Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Os Principais Anjos: Miguel e Gabriel

Os Principais Anjos

Miguel e Gabriel

Acabamos de ler sobre a visão do profeta Daniel de um anjo glorioso. E seu livro nos revela detalhes muito fascinantes. Nesse ensejo, somos apresentados a determinados anjos, que são mencionados pelos nomes. E o livro de Daniel ainda nos descreve as guerras entre anjos no reino espiritual.

O Novo Testamento também menciona esses anjos poderosos e a grande luta entre o bem e o mal no reino espiritual. Entendemos que os anjos, geralmente, viajam em grandes exércitos para consolidar suas forças quando têm de enfrentar e lutar contra os exércitos de Satanás (lembre-se da referência de Cristo a legiões de anjos).

Então, agora vamos dar uma olhada nos anjos que são, particularmente, chamados por seus nomes na Bíblia e também examinar a guerra espiritual descrita nas Escrituras.

O arcanjo Miguel

Primeiro, há Miguel, um nome que significa "Quem é como Deus". Ele é referido em Daniel 10:13 Daniel 10:13Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu por vinte e um dias; e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar- me, e eu o deixei ali com os reis da Pérsia.
Almeida Atualizada×
como "um dos primeiros príncipes" [um dos anjos-chefes, BLH] — ou seja, um dos principais governantes do reino angelical. Em Daniel 12:1 Daniel 12:1Naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo; e haverá um tempo de tribulação, qual nunca houve, desde que existiu nação até aquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.
Almeida Atualizada×
, ele também é chamado de "o grande príncipe, que se levanta pelos filhos do teu povo [ou seja, o povo de Daniel]" — o povo judeu e, de maneira mais abrangente, todo o Israel. Logo mais, vamos analisar detalhadamente o contexto dessas expressões.

O título de “um dos primeiros príncipes” [um dos anjos-chefes] encontra um paralelo no Novo Testamento. Lemos em Judas 9: "Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda" (Pelo fato de Satanás ainda ocupar uma posição temporária de domínio do mundo, pelo consentimento de Deus, teria sido inadequado para Miguel criticá-lo).

O termo arcanjo significa anjo principal [anjo-chefe] ou mensageiro principal. Miguel não é o único arcanjo, mas ele é chamado de um dos primeiros príncipes [um dos anjos-chefes]. (A referência a ele como "o arcanjo Miguel" não significa que haja apenas um arcanjo — como também ao dizer "o apóstolo Paulo" não significaria dizer que havia apenas um apóstolo. Várias pessoas mencionadas nas Escrituras tinham o nome de Miguel, então dizer "o arcanjo Miguel" significa apenas uma identificação de qual Miguel).

Como veremos, pode ser que o anjo Gabriel também fosse um arcanjo, anjo principal ou anjo-chefe. E também parece ser o caso de ‘Lúcifer’ [tradução de ‘Ó estrela da manhã’ em Isaías 14:12 Isaías 14:12Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! como foste lançado por terra tu que prostravas as nações!
Almeida Atualizada×
do Latim (Vulgate) na versão do Rei James], antes de se tornar Satanás. Lúcifer era um dos querubins que cobriam o trono de Deus (ver "Qual é a Origem de Satanás e dos Demônios?"). Essa é uma posição de liderança na qual a designação arcanjo parece ser apropriada (embora seja possível que hajam mais arcanjos, além desses querubins protetores).

Somos informados que parte do trabalho de Miguel era cuidar da nação de Israel e lutar pelo povo de Deus em tempos de guerra. Certamente, não foi apenas o trabalho e o esforço de generais humanos que levaram os aliados a vencer a Primeira e a Segunda Guerra Mundial. Deus estava envolvido no resultado final dessas grandes batalhas! (Para saber sobre a identidade israelita das principais nações ocidentais entre os aliados da Segunda Guerra Mundial, solicite ou baixe nosso guia de estudo bíblico gratuito Os Estados Unidos e a Inglaterra na Profecia Bíblica.)

Quando havia uma grande crise na nação de Israel e, ainda hoje, quando há uma crise nas nações descendentes das tribos da antiga Israel, Miguel se envolve na situação. E nas crises que afetam a Igreja de Deus, que é Israel espiritual — os cristãos sendo judeus internamente (ver Gálatas 6:16 Gálatas 6:16E a todos quantos andarem conforme esta norma, paz e misericórdia sejam sobre eles e sobre o Israel de Deus.
Almeida Atualizada×
; Romanos 2:28-29 Romanos 2:28-29 [28] Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. [29] Mas é judeu aquele que o é interiormente, e circuncisão é a do coração, no espírito, e não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus.
Almeida Atualizada×
; Efésios 2:11-13 Efésios 2:11-13 [11] Portanto, lembrai-vos que outrora vós, gentios na carne, chamam circuncisão, feita pela mão dos homens, [12] estáveis naquele tempo sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos aos pactos da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. [13] Mas agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto.
Almeida Atualizada×
, 19) —- Miguel também está envolvido!

As profecias de Apocalipse nos dão um vislumbre das lutas nesse reino espiritual: "E houve batalha no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão [Satanás]; e batalhavam o dragão e os seus anjos, mas não prevaleceram; nem mais o seu lugar se achou nos céus" (Apocalipse 12:7-8 Apocalipse 12:7-8 [7] Então houve guerra no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão. E o dragão e os seus anjos batalhavam, [8] mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou no céu.
Almeida Atualizada×
).

Retornando a Daniel 10, onde nos é dito que um anjo foi enviado com uma mensagem para Daniel, porém encontrou uma resistência demoníaca. Ele afirma: "Mas o príncipe do reino da Pérsia [um demônio perverso] se pôs defronte de mim vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes [um dos anjos-chefes – BLH], veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia [outros demônios governantes]” (versículo 13). A Pérsia era o poder mundial proeminente naquela época — e aqui vemos que havia forças espirituais por trás do governo terreno desse império humano, como também há forças espirituais atuando por trás das potências mundiais de hoje.

Vemos aqui que Miguel foi enviado para ajudar esse anjo que não conseguia vencer o príncipe demoníaco da Pérsia. Daniel 10:20 Daniel 10:20Ainda disse ele: Sabes por que eu vim a ti? Agora tornarei a pelejar contra o príncipe dos persas; e, saindo eu, eis que virá o príncipe da Grécia.
Almeida Atualizada×
nos diz ainda que o príncipe demoníaco da Grécia viriam logo — a Grécia seria a próxima potência mundial. Mas Miguel trouxe essa força extra e necessária para seguir firmemente adiante!

O anjo que precisava de ajuda, evidentemente, é o mesmo ser glorioso mencionado nos versículos 5 e 6 deste mesmo capítulo, o qual foi descrito anteriormente — Daniel o viu em visão cingido com ouro de Ufaz, um corpo como de turquesa, o rosto parecia um relâmpago, olhos como tochas de fogo e braços e pés como de bronze polido. A visão foi tão espantosa que, como vimos, Daniel desmaiou (ver “Uma visão da glória dos anjos”.)

A identidade desse glorioso anjo não é revelada aqui. Acredita-se que seja Gabriel, já que este tinha sido enviado antes para entregar mensagens a Daniel. Isso é bem possível. Se, de fato, for Gabriel, talvez Daniel não tenha percebido isso, pois ele não apareceu em sua costumeira forma humana, mas como um espírito espetacular. Entretanto, também poderia ter sido um anjo diferente. O relato não nos esclarece isso.

O anjo disse a Daniel que foi imediatamente enviado assim que ele começou a orar e a jejuar diante de Deus: "Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia, em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o Teu Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras" (versículo 12).

Então, vemos que as orações de Daniel foram ouvidas, mas sua resposta só veio três semanas depois por causa de uma intensa batalha espiritual! O versículo seguinte, que lemos antes, diz respeito ao arcanjo Miguel, que precisa ser chamado para resolver aquela batalha nesse mundo invisível.

O mensageiro especial de Deus reanimou e fortaleceu a Daniel e disse-lhe: “Sabes por que eu vim a ti? Eu tornarei a pelejar contra o príncipe dos persas; e, saindo eu, eis que virá o príncipe da Grécia. Mas eu te declararei o que está escrito na escritura da verdade; e ninguém há que se esforce comigo contra aqueles, a não ser Miguel, vosso príncipe" (Daniel 10:13-21 Daniel 10:13-21 [13] Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu por vinte e um dias; e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar- me, e eu o deixei ali com os reis da Pérsia. [14] Agora vim, para fazer-te entender o que há de suceder ao teu povo nos derradeiros dias; pois a visão se refere a dias ainda distantes. [15] Ao falar ele comigo estas palavras, abaixei o rosto para a terra e emudeci. [16] E eis que um que tinha a semelhança dos filhos dos homens me tocou os lábios; então abri a boca e falei, e disse �quele que estava em pé diante de mim: Senhor meu, por causa da visão sobrevieram-me dores, e não retenho força alguma. [17] Como, pois, pode o servo do meu Senhor falar com o meu Senhor? pois, quanto a mim, desde agora não resta força em mim, nem fôlego ficou em mim. [18] Então tornou a tocar-me um que tinha a semelhança dum homem, e me consolou. [19] E disse: Não temas, homem muito amado; paz seja contigo; sê forte, e tem bom ânimo. E quando ele falou comigo, fiquei fortalecido, e disse: Fala, meu senhor, pois me fortaleceste. [20] Ainda disse ele: Sabes por que eu vim a ti? Agora tornarei a pelejar contra o príncipe dos persas; e, saindo eu, eis que virá o príncipe da Grécia. [21] Contudo eu te declararei o que está gravado na escritura da verdade; e ninguém há que se esforce comigo contra aqueles, senão Miguel, vosso príncipe.
Almeida Atualizada×
).

Esta é uma passagem incrível de se ler! Aparentemente, Miguel é um ser muito poderoso e com habilidades para enfrentar essas perigosas forças do mal! E Daniel é informado de que Miguel vai fazer isso novamente no tempo do fim — nesta passagem, que já foi citada em parte: “E, naquele tempo [o tempo do fim], e levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta pelos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas, naquele tempo, livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no livro. E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna e outros para vergonha e desprezo eterno" (Daniel 12:1-2 Daniel 12:1-2 [1] Naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo; e haverá um tempo de tribulação, qual nunca houve, desde que existiu nação até aquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro. [2] E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.
Almeida Atualizada×
).

Através do arcanjo Miguel, Deus vai libertar Seu povo.

Gabriel, porta-voz de Deus

Uma segunda personagem angelical, que é chave na Escritura, é Gabriel e seu nome significa "Homem forte de Deus".

Gabriel tem um papel muito diferente daquele do arcanjo Miguel. Provavelmente, ele também é um arcanjo, embora a Bíblia não informe isso diretamente. Ele pode ser um querubim — talvez até um dos dois querubins protetores. Em todo caso, ele é, definitivamente, um anjo-chefe.

Em toda a Escritura, Gabriel é mostrado no papel de mensageiro de boas notícias à humanidade e também tendo a função de trazer informes especiais. Não encontramos nenhuma referência específica sobre alguma batalha dele, como vemos Miguel — a menos que ele seja o anjo que precisou da ajuda de Miguel contra os demônios governantes da Pérsia (embora isso não esteja claro). Em todo caso, Gabriel aparece principalmente como um mensageiro (que significa "anjo") e porta-voz de Deus.

Vejamos algumas das referências a Gabriel. A primeira ocorre em Daniel 8:15-16 Daniel 8:15-16 [15] Havendo eu, Daniel, tido a visão, procurei entendê-la, e eis que se me apresentou como que uma semelhança de homem. [16] E ouvi uma voz de homem entre as margens do Ulai, a qual gritou, e disse: Gabriel, faze que este homem entenda a visão.
Almeida Atualizada×
: "E aconteceu que, havendo eu, Daniel, visto a visão, busquei entendê-la e eis que se me apresentou diante uma como semelhança de homem. E ouvi uma voz de homem nas margens do Ulai, a qual gritou e disse: Gabriel, dá a entender a este a visão".

Na segunda, Gabriel é mencionado novamente um capítulo depois. Daniel escreve: "Estando eu ainda falando, e orando, e confessando o meu pecado e o pecado do meu povo Israel, e lançando a minha súplica perante a face do SENHOR, Meu Deus, pelo monte santo do Meu Deus, estando eu, digo, ainda falando na oração, o varão Gabriel, que eu tinha visto na minha visão ao princípio, veio voando rapidamente e tocou-me à hora do sacrifício da tarde” (Daniel 9:20-21 Daniel 9:20-21 [20] Enquanto estava eu ainda falando e orando, e confessando o meu pecado, e o pecado do meu povo Israel, e lançando a minha súplica perante a face do Senhor, meu Deus, pelo monte santo do meu Deus, [21] sim enquanto estava eu ainda falando na oração, o varão Gabriel, que eu tinha visto na minha visão ao princípio, veio voando rapidamente, e tocou-me � hora da oblação da tarde.
Almeida Atualizada×
).

Mais tarde, vemos exemplos claros do papel de Gabriel como porta-voz de Deus quando veio anunciar os nascimentos de João Batista e de Jesus Cristo.

O sacerdote Zacarias estava cumprindo seus deveres no templo e ficou muito assustado quando, repentinamente, um anjo apareceu diante dele. "Não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João. E terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento, porque será grande diante do SENHOR. . .

"E, respondendo o anjo, disse-lhe: Eu sou Gabriel, que assisto diante de Deus, e fui enviado a falar-te e dar-te estas alegres novas. Todavia ficarás mudo e não poderás falar até ao dia em que estas coisas aconteçam, porquanto não creste nas minhas palavras, que a seu tempo se hão de cumprir" (Lucas 1:11-15 Lucas 1:11-15 [11] Apareceu-lhe, então, um anjo do Senhor, em pé � direita do altar do incenso. [12] E Zacarias, vendo-o, ficou turbado, e o temor o assaltou. [13] Mas o anjo lhe disse: Não temais, Zacarias; porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, te dará � luz um filho, e lhe porás o nome de João; [14] e terás alegria e regozijo, e muitos se alegrarão com o seu nascimento; [15] porque ele será grande diante do Senhor; não beberá vinho, nem bebida forte; e será cheio do Espírito Santo já desde o ventre de sua mãe;
Almeida Atualizada×
, 19-20).

Aproximadamente seis meses depois, esse mesmo anjo apareceu a Maria e anunciou-lhe que havia sido escolhida para ser a mãe do Messias prometido, Jesus:

"E, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um varão cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. E, entrando o anjo onde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras e considerava que saudação seria esta.

"Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus, E eis que em teu ventre conceberás, e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai, e reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu Reino não terá fim...Disse, então, Maria: Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim segundo a tua palavra. E o anjo ausentou-se dela" (Lucas 1:26-33 Lucas 1:26-33 [26] Ora, no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré, [27] a uma virgem desposada com um varão cujo nome era José, da casa de Davi; e o nome da virgem era Maria. [28] E, entrando o anjo onde ela estava disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo. [29] Ela, porém, ao ouvir estas palavras, turbou-se muito e pôs-se a pensar que saudação seria essa. [30] Disse-lhe então o anjo: Não temas, Maria; pois achaste graça diante de Deus. [31] Eis que conceberás e darás � luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus. [32] Este será grande e será chamado filho do Altíssimo; o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi seu pai; [33] e reinará eternamente sobre a casa de Jacó, e o seu reino não terá fim.
Almeida Atualizada×
, 38).

Então, vemos que Gabriel anunciou o nascimento de João Batista e de Jesus para Zacarias e Maria. Provavelmente, Gabriel foi o anjo que anunciou o nascimento de Jesus aos pastores em Lucas 2:9-15 Lucas 2:9-15 [9] E um anjo do Senhor apareceu-lhes, e a glória do Senhor os cercou de resplendor; pelo que se encheram de grande temor. [10] O anjo, porém, lhes disse: Não temais, porquanto vos trago novas de grande alegria que o será para todo o povo: [11] É que vos nasceu hoje, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor. [12] E isto vos será por sinal: Achareis um menino envolto em faixas, e deitado em uma manjedoura. [13] Então, de repente, apareceu junto ao anjo grande multidão da milícia celestial, louvando a Deus e dizendo: [14] Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens de boa vontade. [15] E logo que os anjos se retiraram deles para o céu, diziam os pastores uns aos outros: Vamos já até Belém, e vejamos isso que aconteceu e que o Senhor nos deu a conhecer.
Almeida Atualizada×
. Pois, sem dúvida, isso ocorreu conforme seu estilo.

Em seguida, vamos analisar diferentes tipos de anjos, que têm outras responsabilidades.