Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

A Rotura do Véu do Templo

A Rotura do Véu do Templo

Download (Baixar)
MP3 Audio (3.12 MB)

Download (Baixar)

A Rotura do Véu do Templo

MP3 Audio (3.12 MB)
×

Mateus regista diversos acontecimentos que se deram à morte de Cristo. Um que inicialmente parece insignificante, mas que foi um símbolo de maior importância, encontra-se em Mateus 27:50-51 Mateus 27:50-51 [50] De novo bradou Jesus com grande voz, e entregou o espírito. [51] E eis que o véu do santuário se rasgou em dois, de alto a baixo; a terra tremeu, as pedras se fenderam,
Almeida Atualizada×
: “Jesus, clamando outra vez com grande voz, entregou o espírito. E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo . . .”

Que significou isto? Este acontecimento foi tão importante que três dos evangelistas o mencionaram!

O templo era dividido em duas áreas, uma câmara exterior chamada o Santo Lugar na qual servia um número de sacerdotes, e uma câmara interior chamada o Lugar Santíssimo, ou Santo dos Santos. Esta câmara interior representava a presença de Deus. Era tão sagrada que só o sumo-sacerdote nela podia entrar e só um dia no ano para fazer expiação por si e pelo povo.

Esta câmara sagrada, o Santo dos Santos, era separada do resto do templo por uma cortina belamente bordada. De acordo com descrições Judaicas do templo, esta cortina era realmente enorme — media cerca de 9 metros de largura e 18 de altura e 76 milímetros de espessura. O seu rasgo em duas partes, de cima a baixo, no momento da morte de Jesus, foi um acontecimento chocante e desconcertante! Como podia Deus permitir que tal coisa acontecesse no seu templo?

Contudo Deus não estava só por de trás disto, Ele rasgou o véu deliberadamente para provar o Seu ponto de vista — que os pecados da humanidade, que nos tinham separado d’Ele (Isaías 59:2 Isaías 59:2mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados esconderam o seu rosto de vós, de modo que não vos ouça.
Almeida Atualizada×
), podiam ser agora perdoados através do sangue derramado de Jesus Cristo.

Comparando o que o sumo-sacerdote previamente podia fazer uma só vez no ano ao transpor o véu para oferecer expiação dos pecados, Hebreus 10:19-22 Hebreus 10:19-22 [19] Tendo pois, irmãos, ousadia para entrarmos no santíssimo lugar, pelo sangue de Jesus, [20] pelo caminho que ele nos inaugurou, caminho novo e vivo, através do véu, isto é, da sua carne, [21] e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, [22] cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência, e o corpo lavado com água limpa,
Almeida Atualizada×
explica que agora, o novo Sumo-Sacerdote, Jesus Cristo, pelo Seu próprio sacrifício substitui, para sempre, este ritual e dá à humanidade acesso directo a Deus:

“Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no Santuário, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou [‘abriu,’ BLH], pelo véu, isto é, pela sua carne, e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência e o corpo lavado com água limpa.”

A lição para nós é que, segundo sincero arrependimento, podemos achegarmos-nos “com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno” (Hebreus 4:16 Hebreus 4:16Cheguemo-nos, pois, confiadamente ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça, a fim de sermos socorridos no momento oportuno.
Almeida Atualizada×
). Devido ao sacrifício de Cristo gozamos de acesso directo ao trono do nosso misericordioso e amado Criador. (Para aprender mais, veja “Vivo Novamente, Hoje e para Sempre”.)