Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

A Bíblia e o Trabalho

A Bíblia e o Trabalho

Vamos analisar esse assunto, o apóstolo Paulo escreveu o seguinte para a igreja daquela cidade: “Rogamo-vos também, irmãos, que admoesteis os desordeiros … ” (1 Tessalonicenses 5:14 1 Tessalonicenses 5:14Exortamo-vos também, irmãos, a que admoesteis os insubordinados, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos.
Almeida Atualizada×
). A palavra grega para desordeiros é ataktos. Esta palavra “era um termo militar, que denotava ‘não ficar no posto, desordeiro [insubordinado]’; ela é usada em 1 Tessalonicenses 5:14 1 Tessalonicenses 5:14Exortamo-vos também, irmãos, a que admoesteis os insubordinados, consoleis os desanimados, ampareis os fracos e sejais longânimos para com todos.
Almeida Atualizada×
para descrever certos membros da igreja que tinham um espírito insubordinado, seja por irritabilidade, intromissão ou ociosidade” (Dicionário Expositivo Completo de Vine das Palavras do Antigo e do Novo Testamento, 1985, “Desordeiro”).

Ser preguiçoso ou desocupado vai contra as expectativas de Deus para o nosso comportamento. Na segunda carta de Paulo à mesma congregação, ele falou sobre esta situação novamente: “Mandamo-vos, porém, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo o irmão que andar desordenadamente [ataktos], e não segundo a tradição que de nós recebeu. Porque vós mesmos sabeis como convém imitar-nos, pois que não nos houvemos desordenadamente [outra forma da mesma palavra] entre vós. Nem de graça, comemos o pão de homem algum, mas com trabalho e fadiga, trabalhando noite e dia, para não sermos pesados a nenhum de vós; não porque não tivéssemos autoridade, mas para vos dar em nós mesmos exemplo, para nos imitardes” (2 Tessalonicenses 3:6-9 2 Tessalonicenses 3:6-9 [6] mandamo-vos, irmãos, em nome do Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo irmão que anda desordenadamente, e não segundo a tradição que de nós recebestes. [7] Porque vós mesmos sabeis como deveis imitar-nos, pois que não nos portamos desordenadamente entre vós, [8] nem comemos de graça o pão de ninguém, antes com labor e fadiga trabalhávamos noite e dia para não sermos pesados a nenhum de vós. [9] Não porque não tivéssemos direito, mas para vos dar nós mesmos exemplo, para nos imitardes.
Almeida Atualizada×
).

Paulo mostrou que seus motivos eram puros e evitou ser acusado de tirar vantagem dos membros de Tessalônica. Ele citou o seu próprio exemplo de trabalhar para se sustentar quando esteve naquela cidade. Embora ele tivesse o direito de ser sustentado por eles, visto que estava ministrando o caminho de Deus a eles (1 Coríntios 9:1-18 1 Coríntios 9:1-18 [1] Não sou eu livre? Não sou apóstolo? Não vi eu a Jesus nosso Senhor? Não sois vós obra minha no Senhor? [2] Se eu não sou apóstolo para os outros, ao menos para vós o sou; porque vós sois o selo do meu apostolado no Senhor. [3] Esta é a minha defesa para com os que me acusam. [4] Não temos nós direito de comer e de beber? [5] Não temos nós direito de levar conosco esposa crente, como também os demais apóstolos, e os irmãos do Senhor, e Cefas? [6] Ou será que só eu e Barnabé não temos direito de deixar de trabalhar? [7] Quem jamais vai � guerra � sua própria custa? Quem planta uma vinha e não come do seu fruto? Ou quem apascenta um rebanho e não se alimenta do leite do rebanho? [8] Porventura digo eu isto como homem? Ou não diz a lei também o mesmo? [9] Pois na lei de Moisés está escrito: Não atarás a boca do boi quando debulha. Porventura está Deus cuidando dos bois? [10] Ou não o diz certamente por nós? Com efeito, é por amor de nós que está escrito; porque o que lavra deve debulhar com esperança de participar do fruto. [11] Se nós semeamos para vós as coisas espirituais, será muito que de vós colhamos as materias? [12] Se outros participam deste direito sobre vós, por que não nós com mais justiça? Mas nós nunca usamos deste direito; antes suportamos tudo, para não pormos impedimento algum ao evangelho de Cristo. [13] Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E que os que servem ao altar, participam do altar? [14] Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho. [15] Mas eu de nenhuma destas coisas tenho usado. Nem escrevo isto para que assim se faça comigo; porque melhor me fora morrer, do que alguém fazer vã esta minha glória. [16] Pois, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, porque me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho! [17] Se, pois, o faço de vontade própria, tenho recompensa; mas, se não é de vontade própria, estou apenas incumbido de uma mordomia. [18] Logo, qual é a minha recompensa? É que, pregando o evangelho, eu o faça gratuitamente, para não usar em absoluto do meu direito no evangelho.
Almeida Atualizada×
), ele escolheu não fazer isso.

Paulo continuou: “Porque, quando ainda estávamos convosco, vos mandamos isto: que, se alguém não quiser trabalhar, não coma também. Porquanto ouvimos que alguns entre vós andam desordenadamente, não trabalhando, antes fazendo coisas vãs. A esses tais, porém, mandamos e exortamos, por nosso Senhor Jesus Cristo, que, trabalhando com sossego, comam o seu próprio pão” (2 Tessalonicenses 3:10-12 2 Tessalonicenses 3:10-12 [10] Porque, quando ainda estávamos convosco, isto vos mandamos: se alguém não quer trabalhar, também não coma. [11] Porquanto ouvimos que alguns entre vós andam desordenadamente, não trabalhando, antes intrometendo-se na vida alheia; [12] a esses tais, porém, ordenamos e exortamos por nosso Senhor Jesus Cristo que, trabalhando sossegadamente, comam o seu próprio pão.
Almeida Atualizada×
).

Visto que outras instruções bíblicas dizem para ajudarmos aos necessitados (Mateus 19:21 Mateus 19:21Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, segue- me.
Almeida Atualizada×
; Gálatas 2:10 Gálatas 2:10recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres; o que também procurei fazer com diligência.
Almeida Atualizada×
), era obvio que Paulo estava corrigindo aqueles que podiam trabalhar, mas decidiram não fazer isso. Caso possamos, Deus espera que trabalhemos! Deste modo, podemos prover as nossas próprias necessidades e não ser um fardo para os outros.