Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Depois do Milênio

Depois do Milênio

Jesus falou de um tempo quando pessoas de todas as nações se reuniriam diante dEle. Por quê? Para que Ele possa separar “uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas” (Mateus 25:32 Mateus 25:32e diante dele serão reunidas todas as nações; e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos;
Almeida Atualizada×
).

Observe a natureza e o resultado dessa separação: “Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo” (versículos 33-34). “Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos . . . E irão estes para o castigo eterno, porém os justos, para a vida eterna” (versículos 41, 46, ARA).

Como isso vai acontecer? Quem estará envolvido nesse julgamento? Veja como Jesus Cristo executará o processo de separar os maus dos justos. No início de Seu reinado, Ele começará a julgar entre as nações, ensinando-as a sair do mau caminho e a praticar a justiça (Isaías 2:4 Isaías 2:4E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em relhas de arado, e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerra.
Almeida Atualizada×
).

Satanás é solto por um curto período de tempo

Além disso, o apóstolo João descreve, em Apocalipse, a sua visão da transição para o reinado de Cristo onde ele viu um anjo que “segurou o dragão, a antiga serpente, que é o diabo, Satanás, e o prendeu... até se completarem os mil anos”. No entanto, este não é o fim do papel de Satanás nos assuntos humanos, porque “é necessário que ele seja solto pouco tempo” (Apocalipse 20:2-3 Apocalipse 20:2-3 [2] Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e o amarrou por mil anos. [3] Lançou-o no abismo, o qual fechou e selou sobre ele, para que não enganasse mais as nações até que os mil anos se completassem. Depois disto é necessário que ele seja solto por um pouco de tempo.
Almeida Atualizada×
, ARA).

Veja o que acontece no fim do Milênio: “Quando, porém, se completarem os mil anos, Satanás será solto da sua prisão e sairá a seduzir as nações que há nos quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, a fim de reuni-las para a peleja. O número dessas é como a areia do mar. Marcharam, então, pela superfície da terra e sitiaram o acampamento dos santos e a cidade querida; desceu, porém, fogo do céu e os consumiu. O diabo, o sedutor deles, foi lançado para dentro do lago de fogo e enxofre . . .” (versículos 7-10, ARA).

Por que Deus libertará Satanás para seduzir as pessoas novamente após o maravilhoso reinado milenar de Jesus Cristo? Embora, não seja dada nenhuma explicação exata, parece ser evidente a razão lógica para essa sucessão de eventos.

Durante o Milênio as pessoas poderão escolher somente um estilo de vida —aquele que Cristo vai ensiná-los. Muitas gerações crescerão sem nunca terem sido expostas a nenhum outro estilo de vida.

Porém, desde o início, Deus sempre permitiu que as pessoas escolhessem entre o bem e o mal (Deuteronômio 30:19 Deuteronômio 30:19O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência,
Almeida Atualizada×
). Seria um erro acreditar que ninguém, que nascesse durante o Milênio, poderia escolher os caminhos de Satanás se houvesse oportunidade.

Podemos ver nos eventos descritos em Apocalipse 20 que Deus vai deixar essa oportunidade de escolha disponível para muitas pessoas que viverão durante essa era de mil anos. Também é razoável acreditar que algumas delas aceitarão a intriga de Satanás e escolherão seu caminho egoísta e rebelde em detrimento do caminho de amor e cooperação de Deus.

Um número considerável de pessoas fará esta escolha para formar um grande exército. “Marcharam, então, pela superfície da terra e sitiaram o acampamento dos santos e a cidade querida; desceu, porém, fogo do céu e os consumiu” (Apocalipse 20:9 Apocalipse 20:9E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade querida; mas desceu fogo do céu, e os devorou;
Almeida Atualizada×
, ARA).

Deus sempre pôs o seu povo à prova para ver o que há em seus corações (Deuteronômio 8:2 Deuteronômio 8:2E te lembrarás de todo o caminho pelo qual o Senhor teu Deus tem te conduzido durante estes quarenta anos no deserto, a fim de te humilhar e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias ou não os seus mandamentos.
Almeida Atualizada×
, 1 Tessalonicenses 2:4 1 Tessalonicenses 2:4mas, assim como fomos aprovados por Deus para que o evangelho nos fosse confiado, assim falamos, não para agradar aos homens, mas a Deus, que prova os nossos corações.
Almeida Atualizada×
, Hebreus 11:17 Hebreus 11:17Pela fé Abraão, sendo provado, ofereceu Isaque; sim, ia oferecendo o seu unigênito aquele que recebera as promessas,
Almeida Atualizada×
). Não deveríamos supor que aqueles que vivam durante o Milênio serão tratados de maneira diferente. Este será um teste que pelo menos alguns deles vão ter de enfrentar. Sem dúvida, todos os que viverão durante o milênio terão a oportunidade de provar sua fidelidade a Deus e Seus caminhos. O único exemplo que nos foi revelado, no entanto, é que Deus soltará Satanás por um tempo.

Uma vez que este teste tenha acabado, Satanás nunca mais terá permissão para enganar ninguém.

A ressurreição universal dos mortos

Agora o maior de todos os julgamentos deve começar. Como lemos anteriormente, no retorno de Jesus Cristo apenas os Seus santos fiéis serão ressuscitados. A profecia revela que “os restantes dos mortos não reviveram até que se completassem os mil anos” (Apocalipse 20:5 Apocalipse 20:5Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se completassem. Esta é a primeira ressurreição.
Almeida Atualizada×
, ARA). Outra ressurreição terá lugar depois do milênio!

A grandeza deste evento é difícil de transmitir, e seu significado é duro de imaginar. O que vai acontecer com bilhões de pessoas não-salvas que já viveram na terra? O que é esse tempo de julgamento de todos?

Agora é a hora para que todos os outros povos—todos aqueles que viveram desde os tempos de Adão até ao retorno de Cristo e que não herdaram a vida eterna na primeira ressurreição—possam aprender a verdade de Deus e possam desfrutar da mesma oportunidade de salvação oferecida àqueles a quem Deus chamou durante o milênio. Todos eles serão ressuscitados dentre os mortos para uma maravilhosa oportunidade de conhecer a Deus, pela primeira vez!

Em primeiro lugar, observe a descrição e definição desta ressurreição: “E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele . . .” (versículo 11).

Então, João, numa visão, testemunhou uma cena impresionante: “E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros. E abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras” (versículo 12).

Esta é a ressurreição dos “restantes dos mortos” mencionada anteriormente. Em sua visão, João viu-se diante do trono de Deus.

O que isso significa? Devemos deixar que a Bíblia explique-se a si mesma. Mas, primeiro precisamos entender a implicação de certas palavras e expressões críticas.

A palavra julgamento não tem conotação de uma condenação à morte. Ela pode muito bem se referir a uma absolvição, a sentença de que uma pessoa não será punida. Um julgamento é simplesmente um processo para decidir quem merece e quem não merece uma pena ou recompensa. O julgamento descrito em Apocalipse 20 é apenas isso—uma separação entre os ímpios e os justos. Alguns vão ser punidos, mas, muitos mais terão seus nomes inscritos no Livro da Vida.

Quais são os critérios desse julgamento? A reposta envolve dois fatores. Essas pessoas são julgadas “pelas coisas que estavam escritas nos livros” e “segundo as suas obras” (versículo 12). A palavra grega traduzida como “livros”, biblion, aparentemente se refere aqui aos livros das Sagradas Escrituras, a Bíblia. Nesta ressurreição, estas pessoas são julgadas segundo os critérios da justiça bíblica.

Agora, por quais “obras” elas devem ser julgadas? É importante entender isso.

A razão pela qual essas pessoas não aparecem na primeira ressurreição é que elas não estavam entre as primícias que foram chamadas pela primeira vez, que receberam o ensinamento da verdade de Deus e depois foram julgadas dignas da vida eterna numa ressurreição anterior. Pois, Deus não os escolheu para chamá-los para a salvação naquela era anterior do homem, sendo que Pedro disse sobre a conversão nos termos de “tantos quantos Deus, nosso Senhor, chamar” (Atos 2:39 Atos 2:39Porque a promessa vos pertence a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a quantos o Senhor nosso Deus chamar.
Almeida Atualizada×
). Ao contrário da crença popular, hoje não é o único dia de salvação: “Agora é . . . um dia da salvação” (2 Coríntios 6:2 2 Coríntios 6:2(porque diz: No tempo aceitável te escutei e no dia da salvação te socorri; eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação);
Almeida Atualizada×
, Tradução Literal da Bíblia, de Robert Young).

Em muitos casos, as obras passadas dessas pessoas podem pesar contra elas. Mas, outras passagens da Bíblia explicam que elas não serão julgadas somente pelas coisas do passado. Elas serão ressuscitadas e ganharão oportunidade e tempo para se arrepender e demonstrar a vontade de obedecer a Deus. Afinal, a maioria desses bilhões de homens, mulheres e crianças ressuscitados nunca conheceram o verdadeiro Deus, ou sequer ouviram falar de Jesus Cristo e da Bíblia.

Pessoas de todas as épocas da humanidade são ressuscitadas

Repare que Jesus diz que o povo de Sua geração vai levantar-se nesta ressurreição, juntamente com pessoas de outras épocas e de outras nações:
“A Rainha do Sul se levantará no Dia do Juízo com esta geração e a condenará, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E eis que está aqui quem é mais do que Salomão” (Mateus 12:42 Mateus 12:42A rainha do sul se levantará no juízo com esta geração, e a condenará; porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E eis aqui quem é maior do que Salomão.
Almeida Atualizada×
).

Jesus afirmou que “a rainha do Sul”—mais conhecida como a rainha de Sabá, que viveu no tempo de Salomão quase mil anos antes—será ressuscitada para a vida juntamente com aqueles que ouviram a pregação de Cristo em Sua época!

“E tu, Cafarnaum . . . se em Sodoma tivessem sido feitos os prodígios que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje . . . haverá menos rigor para os de Sodoma, no Dia do Juízo, do que para ti” (Mateus 11:23-24 Mateus 11:23-24 [23] E tu, Cafarnaum, porventura serás elevada até o céu? até o hades descerás; porque, se em Sodoma se tivessem operado os milagres que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje. [24] Contudo, eu vos digo que no dia do juízo haverá menos rigor para a terra de Sodoma do que para ti.
Almeida Atualizada×
). Aqui, Jesus disse que aqueles que tinham vivido em Sodoma—que foi destruída por sua notória depravação quase dois mil anos antes—estarão mais dispostos a aceitar e obedecer a Cristo “no dia do julgamento” do que os Seus contemporâneos.

Esta será uma época verdadeiramente notável quando pessoas e nações de todas as eras serão trazidas de volta à vida para aprender a verdade de Deus pela primeira vez. Contrariamente à crença religiosa comum que as pessoas que nunca ouviram falar de Cristo estão condenadas à morte no inferno ou no purgatório, a Bíblia revela que todos terão a oportunidade de escolher se aceitarão aprender o caminho de Deus, arrepender-se e receber o dom divino da vida eterna.

Detalhes desta grande ressurreição

O que acontecerá quando essas pessoas voltarem à vida para esta época de julgamento? O profeta Ezequiel nos dá a resposta. Em uma visão ele vê um imenso vale cheio de ossos secos, tudo o que restou de muitas pessoas mortas há muito tempo (Ezequiel 37:1-2 Ezequiel 37:1-2 [1] Veio sobre mim a mão do Senhor; e ele me levou no Espírito do Senhor, e me pôs no meio do vale que estava cheio de ossos; [2] e me fez andar ao redor deles. E eis que eram muito numerosos sobre a face do vale; e eis que estavam sequíssimos.
Almeida Atualizada×
). E a ele é dito: “Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel; eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; nós estamos cortados” (versículo 11).

Como a maioria das pessoas, elas provavelmente acreditavam que quando um pecador morre toda esperança está perdida. Através dessa dramática visão de Ezequiel, Deus corrige essa idéia falsa.

E é aqui que Deus revela algo a respeito dessa grande multidão de pessoas que morreram sem arrependimento: “Eis que eu abrirei as vossas sepulturas, e vos farei sair das vossas sepulturas, ó povo meu, e vos trarei à terra de Israel. E sabereis que eu sou o senhor, quando eu abrir as vossas sepulturas e vos fizer sair das vossas sepulturas, ó povo meu. E porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e . . . eu, o senhor, disse isso e o fiz, diz o senhor”
(versículos 12-14).

O objetivo desta ressurreição é tornar o Espírito de Deus disponível para que essas pessoas possam viver, não para serem condenadas ou destruídas. Lembre-se que “Deus, nosso Salvador . . . deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade” (1 Timóteo 2:3-4 1 Timóteo 2:3-4 [3] Pois isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, [4] o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.
Almeida Atualizada×
, ARA).

Esta ressurreição tornará possível realizar esse fervoroso desejo de Deus. Pois, abrirá a porta para que todas as pessoas que já viveram possam aprender a verdade e tenham a oportunidade de se arrepender, podendo assim serem salvas.

Isto significa que o julgamento desse dia levará tempo, tempo suficiente para que as pessoas mudem suas vidas, tempo bastante para que elas demonstrem evidências claras de arrependimento e provem que são fiéis a Deus.

Certamente, a paciência é da natureza de Deus. Ele também é misericordioso. É por isso que Pedro nos diz: “O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se” (2 Pedro 3:9 2 Pedro 3:9O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se.
Almeida Atualizada×
). Em Seu plano mestre de salvação, Deus tem agendado um tempo e uma oportunidade de arrependimento para todos.

O julgamento de Deus se completa

Qualquer momento de um julgamento envolve decisões. No final desse período de juízo, Deus vai separar os ímpios dos justos e destruir os ímpios para sempre: “E foram julgados cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno [hades] foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo” (Apocalipse 20:13-15 Apocalipse 20:13-15 [13] O mar entregou os mortos que nele havia; e a morte e o hades entregaram os mortos que neles havia; e foram julgados, cada um segundo as suas obras. [14] E a morte e o hades foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. [15] E todo aquele que não foi achado inscrito no livro da vida, foi lançado no lago de fogo.
Almeida Atualizada×
, ARA).

Ao contrário daqueles levantados para a imortalidade na primeira ressurreição (versículo 6, 1 Coríntios 15:50-53 1 Coríntios 15:50-53 [50] Mas digo isto, irmãos, que carne e sangue não podem herdar o reino de Deus; nem a corrupção herda a incorrupção. [51] Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados, [52] num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados. [53] Porque é necessário que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade e que isto que é mortal se revista da imortalidade.
Almeida Atualizada×
), as pessoas nesta ressurreição inicialmente são restituídas para a existência física, carnal (Ezequiel 37:4-10 Ezequiel 37:4-10 [4] Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor. [5] Assim diz o Senhor Deus a estes ossos: Eis que vou fazer entrar em vós o fôlego da vida, e vivereis. [6] E porei nervos sobre vós, e farei crescer carne sobre vós, e sobre vos estenderei pele, e porei em vós o fôlego da vida, e vivereis. Então sabereis que eu sou o Senhor. [7] Profetizei, pois, como se me deu ordem. Ora enquanto eu profetizava, houve um ruído; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se achegaram, osso ao seu osso. [8] E olhei, e eis que vieram nervos sobre eles, e cresceu a carne, e estendeu-se a pele sobre eles por cima; mas não havia neles fôlego. [9] Então ele me disse: Profetiza ao fôlego da vida, profetiza, ó filho do homem, e dize ao fôlego da vida: Assim diz o Senhor Deus: Vem dos quatro ventos, ó fôlego da vida, e assopra sobre estes mortos, para que vivam. [10] Profetizei, pois, como ele me ordenara; então o fôlego da vida entrou neles e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo.
Almeida Atualizada×
). Elas são mortais, vivendo temporariamente para terem uma oportunidade de arrepender-se e de escolher o caminho de vida de Deus. E aqueles que, nesta ressurreição, escolherem esse caminho e permanecerem fiéis a Ele será dada a vida espiritual imortal na família de Deus, unindo-se aos da primeira ressurreição.

Alguns, no entanto, ainda se recusarão a arrepender-se e sujeitar-se a Deus. Eles serão submetidos à “segunda morte”. Observe quem sofrerá este destino no lago de fogo: “Aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre, o que é a segunda morte” (Apocalipse 21:8 Apocalipse 21:8Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos idólatras, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte.
Almeida Atualizada×
).

Esta segunda morte será a completa destruição da qual não há possibilidade de ressurreição. Como o próprio Jesus explicou, dizendo que todos aqueles que não se arrependerem perecerão (Lucas 13:2-5 Lucas 13:2-5 [2] Respondeu-lhes Jesus: Pensais vós que esses foram maiores pecadores do que todos os galileus, por terem padecido tais coisas? [3] Não, eu vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis. [4] Ou pensais que aqueles dezoito, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, foram mais culpados do que todos os outros habitantes de Jerusalém? [5] Não, eu vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis.
Almeida Atualizada×
). O profeta Malaquias explicou a finalidade dessa destruição: “Porque eis que aquele dia vem ardendo como forno; todos os soberbos e todos os que cometem impiedade serão como palha; e o dia que está para vir os abrasará, diz o Senhor dos Exércitos, de sorte que lhes não deixará nem raiz nem ramo” (Malaquias 4:1 Malaquias 4:1Pois eis que aquele dia vem ardendo como fornalha; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como restolho; e o dia que está para vir os abrasará, diz o Senhor dos exércitos, de sorte que não lhes deixará nem raiz nem ramo.
Almeida Atualizada×
).

Até assim, Deus é misericordioso. Ao invés de permitir que alguns vivam uma vida de pecado e rebeldia que traria apenas tristeza e angústia para si mesmos e para todos ao seu redor, Deus irá simplesmente remover qualquer fonte potencial de sofrimento. Aqueles que voluntariamente se recusarem a arrepender-se e escolher a vida eterna serão totalmente destruídos, reduzidos a nada, além de cinzas (versículo 3). Este é um destino muito mais misericordioso e amoroso do que aquele representado pelo conceito popular equivocado de um pecador impenitente torturado para sempre em um inferno ardente. (Para entender melhor essa verdade bíblica, não deixe de fazer o download ou solicitar os nossos livros grátis O Que Acontece Após a Morte? e O Céu e o Inferno: O Que Realmente Ensina a Bíblia?)

Um novo céu e uma nova terra

A visão de João não termina com o lago de fogo. Ele escreve em sequência: “E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram” (Apocalipse 21:1 Apocalipse 21:1E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já se foram o primeiro céu e a primeira terra, e o mar já não existe.
Almeida Atualizada×
).

Os dois últimos capítulos do livro de Apocalipse apresentam a visão que o apóstolo João recebeu de uma renovação maravilhosa do céu e da terra. Quem vai herdar esse “novo céu e nova terra”? João cita Deus dando a resposta: “Quem vencer herdará todas as coisas, e eu serei seu Deus, e ele será meu filho” (versículo 7).

Esses “filhos, . . . herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo” (Romanos 8:17 Romanos 8:17e, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.
Almeida Atualizada×
), vão se tornar como Jesus Cristo é hoje (1 João 3:1-2 1 João 3:1-2 [1] Vede que grande amor nos tem concedido o Pai: que fôssemos chamados filhos de Deus; e nós o somos. Por isso o mundo não nos conhece; porque não conheceu a ele. [2] Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é, o veremos.
Almeida Atualizada×
) como co-proprietários do céu e da terra, maravilhosamente renovados.

Como o apóstolo Paulo explicou, “as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada” (Romanos 8:18 Romanos 8:18Pois tenho para mim que as aflições deste tempo presente não se podem comparar com a glória que em nós há de ser revelada.
Almeida Atualizada×
) quando herdarmos “todas as coisas.”

Esta herança prometida é possível através de Jesus Cristo, “para quem são todas as coisas e mediante quem tudo existe”, que desempenha um papel central “trazendo muitos filhos à glória” (Hebreus 2:10 Hebreus 2:10Porque convinha que aquele, para quem são todas as coisas, e por meio de quem tudo existe, em trazendo muitos filhos � glória, aperfeiçoasse pelos sofrimentos o autor da salvação deles.
Almeida Atualizada×
).

Paulo comenta sobre a natureza da glória que estamos destinados a herdar: “Uma é a glória do sol, outra, a glória da lua, e outra, a das estrelas; porque até entre estrela e estrela há diferenças de esplendor. Pois assim também é a ressurreição dos mortos. Semeia-se o corpo na corrupção, ressuscita na incorrupção. Semeia-se em desonra, ressuscita em glória. Semeia-se em fraqueza, ressuscita em poder. Semeia-se corpo natural, ressuscita corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual” (1 Coríntios 15:41-44 1 Coríntios 15:41-44 [41] Uma é a glória do sol, outra a glória da lua e outra a glória das estrelas; porque uma estrela difere em glória de outra estrela. [42] Assim também é a ressurreição, é ressuscitado em incorrupção. [43] Semeia-se em ignomínia, é ressuscitado em glória. Semeia-se em fraqueza, é ressuscitado em poder. [44] Semeia-se corpo animal, é ressuscitado corpo espiritual. Se há corpo animal, há também corpo espiritual.
Almeida Atualizada×
, ARA).

O novo céu e a nova terra serão povoados pelos filhos de Deus que serão milagrosamente transformados em seres espirituais imortais
(versículos 51-54).

A família eterna de Deus

A próxima coisa que João vê em sua visão é uma cidade, a Nova Jerusalém, que descia do céu como um presente de Deus. A cidade é descrita como “uma esposa ataviada para o seu marido” (Apocalipse 21:2 Apocalipse 21:2E vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que descia do céu da parte de Deus, adereçada como uma noiva ataviada para o seu noivo.
Almeida Atualizada×
), uma descrição que enfatiza o relacionamento de seus habitantes. Ela representa o lar eterno ou a comunidade dos filhos de Deus. O marido, ou noivo, é Jesus Cristo (Mateus 25:1 Mateus 25:1Então o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do noivo.
Almeida Atualizada×
), que é o “primogênito entre muitos irmãos” (Romanos 8:29 Romanos 8:29Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes � imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos;
Almeida Atualizada×
).

O próprio Deus Pai habitará entre eles: “E ouvi uma grande voz do céu dizendo:”Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles e será o seu Deus” (Apocalipse 21:3 Apocalipse 21:3E ouvi uma grande voz, vinda do trono, que dizia: Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles.
Almeida Atualizada×
). Esta comunidade é a família de Deus.

Os moradores desta cidade são o verdadeiro “Israel de Deus” (Gálatas 6:16 Gálatas 6:16E a todos quantos andarem conforme esta norma, paz e misericórdia sejam sobre eles e sobre o Israel de Deus.
Almeida Atualizada×
). “E tinha um grande e alto muro com doze portas, e, nas portas, doze anjos, e nomes escritos sobre elas, que são os nomes das doze tribos de Israel” (Apocalipse 21:12 Apocalipse 21:12e tinha um grande e alto muro com doze portas, e nas portas doze anjos, e nomes escritos sobre elas, que são os nomes das doze tribos dos filhos de Israel.
Almeida Atualizada×
).

Em outras palavras, eles são os descendentes espirituais de Abraão, “pai de todos os que crêem” (Romanos 4:11 Romanos 4:11E recebeu o sinal da circuncisão, selo da justiça da fé que teve quando ainda não era circuncidado, para que fosse pai de todos os que crêem, estando eles na incircuncisão, a fim de que a justiça lhes seja imputada,
Almeida Atualizada×
; compare a Gálatas 3:29 Gálatas 3:29E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.
Almeida Atualizada×
). Pois, “pela fé, Abraão, quando chamado, obedeceu, a fim de ir para um lugar que devia receber por herança . . . habitando em tendas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa; porque aguardava a cidade que tem fundamentos, da qual Deus é o arquiteto e edificador” (Hebreus 11:8-10 Hebreus 11:8-10 [8] Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, saindo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia. [9] Pela fé peregrinou na terra da promessa, como em terra alheia, habitando em tendas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa; [10] porque esperava a cidade que tem os fundamentos, da qual o arquiteto e edificador é Deus.
Almeida Atualizada×
).

As dimensões enormes da cidade indicam o sucesso incrível que Jesus Cristo terá em trazer a esmagadora maioria das pessoas, que já viveram, para o arrependimento e à salvação. “E a cidade estava situada em quadrado; e o seu comprimento era tanto como a sua largura. E mediu a cidade com a cana até doze mil estádios [dois mil e quinhentos quilômetros]; e o seu comprimento, largura e altura eram iguais” (Apocalipse 21:16 Apocalipse 21:16A cidade era quadrangular; e o seu comprimento era igual � sua largura. E mediu a cidade com a cana e tinha ela doze mil estádios; e o seu cumprimento, largura e altura eram iguais.
Almeida Atualizada×
).

Deus revela aqui que o número de pessoas que se arrependerão e receberão a vida eterna será como as estrelas no céu e a areia da praia—além da capacidade natural de qualquer ser humano para contá-las. Esta é a bênção que Deus prometeu a Abraão (Gênesis 22:17 Gênesis 22:17que deveras te abençoarei, e grandemente multiplicarei a tua descendência, como as estrelas do céu e como a areia que está na praia do mar; e a tua descendência possuirá a porta dos seus inimigos;
Almeida Atualizada×
).

A visão que o apóstolo João recebeu desta magnífica cidade nos fornece uma ilustração visual do que a família de Deus está criando. Deus habita no meio desta cidade de imortais, de Suas crianças espirituais.

Outro paraíso

O relato bíblico do homem começa no Jardim do Éden na nascente de quatro rios. No meio desse jardim Deus colocou a árvore da vida e a árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:8-15 Gênesis 2:8-15 [8] Então plantou o Senhor Deus um jardim, da banda do oriente, no Éden; e pôs ali o homem que tinha formado. [9] E o Senhor Deus fez brotar da terra toda qualidade de árvores agradáveis � vista e boas para comida, bem como a árvore da vida no meio do jardim, e a árvore do conhecimento do bem e do mal. [10] E saía um rio do Éden para regar o jardim; e dali se dividia e se tornava em quatro braços. [11] O nome do primeiro é Pisom: este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro; [12] e o ouro dessa terra é bom: ali há o bdélio, e a pedra de berilo. [13] O nome do segundo rio é Giom: este é o que rodeia toda a terra de Cuche. [14] O nome do terceiro rio é Tigre: este é o que corre pelo oriente da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates. [15] Tomou, pois, o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Édem para o lavrar e guardar.
Almeida Atualizada×
). Satanás, o grande enganador, primeiro convenceu a Eva a pecar, posteriormente Adão se juntou a ela. Como resultado de sua rebelião contra a instrução de Deus, Adão e Eva optaram por comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal—uma mistura mortal que trouxe sofrimento e angústia para a humanidade desde então (Gênesis 3:1-6 Gênesis 3:1-6 [1] Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse � mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? [2] Respondeu a mulher � serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, [3] mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais. [4] Disse a serpente � mulher: Certamente não morrereis. [5] Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal. [6] Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu.
Almeida Atualizada×
).

O capítulo final do destino humano encerra com uma descrição de outro jardim. Este circunda o trono de Deus, de onde um rio flui a “água da vida”.

“E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. No meio da sua praça e de uma e da outra banda do rio, estava a árvore da vida” (Apocalipse 22:1-2 Apocalipse 22:1-2 [1] E mostrou-me o rio da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. [2] No meio da sua praça, e de ambos os lados do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a cura das nações.
Almeida Atualizada×
).

O fruto neste paraíso é agradável. “E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão” (versículo 3). Toda a tristeza e o sofrimento terão desaparecido para sempre (Apocalipse 21:4 Apocalipse 21:4Ele enxugará de seus olhos toda lágrima; e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem lamento, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.
Almeida Atualizada×
).

Você pode saber o futuro

No começo fizemos uma pergunta: Devemos continuar ignorando nosso futuro? Pois, agora podemos ver que Deus nos apresenta um quadro claro de nosso destino. Mas, a decisão é nossa. Devemos escolher se saímos dos caminhos de Satanás e do presente século mau (representado no Jardim do Éden pela árvore do conhecimento do bem e do mal) e seguimos para os caminhos justos de Deus (representados pela árvore da vida).

Como é maravilhoso saber o tremendo futuro que Deus tem planejado para nós! E com isso vem a responsabilidade de escolher a Deus e Seus caminhos, e permanecer comprometido, considerando as palavras de Jesus em Apocalipse 22:6-7 Apocalipse 22:6-7 [6] E disse-me: Estas palavras são fiéis e verdadeiras; e o Senhor, o Deus dos espíritos dos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer. [7] Eis que cedo venho; bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.
Almeida Atualizada×
com as quais Ele fecha a visão do novo céu e da nova terra: “Estas palavras são fiéis e verdadeiras . . . Eis que presto venho. Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro”.