Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

O Que Acontece Depois da Morte?

Você está aqui

Índice

O que é que realmente acontece quando se morre? Por que temos que morrer? Podemos saber se há vida para além do túmulo? Onde podemos encontrar respostas esclarecedoras e verídicas?

Para se compreender a morte, temos entender primeiro o que é a vida.

A morte é um acontecimento temeroso e muitas vezes traumático.

Há quem creia que várias escrituras apóiem a crença de uma alma imortal. Então, vamos analisar algumas dessas passagens importantes e entender o que elas realmente dizem.

Apesar da popularidade da frase alma imortal, este termo não é encontrado em nenhum lugar na Bíblia. Então, de onde é veio esta ideia de que a alma é imortal?

Paulo mencionou que Deus revelou detalhes sobre o que acontece depois da morte para nos encorajar e nos confortar; para nos dar esperança em tempos de perdas pessoais, para que não “vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança” (1 Tessalonicenses 4:13).

Deus nos deu uma vida física e temporária. Posto que somos matéria, eventualmente todos morreremos. Isto não é acidente da evolução, mas o resultado de circunstâncias das quais temos conhecimento somente pela Bíblia e por decisão tomadas pelos nossos primeiros pais no Jardim do Éden.

No primeiro capítulo abordámos o dom de Deus da vida física. No segundo analisámos a morte por si mesma. Somos mortais; a vida é temporária. Agora vamos analisar o que acontece depois da morte. Pois, como nossos corpos são temporários e projetados para morrer um dia, Deus planejou para nós muito mais do que esta simples e limitada vida física.

A ideia de que quando as pessoas morrem as “almas” vão para o céu foi originada no paganismo e não na Bíblia. Uma breve análise da história antiga revela que as pessoas da Babilônia e do Egito bem como os cidadãos de outros reinos de tempos antigos, tinham crenças semelhantes.

O apóstolo Paulo dedicou a sua vida à pregação do evangelho do Reino de Deus (Atos 14:22; 19:8; 20:25; 28:23, 31). Neste processo ele esteve sujeito à perseguição, a espancamentos e a muitas prisões.

O apóstolo João em Apocalipse 19:1, relatando o que experimentou numa visão, disse: “E, depois destas coisas, ouvi no céu como que uma grande voz de uma grande multidão, que dizia: Aleluia! Salvação, e glória, e honra, e poder pertencem ao Senhor, nosso Deus”.

A morte não faz distinção de pessoas. Tanto os santos como os pecadores morrem. Jesus serviu-se de duas tragédias muito conhecidas nos Seus dias para demonstrar que a morte pode ser arbitrária e para dar uma lição importante sobre ela:

A parte final deste capítulo anterior cobriu o assunto sobre que acontecerá aos perversos incorrigíveis―aqueles que, por fim, se recusam a se arrepender de seus pecados. Muitos creem que a sorte do iníquo é o inferno ardente em um submundo escuro por toda a eternidade. Mas a Bíblia realmente diz isso?

“E será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro. E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso, nem de dia nem de noite, os que adoram a besta e a sua imagem e aquele que receber o sinal [marca] do seu nome” (Apocalipse 14:10-11).

“Se o teu olho te escandalizar, lança-o fora; melhor é para ti entrares no Reino de Deus com um só olho do que, tendo dois olhos, ser lançado no fogo do inferno, onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga” (Marcos 9:47-48).

“E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está [ou tinha sido lançado, como muitos estudiosos reconhecem que devia ser traduzido] a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre” (Apocalipse 20:10).

Jesus apresenta a seguinte história: “Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente. Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele.

Em Seu amor para conosco, Deus tem revelado as respostas para algumas das maiores questões que enfrentamos: O que é a vida? O que é a morte? O que acontece depois da morte?

Há maneiras práticas com as quais podemos ajudar a amigos e aos entes queridos que estejam sofrendo como luto. Aqui estão algumas:

A morte tem sido sempre inimiga da humanidade. Ela traz solidão, tristeza e desorientação. Mas ela não tem que ser um mistério nem ser inteiramente devastadora. Mesmo sendo inevitável, a morte não é o fim. Apesar de parecer injusta e arbitrária, ela não pode frustrar o plano de Deus para a vida eterna. Por meio de uma ressurreição, Deus nos reunirá com nossa família e amigos e estenderá as Suas promessas a todos que viveram.

Ocasionalmente aparecem notícias em jornais ou revistas com histórias de alguém que supostamente voltou a viver depois de ter morrido, regressando a um estado de consciência, para contar a ocorrência. Muitas vezes estes acontecimentos são muito impressionantes e parecem contradizer muitas passagens bíblicas que descrevem a morte. Como pode ser isso?