Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

O Mundo Antes do Homem: A Explicação Bíblica

Você está aqui

O Mundo Antes do Homem

A Explicação Bíblica

Anteriormente, analisamos os pontos fracos da teoria da evolução como explicação para a complexidade desconcertante das formas de vida que vemos ao nosso redor. Agora vamos voltar para a própria Bíblia para ver o que o Deus Criador tem a dizer sobre a Sua criação.

Ao somarmos as idades dos patriarcas bíblicos chegamos uma data de cerca de seis mil anos atrás para os primeiros pais humanos, Adão e Eva, criados por Deus, no final de seis dias de criação. Então, como entender isso se cientistas afirmam que o universo e nosso planeta têm bilhões de anos? Embora possa haver falhas nos métodos de datação, considere que as pessoas muitas vezes fazem suposições erradas sobre o que diz a Bíblia.  O que ela realmente revela?

O primeiro capítulo de Gênesis é esclarecido em outras passagens

Tenha em mente que Deus não costuma explicar tudo o que há para saber sobre um assunto em um só lugar na Bíblia. Até mesmo os escritores bíblicos, inspirados por Ele, nem sempre entendiam completamente o que registravam (comparar Daniel 12:8-9 Daniel 12:8-9 [8] Eu, pois, ouvi, mas não entendi; por isso perguntei: Senhor meu, qual será o fim destas coisas? [9] Ele respondeu: Vai-te, Daniel, porque estas palavras estão cerradas e seladas até o tempo do fim.
Almeida Atualizada×
, 1 Pedro 1:10-12 1 Pedro 1:10-12 [10] Desta salvação inquiririam e indagaram diligentemente os profetas que profetizaram da graça que para vós era destinada, [11] indagando qual o tempo ou qual a ocasião que o Espírito de Cristo que estava neles indicava, ao predizer os sofrimentos que a Cristo haviam de vir, e a glória que se lhes havia de seguir. [12] Aos quais foi revelado que não para si mesmos, mas para vós, eles ministravam estas coisas que agora vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho; para as quais coisas os anjos bem desejam atentar.
Almeida Atualizada×
). E, muitas vezes, Ele dá mais detalhes em outras passagens. Assim acontece com Gênesis 1.

Veja, por exemplo, que Gênesis 1:1 Gênesis 1:1No princípio criou Deus os céus e a terra.
Almeida Atualizada×
diz: “No princípio, criou Deus os céus e a terra”. Pode parecer que este versículo descreve o início de tudo, porém Deus mais tarde revela detalhes dos eventos e condições que ocorreram antes disso.

O apóstolo João, escrevendo sob a inspiração de Deus, nos leva de volta a um tempo que antecede os acontecimentos descritos no primeiro capítulo de Gênesis. “No princípio”, diz ele, “era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez” (João 1:1-3 João 1:1-3 [1] No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. [2] Ele estava no princípio com Deus. [3] Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez.
Almeida Atualizada×
, ênfase adicionada).

Aqui, a Bíblia revela que, antes da criação dos céus e da terra descrita em Gênesis 1, o Verbo divino (Aquele que se tornou Jesus, versículo 14) estava com Deus e Deus fez tudo através dEle. Nada disso é revelado no relato do Gênesis, mas esses detalhes nos ajudam a entender quem Deus era no início e no momento da criação da Terra. Vemos que João nos dá mais informação que nos ajuda a entender o que aconteceu. (Para entender melhor quem e o que é Deus, e como a criação prova a Sua existência, baixe ou solicite sua cópia gratuita do livro A Questão Fundamental da Vida: Deus Existe? em www.revistaboanova.org/literatura).

Da mesma forma, Gênesis 1:2 Gênesis 1:2A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.
Almeida Atualizada×
descreve a Terra como sendo “sem forma e vazia”. Esta descrição superficial não oferece nenhuma explicação porque a Terra estava nesta condição. No entanto, Deus revela mais detalhes em outras partes da Sua Palavra.

Apesar de não ser mencionado em Gênesis, Deus em outros lugares explica que os anjos estavam presentes na criação da Terra. Nós encontramos esse detalhe registrado no livro de Jó, onde Deus pergunta a Jó: “Onde estavas tu quando eu fundava a terra? . . . Quem assentou a sua pedra de esquina, quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de Deus rejubilavam?” (Jó 38:4 Jó 38:4Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Faze-mo saber, se tens entendimento.
Almeida Atualizada×
, 6-7). As “estrelas da alva” e os “filhos de Deus”—os anjos—exultaram quando viram a Terra passar a existir milagrosamente.

A revolta angelical

A chave para entender por que a terra estava “sem forma e vazia” tem a ver com o que aconteceu com alguns desses anjos. Novamente, Gênesis não descreve nada dessa história angelical. Porém mais tarde, em Sua Palavra, Deus revela que havia um grande anjo, Lúcifer, que se rebelou contra Ele: “Como caíste do céu, ó estrela da manhã [Vulg., “Lúcifer”], filha da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, e, acima das estrelas de Deus... Subirei acima das mais altas nuvens e serei semelhante ao Altíssimo” (Isaías 14:12-14 Isaías 14:12-14 [12] Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! como foste lançado por terra tu que prostravas as nações! [13] E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono; e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do norte; [14] subirei acima das alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.
Almeida Atualizada×
).

Aqui Deus explica que Lúcifer tinha um trono, o que representa uma posição de liderança e autoridade. Ele insurgiu-se de algum lugar inferior para tentar derrubar a Deus, mas foi “lançado ao chão”.

Onde ficava este lugar do trono de Lúcifer? Jesus Cristo, que a tudo assistiu era o “Verbo” ao lado de Deus na criação, revela mais detalhes. “Eu via Satanás, como raio, cair do céu”, disse Ele (Lucas 10:18 Lucas 10:18Respondeu-lhes ele: Eu via Satanás, como raio, cair do céu.
Almeida Atualizada×
). Lúcifer, que se tornou Satanás (significa adversário) em sua rebelião, foi expulso do céu—para a Terra!

A Bíblia explica que Satanás mantém sua autoridade sobre este planeta. Observe o que Satanás disse a Cristo: “E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe, num momento de tempo, todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória, porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero” (Lucas 4:5-6 Lucas 4:5-6 [5] Então o Diabo, levando-o a um lugar elevado, mostrou-lhe num relance todos os reinos do mundo. [6] E disse-lhe: Dar-te-ei toda a autoridade e glória destes reinos, porque me foi entregue, e a dou a quem eu quiser;
Almeida Atualizada×
).

Jesus resistiu a essa tentação, mas não contestou a afirmação da atual autoridade de Satanás, depois até o chamou de “o príncipe deste mundo” (João 12:31 João 12:31Agora é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo.
Almeida Atualizada×
; 14:30; 16:11). Ele aparece em outro lugar onde é chamado de “o deus deste século” (2 Coríntios 4:4 2 Coríntios 4:4nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.
Almeida Atualizada×
).

Não é por acaso que, em Gênesis 3, logo depois que Deus criou Adão e Eva, Satanás apareceu em cena no jardim como uma serpente. A terra estava—e ainda está—sob seu domínio. Ele tinha sido expulso para a Terra antes da criação do homem. Como visto no relato da tentação de Cristo, Satanás tinha recebido autoridade sobre a Terra. Em seguida, ele se rebelou contra Deus em uma batalha em que foi lançado de volta à Terra, como disse Cristo. (Para saber mais, baixe ou solicite nosso livro gratuito O Diabo Realmente Existe?).

A Terra é o reino de Satanás. O livro de Jó registra Deus conversando com Satanás: “De onde vens?” Satanás respondeu: “De rodear a terra e passear por ela” (Jó 1:7 Jó 1:7O Senhor perguntou a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela.
Almeida Atualizada×
).

Como a Terra tornou-se devastada e vazia

Em Gênesis não vemos detalhes da inspiradora criação inicial, a criação bem antes de Adão e Eva onde os anjos cantaram de alegria. E aí não lemos como a criação veio a ser um caos—“sem forma e vazia”.

O texto, porém, não oferece pistas. Observe que a Bíblia Nova Versão Internacional tem uma anotação marginal sobre a tradução de Gênesis 1:2 Gênesis 1:2A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.
Almeida Atualizada×
, assim definindo entre parênteses: “A terra era [ou, possivelmente, tornou-se] sem forma e vazia . . .”.

Deus revela em algum outro lugar de Sua Palavra como a Terra veio a ficar neste estado desordenado, “sem forma e vazia”? Ele nos dá algumas dicas no livro de Isaías. “Porque assim diz o senhor que tem criado os céus, o Deus que formou a terra e a fez; ele a estabeleceu, não a criou vazia, mas a formou para que fosse habitada: Eu sou o senhor, e não há outro”  (Isaías 45:18 Isaías 45:18Porque assim diz o Senhor, que criou os céus, o Deus que formou a terra, que a fez e a estabeleceu, não a criando para ser um caos, mas para ser habitada: Eu sou o Senhor e não há outro.
Almeida Atualizada×
).

O termo hebraico traduzido aqui como ‘vazia’ é mesma palavra traduzida como “sem forma” em Gênesis 1:2 Gênesis 1:2A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.
Almeida Atualizada×
. No entanto, aqui Isaías registra Deus dizendo que originalmente não criou a Terra nesta condição. Outros textos, tais como Isaías 34:11 Isaías 34:11Mas o pelicano e o ouriço a possuirão; a coruja e o corvo nela habitarão; e ele estenderá sobre ela o cordel de confusão e o prumo de vaidade.
Almeida Atualizada×
e Jeremias 4:23 Jeremias 4:23Observei a terra, e eis que era sem forma e vazia; também os céus, e não tinham a sua luz.
Almeida Atualizada×
, descrevem essa devastação similar sobre a Terra usando as mesmas palavras traduzidas como “sem forma e vazia” em Gênesis 1:2 Gênesis 1:2A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.
Almeida Atualizada×
. Não há dúvida de que estas palavras descrevem a Terra como estando vazia, abandonada, como um terreno baldio.

O relato de Gênesis simplesmente não providencia todos os detalhes. Mas a totalidade da Bíblia preenche essa história em outras partes. As peças que faltam são dadas em outras escrituras, que nos contam sobre a rebelião de Satanás contra Deus. E descrevem sua tentativa de derrubar a Deus e que, como resultado de uma grande batalha sobrenatural, ele foi lançado abaixo.

Nós vemos o que parece ser uma situação paralela em Apocalipse 12:7-9 Apocalipse 12:7-9 [7] Então houve guerra no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão. E o dragão e os seus anjos batalhavam, [8] mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou no céu. [9] E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.
Almeida Atualizada×
, que descreve uma tentativa de Satanás para derrubar Deus pouco antes do retorno de Cristo: “E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão; e batalhavam o dragão e os seus anjos, mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o diabo e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele”.

No entanto, Deus permitiu a Satanás manter a autoridade sobre este mundo atual. O próprio Satanás ofereceu a Jesus a oportunidade de compartilhar com ele esse governo sobre a Terra.

Como pôde ser visto, quando examinamos toda a Escritura, encontramos muito mais informações que iluminam e explicam o relato de Gênesis.

A Terra renovada e restaurada

Vejamos outra seção da Escritura onde Deus inspirou um salmo revelando mais sobre a Sua criação. “Ó Senhor”, escreve o salmista, “quão variadas são as tuas obras! Todas as coisas fizeste com sabedoria; cheia está a terra das tuas riquezas . . . Envias o teu Espírito, e são criados, e assim renovas a face da Terra” (Salmo 104:24, 30).

A superfície da Terra precisava de uma renovação, quando Deus criou as atuais formas de vida, que vemos ao nosso redor. Então, o que retrata o registro fóssil? Ele mostra uma série de fósseis de formas de vida em depósitos sedimentares espalhadas na crosta da Terra. O homem, tal como conhecemos, feito à imagem de Deus com enormes capacidades criativas e espirituais, deixou registros escritos que nos levam de volta a pouco mais de cinco mil anos.

Este é um pequeno espaço de tempo comparado com o que a maioria dos cientistas considera a idade da Terra e das estrelas, baseado em suas pesquisas. O homem, em um tempo incrivelmente curto, construiu as pirâmides —que até hoje desafiam qualquer construção. O homem viajou para a lua e enviou naves espaciais para explorar o nosso sistema solar e além. Tais realizações mostram a enorme diferença da Terra antes e depois de Adão.

Por quanto tempo os anjos existiram antes de o homem ser criado?  A Bíblia não revela a resposta. Quanto tempo Lúcifer levou para convencer a um terço dos anjos a rebelar-se contra Deus? (comparar Apocalipse 12:4 Apocalipse 12:4a sua cauda levava após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que estava para dar � luz, para que, dando ela � luz, lhe devorasse o filho.
Almeida Atualizada×
). Lembrem-se os anjos são seres espirituais, para quem o envelhecimento não tem nenhuma consequência (Lucas 20:36 Lucas 20:36porque já não podem mais morrer; pois são iguais aos anjos, e são filhos de Deus, sendo filhos da ressurreição.
Almeida Atualizada×
). Isso pode ter ocorrido em qualquer período de tempo, talvez milhões ou bilhões de anos, os anjos foram criados e viveram antes da criação de Adão e Eva e da renovação da terra descrita em Gênesis.

Parece que a rebelião de Satanás aconteceu depois de a Terra ter passado pela era dos dinossauros. Por conseguinte, os geólogos concordam que algo dramático ocorreu entre a idade dos répteis e a idade dos mamíferos.

Como o famoso paleontólogo George Gaylord Simpson comentou certa vez: “O evento mais intrigante da história da vida na Terra é a mudança da Era Mesozoica dos Répteis, para a . . . Era dos Mamíferos. É como se repentinamente uma cortina baixasse em um palco onde todos os papéis principais eram dos répteis, especialmente dinossauros, em grande número e variedade desconcertante, e voltasse a subir para revelar imediatamente o mesmo cenário, mas com um elenco totalmente novo, um elenco em que os dinossauros não fazem parte, os figurantes são outros tipos de répteis e os atores principais são todos desempenhados por mamíferos, de uma espécie que foi apenas sugerida nos atos anteriores” (A Vida Antes do Homem, 1972, pág. 42).

Aparentemente, isto reflete a mudança do mundo pré-adâmico para o mundo do homem. Certamente existem répteis menores em nosso mundo, mas eles são insignificantes em comparação com os que existiam na  época anterior.

Esta não é a única explicação disponível da “antiga terra”, mas parece ser a que tem mais sentido bíblico. Pois, ela aceita literalmente os dias de 24 horas da semana de criação (ou recriação) e, ao mesmo tempo, permite o espaço de um período indefinido antes da criação da humanidade, que pode incluir os dinossauros e as eras anteriores.

Para compreender melhor a explicação bíblica de uma criação inicial, seguida de destruição e mais tarde recriação, procure ler a “Idade da Terra: A Bíblia Indica Um Intervalo de Tempo Entre o Primeiro e o Segundo Versículo de Gênesis?” que começa na página 72. E para saber mais ainda deste período, leia “Gênesis 1 e os Dias da Criação” que começa  na página 75.

A explicação da Bíblia

A Bíblia pode explicar a evidência do registro fóssil, que aponta para uma terra antiga e a criação divina, ao mesmo tempo? Sim, ela pode. Nós não sabemos os detalhes do que aconteceu antes da era do homem. Mas Jesus Cristo nos assegurou que, quando Ele retornar “nada há encoberto que não haja de ser manifesto; e nada se faz para ficar oculto, mas para ser descoberto” (Marcos 4:22 Marcos 4:22Porque nada está encoberto senão para ser manifesto; e nada foi escondido senão para vir � luz.
Almeida Atualizada×
).

Em vez de tatear pelo labirinto caótico e confuso da teoria da evolução, devemos olhar para a Palavra de Deus para termos garantia. E é lá— diretamente do nosso Criador—que encontramos a verdade da origem  do homem.

Talvez a seguinte citação do notável escritor George Sim Johnston pode melhor resumir essa verdade: “O livro de Gênesis tem se mantido firme sob o escrutínio da geologia e da arqueologia moderna. A física do  século XX, além disso, descreve o começo do universo em praticamente os mesmos termos cosmológicos como Gênesis. O espaço, o tempo e a matéria vieram do nada em uma única explosão de luz inteiramente propícia para a vida baseada em carbono. Um número crescente de químicos e biólogos concorda que a vida teve sua origem a partir do modelo de barro (Gênesis 2:7 Gênesis 2:7E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida; e o homem tornou-se alma vivente.
Almeida Atualizada×
) . . . Eu diria que tudo isso é um desenvolvimento curioso para os darwinistas” (Reader’s Digest, Maio de 1991, pág. 31).

Mas essas coisas não são um “desenvolvimento curioso” para aqueles que acreditam fielmente em “toda a palavra que sai da boca de Deus” (Mateus 4:4 Mateus 4:4Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.
Almeida Atualizada×
), como Cristo acreditou. Eles sabem que tais verdades foram registradas na Bíblia para a humanidade há milhares de anos.

A Bíblia é que deve orientar o nosso padrão moral, para descobrirmos a nossa única fonte verdadeira de salvação e, talvez acima de tudo, para nossa crença no invisível Deus Criador. Então, não devemos duvidar da verdadeira origem das espécies mencionadas no épico da criação, que é o livro de rocha sólida sobre o início de tudo, Gênesis.

Será que realmente importa em que você acredita?

Nós vimos a história não contada da evolução: como os pilares que supostamente sustentam a evolução—o registro fóssil, a seleção natural e a mutação aleatória—não sustentam nada esta teoria. Temos visto que a evolução não pode ser explicada através dos inúmeros fatos que vemos no mundo ao nosso redor. Também vimos que o livro de Gênesis não entra em conflito com a ciência e que, quando se analisam as evidências, ele realmente oferece uma explicação muito mais sólida do que a  teoria darwiniana.

Então, o que você vai fazer com tudo isso? A escolha é sua de como você vê a evidência (e muitas das fontes citadas nas páginas 36-38 podem ajudá-lo a aprender muito mais).

Você pode escolher ficar com o ponto de vista de que não há um Criador e que tudo é simplesmente resultado do acaso cego, uma série de incidentes de sorte. Você pode decidir por si mesmo como deve viver e que valores e princípios utilizará para lidar com os outros. Você pode acreditar que o homem criou Deus e não ao contrário. Como Paulo assinalou há quase dois mil anos, muitas pessoas estão bastante satisfeitas de encontrar formas para arrazoar sobre toda a evidência de um Criador (Romanos 1:20-32 Romanos 1:20-32 [20] Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis; [21] porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. [22] Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos, [23] e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. [24] Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, � imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; [25] pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram � criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém. [26] Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário � natureza; [27] semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro. [28] E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm; [29] estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade; [30] sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pais; [31] néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, sem misericórdia; [32] os quais, conhecendo bem o decreto de Deus, que declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam.
Almeida Atualizada×
).

Por outro lado, você pode aceitar a evidência de que existe um  Criador que se importa com você de uma maneira que você não pode sequer imaginar.

Cerca de três mil anos atrás, o rei Davi registrou seus pensamentos ao olhar para magnificência do céu à noite. Ele orou a Deus: “Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que ali firmaste, pergunto: Que é o homem, para que com ele te importes? E o filho do homem, para que com ele te preocupes” (Salmo 8:3-4, NVI).

Davi entendeu que um Ser capaz de criar tamanha perfeição e esplendor deve ter um grande plano e um propósito para nós. E, de fato, Ele tem. Deus quer revelar esse propósito para você, para lhe mostrar o caminho para sair da dor e da tristeza que trouxemos sobre nós mesmos ao rejeitar os Seus caminhos. Ele faz este convite incrível: “Clama a mim, e responder-te-ei e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes” (Jeremias 33:3 Jeremias 33:3Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes.
Almeida Atualizada×
).

Resumimos algumas destas “coisas grandes e firmes” em nosso livro gratuito Qual É o Seu Destino? Este livro mostra das Escrituras o futuro que Deus tem planejado para aqueles que estão dispostos a acreditar nEle e aceitar o Seu convite. É um futuro muito além do vazio e propósito amoral, emocional e espiritual oferecido pela evolução.

“Coloquei diante de vocês a vida e a morte”, Ele nos diz. “Escolham a vida, para que vocês e os seus filhos vivam” (Deuteronômio 30:19 Deuteronômio 30:19O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,
Almeida Atualizada×
, NVI).

A escolha é sua.