Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Noé e Nosso Tempo: Um Paralelo Preocupante

Você está aqui

Noé e Nosso Tempo

Um Paralelo Preocupante

Aqui nós vemos a história e a profecia trabalhando juntas. O significado é claro: A atitude das pessoas nos dias de Noé iria prevalecer novamente pouco antes da segunda vinda de Cristo. Como no primeiro caso, Deus seria considerado tão distante e despreocupado com as atividades humanas na terra que a vida continuaria como sempre (2 Pedro 3:3-6 2 Pedro 3:3-6 [3] sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores com zombaria andando segundo as suas próprias concupiscências, [4] e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação. [5] Pois eles de propósito ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste; [6] pelas quais coisas pereceu o mundo de então, afogado em água;
Almeida Atualizada×
). Como antes, as pessoas seriam indiferentes quanto à sua verdadeira condição espiritual e cegas diante do iminente julgamento de Deus.

O ponto-chave do exemplo dado por Cristo é entender que as pessoas estarão tão preocupadas com os cuidados desta vida que ignorarão seu Criador (Mateus 6:33 Mateus 6:33Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Almeida Atualizada×
, Lucas 21:34-35 Lucas 21:34-35 [34] Olhai por vós mesmos; não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e aquele dia vos sobrevenha de improviso como um laço. [35] Porque há de vir sobre todos os que habitam na face da terra.
Almeida Atualizada×
). Já aconteceu antes e está acontecendo novamente.

O apóstolo Paulo predisse a mesma forma generalizada de egoísmo que dominaria o pensamento das pessoas nos últimos dias: “Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos; porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela” (2 Timóteo 3:1-5 2 Timóteo 3:1-5 [1] Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos; [2] pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a seus pais, ingratos, ímpios, [3] sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, [4] traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, [5] tendo aparência de piedade, mas negando-lhe o poder. Afasta- te também desses.
Almeida Atualizada×
).

Isso descreve perfeitamente a atitude global e as perspectivas de nossa época. Esse tipo de pensamento vai impedir que a grande maioria da humanidade creia em Deus e nos sinais de advertência bíblica, indicando o retorno iminente de Cristo. Como o povo no tempo de Noé, que riram e zombaram quando ele construiu a arca, o fim desta época virá quando a esmagadora maioria estiver despreparada.