Ajuda para hoje, esperança para amanhã 

Perguntas & Respostas

Você está aqui

Perguntas & Respostas

Login or Create an Account

With a UCG.org account you will be able to save items to read and study later!

Sign In | Sign Up

×

Resposta:  A trindade ensina que o Espírito Santo é uma pessoa separada, mas ela é um ensinamento falso e errôneo. Como demonstrado em nosso guia de estudo bíblico gratuito “Deus é uma Trindade? ” esta crença não se encontra na Bíblia, mas é baseada nas religiões antigas, que antecederam o cristianismo. Portanto, rejeitar esse falso ensinamento não poderia ser um ato de blasfêmia.

As palavras de Jesus Cristo em Mateus 12:32 Mateus 12:32Se alguém disser alguma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no vindouro.
Almeida Atualizada×
são: “Se alguém disser alguma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no vindouro”. Uma declaração semelhante é encontrada em Marcos 3:28-29 Marcos 3:28-29 28 Em verdade vos digo: Todos os pecados serão perdoados aos filhos dos homens, bem como todas as blasfêmias que proferirem; 29 mas aquele que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca mais terá perdão, mas será réu de pecado eterno.
Almeida Atualizada×
.

Algumas pessoas com conhecimento insuficiente sobre Jesus, que talvez tenham sido influenciados adversamente por preconceito, acusações falsas e reivindicações de líderes invejosos, podem ter considerado Jesus como um mero homem. E poderiam ter declarado coisas sobre Ele que eram falsas e desrespeitosas. Alguns, que não compreendem Deus Pai e Jesus Cristo, poderiam até ter feito declarações vis contra Eles. Jesus disse que esses pecados seriam perdoados mediante arrependimento.

Mas, no contexto de Mateus 12, os fariseus foram confrontados com um milagre que demonstrou claramente o poder de Deus. Jesus havia expulsado um demônio de um homem. Eles afirmaram que Cristo tinha feito aquele milagre pelo poder de Satanás. Mas Jesus explicou claramente que somente pelo poder de um Espírito superior — o de Deus — é que seria possível expulsar um demônio.

Eles permaneceram impassíveis e duros de coração. Apesar de verem uma clara demonstração do poder de Deus, através de Seu Espírito, ainda assim O rejeitaram, demonstrando assim uma atitude voluntária de resistir ao Espírito Santo, e por isso é que Jesus repreendeu-os com essa séria advertência. O Espírito Santo é o meio através do qual Deus age em nossos corações e mentes para nos transformar no tipo de pessoas que Ele quer que sejamos. A blasfêmia contra o Espírito envolve uma recusa do poder que nos permite mudar.

O livro de Hebreus aborda o tema de como a atitude de rejeitar a obra do Espírito Santo pode manifestar-se entre os crentes através da negligência espiritual e da insistência no pecado : “Porque é impossível que os que uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo, e provaram a boa palavra de Deus, e os poderes do mundo vindouro, e depois caíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; visto que, quanto a eles, estão crucificando de novo o Filho de Deus, e o expondo ao vitupério” (Hebreus 6:4-6 Hebreus 6:4-6 4 Porque é impossível que os que uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo, 5 e provaram a boa palavra de Deus, e os poderes do mundo vindouro, 6 e depois caíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; visto que, quanto a eles, estão crucificando de novo o Filho de Deus, e o expondo ao vitupério.
Almeida Atualizada×
, ver também Hebreus 10:26-27 Hebreus 10:26-27 26 Porque se voluntariamente continuarmos no pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados, 27 mas uma expectação terrível de juízo, e um ardor de fogo que há de devorar os adversários.
Almeida Atualizada×
).

O crente fiel e verdadeiro reconhecerá, confessará e se arrependerá de seus pecados e pedirá perdão. Quando fazemos isso, podemos ter o conforto de saber que esses pecados não vão nos levar para a segunda morte porque estamos participando do processo de conversão e superação. João traz isso à luz, logo no capítulo inicial de sua carta, em 1 João 1:8-9 1 João 1:8-9 8 Se dissermos que não temos pecado nenhum, enganamo-nos a nós mesmos, e a verdade não está em nós. 9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.
Almeida Atualizada×
. O apóstolo Paulo reconheceu que cometeu blasfêmia e foi culpado de se opor e de rejeitar a Cristo e perseguir a Seus seguidores. Mas ele se arrependeu disso e, por meio da graça de Deus, foi perdoado (1 Timóteo 1:13-14 1 Timóteo 1:13-14 13 ainda que outrora eu era blasfemador, perseguidor, e injuriador; mas alcancei misericórdia, porque o fiz por ignorância, na incredulidade; 14 e a graça de nosso Senhor superabundou com a fé e o amor que há em Cristo Jesus.
Almeida Atualizada×
).

Em contrapartida, aqueles que chegam ao ponto de finalmente rejeitar a Deus não vão procurar vencer o pecado através do poder de Seu Espírito. Ao escolherem não mudar ou não se arrependerem de seus pecados, enfim, eles estão escolhendo a morte. Esse é o “pecado imperdoável” — um pecado que alguém se recusa a se arrepender.

Mas precisamos ter coragem, porque enquanto desejarmos nos arrepender e recuperar nossa vida espiritualmente, Deus sempre nos perdoará. Em qualquer tempo, Deus pode perdoar o pecado de afastar-se dEle, mas, é claro, se o pecador quiser esse perdão e se arrepender-se verdadeiramente, como lemos em 1 João 1:9 1 João 1:9Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça.
Almeida Atualizada×
: “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”.

Está muito claro que Deus irá estender Sua misericórdia a todos que, sinceramente, se arrependam e mudem — independentemente de seu pecado. As palavras de Cristo, juntamente com as advertências em Hebreus, são seríssimas. No entanto, devemos nos apegar à esperança de que Deus nos concede o arrependimento quando voltamos para Ele.

Para aprender mais sobre como o Espírito de Deus trabalha em nossas vidas, baixe ou solicite nosso guia de estudo bíblico gratuito Transformando Sua Vida: O Processo de Conversão . BN