Ajuda para hoje e esperança para o amanhã! 

O Lado Negro e Perigoso do Mundo Espiritual

Você está aqui

O Lado Negro e Perigoso do Mundo Espiritual

Download (Baixar)
MP3 Audio (6.35 MB)

Download (Baixar)

O Lado Negro e Perigoso do Mundo Espiritual

MP3 Audio (6.35 MB)
×

As práticas estranhas e as religiões tais como Wicca, Santeria, Vudu, Umbanda, Candomblé, e Espiritismo estão crescendo em popularidade. Essas coisas são inofensivas ou há algo obscuro por trás de tudo isso?

Como o Cristianismo tradicional perdeu o seu atrativo para muitas pessoas, um número crescente têm procurado preencher esse vácuo em suas vidas de outras maneiras. Alguns se voltam para as religiões populares alternativas de outras partes do mundo. Alguns se voltam para a bruxaria e o paganismo pré-cristão. Outros procuram respostas no ocultismo. E há aqueles que, conscientemente, se voltam para o satanismo e os espíritos malignos.

Simplesmente, alguns são levados pela curiosidade e outros buscam isso seriamente. Mas, cientes ou não, todos são brincando com perigos que provavelmente estão muito além de sua limitada compreensão. E é por isso que esses perigos são, muitas vezes, referidos como ocultismo―coisas que são secretas, misteriosas e ocultas.

Certamente, você nunca viu Satanás ou seus demônios, mas é provável que esteja ciente que a Bíblia reconhece a sua influência neste mundo, que está se degenerando rapidamente. Então não se admire quando as Escrituras descrevem a Satanás como “o deus deste século” (2 Coríntios 4:4 2 Coríntios 4:4nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.
Almeida Atualizada×
).

Sua influência não é nova, mas sua prevalência na sociedade moderna certamente é. O que antes era proibido ou muito limitado, ao se tratar do reino espiritual das trevas, agora está sendo amplamente divulgado. O satanismo nos filmes é descomedido.

E movimentos baseados nele, tais como as religiões afro-brasileiras e europeias, Wicca, Santeria, Candomblé e Vudu, estão avançando, especialmente, com os jovens.

O apóstolo Paulo nos diz que devemos ser cautelosos a respeito de tais práticas, “para que não sejamos vencidos por Satanás, porque não ignoramos os seus ardis” (2 Coríntios 2:10-11 2 Coríntios 2:10-11 [10] E a quem perdoardes alguma coisa, também eu; pois, o que eu também perdoei, se é que alguma coisa tenho perdoado, por causa de vós o fiz na presença de Cristo, para que Satanás não leve vantagem sobre nós; [11] porque não ignoramos as suas maquinações.
Almeida Atualizada×
).

Wicca, Santeria, Candomblé e Vudu

Um dos movimentos de maior crescimento em países ocidentais é a Wicca, uma versão moderna de bruxaria.

A Wicca, derivada da antiga palavra inglesa para “bruxa” [witch], incorpora muitas armadilhas das antigas práticas britânicas da arte de feitiçaria. Alguns, mas nem todos, covens ou grupos de bruxos, praticam a feitiçaria, a adivinhação e a magia. A Wicca é uma religião neopagã influenciada por crenças pré-cristãs e práticas da Europa ocidental que afirma a existência do poder sobrenatural― no entanto, em sua essência, é um tipo dissimulado da antiga arte da bruxaria.

A Santeria (literalmente, caminho dos santos) é uma religião sincrética que mistura  crenças católicas com a religião tradicional iorubá, praticada por escravos e seus descendentes em Cuba, no Brasil (onde o Candomblé apresenta semelhanças com a Santeria), e noutros países. Em muitos aspectos é semelhante ao Vudu ou feitiçaria africana. As práticas conhecidas incluem sacrifício animal, dança extática e invocações cantadas aos espíritos. As galinhas são a forma mais popular de sacrifício; seu sangue é oferecido aos orixás, que correspondem aos “santos cristãos”. A música do tambor, atabaque e danças são usadas para produzir um estado do transe nos participantes, que podem incorporar um orixá ou um “santo”. Então, o indivíduo, assim é dito, pode falar e agir como o “santo” incorporado. Esta pode ser realmente uma experiência espiritual, mas, sem dúvida, uma experiência espiritual de possessão demoníaca.

Todas essas práticas têm algo em comum: Satanás é o seu criador, e devem ser absolutamente evitadas. Deus, que sabe exatamente como Satanás e seus demônios trabalham, enfaticamente nos adverte para não nos envolvermos com isso. Ele nos diz: “Não deem lugar ao Diabo” (Efésios 4:27 Efésios 4:27nem deis lugar ao Diabo.
Almeida Atualizada×
, NVI).

Não devemos nos consultar com pessoas associadas a essas práticas. Deus diz: “Não permitam que se ache alguém entre vocês que . . . pratique adivinhação, ou se dedique à magia, ou faça presságios, ou pratique feitiçaria ou faça encantamentos; que seja médium, consulte os espíritos ou consulte os mortos. O Senhor tem repugnância por quem pratica essas coisas” (Deuteronômio 18:10-12 Deuteronômio 18:10-12 [10] Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, [11] nem encantador, nem quem consulte um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; [12] pois todo aquele que faz estas coisas é abominável ao Senhor, e é por causa destas abominações que o Senhor teu Deus os lança fora de diante de ti.
Almeida Atualizada×
, NVI).

Médiuns e espíritos familiares

E quanto aos médiuns e as pessoas que usam coisas como cartas de tarô e tabuleiros Ouija para consultar os espíritos?

Os médiuns―às vezes também chamados de “videntes” ou “clarividentes”―são pessoas que podem ser usadas ​​pelos anjos caídos, que a Bíblia chama de demônios. Alguns podem ser simples trapaceiros, mas há aqueles que não são charlatães e que podem realmente ter contato com espíritos enganadores que buscam atrair e usar seres humanos para seus próprios objetivos malignos. Por esta razão, estes seres angelicais malévolos são chamados de “espíritos enganadores” na Bíblia (1 Timóteo 4:1 1 Timóteo 4:1Mas o Espírito expressamente diz que em tempos posteriores alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios,
Almeida Atualizada×
).

Às vezes, eles simulam serem os espíritos dos mortos. Contudo, a Bíblia nos diz que os mortos não têm consciência, pois estão dormindo inconscientes até uma futura ressurreição (ver Eclesiastes 9:5 Eclesiastes 9:5Pois os vivos sabem que morrerão, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco têm eles daí em diante recompensa; porque a sua memória ficou entregue ao esquecimento.
Almeida Atualizada×
, 10; Jó 14:10-15 Jó 14:10-15 [10] O homem, porém, morre e se desfaz; sim, rende o homem o espírito, e então onde está? [11] Como as águas se retiram de um lago, e um rio se esgota e seca, [12] assim o homem se deita, e não se levanta; até que não haja mais céus não acordará nem será despertado de seu sono. [13] Oxalá me escondesses no Seol, e me ocultasses até que a tua ira tenha passado; que me determinasses um tempo, e te lembrasses de mim! [14] Morrendo o homem, acaso tornará a viver? Todos os dias da minha lida esperaria eu, até que viesse a minha mudança. [15] Chamar-me-ias, e eu te responderia; almejarias a obra de tuas mãos.
Almeida Atualizada×
; Daniel 12:2 Daniel 12:2E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.
Almeida Atualizada×
; e também solicitar ou baixar nosso guia de estudo bíblico gratuito O Que Acontece Depois da Morte?).

Os espíritos familiares, na realidade demônios disfarçados, podem ter um conhecimento íntimo das pessoas, vivas ou mortas. Eles têm à sua disposição as habilidades sobrenaturais e uma extensa rede de informações de outros demônios que estão mais que dispostos a compartilhar seus conhecimentos com a “hoste” enganadora. Desta forma, eles vão atrair muito mais pessoas para serem enganadas e seduzidas―e, às vezes, terminam sendo peões nas mãos desses espíritos.

Esse é o grave perigo de participar de qualquer uma dessas práticas―a princípio esses espíritos aparecem como servos dispostos, mas, inevitavelmente, acabam como cruéis feitores. É por isso que devemos evitar entrar em contato com pessoas que afirmam que podem se comunicar com os mortos. (Para saber mais sobre isso, leia “O que é Canalização?”).

As cartas de tarô e o tabuleiro Ouija

Alguns usam instrumentos manuais, tais como cartas de tarô ou tabuleiros Ouija, para consultar esses mesmos espíritos familiares. Esses objetos devem ser evitados a todo custo―eles não são “jogos” inocentes, mas antigas formas de atrair esses espíritos.

Pense nesses instrumentos como passaportes potenciais para sua mente―possivelmente abrindo uma entrada para a área que só deveria ser habitada por seus próprios pensamentos e o Espírito Santo de Deus. Se você não convidar esses espíritos do mal, eles não podem entrar. No entanto, às vezes até mesmo um convite inadvertido ​​através destes instrumentos pode dar um sinal verde a demônios! Infelizmente, muitas pessoas têm, sem saber, convidado a espíritos malignos para sua mente―para nunca mais serem as mesmas novamente.

Como as Escrituras revelam, esses espíritos precisam ser expulsos por verdadeiros ministros de Deus. Atos 19 registra um caso em que alguns aspirantes a exorcistas tentaram expulsar um demônio de uma pessoa e o demônio se voltou contra eles, dizendo: “Conheço a Jesus e bem sei quem é Paulo; mas vós, quem sois?” E, para a surpresa deles, “saltando neles o homem que tinha o espírito maligno e assenhoreando-se de dois, pôde mais do que eles; de tal maneira que, nus e feridos, fugiram daquela casa” (versículos 15-16).

Portanto, esse assunto não é motivo de riso e muito menos de um entretenimento cômico―ao contrário, é muito sério! A escritura registra vários casos de pessoas que caíram nessas práticas proibidas e tiveram resultados desastrosos.

Simplesmente diga: “Não!”

Devemos simplesmente dizer “Não!” quando tentarem nos seduzir a jogar com este mundo espiritual das trevas. Não se dobre sob a pressão de amigos, familiares ou qualquer outra pessoa. Coloque Deus e Sua Palavra em primeiro lugar! Literalmente, sua vida e seu bem-estar mental podem depender disso!

Deus, que sabe exatamente como agem Satanás e seus demônios, nos adverte para não se envolver com eles. Não devemos nos consultar com pessoas associadas a esses espíritos, apesar de dizerem que só têm a intenção de nos ajudar. A palavra de Deus é clara: “Não vos virareis para os adivinhadores e encantadores; não os busqueis, contaminando-vos com eles. Eu sou o Senhor, vosso Deus” (Levítico 19:31 Levítico 19:31Não vos voltareis para os que consultam os mortos nem para os feiticeiros; não os busqueis para não ficardes contaminados por eles. Eu sou o Senhor vosso Deus.
Almeida Atualizada×
).

Pergunte-se: “Será que Cristo aprovaria isso?” Ele, certamente, diria não! Assim, devemos evitar todo o contato com os médiuns, cartomantes, bruxas e seus instrumentos―para não ser enganado por todos os meios que possam ser usados para tentar nos seduzir.