Ajuda para hoje, esperança para amanhã 

A Festa das Primícias: A Explicação de um Grande Mistério

Você está aqui

A Festa das Primícias

A Explicação de um Grande Mistério

Login or Create an Account

With a UCG.org account you will be able to save items to read and study later!

Sign In | Sign Up

×

Deus tem um plano. Mas quando os céticos veem a situação lastimável do mundo, muitos deles duvidam da existência de Deus. Afinal, argumentam eles, como pode existir um Deus, que cria os céus e a terra, coloca o homem na Terra e, em seguida, deixa a raça humana entregue à sua própria a sorte?

Esse argumento é verdadeiro?

Deus está fazendo mais do que algumas pessoas supõem. Como veremos, Ele tem um plano sistemático e detalhado para trazer a paz ao mundo e ao mesmo tempo oferecer a salvação para a humanidade de uma maneira extraordinária—de um jeito que cada pessoa que já viveu vai ter sua grande oportunidade de cumprir esse propósito.

Pode até não parecer que seja assim, mas a Festa das Primícias ou Pentecostes, como é chamada no Novo Testamento, tem um significado que transcende qualquer coisa que você já imaginou.

Ao contrário da crença popular, Deus está envolvido nos assuntos da humanidade —e muito mais do que você imagina. Essa antiga festa que Deus deu a Israel nos ajuda a entender exatamente o que é que Ele está fazendo—e por que para muitas pessoas parece que Ele está fazendo pouco ou nada para salvar a humanidade hoje em dia.

A Origem da Festa das Primícias

Pouco tempo depois de entregar os Dez Mandamentos, Deus deu outra ordem a Israel: “Três vezes no ano me celebrareis festa. A Festa dos Pães Asmos guardarás … e a Festa da Sega dos primeiros frutos do teu trabalho, que houveres semeado no campo, e a Festa da Colheita à saída do ano” (Êxodo 23:14-16).

Nessa Festa da Sega, também chamada de Festa das Primícias ou Semanas, os israelitas deviam oferecer as primícias da colheita do último trigo da primavera na Terra Santa (Números 28:26; Deuteronômio 34:22). Alguns meses depois eles celebravam outro festival, chamado de Festa da Colheita ou Festa dos Tabernáculos. Isto acontecia no “fim do ano”—no fim do ciclo agrícola anual, quando acabava o verão na Terra Santa—quando as pessoas se reuniam para a colheita.

Essas festas tinham sido ordenadas. Hoje em dia, porque Deus quer que aprendamos com Seus festivais, eles ainda continuam sendo comemorados pelo povo de Deus. Também devemos entender que quando uma pessoa observa as festas de Deus atualmente, ela não está apenas celebrando as bênçãos de Deus nas colheitas da Terra Santa. Ela está comemorando e aprendendo algo muito mais importante—o propósito e o plano de Deus para salvar a humanidade!

A colheita espiritual e as primícias espirituais

A Palavra de Deus fala de dois tipos de colheitas. Uma delas é a colheita mencionada acima. Mas isso representa outra colheita—a importantíssima col-heita espiritual .

Veja o que Jesus Cristo disse em Lucas 10:1-2 Lucas 10:1-2 1 Depois disso designou o Senhor outros setenta, e os enviou adiante de si, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir. 2 E dizia-lhes: Na verdade, a seara é grande, mas os trabalhadores são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara.
Almeida Atualizada×
: “E, depois disso, designou o Senhor ainda outros setenta e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir. E dizia-lhes: Grande é, em verdade, a seara, mas os obreiros são poucos; rogai, pois, ao Senhor da seara que envie obreiros para a sua seara”.

Jesus está comparando a colheita espiritual com uma colheita de grãos. Em João 4:35-36 Ele disse aos Seus discípulos: “Levantai os vossos olhos e vede as terras, que já estão brancas para a ceifa. E o que ceifa recebe galardão e ajunta fruto para a vida eterna …”.

Na verdade, as colheitas relativas às festas bíblicas de Deus foram idealizadas para nos ensinar sobre a colheita espiritual , que Jesus veio à Terra para espalhar as sementes, as quais Ele e Seus discípulos começaram a colher. Como havia duas colheitas no Oriente Médio, também existem duas fases da colheita espiritual.

O apóstolo Tiago disse que o povo de Deus é “como que os primeiros frutos de tudo o que ele criou” (Tiago 1:18 Tiago 1:18Segundo a sua própria vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas.
Almeida Atualizada×
, NVI, grifo do autor). Isso nos ajuda a ver que as pessoas com quem Deus está trabalhando agora são como “primícias”. As primícias são os primeiros a serem originados. Isto implica que há outros frutos a ser colhidos depois.

Esta era e este mundo não são de Deus

Alguma vez você já se perguntou por que a religião cristã não consegue resolver os problemas do mundo? Por que ela não prevaleceu sobre as outras grandes religiões mundiais e as filosofias falsas?

Seria de esperar que a obra de Jesus Cristo, vinda de Deus, traria uma era onde o grande movimento do cristianismo iria prevalecer e inaugurar um tempo de paz. Afinal de contas, a igreja cristã ensina que o Reino de Deus iria expandir a partir desse pequeno começo e o poder de Deus se manifestaria ao mundo através de Seus discípulos.

Então, por que isso não aconteceu?

Não há uma resposta simples para o conceito de “primícias”. Como vemos, nunca foi intenção de Deus converter o mundo durante o “presente século mau”, como o apóstolo Paulo se refere ao nosso tempo (Gálatas 1:4). Você já parou para pensar que, se realmente essa fosse a intenção de Deus, Ele não teria conseguido fazer isso?

O fato é que Deus tem a intenção de converter todo o mundo numa era posterior . Essa época, anunciada pelos profetas, é quando Jesus Cristo retornará à Terra para estabelecer o Seu Reino. Veja como isso será muito diferente: “E acontecerá, nos últimos dias, que se firmará o monte da Casa do Senhor no cume dos montes e se exalçará por cima dos outeiros; e concorrerão a ele todas as nações”.

“E virão muitos povos e dirão: Vinde, subamos ao monte do Senhor, à casa do Deus de Jacó, para que nos ensine o que concerne aos seus caminhos, e andemos nas suas veredas; porque de Sião sairá a lei, e de Jerusalém, a palavra do Senhor” (Isaías 2:2-3).

Este não é o retrato do mundo de hoje! Nosso mundo é um lugar onde as nações ignoram o grande Deus Criador. Nosso mundo é um mundo aonde se vai à guerra por não conseguir resolver os problemas de outra maneira.

Veja o que Isaías profetiza para o mundo vindouro sob o governo de Jesus Cristo: “Ele exercerá o seu juízo sobre as nações e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões e as suas lanças, em foices; não levantará espada nação contra nação, nem aprenderão mais a guerrear” (versículo 4).

Repetindo, esta não é uma descrição do mundo de hoje. Esta é a descrição de um mundo governado por Jesus Cristo, depois de receber o Seu Reino e de o adminstrar com a ajuda de Seus santos. Aqui é apresentado um mundo futuro onde todas as nações buscarão o verdadeiro Deus. As religiões do mundo e o empenho do homem não conseguiram realizar nada que se aproxime desse quadro. Esta é claramente visão futura para a humanidade!

Deus não está convertendo o mundo agora

Isto nos leva às primícias. Todo o conceito de primícias diz respeito a que Deus não está convertendo o mundo agora . Estamos numa época em que o mundo ainda está sendo governado por Satanás, o diabo. Paulo ainda chama o diabo de “o deus deste século”, que cegou, espiritualmente, a mente da maioria da humanidade nesta era (2 Coríntios 4:4; Apocalipse 12:9 Apocalipse 12:9E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.
Almeida Atualizada×
).

Sem dúvida, Jesus Cristo não vai mudar agora o mundo em que vivemos. Ele não estabeleceu Sua Igreja para converter o mundo nessa época de hoje.

Existe um período de tempo entre a Sua primeira vinda, em que Ele estabeleceu a Sua Igreja, e Seu futuro retorno à Terra. Quando voltar, Ele vai ressuscitar os Seus santos para a imortalidade. Ele voltará na sétima trombeta, como visto em Apocalipse 11:15 Apocalipse 11:15E tocou o sétimo anjo a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos.
Almeida Atualizada×
: “O sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve fortes vozes nos céus que diziam: “O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre” (NVI).

Somente quando Jesus voltar é que o mundo vai se converter a Ele—e só depois que o mundo passar por um sofrimento indescritível. E tudo indica que serão necessários terríveis eventos e terremotos para fazer com que um grande numero de pessoas converta-se, de boa vontade, ao seu Criador.

O mundo não vai destruir a Igreja de Cristo

Mas Deus tem trazido apenas um número pequeno de pessoas para Ele hoje—na era atual. Durante este período, entre a primeira e a segunda vinda de Jesus, é que Ele vem edificando a Sua Igreja, composta das primícias. Jesus disse: “Edificarei a minha igreja, e as portas do inferno [hades, a sepultura,] não prevalecerão contra ela” (Mateus 16:18 Mateus 16:18Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do hades não prevalecerão contra ela;
Almeida Atualizada×
).

E já que este mundo não é de Deus, a Sua Igreja está sob ataque desde a sua fundação —inclusive passando por perseguição de governos e religiões e de lobos disfarçados e falsos mestres de dentro dela. Mas como Jesus é o cabeça de Sua Igreja, ela, no entanto, prevalecerá.

Os membros de Sua Igreja são auxiliados por Cristo para vencer o mundo como Ele também venceu. Ou seja, em face da pressão exercida pelo mundo, eles são ajudados para se manterem fiéis aos ensinamentos de Cristo. Sua Igreja tem pregado ao mundo o mesmo evangelho que Jesus pregou—o evangelho do Reino de Deus (Marcos 1:14 Marcos 1:14Ora, depois que João foi entregue, veio Jesus para a Galiléia pregando o evangelho de Deus
Almeida Atualizada×
). Mas a Sua Igreja, embora consegue existir durante esta era, não é intencionada para ser uma força política ou religiosa proeminente ao longo dos séculos.

Aqueles chamados por Deus para o Seu grande propósito através dos ensinamentos de Cristo preparar-se-ão espiritualmente para Sua vinda. O grande propósito de Deus para os que estão em Sua Igreja, também chamados de primícias, é para que possam alcançar entrada no Reino de Deus (2 Pedro 1:11 2 Pedro 1:11Porque assim vos será amplamente concedida a entrada no reino eterno do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Almeida Atualizada×
). Sua Igreja existe principalmente para anunciar o Evangelho do Reino e para preparar aqueles que Deus chamou para Sua Igreja para assumirem seus cargos no Reino.

Entendendo as primícias

Mais uma vez, são as primícias aqueles que estão sendo preparados para o grande propósito de reinar com Jesus Cristo. As primícias são os primeiros da grande colheita de Deus que estão sendo trazidos para a salvação.

Veja que a Parábola dos Talentos fala de pessoas a quem lhes foi confiado de cuidar dos bens de seu mestre e são responsáveis de fazer um bom uso deles—gerando lucro ou incremento. Isso corresponde àqueles que são chamados agora—que recebem as bênçãos de Deus, particularmente, a Sua Palavra e Seu Espírito e que as usam para crescerem espiritualmente a cada dia.

Em determinado momento de Seus ensinamentos, Jesus disse: “Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos” (Mateus 11:25 Mateus 11:25Naquele tempo falou Jesus, dizendo: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos.
Almeida Atualizada×
).

Entenda que esta declaração é muito significativa (comparar Lucas 8:10 Lucas 8:10Respondeu ele: A vós é dado conhecer os mistérios do reino de Deus; mas aos outros se fala por parábolas; para que vendo, não vejam, e ouvindo, não entendam.
Almeida Atualizada×
). Está claro que Deus tem escondido Suas verdades de algumas pessoas. Nem todo mundo tem recebido esta preciosa verdade durante esta era. A grande maioria das pessoas—até mesmo muitos que se dizem cristãos—não entendem o grande propósito de Deus.

Geralmente, nem mesmo os mais sinceros membros das igrejas entendem que não vão para o céu como almas desencarnadas quando morrem. A verdade é que os mortos não têm consciência e aguardam a ressurreição (Eclesiastes 9:5 Eclesiastes 9:5Pois os vivos sabem que morrerão, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco têm eles daí em diante recompensa; porque a sua memória ficou entregue ao esquecimento.
Almeida Atualizada×
, 10; Daniel 12:2 Daniel 12:2E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.
Almeida Atualizada×
). Jesus Cristo virá uma segunda vez e vai ressuscitar aqueles que “em Jesus dormem” (1 Tessalonicenses 4:14 1 Tessalonicenses 4:14Porque, se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, assim também aos que dormem, Deus, mediante Jesus, os tornará a trazer juntamente com ele.
Almeida Atualizada×
), os verdadeiros cristãos, que morrem nesta era, vão ajudar a Cristo nesse reinado de mil anos sobre a Terra (Apocalipse 20:4 Apocalipse 20:4Então vi uns tronos; e aos que se assentaram sobre eles foi dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados por causa do testemunho de Jesus e da palavra de Deus, e que não adoraram a besta nem a sua imagem, e não receberam o sinal na fronte nem nas mãos; e reviveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.
Almeida Atualizada×
,6). Através de Seu governo justo é que a paz virá e então todas as pessoas vão conhecer a Deus. Hoje em dia, o mundo não conhece o verdadeiro Deus.

O restante não está perdido

Certamente Deus pode fazer com que Sua mensagem seja conhecida, se assim desejar. Então, por que as pessoas acreditam que a maioria está perdida se não for “salva” agora nesta era?

A questão é simples: Deus não está chamando todo mundo agora. Mas só porque eles não foram chamados nesta época não significa que estão excluídos da oportunidade de alcançarem a grande salvação oferecida por Deus.

Hoje em dia, Deus está trabalhando com aqueles que a Escritura chama de “eleitos” (Mateus 24:22 Mateus 24:22E se aqueles dias não fossem abreviados, ninguém se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.
Almeida Atualizada×
, 24, 31; Romanos 8:33 Romanos 8:33Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica;
Almeida Atualizada×
; 11:7). Eles estão sendo chamados durante esta época dominada pelo diabo. É por isso que eles têm que vencer ou prevalecer.

Jesus disse-lhes: “E ao que vencer e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações” (Apocalipse 2:26 Apocalipse 2:26Ao que vencer, e ao que guardar as minhas obras até o fim, eu lhe darei autoridade sobre as nações,
Almeida Atualizada×
) e “Ao que vencer, lhe concederei que se assente comigo no meu trono, assim como eu venci e me assentei com meu Pai no seu trono” (Apocalipse 3:21 Apocalipse 3:21Ao que vencer, eu lhe concederei que se assente comigo no meu trono.
Almeida Atualizada×
). Eles também devem perseverar até o fim para serem salvos (Mateus 10:22 Mateus 10:22E sereis odiados de todos por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim, esse será salvo.
Almeida Atualizada×
; 24:13).

O grande reinado de Jesus Cristo e Seus santos na Terra por mil anos será uma época em que todos os seres humanos mortais sobreviventes vão ter a oportunidade de receberem a salvação em um mundo onde o diabo estará aprisionado (Apocalipse 20:1-4 Apocalipse 20:1-4 1 E vi descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo e uma grande cadeia na sua mão. 2 Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e o amarrou por mil anos. 3 Lançou-o no abismo, o qual fechou e selou sobre ele, para que não enganasse mais as nações até que os mil anos se completassem. Depois disto é necessário que ele seja solto por um pouco de tempo. 4 Então vi uns tronos; e aos que se assentaram sobre eles foi dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados por causa do testemunho de Jesus e da palavra de Deus, e que não adoraram a besta nem a sua imagem, e não receberam o sinal na fronte nem nas mãos; e reviveram, e reinaram com Cristo durante mil anos.
Almeida Atualizada×
, 6). Essas pessoas são as que ficaram vivas depois dos terríveis eventos do tempo do fim desta época e que verão a próxima era, aonde Cristo e Seus santos, as primícias, vão implantar o caminho de vida de Deus através da administração de Sua lei para o mundo inteiro.

As vidas das pessoas serão tão afetadas pelo reinado terrestre de Cristo, de maneira que, como profetiza Jeremias: “E não ensinará alguém mais a seu próximo, nem alguém, a seu irmão, dizendo: Conhecei ao Senhor; porque todos me conhecerão, desde o menor deles até ao maior, diz o Senhor; porque perdoarei a sua maldade e nunca mais me lembrarei dos seus pecados” (Jeremias 31:34 Jeremias 31:34E não ensinarão mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao Senhor; porque todos me conhecerão, desde o menor deles até o maior, diz o Senhor; pois lhes perdoarei a sua iniqüidade, e não me lembrarei mais dos seus pecados.
Almeida Atualizada×
). Sem dúvida, ao contrário de hoje, esse será um tempo de salvação para todos.

E sobre “os outros mortos”?

O restante dos mortos (Apocalipse 20:5 Apocalipse 20:5Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se completassem. Esta é a primeira ressurreição.
Almeida Atualizada×
, 12) será ressuscitado somente após os mil anos. Isso também vai acontecer em um mundo em que Satanás não terá nenhuma influência, pois será afastado para o bem de todos. Eles estarão “diante de Deus” e pela primeira vez terão a oportunidade de serem devidamente instruídos na maravilhosa verdade de Deus. E vão ser guiados aos caminhos de Deus, que ignoravam ou não entendiam durante a época em que viviam antes da segunda vinda de Cristo, finalmente eles vão encontrar o verdadeiro perdão de seus pecados por meio de Jesus Cristo. Esta não é uma segunda chance. É a primeira oportunidade deles de serem salvos. A verdade maravilhosa e agradável de tudo isso é que eles não estão perdidos.

Vamos ser o mais claro possível nesse assunto. Aqueles que foram cegados durante esta época, isso inclui a grande maioria da humanidade ao longo da história, não estão perdidos . Eles nunca tiveram a sua primeira oportunidade de serem salvos.

Isto responde a uma pergunta que incomoda profundamente a muitos: Como Deus pode condenar bilhões de pessoas—inclusive bebês e crianças que morreram prematuramente—que nunca ouviram falar do nome de Jesus Cristo ou nem mesmo sabia da existência do Deus verdadeiro?

Novamente, a resposta é simples. Deus não está chamando e nem condenando todos agora. Todo mundo vai ter uma oportunidade justa e generosa para se unir ao seu Criador, que lhes deu a vida e também pagou um preço alto por meio do sacrifício de Cristo.

Nesta época, Deus está chamando apenas as primícias—os primeiros a serem chamados—os que alcançam a salvação em um mundo governado pelo diabo. Por serem chamados agora, Deus tem uma tarefa especial para eles,  pois devem trabalhar com Ele para levar a verdade da salvação a todas as pessoas nas épocas posteriores.

O que você deve fazer?

Você deve se perguntar: “O quanto eu sei sobre tudo isso” Se você disser: “Eu não estou cego”, então você tem algumas decisões sérias a tomar. Então, você se depara com a pergunta: “O que vou fazer com a oferta generosa de Deus para fazer parte de seus primeiros frutos?”

Você não vai ouvir isso em igrejas cristãs tradicionais. Somente a verdadeira Igreja de Deus tem ensinado como o grande o plano de Deus se desdobra para incluir todas as pessoas. Muito poucos sequer entendem o que realmente significa a salvação. E entende menos ainda o conceito de primícias. E é impossível alcançar a salvação se você sabe muito pouco sobre ela.

Mas se você entende que Deus está chamando e preparando Suas primícias, então você precisa ficar atento para o grande propósito de Deus para você e toda a humanidade. Somos uma criação especial, feita para ter um relacionamento com Deus, que se estenderá por toda a eternidade.

Deus não tem interesse em deixar ninguém de fora. Deus não está “querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se” (2 Pedro 3:9 2 Pedro 3:9O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se.
Almeida Atualizada×
). Mas a oportunidade de tornar-se parte das primícias da colheita de Deus é especial. Sem dúvida, não é fácil, mas quando algo precioso como isto vem a você, não é de se esperar que seja fácil.

Você também deve estudar minuciosamente sobre a Festa das Primícias ou Pentecostes. Atualmente, a Igreja de Deus, em obediência à Sua instrução, estará observando esse dia, assim como cada um dos festivais ordenados por Deus. Todos eles explicam passos vitais do plano de salvação de Deus para a humanidade.

Pense a respeito do chamado de Deus. Pergunte a si mesmo: Estou sendo chamado para algo especial? Minha vida tem um propósito? Realmente existe algo grandioso em minha existência que o mundo não tem sido capaz de me revelar?

A resposta a todas as três perguntas acima é um sonoro SIM ! BN