Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

As Primícias da Salvação

Você está aqui

As Primícias da Salvação

[ O Que O Espírito Santo Faz Por Nós?]

A maioria das igrejas cristãs ensina que toda a humanidade está perdida — condenada ao ardente e eterno fogo do inferno — a menos que aceite Jesus Cristo como seu Salvador pessoal para que “seja salva” agora!

Você provavelmente já viu, em algum programa evangélico na televisão, evangelistas dizendo aos telespectadores que amanhã pode ser tarde demais para eles e que muitas pessoas ficam com medo de “tomar sua decisão por Cristo” após uma chamada ao altar. Essa crença implica que, quando Cristo voltar, Ele não poderá salvar ninguém que ainda não tenha sido salvo. Mas esse ensinamento está na Bíblia?

Ao contrário, a Palavra de Deus apresenta o conceito de "primícias", ensinando que Deus não está tentando salvar a todos agora, mas está semeando no mundo as sementes da primeira de futuras colheitas.

A continuidade da história das duas árvores do Jardim do Éden

Observe o que aconteceu depois que nossos primeiros pais, Adão e Eva, rejeitaram a Deus e o dom da vida eterna:

“Então, disse o SENHOR Deus: Eis que o homem é como um de Nós, sabendo o bem e o mal; ora, pois, para que não estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma, e viva eternamente, o SENHOR Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden, para lavrar a terra, de que fora tomado. E, havendo lançado fora o homem, pôs querubins [seres angélicos] ao oriente do jardim do Éden e uma espada inflamada que andava ao redor, para guardar o caminho da árvore da vida” (Gênesis 3:22-24 Gênesis 3:22-24 [22] Então disse o Senhor Deus: Eis que o homem se tem tornado como um de nós, conhecendo o bem e o mal. Ora, não suceda que estenda a sua mão, e tome também da árvore da vida, e coma e viva eternamente. [23] O Senhor Deus, pois, o lançou fora do jardim do Éden para lavrar a terra, de que fora tomado. [24] E havendo lançado fora o homem, pôs ao oriente do jardim do Éden os querubins, e uma espada flamejante que se volvia por todos os lados, para guardar o caminho da árvore da vida.
Almeida Atualizada×
, grifo nosso).

A árvore da vida — que representa o acesso à salvação (vida eterna) — ficou fora do alcance da humanidade. Desde então, o mundo foi impedido de ter acesso a Deus e de receber a vida eterna, exceto para pouquíssimas pessoas que Deus têm chamado especialmente para fazer parte desse plano que conduz ao Seu Reino.

A princípio, Deus trabalhou individualmente com uma pessoa ou com uma família em certas ocasiões. Estamos familiarizados com as histórias de Noé, Moisés, Abraão e Davi. Agora Deus está trabalhando com mais pessoas, reunidas em Sua Igreja, e chamadas para esse propósito, mas ainda são muito poucas em comparação com a população mundial. Jesus não descreveu Sua Igreja como sendo igual a essas igrejas gigantescas que vemos hoje, mas como um “pequeno rebanho” (Lucas 12:32 Lucas 12:32Não temas, ó pequeno rebanho! porque a vosso Pai agradou dar-vos o reino.
Almeida Atualizada×
). Essas pessoas chamadas agora são referidas nas Escrituras como "primícias" — uma referência a uma primeira e pequena colheita, aos primeiros caules maduros de trigo, de cevada ou de milho em um campo, aos primeiros poucos vegetais maduros de uma horta ou aos primeiros frutos maduros de uma árvore ou de uma videira.

Longe de tentar fazer com que todos os seres humanos sejam salvos espiritualmente durante a história da humanidade, exceto, como já dito, por alguns poucos que Ele chamaria, Deus interrompeu a salvação da humanidade quando Adão e Eva pecaram e foram expulsos do jardim.

Tudo que você precisa fazer é olhar as manchetes de hoje e a sociedade atual para ver claramente que este não é o mundo de Deus. O acesso à árvore da vida continua muito limitado. Em contraste, vemos, em certo sentido, um amplo acesso à árvore escolhida por Adão e Eva, quando pecaram, ou seja, a árvore do conhecimento do bem e do mal.

Desde que cederam a Satanás ao preferir aquela árvore, o mundo tem sido governado por esse “príncipe das potestades do ar”, uma influência espiritual maligna (Efésios 2:2 Efésios 2:2nos quais outrora andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos de desobediência,
Almeida Atualizada×
).

Jesus disse que ninguém pode vir a Ele a menos que Deus Pai o chame diretamente (João 6:44 João 6:44Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia.
Almeida Atualizada×
, 65) — e, mais uma vez, Deus tem chamado relativamente muito poucos nesta era.

Mas, por favor, compreenda que isso não significa que aqueles que não são chamados pelo Pai nesta era estão perdidos, como explicado em nosso importante guia de estudo bíblico As Festas Santas de Deus: O Plano de Deus Para a Humanidade. Podemos resumir sucintamente esse plano assim: Quando Jesus Cristo voltar, o Pai vai chamar a todos os que estejam vivos e, após um período de mil anos, Ele ressuscitará para a vida mortal bilhões de pessoas que ainda não haviam sido chamadas, oferecendo-lhes naquele momento a oportunidade de salvação espiritual. Assim, toda a humanidade será chamada, mas cada um em sua própria ordem de tempo.

Porém, neste artigo, nosso foco está nas primícias.

A colheita das primícias e o desenvolvimento das sementes

Jesus se referiu ao povo dEle como “o sal da terra” (Mateus 5:13 Mateus 5:13Vós sois o sal da terra; mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar-lhe o sabor? para nada mais presta, senão para ser lançado fora, e ser pisado pelos homens.
Almeida Atualizada×
). Atualmente, eles representam pouquíssimos ao redor do mundo.

Neste exato momento, Deus está plantando e preparando Suas primícias para a colheita, o que representa o início de colheitas muito maiores no futuro.

A Igreja atual é retratada nas Escrituras como uma colheita de primícias — as sementes germinadas do futuro Reino de Deus. Jesus Cristo vive como esse primeiro fruto — o primeiro que foi colhido para esse Reino.

Como escreveu o apóstolo Paulo: “Mas, agora, Cristo ressuscitou dos mortos e foi feito as primícias dos que dormem [isto é, dos que já morreram]” (1 Coríntios 15:20 1 Coríntios 15:20Mas na realidade Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem.
Almeida Atualizada×
).

Em outra passagem, ele afirmou que "temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos", enquanto aguardamos ansiosamente nossa completa transformação em filhos glorificados e imortais de Deus (Romanos 8:23 Romanos 8:23e não só ela, mas até nós, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, aguardando a nossa adoração, a saber, a redenção do nosso corpo.
Almeida Atualizada×
). Portanto, há apenas um número limitado de pessoas com as primícias do Espírito, e Jesus foi o primeiro a ser totalmente transformado em glória.

Jesus Cristo, o primeiro fruto dessas primícias, preparou a terra para a semeadura do Reino de Deus. Ele foi morto e sepultado na terra como uma semente para mostrar o caminho a ser seguido por outros, dando vida ao plano de Deus (João 12:24 João 12:24Em verdade, em verdade vos digo: Se o grão de trigo caindo na terra não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto.
Almeida Atualizada×
).

Em retrospectiva do início desse processo, quanto à reprodução das plantas, o sêmen masculino do pólen deve fertilizar os óvulos femininos para formar uma semente com um embrião, tornando possível o seu desenvolvimento por meio do plantio na terra para que ela germine absorvendo água e nutrição do solo. Semelhantemente, na reprodução humana, o espermatozoide masculino deve fertilizar o óvulo feminino, formando um embrião que pode se desenvolver ao ser implantado no útero, que vai nutrir essa nova vida.

Tudo isso é semelhante ao recebimento da vida espiritual. O espírito humano de uma pessoa deve ser fertilizado e nutrido com o Espírito e a Palavra de Deus, germinando assim a compreensão espiritual e a vida eterna (comparar João 6:63 João 6:63O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida.
Almeida Atualizada×
, 68; 1 Coríntios 2:11 1 Coríntios 2:11Pois, qual dos homens entende as coisas do homem, senão o espírito do homem que nele está? assim também as coisas de Deus, ninguém as compreendeu, senão o Espírito de Deus.
Almeida Atualizada×
; 1 Pedro 1:23 1 Pedro 1:23tendo renascido, não de semente corruptível, mas de incorruptível, pela palavra de Deus, a qual vive e permanece.
Almeida Atualizada×
).

Novamente, apenas alguns passam por esse processo antes da segunda vinda de Cristo.

Deus está semeando agora, mas ainda não está salvando o mundo

Como apontado anteriormente, Deus não está tentando salvar o mundo inteiro agora. Em vez disso, Ele está preparando o terreno para uma colheita muito maior no futuro, começando nesta era com Suas primícias.

Jesus disse aos discípulos que Ele deliberadamente escondeu a verdade da grande maioria das pessoas: “Porque a vós é dado conhecer os mistérios do Reino dos céus, mas a eles não lhes é dado” (Mateus 13:11 Mateus 13:11Respondeu-lhes Jesus: Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado;
Almeida Atualizada×
). Por isso é que Cristo falava em parábolas (versículo 13).

A primeira colheita espiritual de pessoas de Deus é pequena. Ao longo da história, a Igreja de Deus tem sido pequena e perseguida.

A palavra grega traduzida como “igreja”, ekklesia, significa literalmente “chamados para fora”, no sentido de um grupo chamado para se congregarem fora (ou em separado) duma população maior. Deus escolhe seus servos a dedo. O mundo todo não pode ser "chamado para fora" porque, se fosse assim, ninguém seria realmente chamado para fora de algum outro!

Tiago 1:18 Tiago 1:18Segundo a sua própria vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas.
Almeida Atualizada×
nos diz o seguinte a respeito de Deus Pai: “Segundo a Sua vontade, Ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como primícias das Suas criaturas”.

Deus não está tentando salvar o mundo inteiro agora. Em vez disso, Ele está semeando o mundo agora com Suas primícias — as sementes do Reino dEle. Isso é retratado na observância bíblica da Festa das Semanas ou Pentecostes, quando os israelitas apresentavam uma oferta especial de primícias.

E foi nesse dia de Pentecostes, cinquenta dias após a ressurreição de Jesus, que o Espírito Santo veio e entrou nos discípulos de Jesus que, naquela época, eram apenas cento e vinte pessoas. Aquela era a primeira vez que um grupo bastante grande de pessoas foi convertido espiritualmente ao mesmo tempo. Esse episódio deu início à Igreja do Novo Testamento. Mais tarde, se somaram a esse grupo mais três mil pessoas em um mesmo dia.

“E todos [os discípulos] foram cheios do Espírito Santo...E disse-lhes Pedro [às outras pessoas que estavam ali]: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo” (Atos 2:4 Atos 2:4E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem.
Almeida Atualizada×
, 38).

Ser guiado pelo Espírito de Deus significa vivenciar um grande milagre

As pessoas que são verdadeiramente cristãs reconhecem que um grande milagre aconteceu em suas vidas. O fato de ser transformado e guiado pelo Espírito de Deus é um dos maiores milagres da vida. Isso realmente é um processo de germinação que capacita os seres humanos a entender o plano espiritual de Deus e ser transformados.

A vida daqueles que receberam o Espírito Santo, no segundo capítulo de Atos, mudou dramaticamente. O livro de Atos está repleto de histórias de vida dessas pessoas e do impacto que causaram na sociedade daquela época. A mudança era tão evidente que elas foram descritas como pessoas que tinham “alvoroçado o mundo” (Atos 17:6 Atos 17:6Porém, não os achando, arrastaram Jáson e alguns irmãos � presença dos magistrados da cidade, clamando: Estes que têm transtornado o mundo chegaram também aqui,
Almeida Atualizada×
). Esse era o poder dramático e dinâmico do Espírito Santo!

Em Romanos 8, Paulo diz que para ser filho de Deus, uma pessoa deve ser guiada pelo Espírito de Deus (versículo 14). Ele também aponta que se uma pessoa não tem o Espírito de Deus habitando nela, então essa pessoa realmente não pertence a Deus (versículo 9).

Portanto, é por meio do Espírito de Deus, com Cristo vivendo em nós, que realmente podemos agir como cristãos — e não através de nossos próprios esforços. A glória e o crédito devem sempre ir para Deus. (Ver o tópico “O Que o Espírito Santo Faz Por Nós?”.)

Contudo, ter e ser conduzido ocasionalmente pelo Espírito de Deus simplesmente não é o suficiente. Precisamos permitir que o Espírito Santo se torne essa força energizante em nossas vidas para gerar as qualidades do verdadeiro cristianismo. Devemos nos perguntar se estamos realmente sendo guiados pelo Espírito de Deus em tudo o que fazemos e pensamos, permitindo assim que ele sirva como uma força orientadora em nossas vidas. E somente persistindo nesse processo é que seremos finalmente salvos como as primícias do plano de salvação de Deus.

Vivenciando hoje esse grandioso milagre

O fato de ser chamado pelo Pai, ser batizado e receber o Espírito Santo nos proporciona uma visão da vida que hoje é muito rara em nosso mundo. Por meio do Espírito Santo, começamos a ver a vida de maneira diferente. Assim como precisamos reconhecer o grande poder de Deus para realizar milagres na época dos antigos israelitas, também não podemos esquecer que o poder de Deus pode operar milagres em nossas vidas hoje.

Sempre que uma pessoa recebe o Espírito Santo de Deus, ela se torna uma prova viva de um milagre.

Hoje em dia, as pessoas que são chamadas pelo Pai para seguirem a Cristo recebem, após o arrependimento e o batismo, o dom do Espírito Santo. Este une-se ao nosso espírito humano para impregnar a vida de Deus em nós e nos tornar filhos e herdeiros de Deus (Romanos 8:16-17 Romanos 8:16-17 [16] O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus; [17] e, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.
Almeida Atualizada×
).

A verdade da salvação é que hoje Deus está semeando o mundo com os seguidores dEle — Suas primícias. E esses seguidores devem ter uma vida espiritual concebida e germinada em suas mentes por meio do Espírito e da Palavra de Deus. Posteriormente, eles ajudarão a realizar uma colheita de frutos muito maior para o Reino de Deus, que está prestes a vir.

Saiba mais

Este artigo toca apenas superficialmente no modo de como Deus nos chama, nos dá Seu Espírito Santo e atua em nossas vidas para que nos tornemos como Ele e recebamos Seu dom da vida eterna. Para saber mais sobre esse tema, peça ou baixe nosso guia de estudo bíblico gratuito Transformando Sua Vida: O Processo de Conversão.


O Que O Espírito Santo Faz Por Nós?

Para compreender como o Espírito de Deus age em nossas vidas, precisamos entender o que é esse Espírito de Deus. O Espírito Santo é descrito nas Escrituras como o poder de Deus que opera em nossas vidas. Este poder divino nos permite segui-Lo e ser “guiados pelo Espírito de Deus” (Romanos 8:14 Romanos 8:14Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.
Almeida Atualizada×
).

Somos filhos de Deus porque temos Seu Espírito habitando em nós. O que o Espírito Santo de Deus faz pelos cristãos?

O Espírito de Deus não nos força, nos arrasta ou nos empurra; ele nos guia. Ele não nos impedirá de pecar nem nos forçará a fazer o que é certo. Ele apenas nos guia e precisamos estar dispostos a segui-lo.

O Espírito Santo nos mantém em contato com a mente de Deus. O Espírito de Deus opera em nossa mente.

Através do Espírito Santo, podemos ser influenciados por Deus para fazer o bem. Isso contrasta com a influência maligna do mundo ao nosso redor e com nossa própria natureza humana.

O Espírito Santo nos permite ter uma compreensão mais profunda da Palavra de Deus e de Sua vontade para a humanidade (1 Coríntios 2:9-11 1 Coríntios 2:9-11 [9] Mas, como está escrito: As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. [10] Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito; pois o Espírito esquadrinha todas as coisas, mesmos as profundezas de Deus. [11] Pois, qual dos homens entende as coisas do homem, senão o espírito do homem que nele está? assim também as coisas de Deus, ninguém as compreendeu, senão o Espírito de Deus.
Almeida Atualizada×
).
Sem esse Espírito, uma pessoa não pode entender essas sagradas letras nem a vontade de Deus, “porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente” (versículo 14).

O Espírito Santo torna possível a vitória sobre o pecado. Então, não existe nada muito difícil para nós quando temos o poder de Deus operando em nossas vidas.

O Espírito de Deus nos ajuda em nossas fraquezas. O apóstolo Paulo fala por todos nós ao dizer: “Tudo posso Naquele que me fortalece” (Filipenses 4:13 Filipenses 4:13Posso todas as coisas naquele que me fortalece.
Almeida Atualizada×
).

O Espírito Santo nos torna conscientes do pecado e nos ajuda a entender que o pecado realmente é pecado. Jesus Cristo disse que esse Espírito “convencerá o mundo do pecado” (João 16: 8). O Espírito de Deus dentro de nós, operando em nossa consciência, nos ajuda a reconhecer e a evitar o pecado. Ele “convencerá o mundo do pecado, e da justiça, e do juízo” (mesmo versículo).

O Espírito Santo produz frutos piedosos em nossas vidas. Assim como uma macieira produz maçãs, o Espírito de Deus produz um tipo especial de fruto na vida de um cristão — amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio (Gálatas 5:22-23 Gálatas 5:22-23 [22] Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade. [23] a mansidão, o domínio próprio; contra estas coisas não há lei.
Almeida Atualizada×
, ARA).

O Espírito Santo nos conforta e nos encoraja. Jesus Cristo prometeu enviar a Seus seguidores “outro Consolador” (João 14:16-17 João 14:16-17 [16] E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Ajudador, para que fique convosco para sempre. [17] a saber, o Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós.
Almeida Atualizada×
). Somente com o Espírito de Deus habitando em nós é que temos realmente consolo e tranquilidade. Assim não precisamos nos preocupar demasiadamente com o futuro ou com o que pode acontecer conosco. O Espírito de Deus nos dá a certeza de que tudo o que acontecer será "para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o Seu propósito" (Romanos 8:28 Romanos 8:28E sabemos que todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
Almeida Atualizada×
, ARA).

— Citado de nosso guia de estudo bíblico Transformando Sua Vida: O Processo de Conversão. (Peça ou baixe seu exemplar gratuito em https://portugues.ucg.org/ferramentas-de-estudo-da-biblia/guias-de-estudo).