Pregando o evangelho e preparando um povo

Comentário Bíblico: Êxodo 22

Você está aqui

Comentário Bíblico

Êxodo 22

Quando lemos sobre os justos julgamentos de Deus, concluímos que não são diretivas antigas, desgastadas e ultrapassadas que não têm nada a ver com os dias atuais. Em vez disso, essas são leis que gerem sabiamente uma nação civil, e precisamos entender a essência de sua aplicação. Algumas nações modernas, em seu benefício, seguiram muitos dos princípios e diretrizes desses julgamentos. Esses princípios subjacentes — geralmente referidos como ética ou moral judaico-cristã — formaram o alicerce de grande parte do sistema jurídico britânico e norte-americano nos últimos séculos. Entretanto, lamentavelmente, a maioria das nações de hoje está se afastando desse padrão.

Podemos ver isso nas atitudes negligentes e na prática de sexo pré-matrimonial, sexo extraconjugal e homossexualidade, bem como outras práticas sexuais vis — atos que seriam merecedores de uma sentença de morte sob uma administração guiada por Deus. A bruxaria também era um crime capital na antiga Israel. Ainda hoje, os tabuleiros ouija, as sessões espíritas e o ocultismo são passatempos populares. A mídia, principalmente impressa, está cheia de comerciais convidando pessoas a descobrir seu futuro através de médiuns, astrólogos ou tarólogos.

Atualmente, as prisões estão superlotadas e, geralmente, têm servido apenas para ensinar os criminosos a serem mais violentos ou a aprimorar suas artimanhas. Entretanto, se as nações seguissem essas leis de restituição, embora ainda pudesse haver a necessidade de encarceramento temporário — ou seja, prisão até o julgamento se o infrator pudesse representar uma ameaça para os outros —, não haveria superlotação e violência nas prisões, pois estas não existiriam.

O povo de Deus deveria ser um povo santo. Eles deveriam representar Deus em sua aparência e vestimenta, em sua fala e conduta, e até mesmo no modo como abatiam, preparavam e comiam os animais. E Deus não acabou com esses princípios. Leia esses julgamentos com atenção! E mais adiante abordaremos diversas profecias que mostram que as santas e justas leis de Deus voltarão a vigorar depois que Jesus Cristo retornar e estabelecer Seu reino na Terra. Então, todas as pessoas terão a oportunidade de conhecer, compreender e viver de acordo com essas leis justas e equitativas.