Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

O que é o Tempo do Fim?

O que é o Tempo do Fim?

Os discípulos queriam saber se o Mestre estava tão impressionado quanto eles. Mateus 24:1-2 Mateus 24:1-2 [1] Ora, Jesus, tendo saído do templo, ia-se retirando, quando se aproximaram dele os seus discípulos, para lhe mostrarem os edifícios do templo. [2] Mas ele lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não se deixará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada.
Almeida Atualizada×
descreve o cenário: “E, quando Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo. Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada.”

A declaração de Jesus (referindo-se profeticamente à destruição de Jerusalém em 70 d.C.) deve ter surpreendido os discípulos. Eles estavam muito preocupados com sua afirmação de que o belo templo seria destruído. Mais tarde, os discípulos de Cristo vieram a Ele em particular, suas mentes ainda focadas em suas chocantes declarações. “Dize-nos”, eles pediram, “quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?” (versículo 3).

Procurando compreender

Cerca de dois mil anos depois, os cristãos ainda se perguntam quais os eventos que vão apontar para o fim dos tempos e o retorno de Jesus Cristo. Ele respondeu a essa pergunta importante. O problema que muitas pessoas enfrentam com Sua resposta tem a ver com a interpretação. Nós queremos respostas claras e objetivas, como uma solução exata de um problema de matemática.

Em vez disso, o significado da resposta de Cristo envolve uma compreensão da repetição periódica de tendências e eventos devastadores que têm ocorrido ao longo dos últimos dois mil anos, bem como a percepção da intensificação e magnitude desses acontecimentos semelhantes à medida que nos aproximamos do fim.

Mas, devemos lembrar que Jesus deixou claro que ninguém poderia saber a hora exata do seu retorno: “. . . daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas unicamente meu Pai” (v. 36). Somente o Pai sabe a hora exata do retorno de seu Filho. No entanto, podemos compreender as profecias importantes e seus princípios proféticos que dão claras indicações de seu iminente retorno.

Jesus deu a seus discípulos os sinais necessários para uma ampla perspectiva de entendimento. Algumas tendências proféticas se repetiriam ao longo do tempo, mas se intensificaria antes da segunda vinda de Cristo. Outras condições serão únicas para aquele momento da história. Algumas profecias cruciais que ocorrerão no retorno de Cristo não serão completamente visíveis, muitos dos sinais correlacionados são encontrados ao longo da profecia do fim dos tempos que Ele deu e nos escritos de outros profetas bíblicos, e que ainda estão se desenrolando.

Vamos discutir esses sinais bíblicos e as chaves que revelam os eventos futuros à luz da profecia bíblica. Mas, primeiro vamos examinar como a Bíblia usa o termo tempo do fim.

Qual é exatamente o tempo do fim? Quando ocorrerá? Estamos vivendo no tempo do fim? Existe uma maneira de saber?

O tema do tempo do fim estende-se na Bíblia de Gênesis a Apocalipse. É um dos principais temas das Escrituras. É importante entender o que é o tempo do fim. Um entendimento incorreto pode causar grande confusão,incerteza e conflito mental. Mas, uma boa noção bíblica do assunto pode trazer conforto e confiança. Então vamos à Bíblia para ver o que ela revela sobre o fim dos tempos.

O significado do “tempo do fim”

Um breve panorama do tempo do fim é encontrado no livro de Daniel. Começando em Daniel 11:40 Daniel 11:40Ora, no fim do tempo, o rei do sul lutará com ele; e o rei do norte virá como turbilhão contra ele, com carros e cavaleiros, e com muitos navios; e entrará nos países, e os inundará, e passará para adiante.
Almeida Atualizada×
, Deus revela a Daniel vários grandes eventos que surgirão “no tempo do fim”.

No capítulo 12 Deus diz a Daniel: “E, naquele tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta pelos filhos do teu povo, e haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até aquele tempo mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no livro.

“E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno… E tu, Daniel, fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará” (versículos 1-4).

Aqui o tempo do fim é descrito como “um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação”. É também um tempo de aumento das viagens e da comunicação e da explosão do conhecimento, como é visto no relato de que “muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará”.

Vários séculos depois da época de Daniel, os discípulos de Jesus Lhe perguntaram sobre o tempo do fim. Sua resposta ressoava as palavras de Daniel: “Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver” (Mateus 24:21 Mateus 24:21porque haverá então uma tribulação tão grande, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem jamais haverá.
Almeida Atualizada×
).

Mais tarde, Deus revelou a Daniel mais informações sobre o fim. “E ele disse ao homem vestido de linho, que estava sobre as águas do rio: Quando será o fim destas maravilhas? E ouvi o homem vestido de linho [dizer] . . . que isso seria para um tempo, tempos e metade do tempo, e quando tiverem acabado de espalhar o poder do povo santo, todas estas coisas serão cumpridas.

“Eu, pois, ouvi, mas não entendi; por isso eu disse: Senhor meu, qual será o fim destas coisas? E ele disse: Vai, Daniel, porque estas palavras estão fechadas e seladas até ao tempo do fim” (Daniel 12:6 Daniel 12:6E perguntei ao homem vestido de linho, que estava por cima das águas do rio: Quanto tempo haverá até o fim destas maravilhas?
Almeida Atualizada×
-9, ACF).

Esta escritura indica que o tempo do fim será discernível para o povo de Deus. Esse tempo é o período que antecede, inclusive, problemas mundiais sem precedentes que durarão três anos e meio (na linguagem bíblica, “um tempo [um ano], tempos [dois anos], e metade do tempo [metade de um ano]”), que será concluído com o estabelecimento do Reino de Deus na Terra.

Uma palavra de cautela

Embora a Escritura revele que determinadas condições se deteriorarão ao se aproximar o fim dos tempos, não devemos confundir as condições que vemos ao nosso redor com o período final específico profetizado na Bíblia. As condições globais poderão piorar ao longo de um tempo considerável antes de chegar conclusivamente os eventos dos últimos dias. Os últimos dias desta época serão marcados por eventos proféticos específicos.

Jesus Cristo advertiu a seus discípulos para terem cuidado ao pensar que estavam testemunhando os sinais do fim dos tempos. “Respondeu ele: Vede que não sejais enganados; porque muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu; e também: O tempo está próximo; não os sigais” (Lucas 21:8 Lucas 21:8Respondeu então ele: Acautelai-vos; não sejais enganados; porque virão muitos em meu nome, dizendo: Sou eu; e: O tempo é chegado; não vades após eles.
Almeida Atualizada×
, Sociedade Bíblica Britânica).

Consequentemente, Ele advertiu que muitos viriam em Seu nome, alegando representá-Lo. Alguns poderiam interpretar essa evolução e condições do mundo como sinais do fim dos tempos. Mas, estariam errados e enganariam a muitos. Assim, a mera presença de líderes religiosos carismáticos, guerras ou desastres globais não é suficiente para confirmar a chegada do fim dos tempos.

Eventos específicos revelados

Para evitar confundir os problemas do mundo em geral com os eventos reais do fim dos tempos, a Bíblia descreve os eventos e as condições específicas que irão ocorrer nos últimos dias.

Um evento do fim dos tempos inconfundível será a tomada de Jerusalém pelos gentios (não-israelitas). Jesus Cristo profetizou que “Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem” (Lucas 21:24 Lucas 21:24E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos destes se completem.
Almeida Atualizada×
).

Em Apocalipse 11:1-2 Apocalipse 11:1-2 [1] Foi-me dada uma cana semelhante a uma vara; e foi-me dito: Levanta-te, mede o santuário de Deus, e o altar, e os que nele adoram. [2] Mas deixa o átrio que está fora do santuário, e não o meças; porque foi dado aos gentios; e eles pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses.
Almeida Atualizada×
um anjo revela ao apóstolo João como os gentios controlarão a cidade: “E pisarão a cidade santa por quarenta e dois meses”, o equivalente a três anos e meio.

Será também um momento de intensa perseguição ao povo de Deus. Jesus advertiu sobre tendências preocupantes que Ele chamou “o princípio de dores” (Mateus 24:8 Mateus 24:8Mas todas essas coisas são o princípio das dores.
Almeida Atualizada×
). Então, Ele disse, “Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão. E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo” (versículos 9-13).

No livro de Apocalipse, João tem uma visão em que alguns do povo de Deus, descritos como uma mulher, são protegidos da perseguição de Satanás e “sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo”—ou seja, três anos e meio (Apocalipse 12: 14). Furioso por ser incapaz de atacar essas pessoas, Satanás “foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo” (versículo 17).

Assim, vemos em três profecias do fim dos tempos que o foco está em um período culminante de três anos e meio de aflição mundial tão terrível e ameaçadora para a sobrevivência humana que Deus jamais permitirá que tal situação ocorra novamente. Tais profecias nos ajudam a entender as condições e os eventos que irão marcar o início deste período crucial.