Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Introdução

Introdução

Download (Baixar)
MP3 Audio (4.65 MB)

Download (Baixar)

Introdução

MP3 Audio (4.65 MB)
×

Você acredita que há muitos caminhos que levam à salvação?

Embora muitas igrejas tenham processos formais para admitir crentes em seu grupo, as suas práticas diferem grandemente. Cada um parece tomar um caminho diferente. Até mesmo suas cerimônias de baptismo são diferentes. Algumas batizam por aspersão outras por efusão. Enquanto outras submergem totalmente a pessoa em rios ou em lagos. Alguns grupos batizam bebês e outros não. Ainda outros creem que o batismo não é necessário.

Muitos declaram que sua autoridade vem da Bíblia, contudo divergem muito de suas práticas. Será que essas diferenças de crenças e costumes têm justificava na Bíblia? E será que isso realmente interessa a você ou a Deus?

Quando você pensa em ter um relacionamento com Deus, o que lhe vem à mente? Você se imagina indo a uma reunião de reavivamento ou assistindo a um programa evangélico? O que dizer sobre reuniões de oração ou bingos patrocinados por igrejas? Talvez seu único contato com religião tenha sido com vendedores livros evangélicos ou com o evangelismo de porta em porta ou com pregadores de praças públicas.

Não causa nenhum espanto esses variados e contraditórios meios de abordagem fazerem muitas pessoas desprezarem completamente a religião. Para alguns, a ideia de que alguém possa viver para sempre com certeza deve ser uma daquelas hipóteses muito boas para ser verdade. Para uma pessoa cínica, o batismo pode parecer apenas um termo religioso vazio ou um costume curioso, e sugerir que isso é um passo necessário para a vida eterna lhe parece ridículo.

Mas o que você pensa sobre isso? Você sabe o que a Bíblia revela sobre esse importante assunto? Observe o que o próprio Jesus Cristo tem a dizer: “Ninguém pode vir a Mim, se o Pai, que Me enviou, o não trouxer; e Eu o ressuscitarei no último dia” (João 6:44 João 6:44Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia.
Almeida Atualizada×
, grifo nosso).

Claramente, vir a Deus é um processo que Ele mesmo inicia, e que nós devemos escolher se aceitamos ou rejeitamos essa proposta de seguir Seu caminho. Se aceitarmos, então temos que seguir um processo definido por Ele e revelado nitidamente nas Escrituras.

No Dia de Pentecostes, após a morte e ressurreição de Cristo, o apóstolo Pedro instruiu as pessoas ali reunidas a se arrepender e se batizar em nome de Jesus Cristo para perdão de seus pecados (Atos 2:38 Atos 2:38Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.
Almeida Atualizada×
). Então Deus deu àqueles que o fizeram o Seu Espírito Santo, o qual Ele também nos dará se seguirmos esses mesmos passos, que nos capacita a viver a nova vida para a qual Ele nos chamou.

O batismo representa o compromisso mais importante que um ser humano pode fazer na sua vida. Embora seja uma cerimônia simples, ele confirma, convincentemente, as profundas mudanças no coração e na mente. Ele representa a total rejeição do passado pecaminoso e o início de uma nova vida entregue completamente a Jesus Cristo como nosso Senhor e Salvador.

Deus deseja ardentemente que nós tomemos este caminho. “O Senhor...é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se” (2 Pedro 3:9 2 Pedro 3:9O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se.
Almeida Atualizada×
). Aceitando a Sua oferta permite-nos sermos Seus filhos e filhas. Em João 1:12 João 1:12Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus;
Almeida Atualizada×
lemos: “A todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus” (João 1:12 João 1:12Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus;
Almeida Atualizada×
).

O batismo, como explicado em sua Bíblia, é muito mais do que um meio de participar de uma igreja ou uma simples cerimônia religiosa para crianças. Ele representa uma decisão madura após uma cuidadosa reflexão. Jesus preveniu que quem quisesse segui-Lo deveria “fazer as contas dos gastos” antes de se comprometer (ver Lucas 14:27-33 Lucas 14:27-33 [27] Quem não leva a sua cruz e não me segue, não pode ser meu discípulo. [28] Pois qual de vós, querendo edificar uma torre, não se senta primeiro a calcular as despesas, para ver se tem com que a acabar? [29] Para não acontecer que, depois de haver posto os alicerces, e não a podendo acabar, todos os que a virem comecem a zombar dele, [30] dizendo: Este homem começou a edificar e não pode acabar. [31] Ou qual é o rei que, indo entrar em guerra contra outro rei, não se senta primeiro a consultar se com dez mil pode sair ao encontro do que vem contra ele com vinte mil? [32] No caso contrário, enquanto o outro ainda está longe, manda embaixadores, e pede condições de paz. [33] Assim, pois, todo aquele dentre vós que não renuncia a tudo quanto possui, não pode ser meu discípulo.
Almeida Atualizada×
). O batismo representa a magnitude desse compromisso — e é um grande passo no estreito caminho que leva à vida eterna.