde o Mundo Antigo?"

Os "quatro seres viventes" de Apocalipse e outros animais semelhantes

Ezequiel descreveu que viu “quatro seres viventes” (Ezequiel 1:5 Ezequiel 1:5E do meio dela saía a semelhança de quatro seres viventes. E esta era a sua aparência: tinham a semelhança de homem;
Almeida Atualizada×
, ARA, ACF [animais, ARC]). O livro do Apocalipse também revela que havia "quatro seres viventes [animais]" no trono de Deus no céu. Aqui está o que podemos extrair do que foi revelado ao apóstolo João:

• Os quatro seres viventes [animais] estão no meio e ao redor do trono de Deus.
• Eles têm seis asas (como os serafins).
• Cada um tem a semelhança de uma criatura representada por um dos quatro diferentes rostos dos querubins.
• Eles estão cheios de olhos.
• Os quatro seres viventes nunca descansam.
• Eles louvam continuamente a Deus.

João explica o que viu: "Imediatamente, eu me achei em espírito, e eis armado no céu um trono, e, no trono, alguém sentado...Há diante do trono um como que mar de vidro, semelhante ao cristal, e também, no meio do trono e à volta do trono, quatro seres viventes cheios de olhos por diante e por detrás" (Apocalipse 4:2 Apocalipse 4:2Imediatamente fui arrebatado em espírito, e eis que um trono estava posto no céu, e um assentado sobre o trono;
Almeida Atualizada×
, 6, ARA [animais, ARC, ACF]). Eles parecem ter olhos na parte de trás de suas cabeças! Se esses olhos estão associados às asas, talvez isso seja semelhante à plumagem do pavão — onde o que parece ser olhos pode ser visto de ambos os lados. (As asas de algumas borboletas e traços também são adornadas com o que parecem ser olhos).

"O primeiro ser vivente é semelhante a leão, o segundo, semelhante a novilho, o terceiro tem o rosto como de homem, e o quarto ser vivente é semelhante à águia quando está voando. E os quatro seres viventes, tendo cada um deles, respectivamente, seis asas, estão cheios de olhos, ao redor e por dentro; não têm descanso, nem de dia nem de noite, proclamando: Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, aquele que era, que é e que há de vir" (Apocalipse 4:7-8 Apocalipse 4:7-8 [7] e o primeiro ser era semelhante a um leão; o segundo ser, semelhante a um touro; tinha o terceiro ser o rosto como de homem; e o quarto ser era semelhante a uma águia voando. [8] Os quatro seres viventes tinham, cada um, seis asas, e ao redor e por dentro estavam cheios de olhos; e não têm descanso nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, aquele que era, e que é, e que há de vir.
Almeida Atualizada×
, ARA).

Esses seres também podem não ser muito diferentes dos querubins e dos serafins — considerando que estão além de nossas dimensões físicas normais e podem aparecer de maneiras deslocadas e, provavelmente, podem mudar de forma.

Outra coisa a notar aqui é quais as faces e formas que surgiram primeiro — as dos seres angelicais ou as dos animais físicos na Terra? Como já vimos, os anjos foram criados primeiro. Então, em vez de um anjo ter um rosto de leão, podemos dizer que um leão tem um rosto de anjo e uma águia tem um rosto de anjo e um boi tem um rosto de anjo.

E talvez até mais animais do reino físico tenham sido modelados segundo a aparência dos anjos. Nós vimos que o SENHOR veio montado em um querubim, mas em Apocalipse 19 vemos Cristo retornando em um cavalo branco. Será que isso é apenas uma imagem simbólica? Ou esses anjos se parecem mesmo com cavalos? Ou será que os querubins podem assumir a forma de cavalo? Isso é um assunto contemplativo e muito fascinante.

Os "vinte e quatro anciãos"

A última categoria de espíritos angélicos é referida como os "vinte e quatro anciãos", que estão no trono de Deus. Apocalipse 4 a 5 descreve o que sabemos sobre eles:

"Ao redor do trono [de Deus] há também vinte e quatro tronos, e assentados neles, vinte e quatro anciãos vestidos de branco, em cujas cabeças estão coroas de ouro...Quando esses seres viventes derem glória, honra e ações de graças ao que se encontra sentado no trono, ao que vive pelos séculos dos séculos, os vinte e quatro anciãos prostrar-se-ão diante Daquele que se encontra sentado no trono, adorarão o que vive pelos séculos dos séculos e depositarão as suas coroas diante do trono, proclamando: Tu és digno, Senhor e Deus nosso, de receber a glória, a honra e o poder, porque todas as coisas Tu criaste, sim, por causa da Tua vontade vieram a existir e foram criadas . . .

"Então, vi, no meio do trono e dos quatro seres viventes e entre os anciãos, de pé, um Cordeiro [Jesus Cristo] como tendo sido morto. Ele tinha sete chifres, bem como sete olhos, que são os sete Espíritos de Deus enviados por toda a terra. Veio, pois, e tomou o livro da mão direita daquele que estava sentado no trono . . .

"E, quando tomou o livro, os quatro seres viventes e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles uma harpa e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos, e entoavam novo cântico, dizendo: Digno És de tomar o livro e de abrir-lhe os selos, porque foste morto e com o Teu sangue compraste para Deus os que procedem de toda tribo, língua, povo e nação e para o nosso Deus os constituíste reino e sacerdotes; e reinarão sobre a terra” (Apocalipse 4:4 Apocalipse 4:4Havia também ao redor do trono vinte e quatro tronos; e sobre os tronos vi assentados vinte e quatro anciãos, vestidos de branco, que tinham nas suas cabeças coroas de ouro.
Almeida Atualizada×
, 9-11; 5:6-10, ARA).

Então, vemos o seguinte:

• Os vinte e quatro anciãos estão vestidos com roupas brancas.
• Cada ancião tem uma coroa de ouro na cabeça.
• Eles cantam louvores a Deus e cantam hinos a nosso favor!
• Esses seres com coroas, evidentemente, exercem um papel na administração do reino angélico — ainda que seu governo, obviamente, está sob o controle de Deus.

Portanto, vemos que a Bíblia revela diferentes classes de anjos. E eles são muito diferentes das representações comuns dos filmes hollywoodianos, dos programas de televisão e da arte clássica. Uma coisa é certa: eles são seres realmente impressionantes e surpreendentes!