Pregando o evangelho e preparando um povo

Existe uma esperança para os mortos: Profecia do mundo de amanhã, parte 6

Você está aqui

Existe uma esperança para os mortos

Profecia do mundo de amanhã, parte 6

Download (Baixar)
MP3 Audio (50.62 MB)

Download (Baixar)

Existe uma esperança para os mortos: Profecia do mundo de amanhã, parte 6

MP3 Audio (50.62 MB)
×

A ressurreição depois do milénio e o juízo do trono branco.

Transcrição

Bom dia, boa tarde, queridos irmãos! Aqui é Jorge de Campos.

Ao fim do milênio esta terra, este planeta será um paraíso. A terra será próspera. Haverá grande abundância de víveres e riquezas; esta última geração, ao fim deste milênio, estes jovens, pessoas que vveram durante este período final, só verão esta prosperidade, esta riqueza, esta abundância. É bem possível que muitos deles venham a dizer: “o que vocês estão a dizer que a vida era muito difícil antes da vinda de Cristo não é realmente o caso porque é impossível.... isto é tão belo e sempre foi assim.

Então, ao fim deste milênio como lemos em Apocalipse 20 versículo 7:

Quando, porém, se completarem os mil anos, Satanás será solto da sua prisão

Ele, satanás, fará o que ele é perito, muito capaz de fazer: enganar, seduzir as nações.

E sairá a seduzir as nações que há nos quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, a fim de reuni-las para a peleja. O número dessas é como a areia do mar.

As nações que estão a volta do mundo inteiro. Essas atitudes das pessoas são as atitudes daqueles rebeldes de Gogue e Magogue. Essa atitude rebelde, essa rebelião que expliquei no sermão prévio desta série, em Ezequiel 38 que durante o milênio houve esses rebeldes. Então, essas pessoas rebeldes com suas ideias, vão começar essa rebelião que é chamada de Gogue e Magogue. Vai reunir essas pessoas dos quatro cantos da terra, esses rebeldes para uma luta, uma batalha. Isso vai juntar um grande número de pessoas rebeldes infelizmente.

Marcharam, então, pela superfície da terra e sitiaram o acampamento dos santos e a cidade querida; desceu, porém, fogo do céu e os consumiu.

Aqui vê-se que não houve uma guerra de resistência. Simplesmente, os rebeldes marcharam e quando chegaram no local indicado o fogo do céu os consumiu.

O diabo, o sedutor deles, foi lançado para dentro do lago de fogo e enxofre, onde já [tinham lançado] não só a besta como também o falso profeta; e serão atormentados de dia e de noite, pelos séculos dos séculos.

Aí vemos um período, queridos irmãos, em que o diabo vai finalmente ser posto de lado, digamos assim. Os rebeldes finais verão por fim que houve um diabo, existia um diabo, e que as coisas de facto foram más. Então, vão chegar ao período de que essas pessoas vão aprender esta lição e, agora, chega-se o período descrito em Apocalipse 20 versículos 11 e 12, o juízo do Trono Branco. O período em que os mortos são ressuscitados.

O meu tema hoje, é responder uma pergunta: existe uma esperança para os mortos.

Esse significado é revelado na Bíblia mas é o simbolismo do Festival Bíblico do Oitavo Dia. O Oitavo Dia depois dos sete dias da Festa de Tabernáculos. Esse, o Último e Grande Dia, completa a revelação do Palno de Salvação de Deus.

Em Hebreus 6 versículos 1 e 2, fala acerca das doutrinas básicas. São descritas seis doutrinas básicas, diz assim:

Por isso, pondo de parte os princípios elementares da doutrina de Cristo, deixemo-nos levar para o que é perfeito, não lançando, de novo, a base do arrependimento de obras mortas e da fé em Deus,

O ensino de baptismos e da imposição de mãos, da ressurreição dos mortos e do juízo eterno.

Temos que nos arrepender destas obras que agora devem estar mortas – primeiro ponto básico da doutrina – arrependimento; fé em Deus – precisamos acreditar em Deus; ensino dos baptismos, no plural; ensino da imposição das mãos, pelo qual recebemos o Espírito de Deus, isto é, a oração da imposição das mãos depois do baptismo em que Jesus Cristo, vendo os corações dos servos, dá ou não dá o Espírito Santo de Deus; os últimos dois pontos básicos doutrinais são: a ressurreição dos mortos e o juízo eterno.

Ora, como eu disse, o meu tema hoje, é que existe uma esperança para os mortos. Para entendermos isso, temos que entender estas duas doutrinas básicas que é a ressurreição dos mortos e o juízo eterno.

Então, o que será dos que morreram que morreram sem conhecerem a mensagem do verdadeiro Cristo? Actos 4 versículo 12:

E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos.

Não há nenhum outro homem, nenhum outro mediador entre Deus e os homen; o Mediador é Jesus Cristo.

Ora, as pessoas do mundo morreram. A maioria das pessoas do mundo não tiveram uma oportunidade de conhecerem o verdadeiro Cristo. Não conheceram a verdade. Foram iludidos pelo deus deste mundo (Apocalipse 12:9 Apocalipse 12:9E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.
Almeida Atualizada×
) que engana o mundo todo. O mundo todo está enganado.

Uma das coisas que cega as pessoas é que muitos religiosos, ministros e pastores destas igrejas, hoje em dia, é dizerem que só precisamos aceitar a Jesus Cristo e já estás salvo. Isso é mentira. Porque, através disso, não estão a ensinar a necessidade vital da primeira doutrina básica que foi demonstrado a pouco em Hebreus 6:1-2 Hebreus 6:1-2 [1] Pelo que deixando os rudimentos da doutrina de Cristo, prossigamos até a perfeição, não lançando de novo o fundamento de arrependimento de obras mortas e de fé em Deus, [2] e o ensino sobre batismos e imposição de mãos, e sobre ressurreição de mortos e juízo eterno.
Almeida Atualizada×
que é o arrependimento. De verem as suas fraquezas e com a ajuda do Espírito Santo, isto é, arrependidos, tendo fé em Deus e sendo baptizados, recebendo a ajuda do Espírito Santo, para vencerem estas fraquezas, para se esforçarem a vencer tais fraquezas, a fidelidade deste compromisso até ao fim.

Em I Coríntios 15 versículos 22 e 23:

Porque, assim como, em Adão, todos morrem, assim também todos serão vivificados em Cristo.

Irmãos, em Adão todos morrem e em Jesus Cristo todos ressuscitarão.

Cada um, porém, por sua própria ordem: Cristo, as primícias; depois, os que são de Cristo, na sua vinda.

A doutrina da ressurreição é bem declarada aqui que há uma ordem. Primeiro Cristo, depois, os que são de Cristo e depois, mil anos depois, os outros.

Existe uma ordem da ressurreição. Ora, em Romanos 8 versículo 9, vemos quem são os de Cristo

Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de facto, o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo [é o mesmo Espírito. Só há um Espírito], esse tal não é dele.

Quem são os de Cristo? Como lemos em I Coríntios 15 versículo 23, existe uma ordem: primeiro Cristo, depois os de Cristo na sua vinda. Quem são os de Cristo? Aqueles que têm o Espírito Santo de Deus. Oh, mas as pessoas dizem que  “eu tenho o Espírito de Deus”. Pelos frutos os reconhecereis.

Os que vão estar com Cristo à sua vinda são aqueles que têm o Espírito Santo de Deus. Em Apocalipse 17 versículo 14 diz que são  “...os chamados, eleitos e fiéis.”

Sim, são os que têm o Espírito Santo de Deus mas estes são chamados. Quem os chama? O Pai. São eleitos. Quem? Aqueles que se arrependem e estão a pôr em prática o que aprendem no caminho, são obedientes às leis e mandamentos de Deus. Fiéis, aqueles que se mantêm sem desistir; aqueles que não perseveram nas pressões, contradições, de toda natureza, de familiares e até do próprio esposo; você como uma dama na igreja mantem-se fiel mesmo perante oposição do seu marido, que não é fiel, por exemplo? Que não é cristão, que nega à Cristo? Você mantêm-se ou mesmo que ele seja aparentemente cristão mas quando você vê que tem que seguir a verdade, ele diz: você não faça isso! Você tem coragem de se pôr em pé e pôr Cristo, pôr Deus em primeiro ou não? Porque você não vai entrar no Reino de Deus debaixo das saias de outra pessoa. Você vai entrar no Reino de Deus pelo seu próprio compromisso e pela sua própria dedicação à Deus. Não vai ter desculpas. Seja então em Apocalipse 20 versículo 5:

Os restantes dos mortos não reviveram até que se completassem os mil anos.

Vimos que os que estão com Cristo vão ser ressuscitados à vinda de Cristo. Mas acima lemos que Os restantes dos mortos não reviveram [não ressuscitaram] até que se completassem os mil anos.

O resto dos mortos (que não ressuscitaram na primeira ressurreição na vinda de Cristo) vai ressuscitar depois do milênio. Jesus Cristo em João 5 versículo 28 e 29, vejamos o que ele mencionou:

Não vos maravilheis disto, porque vem a hora em que todos os que se acham nos túmulos ouvirão a sua voz [todos vão ser ressuscitados (bons e maus)] e sairão:

Os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida [primeira ressurreição – daqueles que são de Cristo à vinda de Cristo]; e os que tiverem praticado o mal [que não se arrependeram, os que não conheceram o verdadeiro Cristo], para a ressurreição do juízo.

Vai haver um juízo e vai haver uma ressurreição do juízo.

Todos vão ser ressuscitados. O que está a dizer aqui é que uns para a ressurreição da vida (primeira ressurreição) e outros para a ressurreição do juízo. Sim! Eu sei que algumas versões bíblicas dizem para a ressurreição de condenação. Isto é uma tradução incorrecta. É uma ressurreição de juízo, de julgamento.

Por issso vemos que bilhões e bilhões de pessoas que não foram santificadas pelo sangue de Jesus Cristo porque não se arrependeram, não se comprometeram ao caminho, não tiveram a fé, não lhes foi dado o Poder do Espírito Santo para vencer as fraquezas da carne e não foram fiéis até ao fim. Bilhões e bilhões de pessoas. Por exemplo: quantas criancinhas morreram de bebê, jovens e que nuncam conheceram Cristo e nunca tiveram oportunidade de se arrepender, não tiveram oportunidade de conhecer o caminho, não tiveram oportunidade de vencer a fraqueza da carne? Temos que ter o Espírito Santo, temos que ser àqueles chamados eleitos e fiéis e essas criancinhas nunca tiveram esta oportunidade.

Também ouvimos que só por um nome CRISTO, o verdadeiro Cristo – o que dizer dos hindus, dos budistas, dos confusionistas, dos taoístas, dos mulçumanos que não conheceram o verdadeiro Cristo? O que dizer dos que se chamam cristãos, que acreditam no falso Cristo, numa imagem de Cristo que é falsa – com cabelo comprido, efeminado... que não se arrependeram? Oh, só aceito Jesus Cristo e estou salvo! Esses não tiveram oportunidade de conhecer o verdadeiro Cristo. Estes não souberam a verdade. Esses não obedeceram às leis de Deus. Oh, obedecemos às leis de Deus. Sim? Obedeceram ao sábado? Oh, mas o sábado não é preciso porque estamos no Novo Testamento. Mentiras! Tiago diz: se tropeças num ponto da lei, és culpado de todos os pontos da lei. (Tiago 2:10 Tiago 2:10Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos.
Almeida Atualizada×
)

Queridos irmãos, o sábado é uma das leis de Deus e Deus é mesmo ontem, hoje e amanhã. Não mudou. Mas as leis de Deus não são só os dez mandamentos. As leis de Deus são mais que os dez mandamentos. Por exemplo, as leis de Deus acerca das carnes limpas e imundas; as leis de Deus acerca dos dízimos; as leis de Deus acerca das festas santas de Deus. Oh, você está a dizer que não preciso guardar os dias santos para ser salvo! O que eu estou a dizer é que se não obedece as leis dos dias santos, você não está a entender o plano de salvação. Você não entende o plano de salvação. Se você não entende o plano de salvação, você não entende o caminho e se não entende o caminho, não está a prativar o caminho. Está iludido, está enganado.

Por isso, pondo de outra maneira, essa pessoa está iludida e enganada por satanás. Uma vez mais Apocalipse 12:9 Apocalipse 12:9E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.
Almeida Atualizada×
, “... seduz, engana, ilude o mundo inteiro”. Então, estas pessoas não tiveram uma oportunidade de conhecer a verdade, não tiveram oportunidade de se arrepender, não tiveram uma oportunidade de fazerem a promessa, o compromisso de obediência às leis de Deus e, por causa disso, não se esforçaram, não venceram, não foram fiéis à Deus até ao fim de acordo com os parâmetros e as regras de Deus de fidelidade  a ele. São bilhões e bilhões de pessoas que não tiveram esta oportunidade. E por isso, morreram e ao fim da vida física, seja lá quantos anos tenham sido, morreram e não foram justificados pelo sangue de Cristo. Por que? Porque Cristo vai aplicar o seu sacrifício àqueles que se tenham arrependido e se tenham comprometido a obedecer a ele. Então, estas pessoas vão ressuscitar depois do milênio, na terra, a qual, a terra será um paraíso. Inicialmente poderão pensar: estamos no céu! Não estão na terra.

O ladrão na cruz quando Jesus Cristo disse que eu te digo que hoje estarás comigo no paraíso! O paraíso é esta segunda ressurreição, depois do milênio na terra porque a terra será um paraíso. Vejam comigo, se faz favor, em II Pedro 3 versículo 9:

Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.

Como é que estas pessoas podem chegar ao arrependimento se nunca souberam a verdade, foram iludidas por toda suas vidas? Nunca tiveram oportunidade disso.  Para se arrependerem, têm que ter o conhecimento da verdade para saberem do quê que têm que se arrepender. Vejam também em I Timóteo 2 versículos 4:

O qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade.

O desejo de Deus é que toda a humanidade, homens e mulheres, sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. Deus quer que saibam a verdade e quando tenham o conhecimento da verdade, Deus quer que todos se arrependam – que mudem o seu estilo de vida e assim recebam o perdão pelos seus pecados pelo sangue de Jesus Cristo e serem justificados, para serem justos e tenham a vida eterna. Não podem ter a vida eterna e continuarem a ter a vida que têm de magoar e machucar o próximo, de dizer mal, de serem ladrões, mentir ... não podem ter a vida eterna continuando a pecar. Por isso têm que saber a verdade e tem que continuar a esforçar-se para vencer as fraquezas da carne.

Agora vou dizer uma coisa importante, talvez não tenhas pensado nisso: é responsabilidade de Deus de que nós, todos, venhamos a saber a verdade. Uma vez sabida a verdade, aí é outra coisa. Mas Deus, cedo ou tarde, vai nos dar a oportunidade de saber a verdade. A maioria da humanidade 99,99999999% morreu sem saber a verdade. Não tiveram este conhecimento. Lucas 8 versículos 11 e 12, falando acerca da parábola do semeador:

Este é o sentido da parábola: a semente é a palavra de Deus.

A que caiu à beira do caminho são os que a ouviram; vem, a seguir, o diabo e arreba-lhes do coração a palavra, para não suceder que, crendo, sejam salvos.

É responsabilidade de Deus porque Deus está no controlo e Deus permite que satanás faça isto. Porque Deus é mais forte que satanás. Por isso Deus está a permitir isto. É responsabilidade de Deus. Continuando a ler. Estamos a ler aqui que o diabo tira-lhes a palavra para não serem salvos. Veja também em II Coríntios 4 versículo 4, vamos ler o que Paulo disse sob inspiração de Deus, acerca do deus deste mundo:

Nos quais [aí está a falar do evangelho que está encoberto; as pessoas estão cegas, não estão a entender  evangelho. Por que?] o deus deste século [o diabo. Está aí porque Deus o permite estar aí] cegou o entendimento dos incrédulos [ diabo está a iludir o entendimento dos incrédulos], para que lhes não resplandeça a luz do evangelho [da Boa Nova que ao fim de contas] da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.

É da glória de Cristo que vem como Rei e é sumo sacerdote, o nosso salvador. O ponto aqui é que o diabo os cegou. O deus deste século os cegou. As pessoas estão cegas. Por que? Porque ele é o deus deste mundo. Uma vez mais Apocalipse 12:9 Apocalipse 12:9E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.
Almeida Atualizada×
,  está a iludir o mundo todo. Por isso, Deus o permite. Não existe uma guerra entre Deus e satanás em que Deus está a perder. Não! Deus está a permitir. Por que? Então vamos voltar a parábola do semeador, desta vez, ao invés de vermos em Lucas, vamos em Mateus 13 versículo 10:

Então, se aproximaram os discípulos e lhes perguntaram: Por que lhes falas por parábolas? Os discípulos perguntaram à Jesus Cristo do por quê fala por parábolas. Versículo 11:

Ao que respondeu: Porque a vós outros é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas àqueles não lhes é isso concedido.

Deus decidiu chamar vocês agora para vocês entenderem e aos outros ainda não. É uma questão de quando. Versículo 12:

Pois ao que tem se lhe dará, e terá em abundância; mas, ao que não tem, até o que tem será tirado.

Por isso, lhes falo por parábolas; porque, vendo, não vêem; e, ouvindo, não ouvem, nem entendem.

Não entendem a verdade. Veja no versículo 15:

Porque o coração deste povo está endurecido [estão cegos. Como vimos, satanás os cegou], de mau grado ouviram com os ouvidos e fecharam os olhos; para não suceder que vejam com os olhos, ouçam com os ouvidos, entendam com o coração, se convertam e sejam por mim curados.

Veja o que Jesus Cristo está a dizer: o coração deles está cego porque senão seriam curados agora. Seriam salvos. Está aqui a falar de que se convertam e sejam por mim curados.

Então, por que? Não vimos que Deus quer que todos sejam salvos? Mas eles têm o seu tempo. Por que? Porque a mente de Deus é muito mais superior a nossa. O pensamento de Deus é muito mais profundo, mais inteligente que o humano e ele vê que desta maneira vai dar o melhor resultado. Um resultado mais eficaz. Você não entende mais um dia vai entender. Isto é sabedoria de Deus. A grande sabedoria de Deus. Veja nos versículos 18 e 19:

Atendei vós, pois, à parábola do semeador.

A todos os que ouvem a palavra do reino e não a compreendem, vem o maligno e arrebata o que lhes foi semeado no coração. Este é o que lhes foi semeado à beira do caminho.

Queridos irmãos, o ponto é o seguinte: as pessoas têm que ser chamadas por Deus para entenderem a verdade, para se arrependerem e assim estarem na primeira ressurreição. É Deus que escolhe. É Deus que decide quem ele que já. Por isso, você pode dizer que eu tenho que pregar o evangelho, tentar converter para salvar mais almas! Irmão, irmã, se isto não é o plano de Deus de salvar todos agora; o que o seu esforço vai fazer contra a vontade de Deus? As pessoas dizem: Olha, o que que o Jorge está a dizer? Irmãos, vejam em João 6 versículo 44:

Ninguém pode vir a mim [Jesus Cristo. Ninguém pode ser um cristão verdadeiro...] se o Pai, que me enviou, não o trouxer; e eu [Jesus Cristo] o ressucitarei no último dia [à vinda de Cristo].

As pessoas não entendem isto. Quantas vezes já li isto e as pessoas não entendem?

Por isso, estas pessoas que Deus não chamou, que Deus não tirou suas cegueiras espirituais, que veio de satanás e que Deus permite, então, estas pessoas morreram sem oportunidade? Sim. Então, nunca vão ter oportunidade? Não. Vão ter sua oportunidade. Mas Deus decide quando. Porque Deus diz que há uma ordem na ressurreição (I Coríntios 15:22-24).

Por isso, queridos irmãos, estou aqui  a falar do significado, do entendimento do plano de salvação de Deus que é muito importante, o qual é explicado pelo festival do Oitavo Dia, depois dos sete dias de Tabernáculos. Esse último grande dia, este festival que é o término dos festivais anuais de Deus. É o dia em que Deus vai tirar este véu – esta cegueira e vai abrir os olhos de toda a humanidade que morreu sem esperança. Deus vai retirar o véu, a cegueira da humanidade que morreu sem esperança e esta humanidade vai ressuscitar, os mortos vão ressuscitar e ter a oportunidade que nunca nunca tiveram nas suas vidas físicas. Então estas criancinhas que mencionei a pouco que morreram como crianças, como jovens... que não souberam o verdadeiro Cristo vão ter a oportunidade de conhecer Cristo e se arrepender.

Estes hindus, taoístas, budistas, confucionistas, mulçumanos que nunca conheceram o único nome pelo qual poderemos ser salvos, vai conhecer o verdadeiro Cristo e vão se arrepender. Se arrepender dos actos terríveis que fizeram. Cristãos que não praticam as leis de Deus; oh, pensam que só umas leis podem praticar e outras não, não se arrependeram. Quando se arrependerem, têm que se arrepender e obedecer a todas as leis como lemos em Tiago 2:10 Tiago 2:10Pois qualquer que guardar toda a lei, mas tropeçar em um só ponto, tem-se tornado culpado de todos.
Almeida Atualizada×
. Você tropeça num ponto, é como tivesse tropeçado em todos os pontos. Então, estas essoas vão ser ressuscitadas para uma segunda vida física, mas é a primeira oportunidade porque nunca tiveram antes uma oportunidade nas suas vidas. Por que? Porque nunca souberam da verdade porque estavam cegos e vão ressuscitar para o paraíso que será a terra depois do milênio. Ser-lhes-ão ensinados as leis de Deus, o plano de Deus, vão ter oportunidade de se arrepender e vai ser julgados pelos erros que fizerem. Isto é, vão ter que perdoar e reconciliar e vão ter  que provar que estão arrependidos através deste acto de perdoar os outros e serem perdoados e estarem prontos a reconciliar-se com aqueles com quem tiveram problemas.

Como descreve esta ressurreição? Ressurreição física daqueles que nunca tiveram uma oportunidade nesta primeira vida física. Sim, vão ter uma vida física mas esta segunda vida física será a primeira oportunidade que eles vão ter de conhecer a Cristo e se arrepender.

Apocalipse 20 versículos 11 e 12:

Vi um grande trono branco [período do juízo de Deus] e aquele que nele se assenta,de cuja presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles.

Vi também os mortos [outra ressurreição], os grandes e os pequenos, postos em pé [ressuscitados] diante do trono. Então, se abriram livros [irmãos, estes livros se chama Bíblia, eles vão ser abertos e vão entender o que a palavra de Deus diz]. Ainda outro livro, o Livro da Vida [que fique claro: enquanto se arrependem, começam a viver o caminho correcto, quando se tornam fiéis até ao fim, então, o nome deles vai para o Livro da Vida, isto é, para poderem ser transformados e terem a vida eterna], foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras [o que fizeram na primeira vida, vai ser tomado em conta], conforme o que se achava escrito nos livros.

Vão ter que se arrepnder, vão ter que se reconciliar, vão ter que fazer paz. Por isso, irmãos, este julgamento, este período de julgamento, porque é um período e não uma condenação, é um período que terão que aprender, vão ter que mudar, vão ter que ser fiéis; é como uma analogia de uma prisão condicional por um período determinado de anos em que estando debaixo de agentes responsáveis, isto é, os santos ressuscitados e debaixo desta fiscalização e dessa liberdade condicional vão ter que vencer e provar durante um certo período de tempo que de factos estão arrependidos, e que de facto estão a se reconciliar uns com os outros, o que não vai ser fácil. Repito: não vai ser fácil.

Por isso, precisam de tempo para sarar destas aflições mentais e emocionais que fizeram e que tiveram e que têm.

Jesus Cristo profetizou desta ressurreição na profecia que deu em Mateus avançando que todos vão ressuscitar ao mesmo tempo. Veja, por exe,plo em Mateus 10 versículo 15:

Em verdade voss digo que menos rigor haverá para Sodoma e Gomorra, no Dia do Juízo, do que para aquela cidade.

Mateus 11 versículos 21 a 23:

Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque, se em Tiro e em Sidom se tivessem operado os milagres que em vós se fizeram, há muito que elas se teriam arrependido com pano de saco e cinza.

E, contudo, vos digo: no Dia do Juízo, haverá menos rigor para Tiro e Sidom do que para vós outras.

Quer dizer que vão estar aí ao mesmo tempo. Tiro e Sidomcom estes judeus de Corazim e de Betsaida; com os de Sodoma e Gomorra com os judeus desse tempo, por exemplo de Cafarnaum do versículo 22.

Tu, Carfanaum, elevar-te-ás, porventura, até ao céu? Descerás até ao inferno; porque, se em Sodoma se tivessem operado os milagres que em ti se fizeram, teria ela permanecido até ao dia de hoje.

Veja também em Mateus 12 versículos 41 e 42:

Ninivitas se levantarão, no Juízo, com esta geração e a condenarão; porque se arrependeram com a pregação de Jonas.

A rainha do sul se levantará, no Juízo, com esta geração e a condenará; porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E eis aqui está quem é maior do que Salomão.

Vão ser ressuscitados todos ao mesmo tempo e, os ninivitas vão condenar todos os israelitas do tempo de Cristo. Jesus Cristo profetizou desse tempo de que todos vão ressuscitar ao mesmo tempo.

Depois, lemos o profeta Ezequiel capítulo 37, a profecia dos ossos ressequidos, no vale de muitos ossos ressequidos, começando a ler no versículo1:

Veio sobre mim a mão do Senhor; ele me levou pelo Espírito do Senhor e me deixou no meio de um vale que estava cheio de ossos,

E me fez andar ao redor deles; eram mui numerosos na superfície do vale e estavam sequíssimos [Quer dizer que eram muito antigos].

Então, me perguntou: Filho do homem, acaso, poderão reviver estes ossos? Respondi: Senhor Deus, tu o sabes.

Disse-me ele: Profetiza a estes ossos e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do Senhor.

Assim diz o Senhor Deus a estes ossos: Eis que farei entrar o espírito [a respiração, o fôlego, o espírito do homem no homem] em vós, e vivereis.

Vão ter uma vida física de novo.

Porei tendões sobre vós [é uam vida física], farei crescer carne sobre vós, sobre vós estenderei pele e porei em vós o espírito[o espírito que vocês tinham que quando morreram Deus guarda o nosso espírito, o que nós aprendemos na nossa vida está guardado, como dizer, está guardado num cofre forte espiritual], e vivereis. E sabereis que eu sou o Senhor.

Então, o espírito do homem no homem é posto neste corpo ressuscitado e esta pessoa volta a ser de novo esta pessoa mas agora com um corpo saudável, um segundo corpo físico. Versículo 7:

Então, profetizei segundo me fora ordenado; enquanto eu profetizava, houve um ruído, um barulho de ossos que batiam contra ossos e se ajuntavam, cada osso ao seu osso.

Vemos aqui que houve esse ajuntanmento de ossos segundo o corpo de cada um, tendões, peles, espírito do homem no homem e começaram a viver. Agora um corpo vivente, sendo a pessoa antiga como Jesus Cristo disse daqueles que viviam em Cafarnaum, vão ser julgados ao mesmo tempo com aqueles que estavam em Sodoma; os de Tiro, de Gomorra, a rainha do Sul vão estar ao mesmo tempo com estes judeus, está claramente visível que são estas pessoas; o espírito do homem no homem vai ser de novo posto no corpo da pessoa e vão parecer como eram mas vão ter um corpo saudável, nesta segunda vida. Então isso acontece como estamos a ler aqui em Ezequiel 37. Versículo 10:

Profetizei como ele me ordenara, e o espírito entrou neles, e viveram e se puseram em pé [ressuscitados], um exército sobremodo numeroso [bilhões e bilhões de pessoas].

Mas as pessoas dizem que: oh, agora não temos esperança, será que não existe Deus? Vamos ler no versículo 11:

Então, me disse: Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel. Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu a nossa esperança; estamos de todo exterminados.

Continuando nos versículos 13 e 14:

Sabereis que eu sou o Senhor, quando eu abrir a vossa sepultura e vos fizer sair dela, ó povo meu.

Porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e vos estabelecerei na vossa própria terra. Entao, sabereis que eu, o Senhor, disse isto e o fiz, diz o Senhor.

A sua cegueira será curada e vão ser ensinados os caminhos de Deus, vão ser ensinados o verdadeiro Cristo – o verdadeiro caminho, vão aprender que tinham feito coisas erradas, vão mudar, vão ser baptizados, vão receber a imposição das mãos para receberem o Espírito de Deus e vencer a natureza da carne e vão ter que crescer e ser fiéis até ao fim. por isso é que diz: Porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e vos estabelecerei na vossa própria terra. Entao, sabereis que eu, o Senhor, disse isto e o fiz, diz o Senhor.

Sabendo que depois de se arrependerem, depois de serem baptizados e ser-lhes impostas as mãos, vão receber o Espírito Santo de Deus e então vivereis se já estavam vivos e a palavra diz que vivereis, porque vão ter oportunidade de ter seus nomes no Livro da Vida. Como lemos em Apocalipse 20.

Queridos irmãos, vejam que aqui está a descrever um período maravilhoso desta segunda ressurreição em que a humanidade vai aprender e se arrepender e vai ter oportunidade que nunca tiveram. Veja como Paulo fala disto em Romanos 11, começando no versículo1:

Pergunto, pois: terá Deus, porventura, rejeitado o seu povo? De modo nenhum! Porque eu também sou israelitada descendência de Abraão, da tribo de Benjamim.

O ponto aqui, queridos irmãos, é que não é só os israelitas. Deus é igual para todos. Não rejeitou a humanidade. O que ele vai fazer com os isaelitas, vai fazer também com os gentios. Por isso, está a descrever aqui que o mundo está cego; veja por exemplo no versículo 5:

Assim, pois, também agora, no tempo de hoje, sobrevive um remanescente segundo a eleição da graça.

E o quê que acontece? Sim. Hoje em dia são poucos que sabem a verdade mas o resto, o que que acontece? Foram endurecidos. É o que lemos ao fim do versículo 7:

Que diremos, pois? O que Israel busca, isso não conseguiu; mas a eleição o alcançou; e os mais foram endurecidos,

Estão cegos. Isto é, Deus permitiu que eles estivessem cegos, não abriu à eles nesta vida mas, na segunda ressurreição, vão então ter esta oportunidade. Continue nos versículos 11 e 12:

Pergunto, pois: porventura, tropeçaram [Deus permitiu que eles caíssem para serem perdidos?] para que caíssem? De modo nenhum! Mas, pela transgressão, veio a salvação aos gentios, para pô-los em ciúmes.

Ora, se a transgressão deles redundou em riqueza para o mundo, e o seu abatimento, em riqueza para os gentios, quanto mais a sua plenitude [quanto mais a bênção quando no milênio? Isto vai ser para o mundo todo, ainda mais, depois do milênio, na segunda ressurreição; a terra vai ser um paraíso para todos estes]!

Veja também no versículo 25:

Porque não quero, irmãos, que ignoreis este mistério (para que não sejais presumidos em vós mesmos): que veio endurecimento em parte a Israel [estão cegos temporariamente], até que haja entrado a plenitude dos gentios.

Depois, no milênio e depois da ressurreição vindoura, todo o Israel será salvo. E, queridos irmãos, não é só todo Israel que será salvo porque Deus não está a discriminar o povo de Israel, vai fazer à toda a humanidade. Veja no versículo 32:

Porque Deus a todos encerrou na desobediência, a fim de usar de misericórdia para com todos.

Deus está a usar de misericórdia para com todos. Nesta ressurreição, no milênio, haverá senhores e professores, que são os santos ressuscitados na primeira ressurreição mil anos antes, que têm experiências como seres espirituais de mais de mil anos, vão ensinar as pessoas com carinho e então, estas pessoas vão ter oportunidade que nunca tiveram. Por isso se lê no versículo 33:

Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos!

Queridos irmãos, por isso, devemos dar glórias a Deus porque o seu plano é tão grande, que nos festivais é simbolizado pelo Oitavo Dia depois dos sete dias de Tabernáculos. Estas pessoas, nesta segunda ressurreição, vão ressuscitar para um paraíso. Mas não vai ser um paraíso nos céus mas um paraíso na terra e vão ter a oportunidade de vencer as fraquezas da carne na terra. Então estas pessoas vão ter a oportunidade de ressuscitar no paraíso mas não é um paraíso nos céus; é um paraíso na terra.

Queridos irmãos, vejam em Isaías 65 começando no versículo 17:

Pois eis que eu crio novos céus e nova terra; e não haverá lembrança das coisas passadas, jamais haverá memória delas.

Vai ser ao início do milênio. Depois diz mais adiante no versículo 20:

Não haverá mais nela criança para viver poucos dias, nem velho que não cumpra os seus; porque morrer aos cem anos é morrer ainda jovem, e quem pecar só aos cem anos será amaldiçoado.

Aqui vemos uma implicação directa ao milênio mas tem um significado duplo porque está a dizer que não haverá nela criança para viver poucos dias ... quer dizer que aqueles que vão ser ressuscitados que não cumpriram os seus dias vão ter que cumprir ouviverão cem anos nesta primeira oportunidade para aprenderem ou seja o que for ... mas vão ter um período adicional para que venham a cumprir os seus anos e tenha a sua oportunidade.

Queridos irmãos, nesse período, na segunda ressurreição, toda a humanidade, ao fim deste período, terá tido a sua oportunidade. Ora, os que se arrependerem terão a vida eterna e serão transformados porque foi escrito e aberto o Livro da Vida. Mas os que não se arrependerem, o quê acontece? Acontece que vai haver um juízo final.

O ponto é o seguinte: ou somos perdoados ou somos julgados. Pensem bem! Ou somos perdoados ou somos julgados. Aqueles que são perdoados e que receberam o perdão, que foram reconciliados e fiéis até ao fim dos seus dias que Deus determina vão então ser transformados para seres espirituais. Os outros que não se arrependeram terão que passar no julgamento. Vai haver um julgamento. Vejam por exemplo em Hebreus 10 versículos 26 a 27:

Porque, se vivermos deliberadamente em pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade [todos vão ter uma oportunidade de conhecer plenamente a verdade. Uma vez conhecida a verdade, não quiserem se comprometer com ela], já não resta sacrifício pelos pecados;

Pelo contrário, certa expectação horrível de juízo e fogo vingador prestes a consumir os adversários.

Vejam também em Hebreus 6 versículos 4 a 6:

É impossível, pois, que aqueles que uma vez foram iluminados [receberam a verdade e vieram a ser verdadeiros cristãos], e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do Espírito Santo,

E provaram a boa palavra de Deus e os poderes do mundo vindouro,

Aqui está a dizer explícitamente daqueles que receberam a palavra da verdade e caíram, isto é, não foram fiéis até ao fim

E caíram, sim, é impossível outra vez renová-los para arrependimento, visto que, de novo, estão crucificando para si mesmos o Filho de Deus e expondo-o à ignomínia.

O pecado que não é arrependido é imperdoável.

Irmãos, haverá justiça. Vejam também em Lucas 12 versículos 58 a 59:

Quando fores com o teu adversário ao magistrado, esforça-te para te livrares desse adversário no caminho; para que não suceda que ele te arraste ao juiz, o juiz te entregue ao meirinho e o meirinho [oficial de justiça] te recolha à prisão.

Enquanto tens tempo, vais ter uma oportunidade para resolver os teus problemas. Por exemplo, você que está na Igreja de Deus e está a receber esta verdade, você tem que ter cuidado porque tem que esforçar-te para não ter inimigo. Deve fazer tudo que for possível para estar em paz.

Digo-te que não saíras dali enquanto não pagares o último centavo.

Queridos irmãos, Deus nos dá espaço para o arrependimento. Para perdoar, para reconciliar e se não aprendemos a perdoar e a reconciliar; diz que vamos ter que pagar até ao último centavo.

Depois desse período condicional de provação, seja quando for – nesta vida, tem a sua provação hoje; ou se vai ter a sua provação durante o milênio ou se você vai ter a sua provação na segunda ressurreição; ao fim de teres tido a sua aprovação, ter tido a sua oportunidade, vai haver um julgamento final. Hebreus 10 versículos 29 a 31:

De quanto mais severo castigo julgais vós será considerado digno aquele que calcou aos pés o Filho de Deus, e profanou o sangue da aliança com o qual foi santificado, e ultrajouno Espírito da graça?

Ora, nós conhecemos aquele que disse: a mim pertence a vingança; eu retribuirei. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo.

Horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo.

Ou somos perdoados ou somos julgados. Haverá justiça se as pessoas não se arrependerem. Horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo.

Os que, por exemplo, nesta vida, tenham tido do conhecimento pleno da verdade, tenham recebido o Espírito Santo e rejeitaram isto, estes então vão ser ressuscitados como se lê em Apocalipse 20 versículos 13 a 15:

Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além [isto é, hades=sepultura] entregaram os mortos que neles havia [estes que vão ressuscitar mas já estão condenados a morte]. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras.

Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lag de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo.

E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida [se não tiver a vida eterna, neste momento], esse foi lançado para dentro do lago de fogo.

Da maneira que estamos a ver aqui, são aparentemente, todos lançados ao mesmo tempo no lago de fogo. Vai ser o lago de fogo o juízo final e vão estar todos lá. Esse ponto é aquele descrito em Malaquias que a terra toda vai ser queimada. Malaquias 4 versículo 1:

Pois eis que vem o dia [período] e arde como fornalha; todos os soberbos e todos os que cometem perversidade serão como restolho [todos ao mesmo tempo]; o dia que vem os abrasará, diz o Senhor dos Exércitos, de sorte que não lhes deixará nem raíz nem ramo.

Quer dizer que estes que pecaram durante a vida física e que perderam a sua oportunidade, vão ser ressuscitados ao fim deste período do julgamento condicional e que se vão juntar aos outros que no período de julgamento condicional não se arrependeram e vão todos, juntos, ser julgados e condenados para o lago de fogo. Veja também no versículo 3:

Pisareis os perversos, porque se farão cinzas debaixo das plantas de vossos pés, naquele dia que preparei, diz o Senhor dos Exércitos.

Vão estar todos aí neste mesmo dia. Todos ao mesmo tempo. Veja também em II Pedro 3 versículo 7:

Ora, os céus que agora existem e a terra, pela mesma palavra, têm sido entesourados para fogo, estando reservados para o Dia do Juízo e destruição dos homens ímpios.

Vai este dia que os homens pecadores, que todos ímpios, vão ser destruídos no lago de fogo ao mesmo tempo.

Versículo 8:

Há, todavia, uma coisa, amados, que não deveis esquecer: que, para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia.

Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longênimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento.

Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas.

Visto que todas essas coisas hão de ser assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade.

Esperando e apressando a vinda do Dia de Deus, por causa do qual os céus, incendiados, serão desfeitos, e os elementos abrasados se derreterão.

Os elementos da terra se derreterão. Vai ser um fogo que vai queimar a terra inteira. Esse dia do lago de fogo que se vai estender e destruir tudo.

Então, irmãos, depois disto, lê-se no versículo 13:

Nós, porém, segundo a sua promessa, esperamos novos céus e nova terra, nos quais habita justiça.

Então, DEUS vai criar um novo céu e uma nova terra para seres espirituais. Isso é o que lemos em Apocalipse 21 versículo 1:

Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.

Tudo físico vai ser destruído. Depois, teremos um novo céu e uma nova terra. Diz no versículo 4:

E lhes enxugará dos olhos toda a lágrima, e a morte já não existira, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram.

Isso vai acontecer irmãos.

Então, a pergunta que fiz inicialmente: existe uma esperança para os mortos que não conheceram a verdade? SIM. O que faremos depois? Paulo em Romanos 8 versículo18, dá uma esperança para os dias depois. Muitas das coisas que faremos depois, Deus não nos diz, não nos revela e não é necessário saber hoje em dia. Sabemos o que é suficiente para a salvação. Mas em Romanos 8 versículos 18 e 19:

Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós.

A ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus.

Queridos irmãos, tudo foi criado à espera da revelação dos filhos de Deus. Que Deus nos ajude a ter esperança, a ter força de vontade de nunca desistirmos. Pois, se desistirmos, não há segunda salvação. Não há uma segunda oportunidade, não há uma segunda chance. O tempo e breve e Jesus Cristo vem brevemente. Não sabemos quando mas sabemos que o mundo do amanhã está perto, muito perto. Jesus Cristo, ao fim de Apocalipse, diz: venho sem demora.

Praticamente está a dizer: acordem, estejam a vigiar, obedeçam às leis de Deus, estejam perto de Deus com todo o seu coração, com toda a sua mente, com toda a sua força.

Queridos irmãos, a minha oração, para todos vocês e pra todos nós, é que Deus nos dê a visão para que tenhamos domínio próprio pela esperança que Deus nos dá para perseverarmos fielmente até ao fim.

Que Deus nos abençoe neste caminho!