Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Aprisionado e ainda Fiel?

Você está aqui

Aprisionado e ainda Fiel?

Imagine por um momento que você é capaz de ver alguns anos no futuro. Você toma conhecimento de um homem chamado Paulo, que está profundamente preocupado. Seu trabalho tinha desaparecido com o colapso da economia dois anos antes. Ele não consegue um novo emprego e depois de ter terminado de receber todo o seguro-desemprego, ele e sua esposa Stacy, que também perdeu o emprego, não podia mais pagar a hipoteca da casa.

Como resultado disso a sua casa foi a leilão, e eles foram forçados a vender ou doar muitos de seus pertences e se mudar para um pequeno apartamento alugado. No entanto, não demorou muito para que o casal gastasse suas economias e tivesse que se mudar novamente. Agora eram sem-teto, dependentes dos mínimos benefícios governamentais e da caridade dos outros para se alimentar e abrigar-se.

Paulo e Stacy não estão sozinhos nessa calamidade. Com a economia global passando por uma grave crise, milhões de outras pessoas ao redor do mundo também enfrentam dificuldades nunca antes imaginada. No entanto, este fato de nada serve para esse desanimado casal. Tendo sido cristãos fiéis que devotamente oravam, estudavam a Bíblia e frequentavam a igreja, eles criam que, certamente, Deus iria protegê-los dessas circunstâncias extremamente traumáticas. Porém, agora eles se encontram profundamente perplexos e preocupados com estado deplorável de sua situação.

Enfrentando um futuro de adversidade e severa pobreza, Paulo e Stacy se sentem totalmente presos por sua difícil situação, que parece não ter um fim à vista. E num momento, demonstrando sérias dúvidas sobre sua fé, fazem a si mesmos duras perguntas: Como isso poderia acontecer com a gente? Onde está Deus quando precisamos dEle, especialmente depois de ter sido fiel por tanto tempo?

Outro Paulo

Nós vamos voltar à história de Paulo e de Stacy em breve, mas primeiro vamos mudar nosso foco para outro homem também chamado Paulo.

Embora vivesse numa era e local diferente, ele também encontrou problemas significativos e imprevistos. Ele também tinha servido fielmente a Deus e à Igreja por muitos anos e, em seguida, encontrou-se preso por um longo período de tempo — literalmente, no seu caso.

Quem foi esse homem? Ele foi o apóstolo Paulo do Novo Testamento. Vamos rever brevemente a sua história.

Tendo sido educado desde a sua juventude nas tradições dos fariseus, um partido religioso judeu, Paulo se transformou em um homem de fortes convicções (Atos 22:3 Atos 22:3Eu sou judeu, nascido em Tarso da Cilícia, mas criado nesta cidade, instruído aos pés de Gamaliel, conforme a precisão da lei de nossos pais, sendo zeloso para com Deus, assim como o sois todos vós no dia de hoje.
Almeida Atualizada×
). Consequentemente, quando se deparava com o que ele e outras autoridades religiosas acreditavam ser heresia, ele vigorosamente se opunha e implacavelmente perseguia seus adeptos (Atos 22:4-5 Atos 22:4-5 [4] E persegui este Caminho até a morte, algemando e metendo em prisões tanto a homens como a mulheres, [5] do que também o sumo sacerdote me é testemunha, e assim todo o conselho dos anciãos; e, tendo recebido destes cartas para os irmãos, seguia para Damasco, com o fim de trazer algemados a Jerusalém aqueles que ali estivessem, para que fossem castigados.
Almeida Atualizada×
). No entanto, cerca do ano 34 d.C., enquanto empreendia uma missão para acabar com os apóstatas em Damasco, ele experimentou uma incrível visão, vinda diretamente de Jesus Cristo. Este evento milagroso levou Paulo a um profundo arrependimento e conversão (versículos 6-16).

Ele então passou a maior parte dos 22 anos seguintes pregando e ensinando a boa nova sobre Jesus Cristo e o Reino de Deus. Mesmo sofrendo grande perseguição e muitas provações durante esse período, nada parecia desanimá-lo ou interromper o seu progresso por muito tempo (2 Coríntios 6:4-5, 11:23-27). Mas em 57 d.C., depois de ter concluído sua terceira viagem apostólica, ocorreu um evento que iria, determinantemente, impedir sua jornada.

Curiosamente, Paulo já estava pressentindo que iria enfrentar algo sem precedentes em seu ministério. Enquanto ia a caminho de Jerusalém para o Dia Santo de Pentecostes, ele disse aos cristãos de Éfeso: "E, agora, eis que, ligado eu pelo espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que lá me há de acontecer, senão o que o Espírito Santo, de cidade em cidade, me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações" (Atos 20:16 Atos 20:16Porque Paulo havia determinado passar ao largo de Éfeso, para não se demorar na Ásia; pois se apressava para estar em Jerusalém no dia de Pentecostes, se lhe fosse possível.
Almeida Atualizada×
, 22-23).

Paulo estava com medo e preocupado?

Quais eram os sentimentos de Paulo sobre o que poderia estar à frente dele? Será que ele temia o futuro? Ele continuou: "Mas em nada tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus" (versículo 24).

Paulo chegou a Jerusalém e dentro de poucos dias enfrentou a oposição daninha das autoridades religiosas, que agora o consideravam um desordeiro perigoso e um rebelde profano (Atos 21:28 Atos 21:28clamando: Varões israelitas, acudi; este é o homem que por toda parte ensina a todos contra o povo, contra a lei, e contra este lugar; e ainda, além disso, introduziu gregos no templo, e tem profanado este santo lugar.
Almeida Atualizada×
). Quando Paulo estava adorando no templo, ele foi arrastado para fora, a multidão incitada havia se tornado tão violenta que soldados romanos foram enviados para conter o tumulto (versículos 31-36). O comandante romano, em seguida, deu a Paulo a oportunidade de explicar suas crenças para as pessoas, mas, de novo, logo se irrompeu um furor e gritavam por sua morte (Atos 22:22-23 Atos 22:22-23 [22] Ora, escutavam-no até esta palavra, mas então levantaram a voz, dizendo: Tira do mundo tal homem, porque não convém que viva. [23] Gritando eles e arrojando de si as capas e lançando pó para o ar,
Almeida Atualizada×
).

O comandante rapidamente ordenou que ele fosse trazido para o quartel militar para saber dele a verdade através de açoites (versículo 24). Mas, quando os soldados se preparavam para açoitá-lo Paulo disse-lhes que era um cidadão romano. Imediatamente eles se afastaram dele, pois sabiam as penalidades severas para quem afligisse qualquer cidadão romano sem a devida justificativa (versículo 29).

No dia seguinte, Paulo foi autorizado a comparecer perante os principais sacerdotes judeus e seu Conselho para novamente tentar explicar a sua posição (versículo 30). No entanto, os acontecimentos seguintes levaram a mais hostilidade (Atos 23:10 Atos 23:10E avolumando-se a dissenção, o comandante, temendo que Paulo fosse por eles despedaçado, mandou que os soldados descessem e o tirassem do meio deles e o levassem para a fortaleza.
Almeida Atualizada×
). Temendo que Paulo pudesse ser gravemente ferido ou morto, o comandante ordenou que suas tropas o protegesse mais uma vez.

O Senhor estava com ele

Agora, você pode imaginar o que Paulo poderia ter pensado um pouco antes de ser resgatado da multidão? Talvez seja o meu fim! Talvez seja a minha hora de morrer! No entanto, não era sua hora de morrer, porque "na noite seguinte, apresentando-se-lhe o Senhor, disse: Paulo, tem ânimo! Porque, como de mim testificaste em Jerusalém, assim importa que testifiques também em Roma" (versículo 11).

Embora Deus tenha revelado isso a ele, Paulo provavelmente nunca imaginou que iria passar quase cinco anos em uma prisão romana. Depois de tantos anos de pregar livremente o evangelho, estabelecendo congregações locais, trabalhando com os novos convertidos e treinando líderes da Igreja, talvez ele tenha se perguntado: Por que eu estou preso e impedido? É o fim do meu trabalho? É isso que Deus fez comigo?

Até mesmo que Paulo poderia ter passado por esses questionamentos, mas ele finalmente conseguiu compreender a razão de sua situação.

Mais tarde, escrevendo como um prisioneiro em Roma, afirmou: "E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram contribuíram para maior proveito do evangelho. De maneira que as minhas prisões em Cristo foram manifestas por toda a guarda pretoriana e por todos os demais lugares; e muitos dos irmãos no Senhor, tomando ânimo com as minhas prisões, ousam falar a palavra mais confiadamente, sem temor" (Filipenses 1:12-14 Filipenses 1:12-14 [12] E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram têm antes contribuido para o progresso do evangelho; [13] de modo que se tem tornado manifesto a toda a guarda pretoriana e a todos os demais, que é por Cristo que estou em prisões; [14] também a maior parte dos irmãos no Senhor, animados pelas minhas prisões, são muito mais corajosos para falar sem temor a palavra de Deus.
Almeida Atualizada×
).

Assim, Paulo percebeu que, mesmo na prisão, ele ainda podia ser usado eficazmente por seu Salvador.

Superando o desânimo

Vamos agora voltar para a história de Paulo e Stacy. Como você se lembra, eles perderam quase tudo e, por isso, sentiram-se totalmente presos em sua difícil situação. No entanto, em seu devido tempo, apesar de suas condições físicas não terem melhorado muito, eles conseguiram vencer seus sentimentos de quase desesperança.

Como conseguiram? Através das orações, recordando os exemplos do apóstolo Paulo e outras figuras bíblicas que fielmente resistiram e triunfaram sobre o que parecia ser ​​dificuldades insuperáveis (ver Hebreus 4:16 Hebreus 4:16Cheguemo-nos, pois, confiadamente ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça, a fim de sermos socorridos no momento oportuno.
Almeida Atualizada×
; 11:32-40). Com a ajuda de Deus, Paulo e Stacy restabeleceram a sua fé nEle. Eles também buscaram conforto nas Escrituras e nas promessas de vida futura para todos aqueles que continuam a ser obedientes e dedicados a Deus (Romanos 15:4 Romanos 15:4Porquanto, tudo que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que, pela constância e pela consolação provenientes das Escrituras, tenhamos esperança.
Almeida Atualizada×
, Hebreus 11:13 Hebreus 11:13Todos estes morreram na fé, sem terem alcançado as promessas; mas tendo-as visto e saudado, de longe, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra.
Almeida Atualizada×
).

Talvez possamos dizer, então, que as tribulações de Paulo, o apóstolo, e de Paulo e Stacy sejam ilustrações das lutas, aparentemente, insuportáveis que todos estamos sujeitos a passar. Acontecimentos inesperados e traumáticos podem nos fazer sentir encurralados e abandonados (Salmo 38:21; 119:8). No entanto, como o apóstolo Paulo demonstrou em suas palavras e atitudes, o nosso Pai Celestial pode ser invocado para ajudar em qualquer situação, não importando quão problemática ou desgastante seja a situação (Salmo 91:1-16).

O exemplo de Paulo nos mostra que, apesar de passarmos por situações difíceis e não enxergarmos as razões de tais problemas, aparentemente sem objetivos, Deus vai nos ajudar a superá-los (1 Coríntios 10:13). Se temos sofrido por muito tempo com uma doença debilitante, se perdemos um ente querido, se vemos nossa carreira profissional se acabar muito mais cedo do que o esperado, se experimentamos um revés econômico que nos faz enfrentar duras condições financeiras ou quaisquer outras circunstâncias semelhantes, podemos estar confiantes de que Deus nunca nos deixará ou nos abandonará (Hebreus 13:5 Hebreus 13:5Seja a vossa vida isenta de ganância, contentando-vos com o que tendes; porque ele mesmo disse: Não te deixarei, nem te desampararei.
Almeida Atualizada×
).

A coroa da justiça o aguarda

Paulo escreveu o livro bíblico de segundo Timóteo enquanto estava preso em Roma. Mesmo sabendo que sua vida física estava cada vez mais próxima do fim, ele permaneceu totalmente seguro na salvação final de Deus.

Observe as suas palavras quando ele olhava muito além da sua atual situação: "Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo. Combatei o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda" (2 Timóteo 4:6 -8).

As palavras inspiradas de Paulo pode nos oferecer uma esperança vibrante e conforto quando nos deparamos com alguma dificuldade (2 Coríntios 1:8-9, 2 Timóteo 3:11). Ele encorajou o jovem evangelista Timóteo a suportar as dificuldades como "bom soldado de Jesus Cristo" e a se fortalecer "na graça que há em Cristo Jesus" (2 Timóteo 2:1-3).

Nós também podemos nos sentir firmes com essas palavras poderosas, especialmente quando enfrentamos provações que parecem ser gigantes (Salmo 142:7; Daniel 6:27 Daniel 6:27Ele livra e salva, e opera sinais e maravilhas no céu e na terra; foi ele quem livrou Daniel do poder dos leões.
Almeida Atualizada×
).

Deus nos ajuda a permanecer fiéis

À medida que percorremos o caminho para o Reino de Deus, podemos encontrar dilemas e problemas significativos que nunca poderíamos ter previsto (Mateus 7:13-14 Mateus 7:13-14 [13] Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz � perdição, e muitos são os que entram por ela; [14] e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz � vida, e poucos são os que a encontram.
Almeida Atualizada×
). Contudo, a Bíblia está repleta de admoestações para permanecermos fiéis e obedientes a Deus e Seu caminho de vida, enquanto procuramos a "pérola de grande valor" (Mateus 13:45-46 Mateus 13:45-46 [45] Outrossim, o reino dos céus é semelhante a um negociante que buscava boas pérolas; [46] e encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo quanto tinha, e a comprou.
Almeida Atualizada×
).

Se você e eu estamos fazendo isso, podemos ter certeza de que Deus vai nos ajudar a completar nossa jornada espiritual, mesmo que às vezes nos sentimos aprisionados por severas provações, aparentemente sem saída (Isaías 26:3; 43:5). Como Paulo escreveu: "Pois eu estou certo de que Deus, que começou esse bom trabalho na vida de vocês, vai continuá-lo até que ele esteja completo no Dia de Cristo Jesus" (Filipenses 1:6 Filipenses 1:6tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus,
Almeida Atualizada×
, BLH).

Finalmente, deixemos que as seguintes palavras do apóstolo Paulo nos dê coragem para continuarmos confiantes, obedientes e fieis, independente da situação dificílima que nos encontremos. Ele escreveu: "Aprendi a adaptar-me a toda e qualquer circunstância. Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade. Tudo posso naquele que me fortalece" (Filipenses 4:11-13 Filipenses 4:11-13 [11] Não digo isto por causa de necessidade, porque já aprendi a contentar-me com as circunstâncias em que me encontre. [12] Sei passar falta, e sei também ter abundância; em toda maneira e em todas as coisas estou experimentado, tanto em ter fartura, como em passar fome; tanto em ter abundância, como em padecer necessidade. [13] Posso todas as coisas naquele que me fortalece.
Almeida Atualizada×
, NVI).

Então, você conseguiria suportar calamidades como prisão, aflições e adversidades e ainda permanecer fiel a Deus? Com Sua força, segurança e orientação, sem dúvida nenhumaBN