Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Palavras de Encorajamento

Palavras de Encorajamento

A promessa de Deus da vida eterna é certa; seguramente, podemos ter a certeza dela desde que sejamos fiéis a Ele. Escrevendo a um pastor companheiro Paulo falou da sua confiança na “esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos dos séculos” (Tito 1:2 Tito 1:2na esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos eternos,
Almeida Atualizada×
).

Quando um membro da família morre, não há como negar o sentimento de solidão e de vazio e a sensação de obra inacabada—de que devíamos ter dito isto ou feito aquilo. Mas quando alcançamos um entendimento mais completo da morte e da vida, este entendimento pode nos ajudar a enfrentar a nossa própria morte. Nós encontramos coragem, conforto e esperança quando vemos a vida num contexto maior. Entendemos que a nossa atual existência é temporária, assim também como morte é temporária. Porque virá um tempo em que nos reuniremos com os que morreram e renovaremos as nossas relações.

Apesar de levar tempo para nos conformarmos com a perda e a solidão causadas pela morte, precisamos nos lembrar que até mesmo esta experiência extrema não vai nos separar de nossos entes queridos nem do plano de Deus ou do Seu amor: “Porque estou certo de que nem a morte, nem a vida, . . . nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor!” (Romanos 8:38-39 Romanos 8:38-39 [38] Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem anjos, nem principados, nem coisas presentes, nem futuras, nem potestades, [39] nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.
Almeida Atualizada×
).