Ajuda para hoje, esperança para amanhã 

O Grandioso Sacrifício

Você está aqui

O Grandioso Sacrifício

Login or Create an Account

With a UCG.org account you will be able to save items to read and study later!

Sign In | Sign Up

×

Por mais incríveis que sejam essas maravilhas, elas não chegam nem perto da maior demonstração de poder jamais vista, que foi a criação do universo . Que tipo de poder é necessário para fazer existir um universo inteiro a partir do nada?

É irônico que até mesmo os evolucionistas darwinistas, que rejeitam a ação de qualquer Ser divino, partem da premissa de um universo já existente e de um planeta completo e propício, com as leis da física e da química já em vigor. Depois de tentar por um século e meio, eles ainda não conseguem dar nenhuma explicação racional para um universo que veio do nada!

No entanto, a Bíblia revela como nosso universo veio a existir: “ No princípio criou Deus os céus e a terra ” (Gênesis 1:1 Gênesis 1:1No princípio criou Deus os céus e a terra.
Almeida Atualizada×
, grifo do autor). Aqui a Bíblia revela o que a ciência não é capaz de responder. Ela revela um Criador divino que fez existir o universo a partir do nada .

O Salmo 33:6 explica isto desta maneira: “Bastou uma palavra Sua e os céus foram criados; Ele falou e todas as estrelas e planetas apareceram ” (Bíblia Viva).

Isso é que é poder, meus amigos!

Durante anos os cientistas estimaram o número de galáxias em nosso universo em torno de cem bilhões. Alguns meses atrás, um grupo de astrônomos recalculou os dados existentes e aumentou essa estimativa para dois a três trilhões de galáxias— 20 a 30 vezes mais do que se pensava! Esses números estão quase além da compreensão humana.

A Bíblia também explica quem é esse Ser que criou o universo: “ No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus…Todas as coisas foram feitas por intermédio dEle , e sem Ele nada do que foi feito se fez” (João 1:1-3 João 1:1-3 1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. 2 Ele estava no princípio com Deus. 3 Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez.
Almeida Atualizada×
).

O apóstolo João nos diz aqui que, “no princípio”—uma referência ao primeiro versículo de Gênesis—existiam dois Seres divinos, um chamado “Verbo” e outro chamado “Deus”. No versículo 14, João explica ainda que “o Verbo se fez carne, e habitou entre nós”, e que esse “Verbo”, por meio do qual todas as coisas foram feitas, foi Aquele que se tornou Jesus Cristo. E isso é confirmado com mais clareza em Hebreus 1:2 Hebreus 1:2nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e por quem fez também o mundo;
Almeida Atualizada×
e Colossenses 1:16-17 Colossenses 1:16-17 16 porque nele foram criadas todas as coisas nos céus e na terra, as visíveis e as invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele. 17 Ele é antes de todas as coisas, e nele subsistem todas as coisas;
Almeida Atualizada×
.

Contudo, surpreendentemente, no maior ato de humildade e sacrifício de todos os tempos, esse Ser que trouxe o universo à existência abriu mão desse magnífico poder para oferecer Sua vida em sacrifício para pagar a penalidade pelos seus e pelos meus pecados.

Como explica o apóstolo Paulo em Filipenses 2:6-8 Filipenses 2:6-8 6 o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, 7 mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens; 8 e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz.
Almeida Atualizada×
: “Embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-Se a Si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-Se a Si mesmo e foi obediente até a morte, e morte de cruz!” (NVI).

O Verbo, o Ser divino que mais tarde se tornaria Aquele que conhecemos como Jesus, o Messias, era Deus no mesmo nível de existência do Pai. Mas por Sua própria escolha, Ele esvaziou-Se, voluntariamente, dessa gloriosa, majestosa, esplendorosa e poderosa existência no ato mais humilde de todos os tempos.

E porque Ele se voluntariou para se tornar o sacrifício por todos os pecados cometidos pela humanidade, Deus o Pai “O exaltou à mais alta posição e Lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho… e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor” (Filipenses 2:9-11 Filipenses 2:9-11 9 Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome; 10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, 11 e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.
Almeida Atualizada×
, NVI).

Todos os anos, nesta época, a comemoração da Páscoa bíblica nos lembra de que Ele se entregou por nós. Os artigos desta edição vão lhe ajudar a entender melhor e admirar mais esse grandioso sacrifício de todos os tempos!