Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

Promessas a Abraão

Promessas a Abraão

Download (Baixar)
MP3 Audio (10.48 MB)

Download (Baixar)

Promessas a Abraão

MP3 Audio (10.48 MB)
×

Deus fez promessas físicas e espirituais a Abraão. As promessas físicas envolveram grandezas físicas para seus descendentes: “E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome” (Gênesis 12:1-2 Gênesis 12:1-2 [1] Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. [2] Eu farei de ti uma grande nação; abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome; e tu, sê uma bênção.
Almeida Atualizada×
). Estas promessas físicas e nacionais incluíram garantias de território e outras bênçãos (Gênesis 12:7 Gênesis 12:7Apareceu, porém, o Senhor a Abrão, e disse: ë tua semente darei esta terra. Abrão, pois, edificou ali um altar ao Senhor, que lhe aparecera.
Almeida Atualizada×
; 13:14-17; 15:18).

Estas promessas físicas foram formalmente transferidas para os descendentes de Abraão. Primeiro, passaram para Isaque (Gênesis 26:1-4 Gênesis 26:1-4 [1] Sobreveio � terra uma fome, além da primeira, que ocorreu nos dias de Abraão. Por isso foi Isaque a Abimeleque, rei dos filisteus, em Gerar. [2] E apareceu-lhe o Senhor e disse: Não desças ao Egito; habita na terra que eu te disser; [3] peregrina nesta terra, e serei contigo e te abençoarei; porque a ti, e aos que descenderem de ti, darei todas estas terras, e confirmarei o juramento que fiz a Abraão teu pai; [4] e multiplicarei a tua descendência como as estrelas do céu, e lhe darei todas estas terras; e por meio dela serão benditas todas as naçoes da terra;
Almeida Atualizada×
). Depois para Jacó (Gênesis 28:3-4 Gênesis 28:3-4 [3] Deus Todo-Poderoso te abençoe, te faça frutificar e te multiplique, para que venhas a ser uma multidão de povos; seu [4] e te dê a bênção de Abraão, a ti e � tua descendência contigo, para que herdes a terra de tuas peregrinaçoes, que Deus deu a Abraão.
Almeida Atualizada×
, 13-14), a quem Deus chamou Israel, dizendo-lhe que “uma nação e multidão de nações” sairiam dele (Gênesis 35:9-12 Gênesis 35:9-12 [9] Apareceu Deus outra vez a Jacó, quando ele voltou de Padã-Arã, e o abençoou. [10] E disse-lhe Deus: O teu nome é Jacó; não te chamarás mais Jacó, mas Israel será o teu nome. Chamou-lhe Israel. [11] Disse-lhe mais: Eu sou Deus Todo-Poderoso; frutifica e multiplica-te; uma nação, sim, uma multidão de nações sairá de ti, e reis procederão dos teus lombos; [12] a terra que dei a Abraão e a Isaque, a ti a darei; também � tua descendência depois de ti a darei.
Almeida Atualizada×
). Em seguida, estas promessas físicas foram passadas a José e finalmente para os dois filhos de José, Efraim e Manassés, que se tornariam, respectivamente, “uma multidão de nações” e “um grande povo” (Gênesis 48:15-19 Gênesis 48:15-19 [15] E abençoou a José, dizendo: O Deus em cuja presença andaram os meus pais Abraão e Isaque, o Deus que tem sido o meu pastor durante toda a minha vida até este dia, [16] o anjo que me tem livrado de todo o mal, abençoe estes mancebos, e seja chamado neles o meu nome, e o nome de meus pois Abraão e Isaque; e multipliquem-se abundantemente no meio da terra. [17] Vendo José que seu pai colocava a mão direita sobre a cabeça de Efraim, foi-lhe isso desagradável; levantou, pois, a mão de seu pai, para a transpor da cabeça de Efraim para a cabeça de Manassés. [18] E José disse a seu pai: Nãa assim, meu pai, porque este é o primogênito; põe a mão direita sobre a sua cabeça. [19] Mas seu pai, recusando, disse: Eu o sei, meu filho, eu o sei; ele também se tornará um povo, ele também será grande; contudo o seu irmão menor será maior do que ele, e a sua descendência se tornará uma multidão de nações.
Almeida Atualizada×
). Mas, por causa da escravidão de Israel e subsequente desobediência, o cumprimento destas promessas físicas foi adiado.

Antes que qualquer um dos primeiros descendentes de Abraão herdasse a promessa da terra, eles tornaram-se escravos no Egipto (Êxodo 1:7-11 Êxodo 1:7-11 [7] Depois os filhos de Israel frutificaram e aumentaram muito, multiplicaram-se e tornaram-se sobremaneira fortes, de modo que a terra se encheu deles. [8] Entrementes se levantou sobre o Egito um novo rei, que não conhecera a José. [9] Disse ele ao seu povo: Eis que o povo de Israel é mais numeroso e mais forte do que nos. [10] Eia, usemos de astúcia para com ele, para que não se multiplique, e aconteça que, vindo guerra, ele também se ajunte com os nossos inimigos, e peleje contra nós e se retire da terra. [11] Portanto puseram sobre eles feitores, para os afligirem com suas cargas. Assim os israelitas edificaram para Faraó cidades armazéns, Pitom e Ramessés.
Almeida Atualizada×
). A nação de Israel gemeu por causa do seu estado de escravidão e Deus ouviu-os. Em sua fidelidade, Deus determinou libertar Israel da sua escravidão cumprindo as promessas, que fez a Abraão, Isaac e Jacó, de que os seus descendentes, os descendentes de Abraão seriam fisicamente abençoados e que se tornariam num grande povo na terra (Êxodo 2:23-25 Êxodo 2:23-25 [23] No decorrer de muitos dias, morreu o rei do Egito; e os filhos de Israel gemiam debaixo da servidão; pelo que clamaram, e subiu a Deus o seu clamor por causa dessa servidão. [24] Então Deus, ouvindo-lhes os gemidos, lembrou-se do seu pacto com Abraão, com Isaque e com Jacó. [25] E atentou Deus para os filhos de Israel; e Deus os conheceu.
Almeida Atualizada×
; 6:7-8; 13:5; Deuteronómio 9:4-6).

Em seguida encontramos promessas de bênçãos físicas sendo oferecidas a Israel após a saída do Egito. Somente se os Israelitas obedecessem a Deus e se permanessessem fieis à Sua aliança com eles, é que eles poderiam receber tais promessas. Se eles não obedecessem aos termos da aliança, as bênçãos seriam adiadas e pragas viriam em seu lugar (Êxodo 19:5-6 Êxodo 19:5-6 [5] Agora, pois, se atentamente ouvirdes a minha voz e guardardes o meu pacto, então sereis a minha possessão peculiar dentre todos os povos, porque minha é toda a terra; [6] e vós sereis para mim reino sacerdotal e nação santa. São estas as palavras que falarás aos filhos de Israel.
Almeida Atualizada×
; Levítico 26:3-39 Levítico 26:3-39 [3] Se andardes nos meus estatutos, e guardardes os meus mandamentos e os cumprires, [4] eu vos darei as vossas chuvas a seu tempo, e a terra dará o seu produto, e as árvores do campo darão os seus frutos; [5] a debulha vos continuará até a vindima, e a vindima até a semeadura; comereis o vosso pão a fartar, e habitareis seguros na vossa terra. [6] Também darei paz na terra, e vos deitareis, e ninguém vos amedrontará. Farei desaparecer da terra os animais nocivos, e pela vossa terra não passará espada. [7] Perseguireis os vossos inimigos, e eles cairão � espada diante de vós. [8] Cinco de vós perseguirão a um cento deles, e cem de vós perseguirão a dez mil; e os vossos inimigos cairão � espada diante de vos. [9] Outrossim, olharei para vós, e vos farei frutificar, e vos multiplicarei, e confirmarei o meu pacto convosco. [10] E comereis da colheita velha por longo tempo guardada, até afinal a removerdes para dar lugar � nova. [11] Também porei o meu tabernáculo no meio de vós, e a minha alma não vos abominará. [12] Andarei no meio de vós, e serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo. [13] Eu sou o Senhor vosso Deus, que vos tirei da terra dos egípcios, para que não fôsseis seus escravos; e quebrei os canzis do vosso jugo, e vos fiz andar erguidos. [14] Mas, se não me ouvirdes, e não cumprirdes todos estes mandamentos, [15] e se rejeitardes os meus estatutos, e a vossa alma desprezar os meus preceitos, de modo que não cumprais todos os meus mandamentos, mas violeis o meu pacto, [16] então eu, com efeito, vos farei isto: porei sobre vós o terror, a tísica e a febre ardente, que consumirão os olhos e farão definhar a vida; em vão semeareis a vossa semente, pois os vossos inimigos a comerão. [17] Porei o meu rosto contra vós, e sereis feridos diante de vossos inimigos; os que vos odiarem dominarão sobre vós, e fugireis sem que ninguém vos persiga. [18] Se nem ainda com isto me ouvirdes, prosseguirei em castigar-vos sete vezes mais, por causa dos vossos pecados. [19] Pois quebrarei a soberba do vosso poder, e vos farei o céu como ferro e a terra como bronze. [20] Em vão se gastará a vossa força, porquanto a vossa terra não dará o seu produto, nem as árvores da terra darão os seus frutos. [21] Ora, se andardes contrariamente para comigo, e não me quiseres ouvir, trarei sobre vos pragas sete vezes mais, conforme os vossos pecados. [22] Enviarei para o meio de vós as feras do campo, as quais vos desfilharão, e destruirão o vosso gado, e vos reduzirão a pequeno número; e os vossos caminhos se tornarão desertos. [23] Se nem ainda com isto quiserdes voltar a mim, mas continuardes a andar contrariamente para comigo, [24] eu também andarei contrariamente para convosco; e eu, eu mesmo, vos ferirei sete vezes mais, por causa dos vossos pecados. [25] Trarei sobre vós a espada, que executará a vingança do pacto, e vos aglomerareis nas vossas cidades; então enviarei a peste entre vós, e sereis entregues na mão do inimigo. [26] Quando eu vos quebrar o sustento do pão, dez mulheres cozerão o vosso pão num só forno, e de novo vo-lo entregarão por peso; e comereis, mas não vos fartareis. [27] Se nem ainda com isto me ouvirdes, mas continuardes a andar contrariamente para comigo, [28] também eu andarei contrariamente para convosco com furor; e vos castigarei sete vezes mais, por causa dos vossos pecados. [29] E comereis a carne de vossos filhos e a carne de vossas filhas. [30] Destruirei os vossos altos, derrubarei as vossas imagens do sol, e lançarei os vossos cadáveres sobre os destroços dos vossos ídolos; e a minha alma vos abominará. [31] Reduzirei as vossas cidades a deserto, e assolarei os vossos santuários, e não cheirarei o vosso cheiro suave. [32] Assolarei a terra, e sobre ela pasmarão os vossos inimigos que nela habitam. [33] Espalhar-vos-ei por entre as nações e, desembainhando a espada, vos perseguirei; a vossa terra será assolada, e as vossas cidades se tornarão em deserto. [34] Então a terra folgará nos seus sábados, todos os dias da sua assolação, e vós estareis na terra dos vossos inimigos; nesse tempo a terra descansará, e folgará nos seus sábados. [35] Por todos os dias da assolação descansará, pelos dias que não descansou nos vossos sábados, quando nela habitáveis. [36] E, quanto aos que de vós ficarem, eu lhes meterei pavor no coração nas terras dos seus inimigos; e o ruído de uma folha agitada os porá em fuga; fugirão como quem foge da espada, e cairão sem que ninguém os persiga; [37] sim, embora não haja quem os persiga, tropeçarão uns sobre os outros como diante da espada; e não podereis resistir aos vossos inimigos. [38] Assim perecereis entre as nações, e a terra dos vossos inimigos vos devorará; [39] e os que de vós ficarem definharão pela sua iniqüidade nas terras dos vossos inimigos, como também pela iniqüidade de seus pais.
Almeida Atualizada×
; Deuteronómio 28:1-68).

Por causa dos pecados flagrantes de Israel e Judá—a nação de Israel tinha sido dividida em dois reinos—as bênçãos nacionais continuaram a ser adiadas. Houve apenas breves períodos de grandeza quando alguns reis justos reinaram. Mas, por causa da fidelidade de Deus, Ele acabaria por abençoar os descendentes de Abraão com a grandeza que Ele predisse.

Parte da punição pelos pecados de Israel foi enviá-los ao exílio nacional. Muitos judeus do Reino do Sul (Judá), apesar de terem sido deportados para a Babilônia, depois voltaram para a terra da Judéia. No entanto, os israelitas do Reino do Norte (Israel), que foram deportados para a Assíria não voltaram a se restabelecer na sua antiga pátria. Eles se tornaram o que são hoje conhecidas como as “Dez Tribos Perdidas de Israel”. Ao longo do tempo, essas pessoas migraram para o noroeste da Europa.

Os descendentes de Efraim e Manassés, receberam a bênção de ascensão à grandeza nacional. Efraim tornou-se a prometida ‘multidão de nações’ (Grã-Bretanha e os povos da comunidade de ascendência britânica, como Canadá, Austrália e Nova Zelândia), e Manassés tornou-se a grande ‘nação’ (os Estados Unidos da América). É através destes povos que a maioria das profecias Bíblicas a respeito de Israel estão sendo cumpridas (Gênesis 48:16 Gênesis 48:16o anjo que me tem livrado de todo o mal, abençoe estes mancebos, e seja chamado neles o meu nome, e o nome de meus pois Abraão e Isaque; e multipliquem-se abundantemente no meio da terra.
Almeida Atualizada×
; 49:22-26).

Devemos anotar que, as outras tribos de Israel [Reino do Norte] também estão representadas em outras nações do noroesta da Europa, ou emergentes dessa região. E, além desses israelitas, o povo judeu de hoje é descendente do povo do antigo Reino de Judá [Reino do Sul]—o que significa que enquanto os judeus são israelitas, nem todos os israelitas são judeus.

Deus tinha a intenção de que Israel [que inclui ambos os Reinos do Norte e do Sul] viesse a ser um país modelo em obediência a Ele, para os outros povos verem e desejarem imitar (Deuteronômio 4:5-8 Deuteronômio 4:5-8 [5] Eis que vos ensinei estatutos e preceitos, como o Senhor meu Deus me ordenou, para que os observeis no meio da terra na qual estais entrando para a possuirdes. [6] Guardai-os e observai-os, porque isso é a vossa sabedoria e o vosso entendimento � vista dos povos, que ouvirão todos estes, estatutos, e dirão: Esta grande nação é deveras povo sábio e entendido. [7] Pois que grande nação há que tenha deuses tão chegados a si como o é a nós o Senhor nosso Deus todas as vezes que o invocamos? [8] E que grande nação há que tenha estatutos e preceitos tão justos como toda esta lei que hoje ponho perante vós?
Almeida Atualizada×
). Ele deu ao povo Suas leis e aliança, mas eles não tiveram um coração correto para continuar em obediência (Deuteronômio 5:29 Deuteronômio 5:29Quem dera que eles tivessem tal coração que me temessem, e guardassem em todo o tempo todos os meus mandamentos, para que bem lhes fosse a eles, e a seus filhos para sempre!
Almeida Atualizada×
), e, por isso, eles falharam em seu exemplo, levando à punição nacional.

Severo juízo virá ainda mais uma vez no “tempo de angústia para Jacó” (Jeremias 30:7 Jeremias 30:7Ah! porque aquele dia é tão grande, que não houve outro semelhante! É tempo de angústia para Jacó; todavia, há de ser livre dela.
Almeida Atualizada×
), quando, pouco antes da volta de Cristo, muitas profecias do fim dos tempos com respeito aos descendentes modernos de Israel serão cumpridas. (Veja o capítulo intitulado “O Retorno de Jesus Cristo e o Vindouro Reinado”, começando na página 69.) Uma das maiores lições de Israel é que, um povo a quem foi dado tanto, não terá um sucesso completo, a não ser que receba o que é essencialmente necessário—os meios para uma verdadeira transformação espiritual de caráter.

Também contido nas promessas a Abraão estava a promessa espiritual ainda mais importante, a promessa da salvação a todos os homens que se tornassem da “Semente” de Abraão (seus descendentes). Através de Abraão todas as famílias da terra teriam acesso às bênçãos de Deus (Gênesis 12:3 Gênesis 12:3Abençoarei aos que te abençoarem, e amaldiçoarei �quele que te amaldiçoar; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.
Almeida Atualizada×
). Deus confirmou as promessas feitas a Abraão porque ele obedeceu os mandamentos de Deus (Gênesis 22:18 Gênesis 22:18e em tua descendência serão benditas todas as nações da terra; porquanto obedeceste � minha voz.
Almeida Atualizada×
; 26:5).

O apóstolo Paulo entendeu que a salvação não era apenas para os judeus ou israelitas, mas para toda a humanidade. Ele explicou que a “Semente” para quem as promessas aplicavam era Jesus Cristo, e que todos devem tornar-se um em Ele (Gálatas 3:8 Gálatas 3:8Ora, a Escritura, prevendo que Deus havia de justificar pela fé os gentios, anunciou previamente a boa nova a Abraão, dizendo: Em ti serão abençoadas todas as nações.
Almeida Atualizada×
, 14-16, 26-29).

O sacerdote Zacarias, no nascimento de seu filho João Batista, profetizou que Deus se lembraria do juramento que tinha feito a Abraão (Lucas 1:69-72 Lucas 1:69-72 [69] e para nós fez surgir uma salvação poderosa na casa de Davi, seu servo; [70] assim como desde os tempos antigos tem anunciado pela boca dos seus santos profetas; [71] para nos livrar dos nossos inimigos e da mão de todos os que nos odeiam; [72] para usar de misericórdia com nossos pais, e lembrar-se do seu santo pacto
Almeida Atualizada×
). Paulo registra que Jesus Cristo veio para confirmar as promessas feitas aos pais (Romanos 15:8 Romanos 15:8Digo pois que Cristo foi feito ministro da circuncisão, por causa da verdade de Deus, para confirmar as promessas feitas aos pais;
Almeida Atualizada×
). A promessa de salvação vem de Deus através do Espírito Santo como uma parte da Nova Aliança disponível para nós através da morte e ressurreição de Cristo.

O Espírito Santo é a chave para as “melhores promessas” que vêm ao abrigo da “nova” e “melhor” aliança [ou concerto] que foi estabelecida nessas melhores promessas (Hebreus 8:6 Hebreus 8:6Mas agora alcançou ele ministério tanto mais excelente, quanto é mediador de um melhor pacto, o qual está firmado sobre melhores promessas.
Almeida Atualizada×
). O Espírito Santo faria obediência possível, para que Israel e todos os outros que se juntassem a Israel através do Espírito seriam capazes de ter sucesso em ser a nação modelo que Deus intencionou.

Foi dito aos apóstolos para esperarem em Jerusalém por esta promessa melhor (Actos 1:4, 8). Eles esperaram para serem selados pelo Espírito Santo “da promessa,” o qual era a garantia da herança deles (Efésios 1:13-14 Efésios 1:13-14 [13] no qual também vós, tendo ouvido a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, e tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa, [14] o qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para o louvor da sua glória.
Almeida Atualizada×
). É pelo Espírito de Deus que sabemos que somos filhos de Deus e em Cristo (Romanos 8:9 Romanos 8:9Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
Almeida Atualizada×
, 14-17) e assim somos a semente de Abraão (espiritualmente) e herdeiros da salvação de acordo com a promessa (Gálatas 3:28 Gálatas 3:28Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.
Almeida Atualizada×
).

Esta promessa não é baseada em raça, mas na chamada de Deus e no arrependimento individual, independentemente da raça ou origem nacional. Por este meio, por meio da fé, tudo pode ser renomeado “o Israel de Deus” (Gálatas 6:16 Gálatas 6:16E a todos quantos andarem conforme esta norma, paz e misericórdia sejam sobre eles e sobre o Israel de Deus.
Almeida Atualizada×
). (Veja o capítulo intitulado “A Igreja,” começando na página 56.)

Quando Jesus Cristo estabelecer Sua Nova Aliança com Israel e Judá em Seu retorno (Jeremias 31:31 Jeremias 31:31Eis que os dias vêm, diz o Senhor, em que farei um pacto novo com a casa de Israel e com a casa de Judá,
Almeida Atualizada×
)—a Aliança na qual a Igreja de Deus agora é um precursor—então a nação física de Israel será finalmente capaz de servir como a nação modelo que Deus intencionou que fosse (Zacarias 8:23 Zacarias 8:23Assim diz o Senhor dos exércitos: Naquele dia sucederá que dez homens, de nações de todas as línguas, pegarão na orla das vestes de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco.
Almeida Atualizada×
; Jeremias 31:1 Jeremias 31:1Naquele tempo, diz o Senhor, serei o Deus de todas as famílias de Israel, e elas serão o meu povo.
Almeida Atualizada×
, Romanos 11:12 Romanos 11:12Ora se o tropeço deles é a riqueza do mundo, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude!
Almeida Atualizada×
)—tendo sido transformada para Israel espiritual e liderando o mundo inteiro para a mesma relação salvadora com Deus.