Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

A Boa Nova do Reino de Deus

Você está aqui

A Boa Nova do Reino de Deus

O mundo precisa desespera-damente de boas novas.

As manchetes dos tempos que correm estão carregadas de más notícias — as guerras assolam o globo; fomes devastam países inteiros; catástrofes ambientais e desastres naturais, como terramotos, secas, e inundações matam milhares de pessoas; persistente pobreza mantém nações inteiras sob o seu brutal poder; o crime violento aumenta não obstante os melhores esforços do homem para lidar com ele — a litania de tragédias, sofrimento e más notícias é implacável.

Acidentes e moléstias matam milhares todos os dias. Tragicamente, acidentes, suicídios e assassinatos são causas de morte que lideram entre os adolescentes e os adultos jovens nas nações económica e tecnicamente avançadas. O abuso da droga e do álcool e a promiscuidade sexual são desmedidos, espalhando a praga da destruição de matrimónios e lares e vidas.

Novas doenças frustrantes surgem por todo o mundo, desafiando as melhores tentativas dos cientistas para as suster ou curar. Outras doenças, há muito supostas terem sido vencidas pela ciência médica, aparecem com mortalidade brutal, tendo ganho resistência a medicamentos que facilmente as curavam há algumas décadas atrás.

Mesmo a religião, para a qual muitos a viam com solução, é muitas vezes uma parte do problema. A qualquer momento, guerras e conflitos armados alargam-se e incendeiam-se, ateados pelo fervor religioso. Guerras são travadas não só entre as maiores religiões, mas entre facções da mesma religião, supostamente por devoção e ao serviço do mesmo Deus.

A existência humana ameaçada

No século passado, só em guerras, foram mortas mais de 150 milhões de pessoas. Bem mais de 100 milhões foram mortas por moléstias e desastres naturais. Terríveis armas nucleares, químicas e biológicas têm a capacidade de destruir exércitos — mesmo nações inteiras — em segundos. Os chefes do governo receiam assustadoramente que tais armas de destruição em massa caiam nas mãos de terroristas que já mostraram não hesitarem em utilizá-las para alcançarem os seus fins.

Porque vemos tanta tristeza, dor e sofrimento à nossa volta? Aonde nos leva isto? Porque é que o mundo está em tão precária situação? Com todas estas más notícias, há realmente alguma esperança para o futuro da humanidade?

Há quase 2.000 anos, Jesus Cristo, o próprio Filho de Deus, veio à terra e profetizou um maravilhoso futuro para a humanidade, depois dum intenso período de terríveis calamidades. A Sua mensagem, chamada “o evangelho”, quer dizer “boa-nova” — a verdadeira boa notícia que o mundo tão desesperadamente precisa.

O que é exactamente esta boa nova — este evangelho— que Jesus Cristo pregou? É somente uma história admirável acerca do nascimento, vida, actividades, morte e ressurreição de Jesus Cristo? Certamente isto é parte integral da boa notícia do plano de Deus para a humanidade (Marcos 1:1 Marcos 1:1Princípio do evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus.
Almeida Atualizada×
). Mas há muito mais nesta mensagem.

Mensagem da salvação

No nosso livro com o título “O Evangelho do Reino de Deus” vemos que a boa nova que Jesus Cristo trouxe não foi unicamente uma mensagem sobre a Sua vida e morte para nos levar à salvação; a Sua mensagem também diz respeito ao significado da salvação e como Ele tenciona salvar a raça humana dos presentes problemas. O evangelho revela o glorioso destino da humanidade!

Tristemente, a humanidade tem reduzido o evangelho à história acerca da pessoa de Jesus Cristo negligenciando e fazendo vista grossa à mais profunda e vastamente mais abrangente mensagem que Ele trouxe. É claro que Ele trouxe boas notícias — as mais maravilhosas notícias que este cansado, perturbado mundo pode ouvir!

Uma secção inteira do Novo Testamento foi devotada ao registo histórico da mensagem que Jesus Cristo ensinou quando cá esteve. Esta porção da Bíblia, apropriadamente chamada “os Evangelhos,” comporta os quatro primeiros livros do Novo Testamento: Mateus, Marcos, Lucas e João. Todos os escritores destes registos nos dizem que a principal mensagem de Jesus foi a do evangelho do Reino de Deus.

Diz-nos Marcos: “veio Jesus para a Galiléia, pregando o evangelho do Reino de Deus e dizendo: O tempo está cumprido, e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no evangelho” (Marcos 1:14-15 Marcos 1:14-15 [14] Ora, depois que João foi entregue, veio Jesus para a Galiléia pregando o evangelho de Deus [15] e dizendo: O tempo está cumprido, e é chegado o reino de Deus. Arrependei-vos, e crede no evangelho.
Almeida Atualizada×
). “O evangelho do Reino de Deus” é a mensagem que Jesus Cristo instruiu aos Seus seguidores para crerem. No nosso livro entitulado “O Evangelho do Reino de Deus” ajudá-lo-á a compreender e crer esta extraordinária boa nova que Jesus Cristo anunciou à humanidade!

Visite a nossa site www.revistaboanova.org para descarregar este livro ou para o encomendar. O livro é grátis. BN